DATA

Seja bem-vindo. Hoje é

Seguidores

SAUDAÇÃO

SAUDAÇÃO

ASTHAR SHERAN

ASTHAR SHERAN
COMANDANTE DA FROTA INTERGALÁCTICA

DEFINIÇÃO E NOME DO BLOGUE

SOMOS AS SEMENTES ESTELARES

Escolhi este nome para o blogger em virtude de ser uma pesquisadora de muitos anos sobre tudo que se relacione com o nosso planeta, sendo a maior parte fazendo pesquisas metafísicas.

É de meu interesse indicar sites que ajudarão muitas pessoas a reavaliarem seus padrões de conhecimentos, seja no terreno cientifico e por que não dizer religioso também, pois num futuro não muito distante estes dois estarão se unindo...

Aos queridos visitantes solicito visitarem os links de sites e blogues citados nas postagens, acredito que irão gostar muito!

POSTAGENS RECENTES

Mostrando postagens com marcador ARCANJO JOFIEL. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador ARCANJO JOFIEL. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 8 de maio de 2014

M. LANTO E A. JOFIEL - O RAIO DOURADO NO WESAK 2014

O RAIO DOURADO NO WESAK 2014
MENSAGEM DO MESTRE LANTO E DO ARCANJO JOFIEL
Canalizada por Elsa Farrus Em 06 de maio de 2014
quarta-feira, 7 de maio de 2014
A energia solar universal não pertence a ninguém.
Ela está presente em numerosas tradições como ki, chi, raio dourado, mas em essência ela é a luz solar de seu universo, que recalibra vocês com sequências de energia entrante pelo seu chakra da coroa e que se funde no plexo solar.
Tal energia é a que realmente lhes dá vida, por isso, você têm um sol interior próprio ao nível do plexo, chamado por algumas culturas de discos solares,
árvore da vida, Kalpataru... não importa.
Só que é esse sol que distribui a nível energético toda a energia entrante em seu corpo e em sua vida.
Agora é o tempo de regenerar a essência pessoal de cada um para ativar a frequência solar interna para todos os campos de energia de seus corpos, tanto o físico, mais denso, como os que formam o campo quântico ou aura.

Vocês são sementes estelares, são pura luz, são puro ouro, essa é a verdadeira essência lemuriana, o corpo dourado que flui em harmonia por todos e cada um de seus rincões.
Vocês são sementes estelares que irão incorporar essa luz de maneira ativa em seu interior para irradiá-la ao seu redor de maneira constante e assim unificar a frequência de Gaia e de seu próprio ser.
A essência lemuriana vive em plena harmonia com a essência cristalina.
É a união entre ambas que permite multiplicar a luz em seu interior, ou seja,
vocês são um conjunto de cristais e fractais (ou seja, os seus elementos químicos como o açúcar, o sódio, a água, etc.) e o intercâmbio constante de tais cristais lhes dão forma física.
Agora com a incorporação da memória de luz ou frequência cristalina lhes será mais simples alinhar esses cristais diariamente a cada passo, pois o raio dourado ou ki vital ou essência solar é o que contém os códigos e pacotes de luz que lhes permitem desbloquear as frequências que foram separadas em vocês, que foram canceladas por vontade própria em algumas encarnações para viver certas experiências ou que foram canceladas por outros para que vocês não se desenvolvessem em seu dia a dia.

Por isso a luz entrante deste Wesak, a luz crística ou solar ou a luz de Sidharta, que entra no alvorecer de 14 até 15 de maio de 2014 no Monte de Kailas, é a chave que irá dissipar todas as grades de frequências de luz ou de informação que não lhes pertencem, que os separam parcialmente de sua essência.
Serão canceladas as memórias de tempos anteriores, por isso é muito importante o seu compromisso de assumir a responsabilidade das mudanças internas que lhes pede a alma para que esta luz entrante possa realmente se enraizar em vocês.

Se vocês estão muito afastados de vocês mesmos, se demonstram as mudanças, vocês se verão forçados agora mais do que nunca a escutar a alma,
porque ela vem para se integrar plenamente com vocês para o bem maior de cada espaço, de cada experiência e de cada momento da vida presente.
Vocês sentirão nos dias posteriores ao Wesak uma grande abertura ao nível de coluna, esta será um amplo canal de integração de sua memória ancestral, por isso é normal que desejem poder descansar um pouco mais ou notem cócegas em seu interior em função das energias entrantes.
Vocês são seres de luz dourada, são pura energia vital, são seres com a luz e a consciência em pleno processo de fusão que irão se complementando de maneira gradual nos próximos dias.
É agora a porta de consolidação grupal que vocês tanto esperavam.

Feliz despertar, feliz aceitação de sua essência, feliz luz solar no interior de seu sol.
Mestre Lanto e Arcanjo Jofiel
Tradução: Blog SINTESE

