DATA

Seja bem-vindo. Hoje é

Seguidores

SAUDAÇÃO

SAUDAÇÃO

ASTHAR SHERAN

ASTHAR SHERAN
COMANDANTE DA FROTA INTERGALÁCTICA

DEFINIÇÃO E NOME DO BLOGUE

SOMOS AS SEMENTES ESTELARES

Escolhi este nome para o blogger em virtude de ser uma pesquisadora de muitos anos sobre tudo que se relacione com o nosso planeta, sendo a maior parte fazendo pesquisas metafísicas.

É de meu interesse indicar sites que ajudarão muitas pessoas a reavaliarem seus padrões de conhecimentos, seja no terreno cientifico e por que não dizer religioso também, pois num futuro não muito distante estes dois estarão se unindo...

Aos queridos visitantes solicito visitarem os links de sites e blogues citados nas postagens, acredito que irão gostar muito!

POSTAGENS RECENTES

Mostrando postagens com marcador EIXO DA TERRA. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador EIXO DA TERRA. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

FOTOGRAFIA DA ISS MOSTRA UMA "FALHA ENORME" NO PLANETA TERRA COM UM DIÂMETRO DE 5000 KM

FOTOGRAFIA DA ISS MOSTRA UMA "FALHA ENORME" NO PLANETA TERRA COM UM DIÂMETRO DE 5000 KM
segunda-feira, 2 de novembro de 2015
O pesquisador britânico Stephen Hannard ADG, apresentou esta imagem que foi liberada a partir de Brasília Planetário recentemente e que mostra um objeto ou, pelo menos, um fração da terra de proporções enormes, em forma de disco, que ocorre acima da atmosfera da Terra.
 "Estima-se que o disco tem um diâmetro de cerca de 3.000 milhas (cerca de 5.000 quilômetros), e foi fotografado pelos astronautas na Estação Espacial Internacional".
"Se você olhar no canto inferior esquerdo da imagem - disse Stephen Hannard-você pode ver uma formação de nuvens que passam sobre a parte superior da anomalia.
Isso indica que o objeto não é uma projeção sobre a Terra.
Eu não tenho nenhuma ideia do que seja esse objeto, só posso especular neste momento
Entrei em contato com o Planetário para mais esclarecimentos sobre a apresentação, e publicarei uma atualização quando eu receber uma resposta detalhada. "
Obviamente quando olhamos estas fotos, questionamos: essa anomalia pode ser o resultado de experimento HAARP?
Ou é uma anomalia magnética do planeta? Aguardamos respostas do observatório e pesquisador Stephen Hannard.
3000 MILE WIDE DISC CAUGHT BY ISS?

https://www.youtube.com/watch?v=hEjQow3EIyg
CANAL: Alien Disclosure Group
Publicado em 29 de mar de 2014
Check Out Our Site: http://www.adguk.co.uk/
Checkout Our Blog Here: http://goo.gl/RS52NT
Follow ADG on Twitter: http://twitter.com/ADG_UK
Fonte: https://www.youtube.com/user/StephenHannardADGUK
http://issoeofim.blogspot.com.br/2015/11/fotografia-da-iss-mostra-uma-falha.html

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

POR QUE O DIA 23 DE SETEMBRO DE 2015 É IMPORTANTE?

POR QUE O DIA 23 DE SETEMBRO DE 2015 É IMPORTANTE?
Tive algumas mensagens hoje à noite e gostaria de compartilhar com você.
As mensagens foram algumas pessoais e algumas para que publique aqui no blog, uma delas trata da evidência da mudança do eixo da Terra.
Novamente, eles me mostraram algumas coisas que quero passar para você notar e perceber que a Terra está mudando o eixo,
gradativamente.
Dia 23 de Setembro, às 8 horas da manhã, haverá o equinócio, dia em que muitas civilizações antigas consideravam um dia mágico e como tal, devemos também considerar.
O que é Equinócio?
A inclinação do eixo de rotação da Terra, aliada ao seu movimento de translação, interfere na quantidade de incidência de raios solares recebidos na superfície terrestre.
Como resultado, têm-se a existência das estações do ano e uma diferença na duração dos dias e das noites, ao longo do ano.
Esse explicação é suficiente para mostrar para você que a Terra está mudando o eixo gradativamente, e que a ciência está escondendo essa verdade de você, mas quero mostrar que é possível provar essa tese, apenas usando nosso pequeno conhecimento.
Eu fiz uma pequena ilustração para você notar a diferença se o planeta tivesse o eixo estabilizado, e não se movendo como está acontecendo hoje na Terra.
Na imagem, apenas um movimento do eixo maior que o normal manteria a temperatura da superfície da Terra em graus suportáveis pelo ser humano, se o movimento do eixo é apenas alguns centímetros, aumentará o calor no hemisfério Sul e aumentará o frio no hemisfério Norte, temos sorte de estar na primavera ainda, porque no verão teremos temperaturas recordes de calor intenso e no hemisfério Norte temperaturas muito baixas e frio intenso,
Não estou falando de uma temperatura de -50º graus centígrados, mas de muito mais baixas, superiores ao ano retrasado, onde chegou a temperaturas de -50 graus centígrados.
Os dados iniciais sugerem que o terremoto de 2010 mudou a principal ilha do Japão em cerca de 2,44 metros.
Também deslocou o eixo da Terra em cerca de 17 centímetros.
Se está mudando em um ângulo mais aberto, então teremos um calor insuportável em 2015/2016, veja outra explicação sobre as estações e observe,
novamente
O movimento de translação e a inclinação do eixo terrestre em 23°27’ em relação ao plano orbital são responsáveis pela variação de energia solar que atinge a superfície terrestre durante o ano.
Essa diferença de radiação solar durante o ano resultou em quatro estações: primavera,
verão, outono e inverno.
O Verão no Hemisfério Sul, ocorre entre os dias 21 de dezembro a 20 de março de 2016, e podem esperar muito calor no hemisfério Sul, e temperaturas muito altas, e no Hemisfério Norte temperaturas muito mais baixas.
E só não haverá temperaturas muito altas por causa do movimento dos ventos e frio vindo do polo Sul e Norte.
Os países que irão sofrer com a mudança do eixo, são os países do Hemisfério Norte, pois o frio é às vezes pior que o calor e também mortal.
No Brasil, as pessoas mais velhas poderão sofrer muito mais.
Também, um efeito que pode mudar a temperatura do planeta é o calor dos oceanos, que provoca o El Niño.
Não estamos livres de problemas com o calor recorde em 2016, nem o frio,
acredito que essas previsões não são nada animadoras para os seres humanos.
O dia 23 de Setembro tem algo especial, mas no que se refere a uma certeza: é que nós podemos saber que realmente a Terra estaria mudando o eixo gradativamente, o que já foi provado em 2011, no terremoto de Fukushima.
Este é um alerta e não uma previsão.
Por Rogerio Godoy
Todos os direitos de publicação do artigo ou parte dele são gratuitos, desde que mantenha o link do blog.
http://contatoalienigena.blogspot.com.br/2015/09/por-que-o-dia-23-de-setembro-de-2015-e.html