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

A DIFERENÇA ESSENCIAL ENTRE CONHECIMENTO ESOTÉRICO E CONHECIMENTO DO CORAÇÃO - ARCANJO JOFIEL - 31-03-2011 - COM ÁUDIO

A DIFERENÇA ESSENCIAL ENTRE CONHECIMENTO ESOTÉRICO E CONHECIMENTO DO CORAÇÃO
- ARCANJO JOFIEL
- 31-03-2011
- COM ÁUDIO
Segunda-feira, 2 de setembro de 2013
Rendo Graças ao autor desta imagem
Eu sou Jofiel, Arcanjo da Luz dourada e do Conhecimento.
Filhos da Lei de Um, foi-me solicitado vir entre vocês,
hoje, neste instante.
Recebam toda a Luz do Amor e do Espirito.
Vamos, juntos, desenvolver um elemento importante que permite, para além mesmo das palavras, apreender a diferença essencial existente entre conhecimento esotérico e Conhecimento do Coração.
Obviamente, eu já exprimi, há agora três anos, certo número de elementos concernentes a isso.
Hoje, eu intervirei porque, nos tempos que vocês vivem, doravante, vão se encontrar confrontados, não mais no Interior de vocês, mas de maneira visível exteriormente, a certo número de concepções e a certo número de abordagens da Verdade e da Luz.
Não existirá, em vocês, qualquer meio, pelas capacidades do intelecto, da razão, de saber onde está a Verdade.
O único modo será vivê-la, bem além de suas Crenças, bem além de suas adesões, mas, bem mais, em sua capacidade Vibratória, bem real, de entrar na atração e na ressonância com relação aos fatos e com relação às manifestações que fazem parte de um conjunto preciso, do qual o bem amado Sri Aurobindo falou-lhes, desde numerosos meses e muito recentemente.
Eu volto, alguns instantes, sobre essa noção de Conhecimento.
Desde tempos imemoráveis, o ser humano aplica a ferramenta mental para progredir em seu Conhecimento.
Conhecimento, tanto de regras de funcionamento deste universo, de suas leis ligadas à observação, à experimentação, das quais decorrem regras de funcionamento que podem ser aplicadas nesta Dimensão, indo da tecnologia, passando pela informática, as técnicas, as matemáticas, tudo o que pode ser, em resumo, conceitualizado, aprendido e colocado em prática.
O grande mal-entendido e a grande sedução, consistiu em fazê-los crer que, no que se referia aos mundos do Espírito, isso relevava do mesmo processo de aprendizagem, do mesmo processo de concepção, de Crenças, que ia encontrar,
portanto, uma eficácia na vida espiritual.
Infelizmente, o conjunto desses conhecimentos exteriores, aplicados à espiritualidade, que eu chamaria, portanto, conhecimento esotérico, teve apenas um único objetivo e um só: afastá-los, permanentemente, do Coração ou, se preferem, do Si.
Assim, enquanto o ser humano está prisioneiro de um sistema de Crenças,
prisioneiro de uma adesão a um dogma ou a uma história (fosse ela a mais prestigiosa, que tenha sido vivida por alguns seres na superfície deste planeta),
vocês permanecem incansavelmente prisioneiros e fechados em seus próprios dogmas e em suas próprias Crenças.
Ainda que o conhecimento exotérico, aplicando-se ao conhecimento desse mundo,
lhes é útil para levar a efeito certa forma de vida nesse mundo, mas aplicar preceitos do Espírito, sob essa forma de conhecimento, pode apenas conduzir a um isolamento e a um confinamento, o que é exatamente o caso do que viveu a humanidade desde tempos imemoráveis.
O conjunto de conhecimentos ditos esotéricos, sem exceção, não poderá, jamais, levá-los ao Si.
É claro, inúmeros desses ensinamentos, os mais sofisticados, tentaram fazê-los crer que, através desse caminho (chamado seco ou conhecimento esotérico), vocês chegariam à abertura do Coração.
Isso jamais se produziu, não se produzirá jamais.
Toda ilusão, desde, em especial, o início do século XX, onde certo número de planos foi levado a efeito na humanidade, visando estabelecer uma hegemonia mundial e uma dependência total, foram baseados nesses conhecimentos esotéricos descrevendo leis, bem reais, do Espírito, mas afastando-os do Espírito e fazendo-os crer que a personalidade, apreendendo-se desse conhecimento através de leituras e de experimentações, efetivamente afastadas do Si, ia lhes permitir penetrar os arcanos do Espírito.
Mas isso fez apenas, na escala da humanidade, reforçar o que vocês chamam a personalidade e o ego, em seu desejo, no entanto autêntico, de aceder à origem do Mistério.
O conjunto dos conhecimentos exteriores esotéricos, ligados às Crenças ou à adesão de dogmas, de ritos, de exercícios, sem exceção, esteve aí apenas para afastá-los do Coração.
O Coração não é a insensatez.
O Coração não é a estupidez.
O Coração é, justamente, a Inteligência, para além da inteligência limitada.
Desde o início do século XX, certo número de Mestres reais encarnou-se sobre a Terra para aportar sua Luz.
Mesmo se alguns deles passaram por ensinamentos ditos exteriors, o melhor ensinamento foi simplesmente sua própria Presença e sua própria Realização do Si, na Luz Una.
O princípio de confinamento do conhecimento esotérico resulta da maior das leis aplicadas nesse mundo falsificado, chamada ação/reação ou Dualidade e carma.
Certo número de conceitos, introduzidos ou pelas religiões, ou pelos sistemas elaborados de Crenças, fez crer à humanidade que ela ia poder encontrar a felicidade e, sobretudo, a compreensão desse mundo, como para os conhecimentos exteriores, os mais estritos, ligados à ciência e à observação.
Esse plano, porque isso foi um, visou, lembrem-se, apenas afastá-los, sempre e ainda mais, de seu Coração.
Então, é claro, esses conhecimentos ditos esotéricos amplamente, muito amplamente, utilizaram a palavra Coração e a palavra Amor, mas mascarando-lhes sempre a Verdade Vibratória, e exclusivamente Vibratória, do que é o Coração ou a Unidade ou Realização do Si.
Hoje, o conjunto dessas concepções errôneas, procedentes de Crenças ou de aplicações de dogmas falsificados, chega ao fim da corrida.
Obviamente, uma multidão de seres humanos, crendo bem fazer, aplicou esse conhecimento e essas práticas trabalhando, essencialmente, como vocês sabem, na ilusão Luciferiana, chamada o terceiro olho.
A derivação da Consciência da humanidade para esse terceiro olho reforçou, é claro, a Dualidade, reforçou, é claro, o isolamento e a incapacidade para esses seres humanos na busca de tocar sua própria Essência.
E, no entanto, seja nesses grandes Seres que percorreram, num corpo humano,
por seus passos, esta vida, seja o chamado Jesus Cristo, seja o chamado Buda,
seja o chamado Mani e bem outros, eles foram todos, realmente, precursores e enunciaram Verdades que o conhecimento exterior imediatamente modificou, a fim de que o sentido original da mensagem fosse perdido.
As circunstâncias Vibratórias desta Terra começaram a se modificar, de modo imperceptível, no meio do século XX, permitindo a alguns seres experimentar, antecipadamente, a descida e a abertura à verdadeira Luz que é Vibração do Coração, também chamada, por aquele que falou primeiro, Supramental, para efetivamente diferenciar a qualidade, mesmo, energética, do que pertence a esse mundo e do que não pertence a esse mundo.
A Energia, a vitalidade, o Prana, as forças colocadas em jogo nesse mundo são forças que funcionam por atrito, por oposição e por antagonismo.
O equilíbrio pode ser qualificado de instável, em permanente desequilíbrio, resultante da ação de duas forças opostas traduzindo-se, no absoluto, pelo que foi chamado o bem e o mal.
Obviamente, o mal fazendo mal, era lógico ali aplicar e ali aportar, na ignorância total do que era a Energia Supramental, uma força diametralmente oposta,
chamada o bem.
Aplicar uma força e aplicar seu contrário não permite jamais resolver o antagonismo, mas apenas faz manter um equilíbrio precário.
Isso, o conjunto da humanidade e vocês todos, que estão aqui ou que lerão, têm perfeitamente consciência, uma vez que vocês definem, mesmo no interior de vocês como na comunidade humana, por exemplo, a paz como o estado entre duas guerras, ou a guerra como um estado entre duas pazes.
Do mesmo modo seus humores, suas emoções e suas atitudes mentais, e mesmo seus comportamentos, qualquer que seja a vida que vocês levem, tinham, até o presente, permitido essa alternância de prazeres, de desprazeres, de sucessão de eventos fazendo-os balançar, permanentemente, de uma Energia à outra.
De fato, na vida Dualitária e quaisquer que sejam os conhecimentos ou as Crenças, não há jamais superação dessa Dualidade, desse atrito, de algum modo.
Então, a humanidade afastou-se, pouco a pouco, mesmo da Crença espiritual, em algo outro, culminando, como foi perfeitamente descrito, nos Upahishads (escrituras hindus) como o Kali Yuga ou idade sombria.
Para aqueles de vocês que mantiveram uma busca, no sentido espiritual, desde o século XX foi introduzida, na sociedade ocidental (era já introduzida desde muito tempo nas sociedades orientais e extremo-orientais), a lei de ação/reação, num plano espiritual.
Quer dizer que foi transposto que o que existia ao nível exotérico funcionava exatamente do mesmo modo ao nível esotérico.
Lei de ação/reação, transcrita no plano espiritual pela lei de carma.
E foi-lhes, de algum modo, vendido que a lei de carma regia os mundos espirituais e que era necessário purificar, pela prática do bem, seu carma e fazê-los vislumbrar que, se lhes chegasse algo de nefasto, se vocês não tivessem a explicação em sua vivência presente, aquilo podia ser remetido a uma ação muito antiga e, portanto, permitia suportar, sem compreender (o que é de qualquer modo o paradoxo para algo desse nível) sua desgraça, um acidente ou uma doença.
O conjunto da humanidade, portanto, ou na vertente exotérica, ou na vertente esotérica, colocou-se em movimento para essa lei de ação/reação e, portanto,
aderiu maciçamente, ou no plano empresarial, ou no plano psicológico, como no plano espiritual, a essa Dualidade.
Naquele momento, o Coração tornou-se um conceito, um ideal, uma conduta moral ou ainda a adesão a um grande personagem intitulado Salvador ou profeta (segundo as religiões) que era necessário seguir, ao qual era necessário aderir, na revelação ou na afirmação, a fim de esperar, um dia, escapar às condições limitantes desse mundo.
Pouco a pouco, portanto, instalou-se, no curso do século XX, e unicamente no curso do século XX, uma capacidade, nova para o ser humano, de discernir entre o que era bem e mal, tanto ao nível esotérico como exotérico.
Mas esse bem e esse mal eram definidos apenas por uma Crença anterior e pela adesão a dogmas anteriores veiculados pelas religiões, pela ciência ou pela adesão a novas espiritualidades.
Assim, pouco a pouco e progressivamente, durante o século XX, o conjunto da humanidade, ao nível coletivo, encontrou-se, literalmente, presa e fechada numa visão Dualitária onde, sem parar, livrava-se do combate do bem e do mal, numa espécie de escatologia permanente que, quando chegasse a seu termo, permitiria encontrar o paraíso ou, em todo caso, uma condição onde o bem seria estabelecido como valor absoluto.
Obviamente, o bem de um não é o bem do outro.
Obviamente, o bem de uma religião não é o bem de outra religião.
A única palavra que é comum chama-se Coração.
Mas aquele Coração não é uma Consciência, mas uma concepção.
E essa concepção, procedente de Crenças e da manifestação da Dualidade, não pôde, obviamente, jamais romper o círculo vicioso da ação/reação.
A humanidade, de maneira consciente ou inconsciente, portanto, encontrou-se projetada numa era nova, chamada tecnológica, numa era em que apareceu certo número de criações extremamente úteis para a vida exterior, procedente desse conhecimento exotérico, no qual se transplantou, muito naturalmente, um conhecimento esotérico, mecanicista, dualitário e afastando-se sempre mais da Essência.
Bem antes desse século XX, certo número de seres, no curso de seus séculos,
teve êxito, como por milagre, a atingir estados totalmente fora do comum e fora desse mundo e a guardar um estado Interior bem diferente do que podia ser ensinado ou veiculado pelas Crenças e pelos dogmas.
Alguns deles foram conhecidos.
No ocidente, por exemplo, existiu Sören Kierkegaard.
Alguns seres, excepcionais por sua capacidade para extrair-se da ilusão, tocaram o que vocês chamam hoje as esferas da Unidade e da Vibração do Coração.
Mas, as circunstâncias Vibratórias e as manifestações de algumas influências Arcangélicas, cíclicas, manifestando-se em ressonância com os movimentos planetários e os grandes ciclos cósmicos, jamais permitiram a esses seres perceberem claramente, e descreverem claramente, os processos Vibratórios, para além do Fogo elétrico, que lhes havia permitido manifestar essa Consciência nova.
Desde o início do século XX, a era dita industrial, o desenvolvimento do que foi chamado eletricidade (ela também vinda de um fogo por atrito) permitiu o desenvolvimento de uma forma de conforto dualitário.
A expressão de certo número de dogmas e de Crenças, colocadas em prática pela humanidade permitiu, como sempre, o aparecimento, sob seus próprios olhos, a exteriorização, se preferem, desses princípios de Dualidade.
Foi naquele momento que a exteriorização de forças espirituais opostas à Luz Unitária surgiu e transmitiu, por diferentes vias, um ensinamento cuja finalidade, é claro, não era aquela que dizia, mas fechá-los, sempre mais, em novas Crenças, novos dogmas porque, efetivamente, a manifestação exotérica e a exteriorização de tecnologias afastaram o ser humano do que foi chamado a devoção e Crença absoluta num Salvador ou num profeta.
Foi necessário, portanto, substituir, de algum modo, essas histórias antigas e prescritas por algo de sedutor e indo no sentido da Dualidade.
Foi naquele momento que se formaram muitos ensinamentos visando perpetuar uma forma de conhecimento que os afastam, sempre e ainda mais, do Coração,
mas fazendo, obviamente, falar sem parar do Coração, sem, no entanto, vivê-lo em seus aspectos essenciais e fundamentais.
Alguns seres, nos anos 1940 e 50, periodo perturbado da história da humanidade, momento em que apareceu o fogo nuclear, a apoteose das forças do fogo por atrito permitiram então, a alguns povos, devido a essa ação de fogo nuclear, veicular, a um mais alto nível jamais percebido pela humanidade, o que foi chamado a ilusão Luciferiana.
Eu esclareço, para aqueles que não o sabem, que a ilusão Luciferiana nada mais tem a ver com o princípio Lúcifer, Portador de Luz.
Trata-se de um desvio e de uma manifestação da Dualidade, induzidos pelos próprios dogmas e as próprias Crenças, definidos como conhecimento exotérico,
científico, cujo maior indicador é a eletricidade, que conduziu progressivamente a humanidade a criar, literalmente, um plano invisível ao nível do Éter da Terra,
ainda mais confinante, evoluindo fora de qualquer influência Unitária, de qualquer influência cósmica, se preferem, que conduziu à concretização, sempre mais forte, do que nós chamaremos, se efetivamente o quiserem, uma malha, substituindo as forças eletromagnéticas naturais, já perturbadas por uma malha elétrica, que vocês todos conhecem, hoje, em suas diferentes tecnologias.
O único objetivo de tudo isso foi apenas conduzir à manifestação e à exteriorização de princípios opostos à Luz Vibral, à Luz Unitária, tendo-os fechado ainda mais na ilusão.
Mesmo se hoje, e desde um muito pequeno número de dezena de anos, seja possível, devido mesmo ao afluxo de Luz Vibral sobre a Terra, ponderar o que eu digo, convém aceitar, não o princípio, mas verificá-lo por si mesmos.
Esse Fogo confinante, chamado, no homem, Fogo do ego, Fogo elétrico, permitiu a criação, literalmente, de entidades autoconscientes, mas que não têm qualquer ligação, tal como vocês, almas humanas, com uma Fonte, uma vez que a própria fonte dessas entidades são apenas as Crenças e os dogmas humanos,
exteriorizados, criados e manifestados.
Essa corrente específica é uma corrente que se reforça permanentemente.
Ela representa uma força de oposição e de resistência à Luz Vibral, mas possui,
ela mesma, suas próprias leis, sempre vindas da ação/reação e sustentadas por certo plano pertencente, inteiramente, à matriz e estritamente nada tendo a ver com a Luz Vibral e os Mundos Livres.
Pouco a pouco, portanto, substituiu-se ao que eu chamaria o livre arbítrio do homem, uma dependência total a essas forças criadas pela própria humanidade.
Essas forças foram chamadas forças Arimanianas, sustentadas pelo princípio da ilusão Luciferiana de Dualidade, mas também por certo número de forças que, historicamente, num passado extremamente distante, sempre encararam as Consciências presentes num corpo como propriedade delas.
Propriedade que vocês encontrarão nomeada, de modo expresso, nas Escrituras e nos qualificativos aplicados a esse ser cujo nome não pode ser pronunciado ou então, se é pronunciado, ele lhes falará em termos de Dualidade, de pecado, de punição, mas jamais de Amor, mesmo reivindicando o Amor.
E, mesmo se um ser viesse, devido à sua autonomia Unitária, a exprimir, mesmo numa religião, uma Verdade, esta havia sido então imediatamente amordaçada,
transformada, alterada e invertida, para inverter em Verdade a mensagem inicial.
O que vocês têm sob seus olhos hoje, neste ano, não é mais a confrontação Interior com vocês mesmos, tal como eu havia definido durante o ano 2008,
mas é a confrontação da humanidade, em sua totalidade, entre, de um lado, esse Fogo por atrito, Fogo elétrico, depois nuclear, levado ao seu extremo e visando fazer aparecer, literalmente, uma nova Consciência autônoma, totalmente privada,
desta vez, de uma ligação à Fonte, chamado Fogo nuclear, acontecendo, pelo momento, no exterior de vocês, mas devendo também, nos planos maquiavélicos,
acontecer no Interior de vocês.
Esta confrontação vai colocar, de algum modo, face a face, de um lado, as forças da Dualidade (já opostas elas mesmas umas às outras, tal como vocês o observam em seu mundo de predação e de competição, seja ao nível social, econômico ou entre os países) e, de outro lado, entre as Crenças e dogmas antigos estabelecidos, mesmo prescritos, chamados religiões e alguns ensinamentos ditos novos, surgidos no século XX, cuja finalidade é fazê-los aderir a novos dogmas, fechando-os ainda mais, escravizando-os ainda mais ao que é chamada uma hierarquia exterior, devendo controlar e reger, de algum modo, a evolução do humano, que não será jamais uma evolução, mas era, em seu objetivo inicial e em seu objetivo ainda hoje, uma involução.
Assim, portanto, o melhor modo de chegar a seus fins, para aqueles que, de algum modo, tiraram os cordões desse conhecimento, era maquiar, literalmente, salpicar esse conhecimento esotérico com elementos e palavras pertencentes à Luz Vibral,
mas não permitindo jamais revelar a Luz Vibral.
Essa confrontação vai, portanto, concernir ao conjunto de Crenças novas e antigas, nos diferentes povos, nas diferentes correntes religiosas, filosóficas ou espirituais, entre si.
Essas diferentes correntes, que eu chamaria Luciferianas ou Arimanianas, as duas ao mesmo tempo, frequentemente, agora, vão entrar em oposição frontal à Unidade.
É aí que se encontra o desafio, hoje, da humanidade e, em particular, da parte que começa a descobrir e a viver a Unidade e sua liberação e aqueles dentre os humanos que estão ainda fechados e dependentes dessas Crenças ou a ensinamentos mais recentes, que os fecharam ainda mais na ilusão Luciferiana.
Como o dizia, aliás, Buda, a ilusão Luciferiana consiste no confinamento nos poderes e, como vocês sabem, não pode haver Coração e Amor Vibral enquanto exista o menor poder.
Essa confrontação ocorre, é claro, a partir de agora.
Ela resulta do Fogo do Espírito, Fogo do Espírito levado pelas partículas Adamantinas, o Espírito Santo, as Radiações do Ultravioleta que vêm, literal e concretamente, opor-se ao Fogo por atrito ou Fogo elétrico.
Quando eu falo confrontar-se e opor-se, não é um combate.
É claro, as forças de confrontação Dualitária buscarão um combate, porque é a própria Essência delas encontrar um adversário para confrontar-se.
Enquanto que a Unidade deve se estabelecer, como é o caso atualmente, e como será o caso cada vez mais a cada dia, como lhes foi enunciado por Sri Aurobindo e outros Arcanjos, esses dias passados.
O único modo de resistir, para a humanidade desperta, a esse Fogo nuclear, a esse Fogo por atrito espiritual, é estabelecer-se cada vez mais, no que vocês conhecem e no que eu não voltarei, que são as Coroas Radiantes, os diferentes pontos de Vibração percebidos e vividos, bem além de qualquer adesão a qualquer Crença ou a qualquer discurso.
Assim, portanto, cada um e cada uma sobre esta Terra deverá, não mais efetuar escolhas que foram realizadas há muito tempo, mas levar a termo sua própria transformação Interior que lhe permitirá, de maneira definitiva, ou permanecer num mundo chamado carbonado, ou liberar-se de um mundo carbonado para ir para mundos de sílica e para além.
A diferença entre os dois é, vocês compreendeeram, exclusivamente Vibratória.
Num caso, desenvolver-se-á o Fogo elétrico, Fogo nuclear, com todos os desgastes que isso ocasionará ao nível da estrutura, religado à Fonte, apesar de tudo, do ser humano.
E no outro caso, aqueles que estiverem nos processos Vibratórios reais, vividos,
manifestados e percebidos, seja, como vocês compreenderam, ao nível do ponto ER de sua cabeça como do ponto ER do Coração ou ainda, para alguns de vocês, para o conjunto dos pontos ER e o conjunto das três Lareiras.
De acordo com seu futuro Vibratório, presente, mesmo na encarnação, desenhar-se-á, e desenha-se já, seu futuro carbonado, sílica ou outro.
É claro, os partidários de dogmas antigos ou dogmas novos, de Crenças, não poderão absolutamente viver e perceber o que vocês percebem a um nível ou outro.
Isso provocará essa confrontação coletiva da humanidade na qual vovês entraram.
A Luz Vibral, como vocês sabem, o Fogo do Espírito, doravante, uma vez que as três irradiações que lhes foram descritas pelo Arcanjo Miguel, irradiação do Ultravioleta, partículas Adamantinas, irradiação da Fonte, Espírito Santo fundem-se inteiramente, doravante.
Essa fusão desemboca no aparecimento, em número de dias mais consequentes,
de partículas Adamantinas, de irradiações cósmicas, de irradiações Terrestres, de irradiações presentes mesmo em sua atmosfera que, para seus cientistas,
veiculam radiações extremamente perigosas, e elas o são para a Dualidade e para um corpo fechado, mas elas não são absolutamente perigosas, bem ao contrário, para uma Consciência que despertou o aspecto Vibratório em si, qualquer que seja a fase.
Tudo isso vai concorrer, nos momentos que vocês vivem, para exteriorizar e para manifestar a realidade desta confrontação no conjunto da sociedade da humanidade.
Como vocês sabem já, certamente, de sua capacidade para penetrar mais adiante na Vibração, em sua Presença, de sua capacidade para penetrar, cada vez mais,
nesse Conhecimento do Coração (que é o único Conhecimento, porque ele religa e não isola, ele os religa aos seus aspectos multidimensionais, ele os religa à Fonte, inteiramente, à Unidade e, sobretudo, à Paz e à Alegria), da qualidade da instalação da Paz e da Alegria em vocês vai decorrer, para vocês, coletiva e individualmente, sua capacidade para superar e transcender essa confrontação que não lhes concerne, mas que concerne, realmente, aos dois princípios.
É nesse sentido que, em numerosas reprises, o Arcanjo Miguel e outros Arcanjos os chamaram:
«Portadores de Luz», «Estandartes de Luz» e «Semeadores de Luz», recordando-os que, no interior de sua Consciência, quando vocês tocam e manifestam sua Unidade (chamada, em outros termos, a Realização do Si ou Samadhi, o estado de Consciência de Paz, chamado, no hinduísmo, Sat Chit Ananda), vocês terão a capacidade Vibratória e de Consciência, reais, para não entrar em oposição, a oposição fazendo-os, por definição, voltar a penetrar as esferas da ilusão Luciferiana.
A personalidade, mesmo iluminada e desperta tem, é claro, tendência para funcionar segundo as regras desse mundo, e terá tendência a arrastá-los na ação/reação.
É aí que se verá a sabedoria do Coração e o Conhecimento do Coração na obra, lembrando-os, pela presença ou pela interrupção da Vibração, se vocês estão em seu caminho, Unitário, ou se vocês se afastam de seu caminho, para recair sob a influência do Fogo do ego, Fogo da personalidade, Fogo elétrico da Dualidade e nuclear.
Durante este período que se abre de seu mês de abril, as radiações da Terra, o afluxo de Luz sobre a Terra vai prosseguir.
O resultado será, vocês compreenderam, profundamente diferente, de acordo com o que vocês tiverem integrado e exteriorizado e, também, interiorizado.
Num caso haverá sofrimento, num caso, haverá resistência e, no outro caso, haverá Paz, facilidade, Luz e Alegria.
Assim, portanto, segundo mesmo seu humor, assim, portanto, segundo mesmo a Vibração presente em vocês, a cada instante, vocês poderão se situar, com extrema facilidade, numa vertente ou na outra vertente da confrontação global.
A Unidade não é uma palavra, a Unidade não é um conceito, a Unidade é um estado de ser.
Nesse estado de ser há Energias a que nós chamamos Vibrações, que foram chamadas Energia Supramental ou ainda Energia de la Città.
As características desta Vibração são aquelas que vocês percebem ao nível de seus pontos de Vibração da cabeça, do Coração ou de outros lugares, e vêm, como vocês sabem, de sua Existência, ou seja, de outra Dimensão que nada tem a ver com o funcionamento desse mundo.
De sua qualidade, que eu chamaria de aceitação, e que o Arcanjo Anael chamou de integração, em ressonância com sua integridade, vocês poderão então viver,
facilmente ou mais dificilmente, mas viver, sua ressurreição.
É esse processo que está exatamente em curso, agora, remetendo à imagem e à denominação dadas pelo Grande Comandante, de «lagarta» e de «borboleta».
A confrontação do Fogo nuclear, elétrico e do Fogo do Espírito vai permitir, paradoxalmente, para muitos de vocês, despertarem-se à sua Dimensão Unitária, para aqueles de vocês que aderem, mas que não vivem ainda isso.
E isso é durante esse mês.
Da interação dessa confrontação não ativa da Luz Vibral, mas da colocação na iluminação, se preferem, do Fogo elétrico ou Fogo Arimaniano e Luciferiano, e, do outro lado, do Fogo do Espírito e da Fonte vai resultar, de algum modo, o que eu chamaria, como foi dito, uma desintegração total desta Dimensão, chamada novo nascimento, Ressurreição e, para a Terra, liberação.
É a confrontação, ao nível coletivo, entre o Fogo elétrico nuclear e o Fogo dos Espíritos, que se traduzirá por uma qualidade Vibratória audível.
A chegada do som do Céu e do som da Terra desencadeará certo número de processos que se estendem, doravante, sob seus olhos, a cada dia.
Mas o que acontece fora, acontece também em vocês.
Alguns de vocês, qualquer que seja sua abertura para a Luz Unitária, ainda não penetraram, inteiramente, sua Unidade, sem mesmo falar de ir em seu corpo de Existência.
Para a maioria dos seres, o Fogo do ego pode ainda manifestar-se.
Lembrem-se de que o Fogo do ego vai atrair essa Luz Vibral, manifestando-se em proveito do ego, ou seja, da apropriação e não da doação.
A personalidade vai mesmo encontrar todos os subterfúgios para derivar e desviar a Luz do Coração.
É nesse sentido que seus espaços de alinhamento, que seus espaços Vibratórios devem ser privilegiados, a fim de estarem seguros e certos de permanecerem ou de entrarem na Unidade.
O Conhecimento do Coração é este.
Não é qualquer outro.
E é por isso que Cristo ou Buda, em outros termos, falavam da infância, falavam da ilusão do mental e das emoções e da ilusão desse mundo.
Isso vai tomar, eu diria, todo seu peso e toda esta leveza, em função do que vocês vivem, durante o mês que se abre a vocês.
O conjunto da Confederação Intergaláctica dos Mundos Livres, devido à ação das forças Arimanianas e Luciferianas, na condução do Fogo nuclear, conduziu para a liberação total da Onda galáctica, em acordo com Gaia, para levar a efeito sua elevação.
Isso se ilustra, em vocês, como perturbações, eu diria, ao invés de reorganização,
observadas por seus cientistas e concernentes aos elementos, justamente, ligados à eletricidade, ao magnetismo e à Luz.
É a isso que vocês serão confrontados exterior e Interiormente.
«Portadores de Luz»
Em resumo, isso pode se resumir, empregando as palavras do Grande Comandante: «Vocês querem ser borboleta?».
Mas, se vocês querem ser borboleta, vocês não podem continuar lagarta.
Eu repito, e assim como foi esclarecido por Sri Aurobindo, não concebam isso como uma resignação, bem ao contrário, mas uma vitória.
Porque o que vai querer se manter, em vocês, é a ilusão, através de um discurso por vezes lenitivo, de reações para se opor ao mal, um discurso por vezes impregnado e repleto de Amor nas palavras, para manter, custe o que custar, de alguma forma, a ilusão.
Tentem, obviamente, colocar-se além desse jogo Dual, não para estarem resignados, mas, bem mais, para manifestarem, com ainda mais firmeza e Abandono, sua Presença na Luz Vibral.
Aí está, então, o que há para efetuar, aí está, então, o que se desenrola agora.
Vocês vão participar do confinamento, vocês vão participar da liberação?
De seu estado de ser, de suas ações, de seus comportamentos, de cada um de vocês, decorrerá a realização da liberação.
O Conhecimento do Coração os convida a penetrar espaços de Vibração de sua própria Presença, conferindo a Alegria, a Paz e Sat Chit Ananda.
Vocês observarão, se não é já o caso, que existirão, em vocês, momentos cada vez mais longos e intensos, em que vocês viverão o Fogo do Espírito, parecendo,
aliás, desconectá-los desta ilusão.
Parecer-lhes-á, em alguns momentos, não mais estarem na ilusão e é efetivamente, e esse será efetivamente o caso.
Quanto mais a Luz Vibral penetra esse mundo, mais vocês viverão isso.
Isso lhes evitará serem confrontados ao Fogo elétrico, ao Fogo nuclear da Dualidade.
Isso necessita, também, ao nível de seu mental, para além mesmo de sua pacificação e de seu domínio pelo Supramental e a Energia do Espírito, acolher e viver o que deram inúmeras Estrelas e aquele que virá após mim, concernente à humildade, à simplicidade, o Aqui e Agora, a Ética, a Integridade, realizados, o melhor possível, pela Vibração Cristo, estritamente nada tendo a ver, é claro, com um Salvador exterior vindo extrai-los de sua própria condição.
Aí está o que me foi solicitado esclarecer-lhes, com referência ao Conhecimento, e tudo o que se opõe ao conhecimento esotérico.
Se existe em vocês, agora, e com relação a isso e exclusivamente com relação a isso, perguntas, então, eu responderei.
Questão: poderia desenvolver sobre os quatro pilares,
Integridade, Ética, Atenção e Intenção?
A Atenção e a Intenção decorrem, muito naturalmente, de sua capacidade para instalar-se no que foi chamado o Aqui e Agora.
Isso é ilustrado, ao nível de sua cabeça, pelos pontos de Vibração chamados IM e IS.
Isso não é um conceito moral ou social, mas, aí também, um estado Vibratório,
quer dizer que vocês podem discorrer e elaborar, mentalmente, tudo o que, para vocês, está em relação com a Atenção e a Intenção.
É muito mais simples e eficaz, e vocês o constatarão vocês mesmos, colocar em Vibração as estruturas correspondentes ao nível das Estrelas, esses pontos, para que seu cérebro se conforme à vibração e os faça penetrar, instantaneamente, no Aqui e Agora, para além de qualquer esforço e de qualquer mentalização.
No que concerne à Ética e à Integridade, essas duas virtudes são também duas Vibrações existentes ao nível das Estrelas.
Assim, portanto, a percepção real da pressão ou da Vibração, existente ao nível do ponto OD e do ponto AL vai lhes permitir, portando sua Consciência nisso, aí também, viver a Ética e a Integridade, para além dos códigos morais e sociais.
Eu não vou, então, empregar palavras para definir o que é a Ética Interior e a Integridade Interior, mas essa linguagem Vibratória.
Isso é chamado a Cruz da Redenção.
Assim, quando a percepção da Cruz da Redenção se instala ao nível de sua cabeça, quando ela é percebida, ela vai lhes dar a capacidade, real, de serem Éticos, Íntegros e de estarem na Atenção e na Intenção.
A partir daquele momento, não há a manter, no sentido humano, uma Atenção ou uma Intenção ou uma vigilância com relação à Ética e à Integridade porque é a Vibração, por si mesma, por sua ação em seu cérebro que induzirá os comportamentos, o aspecto moral e social, diretamente vindos do Interior e, portanto, do Coração.
A realização da Cruz da Redenção e a instalação do circuito ER/ER, portanto,
permitiu a conscientização e a manifestação de seu estado.
Ser-lhes-á então muito fácil saber se seus atos, suas decisões, seus pensamentos estarão sob a influência dos quatro pilares ou não, pela própria percepção Vibratória.
Em resumo, e retomando o que disse anteriormente, o ser humano, até o presente, funcionou com seu mental e suas emoções, com suas Energias prânicas, com o Fogo elétrico.
Hoje, vocês aprendem, nesses tempos reduzidos, a funcionar pela Vibração e pela Inteligência da Luz.
Mas, para isso, eu repito, a humildade, a simplicidade e a supressão da personalidade deve ser total.
Não temos mais perguntas, agradecemos.
Então, bem amados Filhos de Um, eu lhes transmito o Amor e a Luz Dourada e, certamente, até um dia, talvez.
Áudio da Mensagem em Francês
Link para download:clique aqui
Áudio da Mensagem em Português
Link para download:clique aqui
Mensagem de ARCANJO JOFIEL, pelo site Autres Dimensions em 31 de março de 2011
Rendo Graças às fontes deste texto:
Tradução: Célia G.