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Arca de Ouro: O Eixo da Terra Verticaliza

terça-feira, 17 de janeiro de 2012
O Eixo da Terra Verticaliza
Reedição
Devido a um problema técnico ocorrido no Blogger, que não sabem solucionar, estou reeditando o post, que até a presente data, desde março de 2011, houvera alcançado 638 visitas.
É sabido por astrônomos e astrólogos que a Terra possui um eixo imaginário, que atravessa o globo terrestre exatamente no seu meio no sentido norte-sul ou sul-norte, ultrapassando virtualmente os respectivos pólos norte e sul, conforme a figura acima.
Devido aos trágicos acontecimentos nas costas do Japão quando um tsunami passou arrastando o que encontrava pela frente, levando casas,
prédios e veículos como se fossem de papelão ou de brinquedo, desejamos voltar ao assunto do eixo da Terra, mais precisamente de seu movimento de verticalização.
O planeta gira em torno deste eixo imaginário no sentido anti-horário, oeste-leste, contrariamente aos ponteiros de um relógio, em movimento de rotação, ao passo que as estrelas são vistas em seus aparentes movimentos girando em sentido oposto.
Este deslocamento rotacional leva exatamente 23horas, 56minutos, 4segundos e 0.09 (9 centésimos) em relação às estrelas fixas, num âmbito circunferencial de 360º e é chamado dia sideral.
Mas em relação ao Sol, esse movimento se dá em 24 horas e é chamado dia solar.
Já outro movimento denominado de translação, consiste de a Terra descrever uma órbita elíptica completa em torno do Sol, a 30 quilômetros por segundo, com duração de 365dias, 6horas, 9minutos e 10segundos, ou no comprimento de 365.2564, conhecido como ano sideral.
Outra medida anual, também considerada, é a que acontece ao se tomar como observação o Equinócio Vernal, ou início das estações no hemisfério norte, onde o ano encurta em 0.0042 no seu comprimento que passa a ser 365.2422, ou 365dias, 5horas, 48minutos e 46segundos, sendo chamado de ano tropical, devido ao movimento retrógrado da Terra na Precessão dos Equinócios.
Os equinócios da primavera e do outono determinam nas suas entradas,
nos hemisférios norte e sul, respectivamente, em datas diferentes, os dias sendo exatamente iguais às noites, com 12 horas de duração cada parte.
A posição do Sol no Equinócio da Primavera é chamada de Ponto Vernal e no Equinócio de Outono é chamada de Ponto Antivernal ou Outonal.
Na Precessão dos Equinócios a Terra sofre pressões das forças do Sol e da Lua no sentido de achatá-la em sua rota gravitacional e seu eixo é forçado a alinhar-se com o eixo da eclíptica, mas como isso não é possível o eixo terrestre reage contrariamente, ou seja, precessiona - ou retroage - significando que se movimenta para trás em relação à esfera celeste.
Como consequência, o Ponto Vernal que é identificado no dia do Equinócio da Primavera ao nascer do Sol, no signo de Áries, que no hemisfério norte conta 0º, desloca-se lentamente diante das constelações zodiacais.
A efeméride é também explicada pelo fato de a Terra girar como um pião e seu eixo se deslocar 1º a cada 72 anos.
Portanto, para o percurso de uma casa astrológica inteira de 30º teremos a cifra de 2160 anos gasta ao longo de uma constelação ou casa zodiacal.
Desse modo, e através desse movimento e ritmo, inauguram-se e se encerram doze eras astrológicas, e, relativamente à linha do Equador, a Terra realiza um giro completo no plano da eclíptica ou órbita em torno do Sol.
O fenômeno da Precessão dos Equinócios tem um tempo de duração de 25.920 anos em seu percurso total, que foi batizado pelos místicos e esotéricos de um ano cósmico, ano platônico e grande ano egípcio.
Assim, nesses últimos milênios, tivemos a era de Áries, seguida pela era de Peixes que está dando lugar à recém chegada era de Aquário.
Sabe a astronomia que a Terra não é uma esfera perfeita, sendo dilatada no equador e achatada nos pólos.
O seu diâmetro equatorial tem em torno de 12.756 km ao passo que o diâmetro polar tem aproximadamente 12.713 km, o que dá uma diferença de mais ou menos 43.0 km a maior para o equador terrestre.
Somado a isso, temos a inclinação do plano do equador terrestre em relação ao plano da eclíptica em 23º 27’, ou mais precisamente, 23° 26' 21,418" e este, por seu turno, detem a inclinação em relação ao plano da órbita da Lua em 5º 8’.
O plano da eclíptica é o plano da órbita do planeta Terra em redor do Sol.
Bem, essa rápida digressão justifica-se para relembrar-nos de pontos básicos e acadêmicos da astronomia e um pouco da astrologia, que resumem enormes esforços de astrônomos desde um passado longínquo,
iniciado segundo a história oficial por Thales de Mileto, grego fundador da escola jônica no século VII a.C.
Entretanto, a história verdadeira é bem outra e nesse caderno de anotações acadêmicas faltam os avanços e revelações dos sábios de Atlântida, há milhões de anos, principalmente há mais ou menos 27.000 anos, quando trouxeram a seus seguidores e iniciados conhecimentos fundamentais e precisos da astronomia-astrológica que serviriam de base para outros e mais especializados estudos de gerações futuras.
Ademais, não se pode ignorar – embora oficialmente os sábios de bibliotecas acadêmicas propositalmente ignorem – o grande desenvolvimento da astronomia realizado pelos sumérios em datas que recuam, de 8.000, 10.000 ou mais anos, em que o cosmos e nosso sistema solar foram trazidos ao conhecimento de algumas civilizações, tanto quanto, ou, em algumas instâncias, com melhor visão da atualidade.
A arqueologia não mente, e fatos estão por ela registrados nos achados de objetos e instrumentos de prospecções astronômicas, como de um astrolábio idêntico ao que muitos mil anos depois viria ser “inventado” por novos astrônomos.
O conhecimento e orientações sobre o ano solar de 365 dias, as estações anuais e as fases da Lua, eram simplesmente elementares para povos de antanho que disto se aproveitavam para seus plantios e colheitas nas épocas certas e apropriadas.
E como simplesmente teriam sabido destas realidades?
Sumérios e o Sistema Solar
Sem falar com maior profundidade nos egípcios, que deixariam gravados em papiros, nos murais, túmulos e sarcófagos e em majestosos sepulcros,
as inúmeras descrições e cenas pictóricas de suas histórias ocultas retratando momentos astronômicos, naves interplanetárias, a vinda de deuses das estrelas com seus avançados ensinamentos, suas partidas, ou as chegadas e permanências de outras raças alienígenas aterrorizantes e malignas.
E mostrariam gravuras de antigos astronautas uniformizados como os de nossos dias; construiriam pirâmides com perfeitos alinhamentos com astros ou constelações que apontavam para áreas específicas nos mapas do céu, mostrando as entradas e saídas de ciclos, atualmente conhecidos como Eras Astrológicas.
E para suas orientações astronáuticas, definiriam outros acontecimentos cósmicos ainda hoje não exatamente compreendidos.
Conheceriam todos os movimentos do Sol – o Astro Rei – as inclinações diárias de seus raios e os percursos anuais dessa estrela rumo a um ponto sabiamente conhecido.