terça-feira, 20 de agosto de 2013

A COMUNICAÇÃO - ARCANJO JOFIEL - 25-04-2008 - COM ÁUDIO

A COMUNICAÇÃO
ARCANJO JOFIEL
25-04-2008
COM ÁUDIO
Rendo Graças ao autor desta imagem
TERÇA-FEIRA, 16 DE JULHO DE 2013
Eu sou Jofiel, Anjo.
Bem-vindos a vocês, nesse espaço.
Esse espaço é um espaço de comunicação, e eu gostaria, esta noite, de falar-lhes de comunicação.
Assim, pela vibração, eu me abaixo à sua vibração, para exprimir-me através de palavras.
Palavras que vocês captam e que integram e interpretam.
A comunicação, em seus espaços encarnados, passa pelas palavras e pelos sinais.
As palavras e os sinais são vibrações que sua esfera mental deve decodificar,
integrar, para delas traduzir um significado que lhes é próprio.
Não existe qualquer meio, por esse método, ou seja, os sinais e as palavras, de estar seguro e certo de que a pessoa que recebe, de uma maneira ou de outra,
esses sinais ou essas palavras, esteja em comunicação com você.
Em resumo, a comunicação que você emite não é, necessariamente, a comunicação que chega ao nível do receptor.
Há, portanto, uma distância entre o emissor e o receptor, em sua dimensão.
A comunicação, nos planos angélicos ou em espaços multidimensionais liberados da pressão de suas encarnações, não passa, absolutamente, por esses mesmos métodos.
Há comunicação em nossos espaços a partir do momento em que há comunhão.
Comunhão quer dizer comungar, quer dizer estar no mesmo comprimento de ondas e, portanto, nos mesmos significados, o que está longe de ser o caso pelas palavras e os sinais.
As palavras e os sinais que você emite não são, jamais, eu digo, efetivamente,
jamais, percebidas tais como foram emitidas, mas percebidas, unicamente, do modo pelo qual você as recebe.
Modo pelo qual você as recebe, que depende apenas de seu nível de compreensão, apenas do que há em você, em relação ao que você mesmo pensa,
ao que você mesmo sente sobre as palavras e os sinais que foram emitidos.
Assim, a simples palavra amor.
Quando você diz que ama alguém, e quando você comunica esse amor, o que há,
no outro, que recebe esse amor?
Vocês têm os mesmos valores, ao nível de definições, ao nível de compreensões,
ao nível de ações e ao nível de sensações?
Absolutamente, não.
Não pode haver, portanto, através de sua comunicação, comunhão, de espécie alguma.
A única comunicação eficaz seria uma comunicação que não passaria pelas palavras e os sinais, mas passaria, unicamente, pela vibração, porque a vibração é conhecimento e comunhão.
Não pode, ali, haver comunicação.
Há, necessariamente, em sua dimensão, dualidade.
Isso se tem à sua corporeidade e ao seu mundo, que evolui conforme as leis da dualidade.
A partir do momento em que vocês penetram esferas dimensionais mais etéreas,
mais sutis, a comunicação torna-se comunhão, ela é, portanto, realmente,
comunicação, uma vez que não depende nem de palavras, é claro, e, ainda menos, de sinais, mas, unicamente, da radiação e, portanto, da vibração.
Assim, vocês empregam uma comunicação que não corresponde, absolutamente,
ao que vocês desejam comunicar, porque o que vocês comunicam é apenas o reflexo de seu interior.
E, mesmo na comunicação a duas pessoas, e não que se dirige a um grupo de pessoas, a coisa pé, também complexa, porque vocês comunicam um sentimento,
uma ideia, uma palavra que não tem, de modo algum, o mesmo conteúdo para aquele que recebe o que vocês emitem.
Assim, não pode ali haver comunicação.
Há simpatia, ressonância, em alguns casos, nos quais as palavras ou os sinais vão corresponder, para ambos, à mesma vibração.
Tente pronunciar a palavra amor.
O que você sente, em si?
Algo, não é?
Em contrapartida, se você pronuncia a palavra amor e diz a alguém que você o ama, será que ele vai receber a mesma coisa?
Certamente não.
Para você, o amor é, talvez, posse, para o outro, o amor é, talvez, liberdade.
Quando vocês comunicam o amor, pelo amor e para o amor, o que há em seu conteúdo?
Esse conteúdo é profundamente diferente, de acordo com seu nível vibratório e seu nível de consciência.
A um nível pessoal, a um nível ligado ao ego, você vai comunicar algo que é do domínio da posse, da possessividade e da ausência de liberdade.
Isso explica que, muito frequentemente, as comunicações que vocês emitem pelos sons e os sinais são fenômenos totalmente distorcidos e, mesmo quando o outro lhes diz que compreendeu, através de um discurso, cada palavra que você tenha pronunciado é interpretada em função do próprio filtro da consciência daquele que recebe a informação.
O exemplo é ainda mais flagrante ao nível dos sinais: você está na rua, dá uma piscada de olho, o outro pode receber isso como um convite para juntar-se a ele em espaços privados e íntimos, enquanto você mesmo emitiu uma piscada apenas para dizer bom dia ou, então, um cisco entrou em seu olho e você pisca o olho para eliminar o cisco.
Vejam vocês que é muito difícil, em seu espaço dual, compreender e assimilar a comunicação como um espaço de trocas.
Trata-se mais de um espaço monodirecional, no qual um emite e o outro recebe,
mas, em caso algum, o que é emitido corresponde ao que é recebido.
O fenômeno de concordância é excessivamente raro, mesmo quando há acordo vibratório.
A comunicação deve fazer-se, nesse caso, de maneira diferente.
Se você quer aceder a espaços de consciência muito mais expandidos e desembaraçados, de algum modo, dessa dualidade que o fantasia em seus pesos e suas encarnações, convém passar não pelas palavras, mas pela vibração.
Vocês me dirão que a vibração pode, também, enganar-se.
E não.
Eu já intervim sobre a qualidade da vibração.
Em momento algum a vibração pode induzi-los a erro e não pode enganá-los.
Não em relação às suas próprias percepções, mas, sobretudo, em relação ao que é emitido pelo outro.
Imagine que alguém emita a vibração do amor, que você não conhece essa vibração, em caso algum essa vibração poderá chocar algo que não seja o amor e fazer ressoar algo que não seja o amor.
Você poderá apenas dizer «eu não conheço essa vibração, ela nada evoca em mim».
Mas, em caso algum, o amor pode dar uma vibração de ódio para aquele que a recebe.
A vibração é, portanto, a linguagem universal.
A vibração, a radiação é algo que deve tender a substituir, como vocês verão proximamente, em outros estados de vida ou outros estados dimensionais, em que a palavra não tem mais curso e em que os sinais são os mesmos para todo mundo.
Não há acordo sobre os sinais, em sua dualidade, exceto em algumas confrarias nas quais o sinal é meio de reconhecimento.
Não um meio de comunicação, mas meio de reconhecimento, de afiliação a uma mesma filiação.
Por exemplo, as saudações iniciáticas.
Por exemplo, as saudações que existem em algumas confederações galácticas,
que permitem, para além das palavras, o verdadeiro pertencimento vibratório, pela radiação do sinal, a uma mesma ordem ou a uma mesma filiação.
Assim, sua comunicação é, portanto, distorcida.
Inúmeras entidades que vieram a vocês trocar pelas palavras sempre disseram que o mais importante não eram as palavras, mas o trabalho vibratório que era empreendido através das palavras e através da presença.
Vocês devem compreender isso.
Apesar das grandes leis que vocês apresentaram sobre a comunicação em sua humanidade, vocês têm a impressão de comunicar-se.
Vocês estão em uma era que se aproxima, a grandes passos, que é chamada a era da comunicação ou era de Aquário, e vocês se esquecem de que a comunicação é uma comunhão.
Comunicar-se se torna, para vocês, exprimir seu interior e apresentar, também, ao outro, o que vocês pensam ser seus defeitos ou suas qualidades.
Mas, em caso algum, trata-se de comunicação.
Trata-se de uma forma degradada do que nós chamamos, nós, Anjos, um julgamento, e um julgamento afasta-os da vibração.
O julgamento é algo que os faz portar afirmações que vão afastá-los, totalmente,
da vibração que vocês buscam.
Ainda mais quando vocês falam de Amor e de Luz.
É muito importante assimilar isso ao nível de suas estruturas mentais e emocionais.
A comunicação é, de qualquer modo, inteiramente distorcida em seus espaços,
porque a comunicação é, unicamente, função de seus desejos.
Eu não falo, mesmo, de possibilidades conscientes de manipulação, através da comunicação.
Querer fazer crer ou querer fazer entender ao outro o que ele quer, efetivamente,
entender, para fazê-lo aderir a algo, trata-se, também, do que vocês chamam comunicação.
Essa comunicação consiste em fazer aderir e não comunicar.
A comunicação pode existir, real e concretamente, apenas através da vibração ou a radiação emitida pelo coração.
A vibração ou radiação emitida pelos sons, pela palavra, pelos sinais pode apenas induzir a erro aquele que recebe essa informação.
Não há comunicação, há informação, mas a informação distorcida em função da própria vivência daquele que recebe.
Vocês não poderão, jamais, mesmo em uma relação a duas pessoas, através de seu plano de realidade, experimentar a comunicação real.
A comunicação, como eu mostrei ao meu canal, através da comunhão com um animal, é a mesma que a comunhão com um Anjo, mas essa forma especial de comunicação não pode exprimir-se através de palavras.
Enquanto eu, que desço à sua vibração, posso tomar os circuitos do cérebro para exprimir-me em palavras.
Coisa que não pode fazer um animal e, no entanto, ele se comunica: ele comunica seu estado de ser.
Não há qualquer distorção, porque isso não passa pelos sons, não passa pelos sinais, mas passa pela radiação e a vibração.
E a radiação e a vibração da comunicação podem existir apenas ao nível do coração.
Ora, sua comunicação, em seu mundo dual e encarnado, hoje e sempre passa,
preferencialmente, pelo quê?
Pela zona da garganta, que vocês chamam Vishuda Chacra.
Essa comunicação não é comunicação, ela é influência sobre o outro.
A verdadeira comunicação, vocês compreenderam, pode fazer-se apenas pelo coração.
O que dizer da comunicação sexual, que é, também, uma forma de comunicação pelo sinal que desencadeia, no estado humano, fenômenos específicos que podem aparentar-se a fenômenos extremos, descritos nos fenômenos mais espirituais.
Entretanto, mesmo, ainda, no caso de acordo entre os parceiros, não se trata de uma comunicação.
Por vezes, isso pode tocar a comunicação, mas é extremamente raro, concordem.
Aí, ainda, essa comunicação da esfera sexual é um relacionamento que é destinado a fazê-los experimentar, em caso de acordo vibratório, fenômenos, por vezes, fusionais, por vezes, entusiásticos, por vezes, conflituais, mas que, de todo modo, afasta-os da comunicação de coração a coração.
O problema é que o ser humano, quer ele se exprima pela garganta ou exprima-se pelos órgãos genitais, tem a impressão de que isso vem do coração, mas isso não vem, jamais, do coração.
Isso vem, sempre, do ego e, portanto, do que vocês chamam o terceiro chacra.
Vocês exprimem seus desejos, exprimem o que têm na cabeça, exprimem suas emoções, através da esfera sexual ou da expressão verbal, através da manifestação das emoções que, eu repito, absolutamente nada têm a ver com o que acontece com a radiação do coração.
Dito em outros termos, sua comunicação é poluída por seus pensamentos, por seus interesses, por seus desejos, enquanto a verdadeira comunicação,
lembrem-se, é comunhão.
A comunhão não se importa com desejos pessoais.
A comunhão é um ato espontâneo, que sobrevém nos estados multidimensionais,
de maneira espontânea.
Quando duas almas reencontram-se, desprovidas de corpo, elas comungam, elas são uma relação, elas se interpenetram em toda liberdade para comungar e comunicar o estado de ser delas.
Enquanto suas comunhões, que vocês chamam de comunhões, suas comunicações, que vocês chamam de comunicações, são apenas meios primários e desviados de entrar em relação, porque a entrada na relação é algo que é ligado à magia do homem na encarnação.
Eu os engajo a desenvolver diferentes modos, outros que não aqueles que vocês utilizam, atualmente, para aproximar-se, ao mais perto, da verdadeira comunicação e da verdadeira comunhão.
Para isso, vocês devem tentar comunicar-se com consciências que não têm palavras e sinais.
Quais são os seres ou os reinos, em sua encarnação, que lhes é permitido aproximar-se, para entrar em comunhão?
O primeiro desses reinos é, obviamente, o reino vegetal e, em especial, as árvores, porque elas não podem comunicar-se por sinais, se não são os sinais ligados às estações.
Mas os sinais diretos de comunicação com vocês não podem recorrer aos movimentos.
Do mesmo modo que essa comunicação não pode passar por palavras, ela pode,
portanto, estabelecer-se apenas pela vibração e pela radiação.
A irradiação elétrica e magnética da árvore, a partir do momento em que vocês portam seu olhar sobre a árvore, a partir do momento em que, vocês exercem sua concentração sobre a árvore, vai mostrar-lhes que a árvore reage a esse efeito de entrar em comunicação.
A vibração que será, então, emitida pela árvore, é uma vibração real de comunicação e de radiação e, portanto, de comunhão.
É o mesmo para o reino animal, em uma menor medida, porque ele tem, à disposição, os sinais, mesmo se não tenha a palavra.
Uma atitude pode ser agressiva ou, ao contrário, acolhedora para um animal doméstico.
Mas, de todo modo, para além desses sinais ligados à emoção do animal, é importante compreender que ele pode comunicar-se além das palavras que vocês emitem, pela vibração.
É preciso, portanto, compreender, por isso, que, sendo o reino o mais evoluído da criação na dualidade, nesse mundo vibratório de terceira dimensão, como vocês o chamam, é-lhes possível usar da comunicação, tal como vocês a chamam, para entrar em relação com seus semelhantes pelos sinais, pelas palavras, pela escrita.
Mas isso é uma traição, de algum modo, em relação à vibração e à radiação do coração, que é a verdadeira comunicação.
Então, é o mesmo em todas as suas relações.
E o que dizer, mais, de relações de casal?
Então, obviamente, isso explica que, sendo distorcida a comunicação, desde a partida, porque inexistente, é óbvio que todo relacionamento de dois indivíduos,