E fariam perfeitas incursões periféricas e diametrais à distâncias quase infinitas, acusando presenças de astros, constelações e sistemas solares não visíveis, mediante simples analogias de relações matemáticas alinhadas em seus obeliscos, em ângulos de paredes, janelas e portais, nas passagens e túneis piramidais, nas bases dos monumentos e seus píncaros, a indicarem, também, efemérides corriqueiras e fáceis de entender, ou essencialmente complicadas sob invejável cosmo-visão para quem estivesse desprovido da alta tecnologia de agora.
Além do fantástico conhecimento astronômico, formulariam seu próprio e complicado zodíaco, praticando com grandes margens de acertos a ciência astrológica.
E sem falar dos sábios chineses, maias, astecas e outros, e mais recentemente dos gregos e romanos.
Todo esse rico manancial e outras imensas provas irrefutáveis, coletadas em vários e diferentes locais da Terra, são oficialmente ignorados como elementos já decodificados e reconhecidamente prontos para uma remontagem de um passado ainda pulsante, pois contariam outra história contrariamente a tantos interesses.
Figuras de Naves da Arqueologia Egípcia
Nave e Astronautas no Antigo Egito
Os astrônomos ignoram, porém não muito, e os governos proíbem a divulgação do que confronte com as proposições astronômicas do cientificismo da atualidade e ensinamentos escolares e universitários.
Da mesma maneira, não se oferecem aberturas verdadeiras e para valer, para discussões teológicas das religiões cujas influências, ações políticas e econômicas circunscrevem ao próprio globo planetário.
Esses assuntos jamais foram colocados à mesa para a contraposição dos estudiosos preparados, dos pesquisadores ocultistas, e do que redescobre a nova arqueologia e antropologia a fim de ajustar dogmas ou abri-los ao pensamento moderno, sem se perder o poder da fé e da devoção retamente praticadas.
Entretanto, a proximidade de um planeta, ou planetas, em rumo da Terra,
e um deles já é visível a olho nu - conforme as centúrias de Nostradamus e alertas de outros profetas - vem conjuminada com as inquietantes visitas das naves interplanetárias que usam nossos espaços, com os seus ataques e sequestros de pessoas e animais, com as guerras nas estrelas e descobertas dos destroços de naves na Lua e Marte, com as presenças de extraterrestres do bem e do mal agora aportados na Terra, e com tantas outras coisas que vazam das blindagens governamentais mal organizadas,
que já não podem mais ser amordaçadas.
Há suficientes provas materiais e visuais: fotos, gravações de vídeos e acontecimentos comprovadamente reais, ainda que obstruídas suas divulgações e bizarramente invertidas suas realidades para o grande público mundial.
E apesar de tudo, de toda a massa incrível de revelações, provas e elementos concludentes, ainda há as tolas negações por aqueles que realmente desejam nada saber por que estão satisfeitos consigo próprios,
com seus ceticismos e conquistas materiais, e por que assim impõem os seus ortodoxos atavismos.
Os mais importantes depoimentos sobre os acontecimentos atualmente desencadeados no planeta, foram dados por Ramatís na sua obra “Mensagens do Astral” em 1949, onde ele afirmava que o eixo da Terra houvera se inclinado em aproximadamente 23º. e 27’ por ocasião de uma das derradeiras catástrofes que culminariam com o desaparecimento do continente de Atlântida, há pouco mais de 27.000 anos.
Os resultados desse andamento, naquele distante passado, viriam mudar totalmente a vida na Terra, sob confusas mudanças do clima, intempéries extemporâneas nas estações no ano, congelamento dos pólos e muito mais.
Como essas declarações de Ramatis viessem confrontar com as súmulas científicas, a ciência sequer tomou conhecimento, senão por alguns poucos e estúpidos céticos falantes que procuraram sempre desmentir,
ridicularizar e desmerecer os fatos facilmente comprováveis.
Desde o início de suas muitas comunicações que se estenderiam por mais de duas décadas, o mestre alertava para o fato de que um planeta chamado de “Higienizador”, pertencente a outro sistema solar, estaria se aproximando da Terra, como acontece a cada 6.666 anos, e desde logo nosso planeta estaria sofrendo as consequências de tal presença.
E na medida em que mais o “Planeta Intruso” se aproximasse da Terra ela sofreria convulsões que a desestabilizariam.
Na época, não se falava ainda do aquecimento global, pois evidentemente não existia nessa escala de hoje, embora os fatos viessem acontecer paulatinamente, conforme previra Ramatís, trazendo destruições, fome,
seca e sede no planeta.
Os animais, já dizia ele, por seus instintos de orientação sob as correntes de energia que singram ao longo do planeta, se deslocariam a grandes distâncias tanto por terra, pelo ar ou pelas águas de rios e oceanos,
buscando refúgios em locais até então inusitados, o que de fato todas estas coisas acontecem.
Terremotos, maremotos, degelo dos pólos, enchentes, inundações, incêndios, vendavais e fenômenos destruidores diversos se precipitariam com extraordinária frequência sobre todo o planeta o que da mesma forma vêm acontecendo.
Importante também ressaltar que, segundo Ramatís, o Planeta Higienizador seria o responsável não somente pelo realinhamento do eixo terrestre, pois atrairia nosso planeta com seu incrível magnetismo, bem como influenciaria os comportamentos das populações terrenas para o bem ou para o mal.
Para o bem, em cerca de 1/3 ou 2/5 da população global, pois saberiam sublimar as fortes energias do planeta tangenciador, e para o mal, segundo assim entendemos esta natureza ou polaridade, àqueles que se desatinariam, se entregando cada vez mais às paixões arrasadoras.
Sem dúvida, a cada dia vemos o enorme e profundo abismo de vícios,
autodestruições, ambições desmedidas, futilidades, crimes e aberrações as mais diversas no qual se lançam milhões.
A ciência do alto de sua ostensiva oficialidade, ora nega ora não menciona que o eixo da Terra já esteja verticalizando, no entanto investigadores dão provas em contrário com suas medições, sem que essas provas venham a público como deveriam.
E de tal forma os cientistas negam o fato que após o tsunami que arrasou parte da Indonésia há poucos anos, eles atestariam que o impacto do fenômeno teria provocado o afastamento do eixo da Terra em alguns centímetros.
Esse mesmo argumento cientistas trariam a público quando do recente tsunami no Japão, que segundo as medições, vêm indicar que o eixo da Terra moveu-se em aproximadamente 25 centímetros.
Ora, o peixe mergulha na água e não a água no peixe.
O fato se dá exatamente ao contrário, pois o tsunami e terremotos no Japão se verificaram pelo movimento de verticalização do eixo planetário e não o oposto.
Vejamos algumas das avaliações invertidas de observadores e analistas científicos:
1. Terremoto no Chile - Fevereiro de 2010.
Terremoto do Chile deixou os dias na Terra mais curtos, diz cientista da NASA Foto de satélite da NASA algumas horas após o terremoto do último sábado mostra uma nuvem de poeira sobre a capital chilena.
O terremoto de magnitude 8.8 que afetou o Chile no último sábado pode ter deixado os dias na Terra mais curtos.
A suspeita é do cientista Richard Gross, do JPL (Laboratório de Propulsão a Jato) da NASA, a agência espacial americana. Isso teria ocorrido por uma mudança na rotação do planeta.
Gross utilizou um modelo complexo para fazer o cálculo, que detectou uma redução de 1,26 microssegundos (um segundo por um milhão) no dia.
O tremor deslocou o eixo do planeta de aproximadamente 8 centímetros.
2. Terremoto e tsunami registrado em Sumatra em 2004
O mesmo modelo foi utilizado para calcular o impacto do terremoto de 9.1 registrado em Sumatra em 2004.
Na ocasião, a redução no dia foi de 6,8 microssegundos e a alteração no eixo da Terra foi de 7 centímetros.
Os cientistas se referem ao eixo imaginário de rotação da Terra, e não ao eixo Norte-Sul, que tem uma diferença de cerca de 10 metros.
3. Global warming could change Earth's tilt
Warming oceans could cause Earth's axis to tilt in the coming century, a new study suggests.
The effect was previously thought to be negligible, but researchers now say the shift will be large enough that it should be taken into account when interpreting how the Earth wobbles.
The Earth spins on an axis that is tilted some 23.5° from the vertical.
But this position is far from constant – the planet's axis is constantly shifting in response to changes in the distribution of mass around the Earth.
"The Earth is like a spinning top, and if you put more mass on one side or other, the axis of rotation is going to shift slightly," says Felix Landerer of NASA's Jet Propulsion Laboratory in Pasadena, California.
The changing climate has long been known to move Earth's axis.
The planet's north pole, for example, is migrating along 79 °W – a line of longitude that runs through Toronto and Panama City – at a rate of about 10 centimetres each year as the Earth rebounds from ice sheets that once weighed down large swaths of North America, Europe, and Asia.
Shifts in the distribution of water due to rising ocean temperatures will cause Earth's axis to tilt, according to a new study (Image: NASA)
21:02 20 August 2009 by Rachel Courtland
For similar stories, visit the Solar System and Climate Change Topic Guides.
Neste último item os “experts” em assuntos planetários, jogam necessariamente nas costas do aquecimento global a culpa de o eixo da Terra “chacoalhar”.
E à propósito disto, o aquecimento global de há muito vem sendo severamente contestado por correntes de cientistas dissidentes e conforme acima dissemos, fora detalhado por Ramatis há mais de 50 anos, sendo decorrente da verticalização do eixo da Terra vindo, de todas as maneiras, corroborar com as profecias antigas.
O fenômeno, conforme Ramatís explicou, se desenvolveria lentamente,
como, em verdade, assim se produz, trazendo com ele maiores efeitos dos raios solares na Terra que se concentrariam mais intensamente noutros pontos do planeta, aumentados em seu poder pela maior proximidade do Sol e pelos novos ângulos de incidências.
Essa ação continuada, provocaria um aquecimento anormal nestes pontos, locais ou regiões, e pronunciadamente nas águas oceânicas, além da formação de novas, pesadas e mais intensas nuvens que cobrem a atmosfera do planeta, provocando globalmente mais calor.
E, principalmente, por motivo e consequência disto, testemunhamos neste momento os pólos gradativamente virem degelando, pois a Terra se torna excessivamente quente e a anomalia constatada afeta as vidas de todos os reinos.
A questão da liberação do CO2 na atmosfera, jurada e alardeada pela ciência e governos mundiais como o fator preponderante do aquecimento global, é curiosamente contestada pelos cientistas que discordam da mídia terrorista controladora das massas, nessa verdadeira epidemia de afirmações sobre o dióxido de carbono.
Os hereges, como são chamados os dissidentes, afirmam categoricamente que o gás carbônico jamais foi fator ou elemento primordial do efeito estufa planetário, mesmo porque sempre houve eras de intenso calor e gelo na Terra.
Em contra-argumento ao processo doutrinário, sistematicamente lançado pelos veículos de comunicação junto à opinião pública mundial, e ao pseudo fato de a emissão de CO2 ser o grande vilão do aquecimento global, a corrente científica dissidente aponta coerentemente o oposto, ou seja, não é a emissão de CO2 o principal agente causador do aquecimento desordenado, mas sim o aquecimento desordenado é que vem liberar quantidades maiores de CO2 já existentes na natureza.
Em relação ainda às explicações de que os tsunami e terremotos forçam o afastamento do eixo da Terra, perguntamos, pois, há quantos milênios essas hecatombes se registram?
Há quantos séculos os astrônomos descobriram que o eixo de nosso planeta se acha inclinado em relação à eclíptica, e trabalham atentamente a teoria de que isso se sucedeu na última glaciação acontecida há milênios?
E o globo terrestre vinha permanecendo desde então com a mesma inclinação a despeito de tantos e terríveis terremotos, maremotos ou tsunamis, segundo atesta a história, nas diversas intensidades que hoje é possível medir na Escala Richter.
Não temos notícias de que antes deste milênio os abalos extraordinários alterassem a posição do eixo da Terra.
Por que somente agora esses abalos moveriam o eixo da Terra e antes não o moviam?
Vamos destacar um trecho de nossos argumentos, retirados de nossa obra (clique aqui) SINAIS DOS TEMPOS - PARTE I sobre o tema aqui abordado:
“O planeta, após as hecatombes durante o período atlante, resultou em quatro pólos, dois geográficos e dois magnéticos.
Os antigos pólos geográficos que adernaram de suas posições originais, sendo hoje somente magnéticos, antes, acredita-se, representariam a ambas as condições numa só: a magnética e a geográfica.
Hoje, portanto, ao norte e sul do orbe temos em cada uma dessas orientações dois pólos distintos, comprovados pelas agulhas das bússolas que quanto mais se aproximam de um pólo geográfico mais apontam em direção ao pólo magnético, realizando o fenômeno chamado declinação magnética.
Na realidade, há um jogo de inversões de polaridades ou atrações opostas entre negativo x positivo nos pólos geográficos e magnéticos.
Desse modo, quando as agulhas das bússolas apontam para o pólo geográfico norte, elas estarão de fato apontando para o pólo magnético sul, e também vice versa em relação ao pólo geográfico sul e pólo magnético norte.
Essa situação, no entanto, não é permanente uma vez que cientistas chegaram à conclusão que os pólos magnéticos se alternam norte-sul, sul-norte a cada 500 mil anos ou muito mais.
Isso também significaria que enquanto os pólos magnéticos trocam de posições, a rotação da Terra viria passar por uma desaceleração até estancar, para depois começar a girar ao inverso.
Durante o processo de alternância dos pólos, o campo magnético da Terra se enfraqueceria o que viria causar inúmeros transtornos como desorientação de animais em seus períodos migratórios, além de sobrevir uma onda de radiação que causaria queima de colheitas, doenças e outros problemas.
A situação acima pode suceder porquanto há um fenômeno explicativo chamado “Ressonância de Schumann”, captado pela medição de ciclos na frequência de base da Terra, chamada pulsação.
Essa pulsação, em milênios, detinha uma constante de 7 a 8 ciclos por segundos, hoje os ciclos já passam dos 15.