exceto caso excepcional, terminará, sempre, por uma ruptura dessa relação porque, a um dado momento ou outro, vocês não podem mais compreender ou aceitar o que o outro disse ou o que ele supôs comunicar.
Há, portanto, uma ruptura, porque não houve comunicação e não houve amor.
Quando há amor e comunhão não pode haver ruptura.
Ora, todas as coisas, vocês sabem, de modo formal, terminam, sempre, por rupturas nesse mundo, quaisquer que sejam elas.
Vocês devem compreender e admitir que a comunicação real, aquela que é eterna,
apenas pode passar pelo coração e, para passar pelo coração, é preciso abster-se de palavras, de sinais e de escrituras.
É preciso, também, obrigar-se a limitar os modos de comunicação de natureza privilegiada, que se tornariam extensivos, como a sexualidade porque, naquele momento, vocês se afastam da verdadeira comunhão e da verdadeira comunicação.
Aí estão as algumas palavras que eu tinha vontade de dizer-lhes, em relação a essa vibração, esse conhecimento e, sobretudo, em relação à comunicação.
Agora, vocês podem falar e exprimir, vocês também, o que vocês entendem com isso ou se desejam mais esclarecimentos em relação a essa vibração que é a comunicação do coração.
Questão: a criatividade artística é uma forma de comunicação, na qual a cor, em especial, permite comunicar...
Pode permitir exprimir e não comunicar ou comunicar consigo mesmo a arte, sob a forma de cores.
Um artista, o que vocês chamam um artista, que trabalha nos ateliês da criação do universo e que é religado a essa fonte de criação do universo, que exprime uma cor através de um quadro, tanto figurando um objeto como estando em uma cor abstrata não ligada a uma forma, por exemplo, vai exprimir um conteúdo.
Esse conteúdo passou, já, pela mão do artista e por suas próprias concepções da criatividade da cor, da forma e do movimento.
Ele exprime, ele torna visível o que é seu interior e seu pensamento ou sua emoção [do artista].
Ele adere, portanto, a um suporte, e isso é a mesma coisa para todas as artes (exceto para a música, que é profundamente diferente, quanto à origem)
Quando você põe uma cor sobre uma folha, para você, isso vai representar algumas coisas.
Em contrapartida, aquele a quem vocês dão a ver essa cor não vai sentir a mesma coisa.
Ele pode sentir, eventualmente, a alegria, a tristeza que você colocou para aplicar essa cor.
Mas, em caso algum, o que você vai gerar naquele que olha é a mesma coisa que o que você emitiu.
Aí também, a comunicação é falsificada, porque ela não corresponde a uma comunicação, mas a uma expressão que é dada a ver, dada a sentir, mas que não corresponde, absolutamente, a uma comunicação.
Questão: você pode falar-nos do que exprime, portanto, cada cor?
Cada uma das cores, isso seria muito longo.
A cor é o quê?
A cor é uma especificação do movimento da luz.
A cor é uma orientação da luz.
A cor remete a uma aplicação, a um movimento preciso.
Uma cor é o que é dado a ver, mas, também, para além do que é dado a ver e dado a sentir.
Eu não falo, aí, da cor de uma pintura, mas da cor a mais autêntica, perfeitamente definida, monocromática.
A cor é um elemento vibratório que será captado, mas, antes de ser captado por sua consciência, reconhecido, diretamente, por seu corpo e, portanto, suas células vivas de terceira dimensão.
Uma determinada cor, mesmo no escuro o mais absoluto, possui um efeito sobre a célula.
E, aí, eu não falo de luz de cor, mas de uma cor precisa, uma cor material.
Mas, mesmo essa cor material é a encarnação de uma especificidade da luz.
Isso é muito importante a assimilar.
A linguagem das cores é a linguagem da luz.
Toda vibração em nossas dimensões é uma cor, antes de ser um sentir, antes de ser, mesmo, uma vibração, ela é uma cor que não é vista pelos olhos, mas uma cor que é vista pela alma.
Cada cor exprime e comunica-se.
A comunicação pela cor, nos mundos multidimensionais, é a regra, a partir de dimensões que vocês chamariam bastante baixas, como as dimensões as mais etéreas, nas dimensões extremamente elevadas.
A cor é a própria base da Luz e da comunicação.
Então, alguns artistas ligados aos ateliês da criação, obviamente, vão exprimir,
pela cor, certo número de coisas oriundas de mundos superiores, mas, sempre,
filtradas pela própria pessoa, se ela é, como vocês dizem, transparente.
E aquele que recebe a informação depositada sobre um quadro ou qualquer outra coisa dessa cor vai, também, filtrar, por sua vez, a cor.
Há, portanto, dois filtros e, portanto, uma distorção, de todo modo.
Só a Luz não pode ser distorcida, mas a percepção da Luz é distorcida.
Mas há uma ligação surpreendente, eu diria, entre a Luz, no sentido o mais absoluto, e a cor.
Essa ligação é ligada à intenção da Luz em sua especificação de cor.
Questão: poderia ilustrar isso, tomando uma cor no exemplo, o azul?
O azul exprime a paz, mas o azul não é único.
Existe uma multidão de azuis, dos quais, alguns, vocês não podem perceber visual ou vibratoriamente.
Existem azuis de dimensões superiores que são harmônicas de seu azul o mais puro, que seu olho não pode perceber e que seu coração não pode sentir.
A vibração do azul monocromático exprime-se em certa gama vibratória.
O azul é pacificador, ou seja, ao nível celular, uma célula que capta o azul permanece em equilíbrio.
O coração desacelera, suas emoções acalmam-se.
O azul é pacificador.
Isso, é a ação geral.
Mas alguém que fosse colocado na vibração da cor azul poderia sentir qualquer outra coisa que não a calma, poderia sentir-se agredido ou agressivo com o azul.
Assim, a ação do azul, que é perfeitamente definida através de seu lado pacificador, pode exercer uma atividade inversa em alguns seres humanos.
Isso é ligado à distorção do sentir do azul, porque não há comunicação, porque vocês observam a cor pelo olho.
A célula recebe a vibração da cor sem intervenção consciente de sua parte.
Em contrapartida, sua personalidade, também, capta a cor e a interpretação que ela vai fazer disso, em termos de comportamento, em termos de emoções, em termos de ações é profundamente diferente, conforme a alma que é atravessada pela cor e a personalidade, ainda mais.
Então, portanto, é agradável definir algumas propriedades ou cores, porque elas são reais em seu mundo, mas lembrem-se de que toda cor, por mais bela que seja, é apenas uma parcela da Luz e reflete apenas a intenção da Luz nessa orientação precisa.
Em resumo, nós podemos dizer que a cor afasta-nos da Luz.
A cor os faz sentir.
A cor tem efeitos ao nível celular, que não é de responsabilidade da Luz.
Isso é profundamente diferente.
A cor vai, portanto, orientar sua célula, seu mental, suas coesões, sua visão para uma especificidade da qual vocês tiraram regras gerais que são as leis da cor.
Há muito grandes seres que escreveram sobre a cor, nos séculos passados.
Eu os remeto, se quiserem aprofundar isso de maneira autêntica, antes mesmo do aparecimento das leis físicas da Luz, a um livro magistral, que foi escrito há dois séculos, que se chama «o tratado das cores» de um certo senhor Goethe, que exprime, perfeitamente, a diferença entre a luz e a cor.
Essa obra magistral, que foi ditada por outro anjo, corresponde, totalmente, à realidade da luz em todas as dimensões e da cor, também.
Questão: por que se pode ser atraído ou afastado por uma determinada cor?
Vocês são atraídos ou afastados por uma cor em função daquelas que faltam ou daquelas que são necessárias à sua evolução.
Por vezes, vocês são, também, atraídos por algo que os magos, do mesmo modo que vocês comem alimentos que os prejudicam.
Isso é um domínio extremamente difícil.
A cor, lembrem-se, é uma especificidade precisa da Luz, mas ela não é a Luz.
É melhor ser atraído pela Luz.
É melhor ver a Luz como desprovida de cor, ou seja, que integra todas as cores.
A Luz é, de fato, a integração de todos os possíveis da Luz e, portanto, a integração de todas as cores.
Questão: é por isso que o arco-íris fascina tanto o ser humano?
Há a refração da Luz, através do prisma da água, da realidade do espectro que vocês chamam arco-íris.
Ele representa a decomposição da Luz primordial, conforme o espectro colorido que lhes é acessível nessa dimensão.
Ele é, portanto, o reflexo, tal como seu nome indica, de cores que os religam à Luz.
O arco-íris, além da cor material, é uma cor imaterial.
É, portanto, uma cor de natureza luminosa.
Ele não é encarnado; está, portanto, ao mais próximo da Luz autêntica.
O arco-íris que lhes é dado a ver é uma decomposição da Luz que vocês chamam monocromática e, portanto, uma decomposição, em sua dimensão, da Luz original.
Não estando encarnado em uma forma ou um objeto ou um ser, está ao mais próximo da autenticidade da Luz.
Questão: poderia explicar por que, conforme seus dizeres, «a cor remete a um movimento preciso»?
Movimentos foram definidos há vários séculos, ou mesmo vários milênios, através dos movimentos da energia, dos movimentos da vida.
Assim, por exemplo, o vermelho é para o nascimento da vida.
O laranja, a segunda cor do arco-íris, é o desenvolvimento da vida.
O amarelo é a revelação e a superficialidade da vida.
O verde é o equilíbrio.
O azul é a paz.
O violeta é a espiritualidade.
E o branco é o reflexo da Luz total.
O negro é definido como a ausência dessa Luz.
Questão: você tem informações sobre o universo da cor em relação com o cristal?
O mundo do cristal é a densificação extrema dos mundos de Luz.
Ele está ao mais baixo da escala, entretanto, porta, em si, a semente de todos os possíveis.
O cristal é a concretização, a concreção da Luz.
Ele é, certamente, de uma cor matéria, encarnada, mas porta, em si, o arquétipo da cor ligada à Luz, traduz nos fatos em seu mundo.
Assim, as cores de que eu falava eram cores interiores, e não exteriores, vocês compreenderam, que têm densificação que se faz em seu mundo, em sua dimensão, através das cores diferentes que não são mais cores luz, mas cores encarnadas.
Assim, eu darei apenas esse exemplo, porque existem milhares deles:
o vermelho,
a luz vermelha, que é o impulso da vida, vai dar, na matéria, o sangue (o que anima a vida)
Ao nível das pedras, as pedras vermelhas não estão no retorno à luz de cor vermelha.
O que vocês veem em vermelho, ma matéria, através não da cor luz vermelha,
mas em sua encarnação, a cor matéria vermelha é o reflexo do verde.
Não há correspondência nem equivalência entre a luz de cor e a matéria de cor.
Há difração, há permutação entre a luz original e a cor da matéria.
Em resumo, a cor matéria tem um efeito, obviamente, sobre vocês, mas muito menos intenso do que a luz interior colorida que vocês podem gerar.
Mas, também, é preciso compreender, por isso que uma matéria vermelha, que alguns veem sob a forma do mineral ou do sangue, esconde-lhes uma cor que é,
no caso, aqui, o verde.
É o mesmo para todas as matérias de cor.
Isso quer dizer que, quando da passagem em encarnação, as luzes de cor são transformadas.
Tudo é resumido nessa frase: a cor da luz, encarnando-se, vai mascarar-lhes a origem dela e desvendar aos seus olhos e aos seus sentidos através de outra cor.
Isso é ligado ao princípio de reversão, que corresponde à encarnação e à passagem de uma dimensão a outra.
Quando dessa reversão, há uma reversão da gama colorida.
Essa reversão faz-se a partir do eixo central, que é o espectro médio que vocês chamam o verde.
Retornando, há uma modificação essencial de cores quando passam na encarnação.
Questão: a que é devida essa modificação?
A reversão faz-se nos dois sentidos.
A reversão não é, simplesmente, uma reversão alto/baixo.
É, antes de tudo, uma reversão ligada à especificidade de sua encarnação, que é a dualidade, não entre o alto e o baixo, mas entre a esquerda e a direita.
Há, portanto, uma dupla reversão: alto/baixo e direita/esquerda.
Mas, também, o que é mais difícil a compreender, entre a frente e atrás, no sentido do desenrolar do tempo.
Mas isso é muito, demasiado complexo a assimilar em sua dimensão.
Retenham, simplesmente, que a cor, encarnando-se, reverte-se, mas essa reversão não se faz, unicamente, nesse sentido, mas no outro sentido.
O que vai provocar não uma permuta de cores, mas uma alquimia de cores.
Questão: há uma cor que favoreça a comunicação pelo coração?
O verde e o rosa.
Por quê?
O verde, matéria, é cor do equilíbrio.
O rosa, nós vimos, é a cor da inspiração e da criatividade.
O eixo central de reversão é o verde na luz e o vermelho na matéria.
A mistura das duas cores restitui-os ao eixo central de sua própria reversão ligada à sua encarnação.
Assim, visualizar, pensar e imaginar uma luz de cor verde, cercando uma cor rosa,
é o meio de privilegiar, desenvolver a comunicação real.
Questão: portar sobre si vestes dessa cor, ou ter sob os olhos objetos dessa cor pode ajudar a aceder a essa comunicação real?
Não.
Seria preciso que as duas cores estivessem em uma apresentação especial, com o verde no exterior e o rosa no interior.
Isso pode ser, por exemplo, uma camisa de cor verde, com uma roupa de baixo de cor rosa.
Isso é dificilmente realizável.
Há, entretanto, minerais, o que não é de meu domínio, que correspondem a esse agenciamento.
Mas vocês podem visualizar, primeiro, o rosa e, quando o rosa estiver estabelecido atrás de sua tela mental, vocês fazem aparecer o verde, no exterior.
Minha vibração, eu mesmo, é aquela do dourado, que é a especificidade de minha radiação de alma, se é que eu tenha uma alma.
Eu traduzi isso em palavras para vocês.
A vibração de minha luminescência está no dourado.
Questão: poderia dar-nos, a cada um de nós, a vibração de nossa própria luminescência?
Nenhuma importância.
Isso não permitiria, absolutamente, ter qualquer utilidade.
Não temos mais perguntas. Agradecemos.
Para terminar minha intervenção em seu espaço,
eu lhes proponho fechar os olhos e acolher
minha vibração e meu amarelo dourado.
... (Efusão de energia)...
Áudio da Mensagem em Português
Link para download: clique aqui
Mensagem do Bem Amado ARCANJO JOFIEL,
pelo site Autres Dimensions
em 25 de abril de 2008
Rendo Graças às fontes deste texto:
Tradução: Célia G.
Related Posts with Thumbnails