Assim, os cientistas constatam uma relação inversa, ou seja, enquanto os ciclos aumentam o campo gravitacional da Terra diminui, estando já próximo de sua metade.
Isso, somado a outros fatores, levaria o planeta ao Ponto Zero, que é,
exatamente, o equilíbrio entre o movimento de rotação e a atração gravitacional, dando-se no Ponto Zero o momento da inversão dos pólos magnéticos.
Como resultado, se verificaria o consequente estancamento da rotação da Terra no sentido oeste-leste, reiniciando o movimento rotatório para o sentido leste-oeste.
Ou seja, a inversão ocorrendo veríamos o nascente do Sol a oeste e o poente a leste.(*) É provável esse estancamento da rotação planetária durar horas, o que ocasionaria uma perturbação incrível na vida terrena,
muito embora não voássemos pelo ar pela falta de sustentação gravitacional, pois a existência do campo gravitacional do planeta não depende somente de sua rotação, existindo três outros centros de gravidade no interior da Terra.
(*) Esta referência merece uma explicação complementar, uma vez que o sentido rotacional do globo terrestre também depende do ponto onde se encontra o observador.
Se o observador está acima do Pólo Sul, o sentido de rotação da Terra é horário.
Se ele se encontra num ponto acima do Pólo Norte o sentido de rotação é anti-horário.
Uma das constatações que já se verifica, na medida em que nos aproximamos do Ponto Zero é a sensação do encurtamento dos dias ou uma velocidade maior das horas, o que fisicamente não acontece.
O fato se explicaria pela incidência de um momento em que grande parte da humanidade começa a elevar a consciência para a quarta dimensão, e isso nada mais é do que a abertura dos portais internos de nossas percepções psicofísicas para a dimensão em que os parâmetros de tempo e espaço são sentidos de modos diversos aos aprisionados por nossas convenções terrenas.
Não devemos nunca nos esquecer de que a Terra é um Ente Físico e Espiritual, e dele detemos todos os átomos de nossos corpos.
Uma vez que o processo vibracional ou de consciência global no planeta se acelera pelo seu momento de ascenso em escala cósmica - apesar de todos os acontecimentos físicos que os instrumentos acusam de inversões e mudanças gravitacionais - os átomos de nossos corpos superiores acompanham os padrões.
Quem não conseguir se situar dentro dos novos padrões vibratórios da nova consciência mundial, equilibrando as polaridades opostas,
precipitará seus valores mentais e emocionais unicamente para a polaridade da matéria, não podendo assim experimentar padrões mais altos de dimensão x matéria mais refinada.
Aliás, o montante de almas com padrões superiores alcançados e não alcançados, já foi definido pelos mentores planetários junto à população mundial.
Há algum tempo a ciência vem notando que a distância entre os pólos geográficos e magnéticos vem diminuindo a cada ano.
A partir de 1980 verificou-se que essa aproximação se dava na média de 10 quilômetros por ano.
No entanto, mensurações a partir de 2007, vieram demonstrar que já havia a distância de 550 quilômetros entre esses pólos com a aproximação do pólo magnético em direção ao pólo geográfico na média atual de 55 quilômetros por ano.
Isso talvez possa ser explicado pelo fato de o orbe terrestre possuir dois corpos que se sobrepõem em dimensões diferentes, com massas diferentes, ou seja, um corpo material e físico que conhecemos e outro totalmente eletro-magnético formado de energia-matéria etérica.
Aquele corpo etérico planetário já sente a ação de energias mais poderosas provindas, principalmente, de um astro que vem de fora de nosso sistema solar e atrai o corpo etérico da Terra para si, forçando-o a retomar sua posição original ocupada antes da hecatombe do período atlante.
O corpo etérico planetário, ao final de tudo, virá arrastar sua contraparte física na mesma direção e distância a que ele se desloca, sob um ritmo ainda controlado pela Hierarquia Planetária para não permitir desastres abruptos antes de um tempo pré-determinado, enquanto o planejamento de socorro aos habitantes da Terra não esteja encerrado.
A plausibilidade dessa afirmação pode ser atestada pelas declarações recentes, nesse ano de 2010, de cientistas geógrafos, ao constatarem que o eixo da Terra se move alguns centímetros a cada ano no sentido de sua verticalização.
Tanto as constatações dos aumentos sucessivos dos ciclos nas Ressonâncias de Schumann – que a ciência atéia e cética se apressa em desmentir e rebater, apresentando argumentos em contrário e sem consistência – bem como suas previsões para anos passados são objetos de reflexões.
As datas de nosso calendário Gregoriano nem sempre batem com os eventos esperados nos períodos previstos por profetas ou cientistas libertos das ortodoxias laboratoriais acadêmicas.
As mensurações de tempo x espaço, principalmente, nos dias apocalípticos atuais, se encontram um tanto atropelados pela intensidade de fatores que se vêm desencadeando, e pelas interferências de nossa Hierarquia Planetária a que já nos referimos.
Certos fatos relevantes tanto para o planeta quanto para as nações e reinos da natureza, impossíveis conter por mais tempo, se sucedem em medidas e padrões das iniciais profecias.
Entretanto, pela não constatação das maciças catástrofes e outros eventos,
conforme previu Nostradamus, que Ramatís também divulgou para o final do século XX, se apegam os debochados e sarcásticos materialistas para tentar desmoralizar a fé e o conhecimento de religiosos e esotéricos”.
Muito nos entristecem os acontecimentos catastróficos nos países irmãos, como ocorrido na Indonésia e agora no Japão.
O eixo da Terra realmente se move, conforme as predições, e as consequências físicas são inevitáveis em nosso planeta.
Esotéricos em todo o mundo estão em alerta máxima para o auxílio aos que sofrem com os abalos e destruições, e mesmo estes dedicados trabalhadores não sabem onde um novo fenômeno destruidor se verificará, ou se suas vidas também serão ceifadas.
Mas trabalham com amor e dedicação, como no espaço superior assim trabalham as equipes socorristas em permanente auxílio às vítimas em todo o planeta.
Queremos deixar aqui a mensagem de confiança e fé de que todos os acontecimentos, por mais trágicos que sejam, por mais dolorosos que se apresentem aos nossos olhos e vidas, com perdas de posses e de entes queridos, são passageiros.
A vida jamais cessa, os cenários mudam, as famílias se alternam com seus membros, mas os momentos serão outros, sempre para a melhoria das raças e avanços da humanidade.
Superaremos todos os dramas, dores e perdas, pois isto faz parte de um carma mundial que nós mesmos formamos.
Mas neste futuro próximo, após estes pesadelos, veremos um mundo melhor, sanado, saudável e justo, próprio para nossa evolução física como raças, para um apuramento emocional e mental como almas, e para a nossa perfeição maior como espíritos.
Somos filhos de Deus e Sua Glória em nós se espelha, e sem dúvida nela viveremos.
Rayom Ra
[Leia Rayom Ra on Scribd em páginas on line ou em downloads completos ]
[Os textos do Arca de Ouro, por Rayom Ra, podem ser reproduzidos parcial ou totalmente, desde que citadas as origens ]

domingo, 11 de dezembro de 2011

Planeta Azul: O Eixo da Terra Verticaliza

sábado, 3 de dezembro de 2011
O Eixo da Terra Verticaliza
É sabido por astrônomos e astrólogos que a Terra possui um eixo imaginário, que atravessa o globo terrestre exatamente no seu meio no sentido norte-sul ou sul-norte, ultrapassando virtualmente os respectivos pólos norte e sul, conforme a figura abaixo.
Devido aos trágicos acontecimentos nas costas do Japão quando um tsunami passou arrastando o que encontrava pela frente, levando casas, prédios e veículos como se fossem de papelão ou de brinquedo,
desejamos voltar ao assunto do eixo da Terra, mais precisamente de seu movimento de verticalização.
O planeta gira em torno deste eixo imaginário no sentido anti-horário,
oeste-leste, contrariamente aos ponteiros de um relógio, em movimento de rotação, ao passo que as estrelas são vistas em seus aparentes movimentos girando em sentido oposto.
Este deslocamento rotacional leva exatamente 23horas, 56minutos,
4 segundos e 0.09 (9 centésimos) em relação às estrelas fixas, num âmbito circunferencial de 360º e é chamado dia sideral.
Mas em relação ao Sol, esse movimento se dá em 24 horas e é chamado dia solar.
Já outro movimento denominado de translação, consiste de a Terra descrever uma órbita elíptica completa em torno do Sol, a 30 quilômetros por segundo, com duração de 365dias, 6horas, 9minutos e 10segundos, ou no comprimento de 365.2564, conhecido como ano sideral.
Outra medida anual, também considerada, é a que acontece ao se tomar como observação o Equinócio Vernal, ou início das estações no hemisfério norte, onde o ano encurta em 0.0042 no seu comprimento que passa a ser 365.2422, ou 365dias, 5horas, 48minutos e 46 segundos, sendo chamado de ano tropical, devido ao movimento retrógrado da Terra na Precessão dos Equinócios.
Os equinócios da primavera e do outono determinam nas suas entradas, nos hemisférios norte e sul, respectivamente, em datas diferentes, os dias sendo exatamente iguais às noites, com 12 horas de duração cada parte.
A posição do Sol no Equinócio da Primavera é chamada de Ponto Vernal e no Equinócio de Outono é chamada de Ponto Antivernal ou Outonal.
Na Precessão dos Equinócios a Terra sofre pressões das forças do Sol e da Lua no sentido de achatá-la em sua rota gravitacional e seu eixo é forçado a alinhar-se com o eixo da eclíptica, mas como isso não é possível o eixo terrestre reage contrariamente, ou seja, precessiona
- ou retroage - significando que se movimenta para trás em relação à esfera celeste.
Como consequência, o Ponto Vernal que é identificado no dia do Equinócio da Primavera ao nascer do Sol, no signo de Áries, que no hemisfério norte conta 0º, desloca-se lentamente diante das constelações zodiacais.
A efeméride é também explicada pelo fato de a Terra girar como um pião e seu eixo se deslocar 1º a cada 72 anos.
Portanto, para o percurso de uma casa astrológica inteira de 30º teremos a cifra de 2160 anos gasta ao longo de uma constelação ou casa zodiacal.
Desse modo, e através desse movimento e ritmo, inauguram-se e se encerram doze eras astrológicas, e, relativamente à linha do Equador, a Terra realiza um giro completo no plano da eclíptica ou órbita em torno do Sol.
O fenômeno da Precessão dos Equinócios tem um tempo de duração de 25.920 anos em seu percurso total, que foi batizado pelos místicos e esotéricos de um ano cósmico, ano platônico e grande ano egípcio.
Assim, nesses últimos milênios, tivemos a era de Áries, seguida pela era de Peixes que está dando lugar à recém chegada era de Aquário.
Sabe a astronomia que a Terra não é uma esfera perfeita, sendo dilatada no equador e achatada nos pólos.
O seu diâmetro equatorial tem em torno de 12.756 kmao passo que o diâmetro polar tem aproximadamente 12.713 km, o que dá uma diferença de mais ou menos 43.0 km a maior para o equador terrestre.
Somado a isso, temos a inclinação do plano do equador terrestre em relação ao plano da eclíptica em 23º 27,' ou mais precisamente, 23° 26' 21,418" e este, por seu turno, detem a inclinação em relação ao plano da órbita da Lua em 5º 8'.
O plano da eclíptica é o plano da órbita do planeta Terra em redor do Sol.
Bem, essa rápida digressão justifica-se para relembrar-nos de pontos básicos e acadêmicos da astronomia e um pouco da astrologia, que resumem enormes esforços de astrônomos desde um passado longínquo, iniciado segundo a história oficial por Thales de Mileto,
grego fundador da escola jônica no século VII a.C.
Entretanto, a história verdadeira é bem outra e nesse caderno de anotações acadêmicas faltam os avanços e revelações dos sábios de Atlântida, há milhões de anos, principalmente há mais ou menos 27.000 anos, quando trouxeram a seus seguidores e iniciados conhecimentos fundamentais e precisos da astronomia-astrológica que serviriam de base para outros e mais especializados estudos de gerações futuras.
Ademais, não se pode ignorar
– embora oficialmente os sábios de bibliotecas acadêmicas propositalmente ignorem
– o grande desenvolvimento da astronomia realizado pelos sumérios em datas que recuam, de 8.000, 10.000 ou mais anos, em que o cosmos e nosso sistema solar foram trazidos ao conhecimento de algumas civilizações, tanto quanto, ou, em algumas instâncias, com melhor visão da atualidade.
A arqueologia não mente, e fatos estão por ela registrados nos achados de objetos e instrumentos de prospecções astronômicas, como de um astrolábio idêntico ao que muitos mil anos depois viria ser "inventado"
por novos astrônomos.
O conhecimento e orientações sobre o ano solar de 365 dias, as estações anuais e as fases da Lua, eram simplesmente elementares para povos de antanho que disto se aproveitavam para seus plantios e colheitas nas épocas certas e apropriadas.
E como simplesmente teriam sabido destas realidades?
Sumérios e o Sistema Solar
Sem falar com maior profundidade nos egípcios, que deixariam gravados em papiros, nos murais, túmulos e sarcófagos e em majestosos sepulcros, as inúmeras descrições e cenas pictóricas de suas histórias ocultas retratando momentos astronômicos, naves interplanetárias, a vinda de deuses das estrelas com seus avançados ensinamentos, suas partidas, ou as chegadas e permanências de outras raças alienígenas aterrorizantes e malignas.
E mostrariam gravuras de antigos astronautas uniformizados como os de nossos dias; construiriam pirâmides com perfeitos alinhamentos com astros ou constelações que apontavam para áreas específicas nos mapas do céu, mostrando as entradas e saídas de ciclos, atualmente conhecidos como Eras Astrológicas.
E para suas orientações astronáuticas, definiriam outros acontecimentos cósmicos ainda hoje não exatamente compreendidos.
Conheceriam todos os movimentos do Sol
– o Astro Rei – as inclinações diárias de seus raios e os percursos anuais dessa estrela rumo a um ponto sabiamente conhecido.
E fariam perfeitas incursões periféricas e diametrais à distâncias quase infinitas, acusando presenças de astros, constelações e sistemas solares não visíveis, mediante simples analogias de relações matemáticas alinhadas em seus obeliscos, em ângulos de paredes, janelas e portais,