Arquivo do blog

Marcadores

11 11 ( 9 ) 2011 ( 11 ) 2012 ( 107 ) 2013 ( 23 ) 2014 ( 25 ) 2015 ( 10 ) 2016 ( 5 ) 2017 ( 6 ) A ARCA DA ALIANÇA ( 3 ) A CHAVE DE HIRAM ( 2 ) A EQUIPE ( 34 ) A ESFINGE ( 27 ) A FONTE ( 28 ) A GRANDE INVOCAÇAO ( 3 ) A PEDRA FALA ( 3 ) ABANDONO A LUZ ( 9 ) ABDRUSCHIN ( 1 ) ABDUÇÃO ( 46 ) ABRAHAM ( 61 ) ABRAN LINCOLN ( 2 ) ABUDÇÃO ( 3 ) ACARTIANOS ( 1 ) ADAMA DE TELOS ( 39 ) ADAMU ( 2 ) ADAMUS SAINT GERMAIN ( 128 ) AELOLIAH ( 1 ) AEOLUS ( 2 ) AGAMENON ( 2 ) AGARTHIANOS ( 19 ) AGRADECIMENTOS ( 2 ) AGRICULTURA NATURAL ( 1 ) AGUIAS DOURADAS ( 1 ) AIR ( 1 ) AISHA NORTH ( 16 ) AIVANHOV ( 9 ) ALBARAN ( 2 ) ALCIONE ( 4 ) ALCORÃO ( 1 ) ALDOMON FERREIRA ( 1 ) ALDOUS HUXLEY ( 1 ) ALERTAS ( 6 ) ALEX COLLIER ( 8 ) ALEXANDRA MEADORS ( 2 ) ALEXIS ( 18 ) ALFA CENTAURO ( 3 ) ALFA E OMEGA ( 3 ) ALIANÇA DAS ESFERAS ( 1 ) ALIMENTAÇAO ( 8 ) ALMA GEMEA ( 4 ) ALONGAMENTOS ( 1 ) ALTARAEL ( 2 ) AMIT GOSWAMI ( 4 ) AMPARADORES ( 1 ) ANCIÃO DOS DIAS ( 1 ) ANDREW CARLSSIN ( 1 ) ANDROMEDA ( 109 ) ANGELUS ( 1 ) ANJO CAMAEL ( 2 ) ANJO SITAEL ( 1 ) ANJOS ( 183 ) ANO NOVO ( 4 ) ANÔNIMOS ( 1 ) ANTAKARANA ( 3 ) ANTARES ( 12 ) ANTENA PROTEÇÃO ( 1 ) ANTHAR - Eterno Agora ( 147 ) ANTHRATHON ( 10 ) ANUNNAKI ( 21 ) APOMETRIA ( 1 ) AQUECIMENTO GLOBAL ( 13 ) AQUIFERO ( 1 ) ARCA DE NOE ( 1 ) ARCANJO ALARIEL ( 1 ) ARCANJO ANAEL ( 74 ) ARCANJO ARCAHNEL ( 1 ) ARCANJO ARIEL ( 6 ) ARCANJO AZRAEL ( 4 ) ARCANJO CASSIEL ( 1 ) ARCANJO EZEQUIEL ( 1 ) ARCANJO GABRIEL ( 184 ) ARCANJO HANIEL ( 1 ) ARCANJO INDRIEL ( 1 ) ARCANJO ISMAEL ( 1 ) ARCANJO JOFIEL ( 12 ) ARCANJO LUCIFER ( 12 ) ARCANJO MIGUEL ( 791 ) ARCANJO RAFAEL ( 38 ) ARCANJO RAGUEL ( 1 ) ARCANJO SAMAEL ( 1 ) ARCANJO SAMUEL ( 3 ) ARCANJO SANDALFON ( 9 ) ARCANJO TZADKIER ( 1 ) ARCANJO URIEL ( 91 ) ARCANJO ZADKIEL ( 19 ) ARCONTES ( 8 ) ARCTURIANOS ( 649 ) ARQUELLE ( 1 ) ARTE ( 1 ) ARTHRATHON - Pedro ( 12 ) ARTIGOS ( 3 ) ARTUR BERLET ( 1 ) AS CORES EM NOSSO CEREBRO ( 1 ) ASCENÇÃO ( 165 ) ASHLOM ( 1 ) ASSASSI ( 1 ) ASTEROIDES ( 1 ) ASTHAR SHERAN ( 593 ) ASTROLOGIA ( 21 ) ATLANTIDA ( 14 ) AUDIOTECA ( 1 ) AURA ( 4 ) AURITHIEN ( 8 ) AURORA ( 2 ) AUTO AJUDA ( 76 ) AUTO CONHECIMENTO ( 206 ) AUTRES DIMENSIONS ( 10 ) AVATARES ( 2 ) AVISO ( 1 ) AVISOS ( 27 ) AYAM (EU SOU) ( 7 ) AYRTON SENNA ( 1 ) AYTON SENA ( 1 ) AYURVEDA ( 1 ) AZAZEL ( 2 ) BANHOS ( 1 ) BARACK OBAMA ( 2 ) BARBARA MARCINIANIK ( 2 ) BARREIRA DE FREQUENCIA ( 3 ) BASHAR ( 17 ) BENJAMIN FULFORD ( 197 ) BETELGEUSE ( 3 ) BIDI ( 47 ) BILL WOOD ( 4 ) BLOG SOS ( 4 ) BLOSSON FED DA LUZ ( 148 ) BLUE BEAM ( 11 ) BOB DEAN ( 5 ) BOB LAZAR ( 1 ) BORIS PETROVIC ( 2 ) BORISKA ( 1 ) BOSON DE HIGGS ( 1 ) BRASIL ( 78 ) BRIAN WEISS - REGRESSÃO ( 1 ) BRIC ( 1 ) BURACO NEGRO ( 3 ) CABALLA ( 4 ) CALUNGA ( 4 ) CAMPO MAGNETICO ( 1 ) CANALIZAÇAO ( 30 ) CARL SAGAN ( 1 ) CARLOS PAZ WELLS ( 2 ) CARLOS TORRES A LEI DA ATRAÇÃO ( 3 ) CARLOS VEREZA ( 1 ) CARMA ( 1 ) CARNAVAL ( 4 ) CARTA ABERTA ( 2 ) celebração ( 1 ) CELENA AZUL ( 1 ) CELIA FENN ( 1 ) CENTROS PLANETARIOS ( 1 ) CEPHEUS ( 3 ) CEREBRO CORAÇAO ( 2 ) CERN ( 9 ) CETACEOS ( 1 ) CHAKRAS ( 26 ) CHAMA TRINA ( 2 ) CHAMA VERDE LIMAO ( 1 ) CHAMA VIOLETA ( 11 ) CHAMADO MITICO ( 2 ) CHAVES ENOCH ( 8 ) CHENTRAILS ( 13 ) CHICO XAVIER ( 26 ) CHRISTINE DAY ( 6 ) CICLO LUNAR ( 1 ) CIDADES LUZ ( 2 ) CIENCIA ( 128 ) CINEMA METAFISICO ( 19 ) CINTURÃO FOTON ( 39 ) CIRCULO CARMESIN ( 8 ) CIRCULO DOS SETE ( 3 ) CITAÇÕES ( 1 ) CLONES ( 2 ) CMTE ASHENER ( 1 ) CO CRIAR ( 11 ) COBRA ( 343 ) CODEX ( 2 ) CODIGO CHAVE ( 3 ) CODIGO PURIFICAÇAO ( 2 ) CODIGOS DE CURA ( 2 ) COLETANEA ( 30 ) COLONIA NOSSO LAR ( 3 ) COMANDNDANTE SHARMAN ( 1 ) COMANDO ESAKA ( 1 ) COMANDO ESTELAR ( 15 ) COMENTARIOS ( 2 ) COMETA ( 104 ) COMUNICADO ( 4 ) CONFEDERAÇAO ( 33 ) CONS DOS 12 ( 28 ) CONSCIENCIA ( 72 ) CONSELHO DE LUZ ( 21 ) CONSELHO ELOHINS ( 3 ) CONSELHO PLEIDIANO ( 12 ) CONSTELAÇÃO DE AQUÁRIOS ( 1 ) CONSTELAÇÃO DE PÉGASUS ( 1 ) CONSTELAÇÃO OFIUCO ( 1 ) CONTADOR ( 1 ) CONTROLE DA MENTE ( 1 ) CONVERGENCIA 1987 ( 5 ) CONVITE ( 3 ) COSMÒSIS ( 1 ) CRENÇAS ( 5 ) CRIANÇA INTERNA ( 2 ) CRISTAIS ( 18 ) CRISTINA CAIRO ( 1 ) CRISTO MIGUEL ( 112 ) CROP CIRCLE ( 69 ) CRUZ COSMICA ( 2 ) CRUZES MUTAVEIS ( 1 ) CULTURA INDIGENA ( 6 ) CURA ( 80 ) CURSO EM MILAGRES ( 2 ) DA VINCI ( 1 ) DALLA BLOG ( 21 ) DAVID ICKE ( 21 ) DAVID WILCOCK ( 17 ) DECRETOS ( 30 ) DEMOCRACIA ( 1 ) DEUS ( 56 ) DEUSA ( 5 ) DEUSA CRIAÇAO ( 2 ) DEUSA ISIS ( 26 ) DEUSA SOLAR ( 4 ) DEVAS ( 3 ) DIA DA PAZ ( 6 ) DIA DO TRABALHO ( 1 ) DIA DOS PAIS ( 1 ) DIÁLOGOS ( 2 ) DIANA COOPER ( 1 ) DICAS ( 2 ) DICLOSURE PROJECT ( 9 ) DIMENSÕES ( 66 ) DIREITOS AUTORAIS GOOGLE BRASIL ( 1 ) DIREITOS E CONSTITUIÇÃO ( 1 ) DISCERNIMENTO ( 2 ) DIVINA PRESENÇA ( 6 ) DIZIMO ( 1 ) DJWHAL KHUL ( 5 ) DNA ( 55 ) DOCUMENTARIO ( 17 ) DOLORES CANNON ( 4 ) DR WAYNE W DYER ( 1 ) DRACONIANOS ( 3 ) DRAGÕES DE LUZ ( 1 ) DROGAS ( 15 ) DRONES ( 2 ) DRUNVALO ( 15 ) DUENDES ( 1 ) E Q M (Exp quase morte) ( 8 ) EBOLA ( 1 ) ECKHART TOLLE ( 10 ) ECLIPSE ( 44 ) EDGAR CAYCE ( 4 ) EDUCAÇÃO ( 11 ) EFC EXPERIENCIA FORA DO CORPO ( 2 ) EFRAIM ( 1 ) EINSTEIN ( 3 ) EIXO DA TERRA ( 4 ) ELEIÇOES ( 7 ) ELEMENTAIS ( 24 ) ELETROMAGNETISMO ( 1 ) ELIAS PROFETA ( 1 ) ELIIDA ( 2 ) ELIPHAS LEVI ( 1 ) ELOHIM ( 72 ) ELORYON SENHOR DA LUZ ( 1 ) EMMANUEL ( 80 ) ENERGIA ( 159 ) ENKI DE NIBIRU ( 1 ) Entretenimento ( 5 ) EQUINOCIO ( 2 ) ERA DE CRISTAL ( 5 ) ERGOM ( 3 ) ERIK VON DANIKEN ( 1 ) EROS ( 1 ) ESCOLA DE MENSAGEIROS ( 2 ) ESFERAS ( 1 ) ESPERANÇA ABUNDANTE ( 31 ) ESPIRITISMO ( 78 ) ESSENIOS ( 2 ) ESTAÇÃO ASGARDIA ( 2 ) ESTRELA DE ALDEBARAN ( 1 ) ESTRELA DE SIRIUS ( 4 ) ESTUDOS ( 1 ) ESU ( 20 ) ETEREO ( 1 ) ETS ( 3 ) EU SOU ( 12 ) EU SUPERIOR ( 45 ) EVACUAÇAO ( 2 ) EVANGELHO S JOAO ( 1 ) EVENTOS ( 26 ) Exercicios ( 30 ) EXILADOS NA TERRA ( 2 ) EXTRATERRESTRE ( 715 ) extratos ( 5 ) FADA ( 3 ) FAMILIA UNIVERSAL ( 9 ) FEDERAÇAO DA LUZ ( 28 ) FEDERAÇAO GALÁCTICA ( 316 ) FELINOS ( 5 ) FEMA ( 1 ) FENIX ( 1 ) FENÔMENOS ( 4 ) FERNANDO H.CARDOSO ( 1 ) FERNANDO MALKUN ( 1 ) FERRAMENTAS ( 1 ) FILMES ( 38 ) FISICA QUANTICA ( 26 ) FONTE ( 6 ) FOTOS ( 1 ) FRANCISCO DE ASSIS ( 5 ) FRASES ( 5 ) FRATERNIDADE BRANCA ( 6 ) FRAUDES ( 1 ) FUKUSHIMA ( 2 ) FUNDAÇÃO KESHE ( 17 ) FURACÃO MATTHEW ( 1 ) GANDHI ( 3 ) GANIMEDES ( 3 ) GASPARETTO ( 7 ) GAUTAMA BUDA ( 4 ) GEMMA GALGANI ( 1 ) GENERAL UCHOA ( 3 ) GEO ENGENHARIA ( 3 ) GEOMETRIA SAGRADA ( 7 ) GEORGE GREEN ( 1 ) GESH ( 13 ) GHANDI ( 1 ) GIORDANO BRUNO ( 1 ) GLANDULA PINEAL ( 9 ) GLANDULA TIMO ( 1 ) GLOSSARIO ( 3 ) GLT GOVERNO DA LUZ ( 1 ) GOLFO ( 1 ) GOODETXSG/COREY ( 46 ) GRADE CRISTALINA ( 1 ) GRANDE SOL CENTRAL ( 1 ) GRANDULA PNEAL ( 5 ) GREG BRADEN ( 20 ) GRUPO 33 ( 1 ) GUARDIAO ( 2 ) GURU ( 1 ) HAJA LUZ ( 7 ) HATHORS ( 2 ) HATTON ( 9 ) HAYOT HA KODESH ( 1 ) HEBE CAMARGO ( 1 ) HELIO COUTO ( 4 ) HERCOLUBUS ( 46 ) HERMES TRIMEGISTRO ( 1 ) HIBRIDOS HUMANO ( 4 ) HIERARQUIAS ( 6 ) HILDEGARDE DE BINGEN ( 7 ) HINO BRASIL ( 1 ) HIPNOSE ( 3 ) HIRAM ( 2 ) HO OPONOPONO ( 4 ) HOLOGRAMAS ( 10 ) HOMENAGEM ( 1 ) HORÁRIO DE ALINHAMENTOS ( 30 ) HUMI ( 1 ) HUMOR ( 2 ) HUNA HAWAIANA ( 1 ) ILHAS CANÁRIAS ( 1 ) IMAGENS INCRIVEIS ( 1 ) IMAGENS MENTAIS ( 1 ) IMHOTEP ( 1 ) IMPESSOAL ( 1 ) IMPLANTES ( 20 ) INDIGOS ( 101 ) INFORMAÇÃO ( 480 ) INFORME MINTAKA ( 9 ) INTER DIMENSIONAL ( 6 ) INTRATERRENO ( 64 ) INVERSAO DOS POLOS ( 32 ) INVOCAÇAO ( 2 ) IRDIN ( 3 ) IRMANDADE DA LUZ ( 10 ) IRMAO K ( 6 ) ISHA ( 2 ) ISHTAR ANTARES ( 1 ) ISTWIL ( 3 ) J J BENITEZ ( 7 ) J.J.HURTAK ( 2 ) JARDINEIROS DO ESPAÇO ( 3 ) JFK ( 1 ) JOAHDI ( 2 ) JOHN F KENNEDY ( 2 ) JOHN TITOR ( 2 ) JOSE ARGUELLES ( 1 ) JOSHUA DAVID STONE ( 3 ) KARL MARX ( 1 ) KARMA ( 10 ) KARRAN ( 2 ) KAUNAS ( 1 ) KIRAEL ( 5 ) KORTON ( 1 ) KRIS WON ( 9 ) KRISHAMURTI ( 4 ) KRYON ( 589 ) KUAN YIN ( 13 ) KUMARA ( 3 ) KYMATICA - ASTROLOGIA ( 1 ) LADY ESPERANÇA ( 1 ) LADY MARY ( 1 ) LADY NADA ( 6 ) LADY VENUS ( 1 ) LAERCIO FONSECA ( 11 ) LAURA BOTELHO ( 203 ) LAYALIS JASTYF ( 1 ) LEA OS LOUCOS ESTELARES ( 2 ) LEI DE AÇÃO E REAÇÃO ( 1 ) LEI DO UM ( 2 ) LEIS ( 24 ) LEMBRETE ( 1 ) LEMNISCATA ( 1 ) LEMURIA ( 16 ) LEONARD NIMOY - SPOCK ( 1 ) LEONARDO BOFF ( 1 ) LINGUAGEM DA LUZ ( 2 ) LINHAS LEY ( 9 ) LIVRE ARBITRIO ( 9 ) LIVROS ( 101 ) LOGOS SOLAR ( 1 ) LORD MERLIM ( 5 ) LOUISE HAY ( 10 ) LUA ( 90 ) LUA CHEIA ( 12 ) LUA DE LUZ ( 6 ) LUXONIA ( 2 ) LUZ PLATINA ( 1 ) LUZDEGAIA ( 20 ) LUZIEL ( 8 ) MA ANANDA MOYI ( 3 ) MA MAHAGAURI ( 1 ) MADRE TEREZA ( 5 ) MAE DIVINA ( 39 ) MAE EUFROSINIA ( 1 ) MAE GAIA ( 115 ) MAE MARIA ( 311 ) MAGO LUA BRANCA ( 1 ) MAGOS NEGRO CAPELA ( 1 ) MAHA CHOHAN ( 12 ) MAHATMA ( 1 ) MAIAS ( 49 ) MAITREYA ( 9 ) MALDEK (TIAMATH) ( 2 ) MANDALAS ( 13 ) MANIFESTO ( 2 ) MANTRAS ( 18 ) MANUAL ( 16 ) MAPA ( 3 ) MAQUINA DO TEMPO ( 2 ) MARCHA 1 MILHÃO ( 5 ) MARIA MADALENA ( 15 ) MARIA RAIO X ( 1 ) MARIA SILVIA ORLOVAS ( 5 ) MARTE ( 82 ) MARTIN REES ( 1 ) MASAHARU TANIGUCHI ( 1 ) MASARO EMOTO ( 1 ) MASHUBI ROCHELL ( 1 ) MATER MAE ( 2 ) MATERIAS ( 65 ) MATIAS DE STEFANO ( 15 ) MATRIX ( 21 ) MATTHEWS ( 95 ) MAYTREIA ( 21 ) MEDICINA BIONERGÉTICA ( 1 ) MEDICINA CONVENCIONAL ( 1 ) MEDITAÇÃO ( 82 ) MEDIUNIDADE ( 2 ) MELQUISEDEQUE ( 64 ) MEMÓRIAS ( 3 ) MENSAGENS ( 20 ) MERKABA ( 5 ) MESTRA ASTREIA ( 1 ) MESTRA CRISTAL ( 2 ) MESTRA EGEIA ( 1 ) MESTRA NADA ( 26 ) MESTRA PORTIA ( 6 ) MESTRA ROWENA ( 11 ) MESTRA SAIDA KHATOON ( 25 ) MESTRE AFRA ( 1 ) MESTRE ALFAZEMA ( 1 ) MESTRE CARMI ( 1 ) MESTRE EL MORYA ( 47 ) MESTRE HILARION ( 70 ) MESTRE JESUS ( 528 ) MESTRE KHUTUMI ( 18 ) MESTRE LANTO ( 9 ) MESTRE PAULO VENEZIANO ( 3 ) MESTRE RAM ( 18 ) MESTRE SAINT GERMAIN ( 227 ) MESTRE SALONIS ( 1 ) MESTRE SANANDA ( 115 ) MESTRIA ARCANJO MIGUEL ( 1 ) METAFISICA ( 6 ) METRATON ( 386 ) MICHIO KAKU ( 1 ) MIKE QUINSEY ( 9 ) MINHA MESTRIA ( 7 ) MISSÃO RAHMA ( 1 ) MISSÃO TERRA ( 5 ) MIZ TLI TLAN ( 3 ) MOINTIAN ( 9 ) MONGE TIBETANO ( 1 ) MONJA COEN ( 2 ) MONJORONSON ( 7 ) montag ( 1 ) MONTAGUE KEEN ( 126 ) MOOJI ( 2 ) MORTE ( 8 ) MOTIVAÇÃO ( 1 ) MSTRE KUTHUMI ( 49 ) MUDANÇAS ( 7 ) MUDRA ( 2 ) MULTIMIDIMENSIONALIDADE ( 23 ) MUSICA ( 7 ) MYTHI ( 1 ) Nabara ( 1 ) NAMASTE ( 5 ) NANOTECNOLOGIA ( 3 ) NAPOLEON HILL ( 1 ) NASSIM HARAMEIN ( 21 ) NATAL ( 25 ) NAVE ALFA ( 32 ) NAVE AVALON ( 1 ) NAVE AZUL ( 8 ) NAVE MÃE ( 3 ) NAVE SHAN ( 2 ) NAVES ESPACIAIS ( 4 ) NEFILIM ( 1 ) NEPHILIM ( 1 ) NESARA ( 10 ) NEXUS ( 9 ) NIBIRU ( 79 ) NIKOLA TESLA ( 26 ) NIOBIO ( 4 ) NO YES ( 1 ) NODOS ( 2 ) NOM (Nova Ordem Mundial) ( 6 ) NOSSA SENHORA ( 2 ) NOSTRADAMUS ( 9 ) noticias ( 62 ) NOVA ERA ( 6 ) NOVA TERRA ( 62 ) NUMEROLOGIA ( 20 ) O COLETIVO ( 14 ) O CONSELHO ( 114 ) O CRIADOR ( 59 ) O EVANGELHO DE TOMÉ ( 2 ) O EVENTO BRASIL ( 1 ) O EVENTO... ( 5 ) O GRUPO ( 117 ) O M AVAINHOV ( 175 ) O MANTO ( 1 ) O MEDO ( 12 ) O OLHO ORUS ( 1 ) O PAI NOSSO ( 3 ) O PLANETA SHAN ( 5 ) O SEGREDO ( 1 ) O SILENCIO -SABEDORIA INDIGENA ( 1 ) O SOM ( 4 ) OBAMA ( 2 ) ONDA DE ASCENSÃO ( 7 ) ONDA GALACTICA ( 8 ) OPERAÇÃO PRATO - OVNIS ( 5 ) OPERAÇAO RESGATE ( 1 ) ORAÇAO ( 32 ) ORBES ( 4 ) ORIAH ( 1 ) ORION ( 78 ) ORIONIS ( 15 ) OS ALIADOS ( 12 ) OS ILUMINADOS ( 29 ) OS MESTRES ( 166 ) OSAMA BIN LADEN ( 1 ) OSHO ( 164 ) OSIRIS ( 2 ) OSNI - OBJETO SUBMARINHO NÃO IDENTIFICADO ( 2 ) OUSE ( 1 ) OVNIS ( 596 ) OWEN WATERS ( 121 ) OXALC ( 6 ) P`TAAH ( 2 ) PAI CRIADOR ( 5 ) PAI JOAO DE ANGOLA ( 1 ) PAI JOÃO DE ANGOLA ( 1 ) PAI JOAQUIM DE ARUANDA ( 2 ) PALESTRAS ( 1 ) PALLAS ATHENAS ( 17 ) PAPA FORCE ( 2 ) PAPA FRANCISCO ( 3 ) PAPA JOAO PAULO II ( 2 ) PARABOLAS ( 1 ) PARTICULAS DA FONTE ( 30 ) PASSES ( 1 ) PAUL LAUSSAC ( 1 ) PAULO COELHO ( 1 ) PAULO VENEZIANO ( 1 ) PAX ( 2 ) PEDRAS ( 1 ) PEDRO COELHO ( 1 ) PÉGASO ( 1 ) PENA BRANCA ( 4 ) PENTAGRAMA ( 1 ) PERGUNTAS E RESPOSTAS ( 6 ) PERIGEU ( 1 ) PERISPIRITO ( 2 ) PEROLAS ( 29 ) PETER DEUNOV ( 3 ) PETIÇÃO ( 12 ) PHILLIPE DE LYON ( 8 ) PIRAMIDES ( 5 ) PITAGORAS ( 1 ) PLANETA MALDEC ( 13 ) PLANETA X ( 18 ) PLANO ASTRAL ( 1 ) PLEIADES 1 ( 352 ) PLEIADES 2 ( 9 ) PLEIDIANOS ( 364 ) PODCAST ( 3 ) POESIAS ( 1 ) POLOS ( 14 ) PORTAL ( 185 ) PORTAL ALCIONE ( 2 ) PORTAL ULTRA ( 1 ) portal2013br ( 14 ) POSEIDON ( 2 ) POVO AZUL ( 11 ) PPS ( 1 ) PRESENÇA EU SOU ( 4 ) PREVISÕES ( 10 ) PRIMEIRO CONTATO ( 9 ) PROCYON ( 2 ) PROFECIAS ( 69 ) PROJEÇÃO ASTRAL ( 2 ) PROJETO HAARP ( 12 ) PROJETO MONTAUK ( 2 ) PROJETO PORTAL ( 1 ) PROJETO VENUS - BRASIL ( 1 ) PROJETOR ( 12 ) PROSPERIDADE ( 2 ) PROTOCOLOS ( 10 ) PSICOGRAFIA ALFRED SCHUTZ ( 1 ) PTAH ( 44 ) RAÇAS ESTELARES ( 6 ) RAELIANOS ( 1 ) RAIMBOW PHOENIX ( 2 ) RAINBOW PHOENIX ( 3 ) RAINHA ISABEL ( 2 ) RAIOS ( 16 ) RAMAATHIS MAM ( 3 ) RAMATAN ( 14 ) RAMATIS ( 21 ) RAMTHA ( 1 ) recado aos leitores ( 1 ) REDE MUNDIAL ( 3 ) REFLEXÕES ( 698 ) REGISTRO AKASHICOS ( 2 ) REIKI ( 4 ) RELATORIO ( 1 ) RELATOS ( 3 ) RELIGIAO X ESPIRITUALIDADE ( 18 ) RELOGIO COSMICO ( 1 ) REPTILIANOS ( 22 ) RESGATE ( 1 ) RESSONÃNCIA ( 10 ) RETIROS ETÉRICOS ( 1 ) Rev Mark Kimmel ( 12 ) REVELAÇAO ( 9 ) RICHARD DOLAN ( 1 ) RITUAL ( 2 ) ROBERTO RAPÉE ( 3 ) ROBERTO SHINYASHIKI ( 4 ) ROBO ( 1 ) ROBSON PINHEIRO ( 4 ) RODRIGO ROMO ( 66 ) ROMMANEL CRE"ATOR ( 1 ) RUMI ( 1 ) SABEDORIA DOS ANJOS ( 6 ) SAITHRHU ( 1 ) salmos ( 1 ) SALOMAO ( 12 ) SALTO QUANTICO ( 4 ) SALU SA DE SIRIUS ( 760 ) SAMANA ( 1 ) SANAT KUMARA ( 41 ) SANTIAGO O APOSTOLO ( 1 ) SAO CIPRIANO ( 1 ) SÃO JOSE ( 1 ) SARAH ( 3 ) SASHA ( 1 ) SATHYA SAI BABA ( 2 ) SATIA SAI BABA ( 2 ) SATSANG DO COLETIVO DO UM ( 16 ) SATYAPREM ( 1 ) SAUDAÇÕES DE ORION ( 2 ) SAUDE ( 25 ) SAUL ( 299 ) SELACIA ( 16 ) SEMENTE ESTELAR ( 34 ) SEMENTES DE SIRIUS ( 2 ) SENHORA SOL ( 9 ) SENHORES DO CARMA ( 2 ) SENSITIVO ( 1 ) SERAPHIN ( 7 ) SERAPHIS BEY ( 15 ) SEREIAS ( 2 ) SERES DE JUPITER ( 1 ) SERES DIMENSIONAIS ( 82 ) SERES OCS ( 2 ) SERETI ( 26 ) SERIE DE TEXTOS AD ( 20 ) SERITI ( 2 ) SETE SELOS ( 4 ) SHAKESPEARE WILLIAM ( 1 ) SHAMBALLA ( 5 ) SHANYA ( 1 ) SHAUMBRA ( 18 ) SHEKINAH ( 9 ) SHELDAN NIDLE ( 264 ) SHIMA ( 91 ) SHINKOLE ( 5 ) SHION DE ANTARES ( 2 ) SHOAM ( 1 ) SHOIM ( 6 ) SHTARRER ( 18 ) SHYLTON DIAS ( 4 ) SILO ( 1 ) SIMBOLOS ( 7 ) SINAIS ( 13 ) SINARQUIA ( 1 ) SINDROME DO PÂNICO X MEDIUNIDADE ( 1 ) SINKHOLE ( 1 ) SINTESE ( 74 ) SIRAYA ( 2 ) SIRIANOS ( 76 ) SIRIUS B ( 14 ) SISTEMAS ( 5 ) SITE ANJO DE LUZ ( 11 ) SNATAM KAUR ( 1 ) SNOW ( 8 ) SNOWDEN ( 4 ) SOL ( 112 ) SOLARA ( 4 ) SOLSTICIO ( 9 ) SOLTEC ( 1 ) SOM DO APOCALIPSE ( 3 ) SOMBRA ( 6 ) SONHOS ( 2 ) sons ( 28 ) SOREM ( 1 ) SRI AUROBINDO ( 32 ) STEVE BECKOW ( 23 ) STEVEN M GREER ( 2 ) SUSTENTABILIDADE ( 26 ) SVALI ( 1 ) TANIA RESENDE ( 4 ) TECNICAS ( 2 ) TECNOLOGIAS ( 10 ) TELECINESIA ( 1 ) TELEPATIA ( 20 ) TELESCOPIO HUBBLE ( 4 ) TELETRANSPORTE ( 19 ) TELLUS SHAMBALA ( 2 ) TEMPLARIOS ( 1 ) TEMPLO TELLES ( 1 ) TEMPO ( 3 ) TERCEIRA GUERRA ( 1 ) TERRA É PLANA ( 2 ) TERRA OCA ( 27 ) TERREMOTO ( 47 ) TEXTOS ( 5 ) THE CONTINUUM ( 7 ) THOT ( 3 ) TIPO SANGUINEO ( 1 ) TOBIAS ( 119 ) TOQUES DO CRIADOR ( 5 ) TRABALHADORES DA LUZ ( 42 ) TRANSHUMANISMO ( 1 ) TRANSICÃO PLANETARIA ( 370 ) TREINAMENTO ( 1 ) Tres dias Escuridão ( 11 ) TRIANGULO DAS BERMUDAS ( 2 ) TRIBO HOPI ( 3 ) TRIGUEIRINHO ( 42 ) TRILOGIA ( 2 ) TSE-BO-RAH ( 2 ) UCEM ( 1 ) UFOS ( 598 ) ULTRATERRESTRE ( 2 ) UM AMIGO ( 14 ) UMBANDA ( 36 ) UNICORNIO ( 1 ) UNTWINE ( 1 ) URANIANOS ( 3 ) URANTIA ( 26 ) UTE ( 33 ) UTILIDADE PÚBLICA ( 21 ) VEGA DE LIRA ( 24 ) VEGETARIANISMO ( 1 ) VELATROPA E YASMIM ( 4 ) VENUSIANOS ( 11 ) VIAGEM ASTRAL ( 7 ) VIAGEM DO TEMPO ( 3 ) VIAJANTE DO TEMPO ( 19 ) VIBRAÇÃO ( 26 ) VIDENTE ( 1 ) VIDEOS ( 55 ) VINICIUS E MARCIA DINIZ ( 33 ) VIRGIL ARMSTRONG ( 1 ) VIRUS ( 1 ) VIVENCIA ( 1 ) VIZUALIZAÇÃO ( 2 ) VORTICE-Pedro elias ( 1 ) VOZ ESPACIAL ( 2 ) VULCÕES ( 15 ) VYWAMUS ( 4 ) WAGNER BORGES ( 9 ) WALK-IN ( 25 ) WESAK ( 10 ) WILLIAN LEPAR ( 38 ) WORLD WIDE WEB WWW ( 1 ) WOYRAN ( 1 ) XAMÃ ( 6 ) YODS ( 1 ) YOGA ( 1 ) YOGANANDA ( 3 ) YOGI BABAJI ( 11 ) YRIS ( 2 ) YURI ( 2 ) ZECHARIA SITCHIN ( 1 ) ZEUS ( 1 ) ZIKA VIRUS ( 3 ) ZINAKEL ( 1 ) ZINGDAD ( 1 ) ZOOSH - ROBERT SHAPIRO ( 1 ) ZUMBI ( 1 )

COMUNICADO AOS SEGUIDORES DO BLOGER

ATENÇÃO LEITORES DO BLOG, MUDANÇAS A CAMINHO FEITAS PELO GOOGLE...

COMUNICADO

ATENÇÃO SEGUIDORES DO MEU BLOG..

SEGUNDA-FEIRA, 1 DE FEVEREIRO DE 2016

Tenho notado que o número de seguidores do blog vem diminuindo a cada dia, cheguei a pensar que pudesse ser um vírus, ou simplesmente um desinteresse em massa...

Nada disso.

Eis um trecho da nota postada no fórum deles:

"A partir do dia 11 de janeiro de 2016 não será mais possível seguir blogs com oGoogle Friend Connect usando oTwitter, Yahoo, Orkut ou outras contas do tipo OpenId.

Além disso, removeremos doGoogle Friend Connect os perfis de contas que não são do Google, então é possível que vocês notem uma queda no número de seguidores em seus blogs."

Infelizmente não sei quais seguidores"sumiram" do blog, mas caso você não tenha uma bendita conta no Google e ainda queira acompanhar o blog, a solução dada por eles é a seguinte:

Crie uma conta Google para acessar o Friend Connect e seguir o blog novamente com essa conta.

Se você tem um blog, saiba mais AQUI.

https://productforums.google.com/forum/#!msg/blogger-pt/gSORVR3q27w/sHDeNf7tCgAJ

CUIDADO COM OS FALSOS PROFETAS...

“Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem. Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. Por seus frutos os conhecereis. Porventura se colhem uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?"

Mateus 7:13-16

COMENTARIOS RECENTES

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

EU SOU O QUE EU SOU, DEUS “Ehyeh Asher Ehyeh” SO HAN

Minha foto
PARA AQUELES QUE QUEREM SE APROFUNDAR DE ONDE VEM, E PARA ONDE VAI...TEMAS RELACIONADOS A ESSA EXPECTATIVA..

Adamus Saint Germain

Adamus Saint Germain
Regente 7o.Raio-Era de Aquário

APELO A SAINT GERMAIN

Eu Invoco a Saint Germain para me ajudar a transmutar e requalificar todas energias densas que estejam em meu campo Aurico

Assim seja,

Amém....

Eu Sou um Ser de Fogo Violeta, Eu Sou a Pureza que Deus deseja...

TRADUÇÂO DO TEXTO DA FOTO

A LOVING FRIENDSHIP OF HEAVENLY ANGELS FROM GALACTIC CONFEDERATION OFF PLANETS WITH EARTHMEN IN A SPACE SHIP TRADUÇÃO GOOGLE

A AMIZADE AMOROSA DE HEAVENLY ANJOS DA CONFEDERAÇÃO GALACTIC PLANETAS FORA COM TERRÁQUEOS EM UMA NAVE ESPACIAL

SELAMAT GAJUN! SELAMAT JA!

(EM IDIOMA SÍRIUS:

SEJAM UM!SEJAM EM ALEGRIA!)

}(document, 'script', 'facebook-jssdk'));