nas passagens e túneis piramidais, nas bases dos monumentos e seus píncaros, a indicarem, também, efemérides corriqueiras e fáceis de entender, ou essencialmente complicadas sob invejável cosmo-visão para quem estivesse desprovido da alta tecnologia de agora.
Além do fantástico conhecimento astronômico, formulariam seu próprio e complicado zodíaco, praticando com grandes margens de acertos a ciência astrológica.
E sem falar dos sábios chineses, maias, astecas e outros, e mais recentemente dos gregos e romanos.
Todo esse rico manancial e outras imensas provas irrefutáveis, coletadas em vários e diferentes locais da Terra, são oficialmente ignorados como elementos já decodificados e reconhecidamente prontos para uma remontagem de um passado ainda pulsante, pois contariam outra história contrariamente a tantos interesses.
Figuras de Naves da Arqueologia Egípcia
Nave e Astronautas no Antigo Egito
Os astrônomos ignoram, porém não muito, e os governos proíbem a divulgação do que confronte com as proposições astronômicas do cientificismo da atualidade e ensinamentos escolares e universitários.
Da mesma maneira, não se oferecem aberturas verdadeiras e para valer, para discussões teológicas das religiões cujas influências, ações políticas e econômicas circunscrevem ao próprio globo planetário.
Esses assuntos jamais foram colocados à mesa para a contraposição dos estudiosos preparados, dos pesquisadores ocultistas, e do que redescobre a nova arqueologia e antropologia a fim de ajustar dogmas ou abri-los ao pensamento moderno, sem se perder o poder da fé e da devoção retamente praticadas.
Entretanto, a proximidade de um planeta, ou planetas, em rumo da Terra, e um deles já é visível a olho nu
- conforme as centúrias de Nostradamus e alertas de outros profetas - vem conjuminada com as inquietantes visitas das naves interplanetárias que usam nossos espaços, com os seus ataques e sequestros de pessoas e animais, com as guerras nas estrelas e descobertas dos destroços de naves na Lua e Marte, com as presenças de extraterrestres do bem e do mal agora aportados na Terra, e com tantas outras coisas que vazam das blindagens governamentais mal organizadas, que já não podem mais ser amordaçadas.
Há suficientes provas materiais e visuais: fotos, gravações de vídeos e acontecimentos comprovadamente reais, ainda que obstruídas suas divulgações e bizarramente invertidas suas realidades para o grande público mundial.
E apesar de tudo, de toda a massa incrível de revelações, provas e elementos concludentes, ainda há as tolas negações por aqueles que realmente desejam nada saber por que estão satisfeitos consigo próprios, com seus ceticismos e conquistas materiais, e por que assim impõem os seus ortodoxos atavismos.
Os mais importantes depoimentos sobre os acontecimentos atualmente desencadeados no planeta, foram dados por Ramatís na sua obra "Mensagens do Astral" em 1949, onde ele afirmava que o eixo da Terra houvera se inclinado em aproximadamente 23º. e 27' por ocasião de uma das derradeiras catástrofes que culminariam com o desaparecimento do continente de Atlântida, há pouco mais de 27.000 anos.
Os resultados desse adernamento, naquele distante passado, viriam mudar totalmente a vida na Terra, sob confusas mudanças do clima,
intempéries extemporâneas nas estações no ano, congelamento dos pólos e muito mais.
Como essas declarações de Ramatis viessem confrontar com as súmulas científicas, a ciência sequer tomou conhecimento, senão por alguns poucos e estúpidos céticos falantes que procuraram sempre desmentir, ridicularizar e desmerecer os fatos facilmente comprováveis.
Desde o início de suas muitas comunicações que se estenderiam por mais de duas décadas, o mestre alertava para o fato de que um planeta chamado de "Higienizador", pertencente a outro sistema solar, estaria se aproximando da Terra, como acontece a cada 6.666 anos, e desde logo nosso planeta estaria sofrendo as consequências de tal presença.
E na medida em que mais o "Planeta Intruso" se aproximasse da Terra ela sofreria convulsões que a desestabilizariam.
Na época, não se falava ainda do aquecimento global, pois evidentemente não existia nessa escala de hoje, embora os fatos viessem acontecer paulatinamente, conforme previra Ramatís, trazendo destruições, fome, seca e sede no planeta.
Os animais, já dizia ele, por seus instintos de orientação sob as correntes de energia que singram ao longo do planeta, se deslocariam a grandes distâncias tanto por terra, pelo ar ou pelas águas de rios e oceanos, buscando refúgios em locais até então inusitados, o que de fato todas estas coisas acontecem.
Terremotos, maremotos, degelo dos pólos, enchentes, inundações,
incêndios, vendavais e fenômenos destruidores diversos se precipitariam com extraordinária frequência sobre todo o planeta o que da mesma forma vêm acontecendo.
Importante também ressaltar que, segundo Ramatís, o Planeta Higienizador seria o responsável não somente pelo realinhamento do eixo terrestre, pois atrairia nosso planeta com seu incrível magnetismo,
bem como influenciaria os comportamentos das populações terrenas para o bem ou para o mal.
Para o bem, em cerca de 1/3 ou 2/5 da população global, pois saberiam sublimar as fortes energias do planeta tangenciador, e para o mal, segundo assim entendemos esta natureza ou polaridade, àqueles que se desatinariam, se entregando cada vez mais às paixões arrasadoras.
Sem dúvida, a cada dia vemos o enorme e profundo abismo de vícios, autodestruições, ambições desmedidas, futilidades, crimes e aberrações as mais diversas no qual se lançam milhões.
A ciência do alto de sua ostensiva oficialidade, ora nega ora não menciona que o eixo da Terra já esteja verticalizando, no entanto investigadores dão provas em contrário com suas medições, sem que essas provas venham a público como deveriam.
E de tal forma os cientistas negam o fato que após o tsunami que arrasou parte da Indonésia há poucos anos, eles atestariam que o impacto do fenômeno teria provocado o afastamento do eixo da Terra em alguns centímetros.
Esse mesmo argumento cientistas trariam a público quando do recente tsunami no Japão, que segundo as medições, vêm indicar que o eixo da Terra moveu-se em aproximadamente 25 centímetros.
Ora, o peixe mergulha na água e não a água no peixe.
O fato se dá exatamente ao contrário, pois o tsunami e terremotos no Japão se verificaram pelo movimento de verticalização do eixo planetário e não o oposto.
Vejamos algumas das avaliações invertidas de observadores e analistas científicos:
1. Terremoto no Chile - Fevereiro de 2010.
Terremoto do Chile deixou os dias na Terra mais curtos, diz cientista da NASA Foto de satélite da NASA algumas horas após o terremoto do último sábado mostra uma nuvem de poeira sobre a capital chilena.
O terremoto de magnitude 8.8 que afetou o Chile no último sábado pode ter deixado os dias na Terra mais curtos.
A suspeita é do cientista Richard Gross, do JPL (Laboratório de Propulsão a Jato) da NASA, a agência espacial americana.
Isso teria ocorrido por uma mudança na rotação do planeta.
Gross utilizou um modelo complexo para fazer o cálculo, que detectou uma redução de 1,26 microssegundos (um segundo por um milhão) no dia. O tremor deslocou o eixo do planeta de aproximadamente 8 centímetros.
2. Terremoto e tsunami registrado em Sumatra em 2004
O mesmo modelo foi utilizado para calcular o impacto do terremoto de 9.1 registrado em Sumatra em 2004.
Na ocasião, a redução no dia foi de 6,8 microssegundos e a alteração no eixo da Terra foi de 7 centímetros.
Os cientistas se referem ao eixo imaginário de rotação da Terra, e não ao eixo Norte-Sul, que tem uma diferença de cerca de 10 metros.
3. Global warming could change Earth's tilt
Warming oceans could cause Earth's axis to tilt in the coming century,
a new study suggests.
The effect was previously thought to be negligible, but researchers now say the shift will be large enough that it should be taken into account when interpreting how the Earth wobbles.
The Earth spins on an axis that is tilted some 23.5° from the vertical.
But this position is far from constant
– the planet's axis is constantly shifting in response to changes in the distribution of mass around the Earth.
"The Earth is like a spinning top, and if you put more mass on one side or other, the axis of rotation is going to shift slightly," says Felix Landerer  of NASA's Jet Propulsion Laboratory in Pasadena, California.
The changing climate has long been known to move Earth's axis. The planet's north pole, for example, is migrating along 79 °W
– a line of longitude that runs through Toronto and Panama City
– at a rate of about 10 centimetres each year as the Earth rebounds from ice sheets that once weighed down large swaths of North America,
Europe, and Asia.
Shifts in the distribution of water due to rising ocean temperatures will cause Earth's axis to tilt, according to a new study (Image: NASA)
21:02 20 August 2009 by Rachel Courtland
For similar stories, visit the Solar System and Climate Change Topic Guides.
traduçao pelo google do texto acima deste blog somos as sementes estelares:
3. O aquecimento global poderia mudar de inclinação da Terra
Aquecimento dos oceanos pode causar eixo da Terra a se inclinar no próximo século, sugere um novo estudo.
O efeito foi previamente pensado para ser insignificante, mas os pesquisadores agora dizem que a mudança vai ser grande o suficiente que ele deve ser levado em conta na interpretação como a balança da Terra.
A Terra gira sobre um eixo que é inclinado cerca de 23,5 com a vertical.
Mas esta posição está longe de ser constante – eixo do planeta está em constante mudança em resposta a mudanças na distribuição de massa ao redor da Terra.
"A Terra é como um pião, e se você colocar mais massa de um lado ou outro, o eixo de rotação vai se deslocar um pouco", diz Felix Landerer de Propulsão a Jato da Nasa Laboratory, em Pasadena, Califórnia.
A mudança climática tem sido conhecido para mover eixo da Terra.
Pólo norte do planeta, por exemplo, está migrando ao longo de 79 W - uma linha de longitude que percorre Toronto e Cidade do Panamá - a uma taxa de cerca de 10 centímetros a cada ano como o rebotes Terra a partir de folhas de gelo que uma vez sobrecarregada grandes áreas de América do Norte, Europa e Ásia.
Mudanças na distribuição de água devido às temperaturas dos oceanos fará com eixo de inclinação da Terra para, de acordo com um novo estudo (Foto: NASA)
21:02 20 de agosto de 2009 por Rachel Courtland
Por histórias semelhantes, visite o Sistema Solar e Guias ClimaTópico Alterar.
Neste último item os "experts" em assuntos planetários, jogam necessariamente nas costas do aquecimento global a culpa de o eixo da Terra "chacoalhar".
E à propósito disto, o aquecimento global de há muito vem sendo severamente contestado por correntes de cientistas dissidentes e conforme acima dissemos, fora detalhado por Ramatis há mais de 50 anos, sendo decorrente da verticalização do eixo da Terra vindo, de todas as maneiras, corroborar com as profecias antigas.
O fenômeno, conforme Ramatís explicou, se desenvolveria lentamente,
como, em verdade, assim se produz, trazendo com ele maiores efeitos dos raios solares na Terra que se concentrariam mais intensamente noutros pontos do planeta, aumentados em seu poder pela maior proximidade do Sol e pelos novos ângulos de incidências.
Essa ação continuada, provocaria um aquecimento anormal nestes pontos, locais ou regiões, e pronunciadamente nas águas oceânicas,
além da formação de novas, pesadas e mais intensas nuvens que cobrem a atmosfera do planeta, provocando globalmente mais calor.
E, principalmente, por motivo e consequência disto, testemunhamos neste momento os pólos gradativamente virem degelando, pois a Terra se torna excessivamente quente e a anomalia constatada afeta as vidas de todos os reinos.
A questão da liberação do CO2 na atmosfera, jurada e alardeada pela ciência e governos mundiais como o fator preponderante do aquecimento global, é curiosamente contestada pelos cientistas que discordam da mídia terrorista controladora das massas, nessa verdadeira epidemia de afirmações sobre o dióxido de carbono.
Os hereges, como são chamados os dissidentes, afirmam categoricamente que o gás carbônico jamais foi fator ou elemento primordial do efeito estufa planetário, mesmo porque sempre houve eras de intenso calor e gelo na Terra.
Em contra-argumento ao processo doutrinário, sistematicamente lançado pelos veículos de comunicação junto à opinião pública mundial, e ao pseudo fato de a emissão de CO2 ser o grande vilão do aquecimento global, a corrente científica dissidente aponta coerentemente o oposto, ou seja, não é a emissão de CO2 o principal agente causador do aquecimento desordenado, mas sim o aquecimento desordenado é que vem liberar quantidades maiores de CO2 já existentes na natureza.
Em relação ainda às explicações de que os tsunami e terremotos forçam o afastamento do eixo da Terra, perguntamos, pois, há quantos milênios essas hecatombes se registram?
Há quantos séculos os astrônomos descobriram que o eixo de nosso planeta se acha inclinado em relação à eclíptica, e trabalham atentamente a teoria de que isso se sucedeu na última glaciação acontecida há milênios?
E o globo terrestre vinha permanecendo desde então com a mesma inclinação a despeito de tantos e terríveis terremotos, maremotos ou tsunamis, segundo atesta a história, nas diversas intensidades que hoje é possível medir na Escala Richter.
Não temos notícias de que antes deste milênio os abalos extraordinários alterassem a posição do eixo da Terra.
Por que somente agora esses abalos moveriam o eixo da Terra e antes não o moviam?
Vamos destacar um trecho de nossos argumentos, retirados de nossa obra (clique aqui) SINAIS DOS TEMPOS - PARTE I sobre o tema aqui abordado:
"O planeta, após as hecatombes durante o período atlante, resultou em quatro pólos, dois geográficos e dois magnéticos.
Os antigos pólos geográficos que adernaram de suas posições originais,
sendo hoje somente magnéticos, antes, acredita-se, representariam a ambas as condições numa só: a magnética e a geográfica.
Hoje, portanto, ao norte e sul do orbe temos em cada uma dessas orientações dois pólos distintos, comprovados pelas agulhas das bússolas que quanto mais se aproximam de um pólo geográfico mais apontam em direção ao pólo magnético, realizando o fenômeno chamado declinação magnética.
Na realidade, há um jogo de inversões de polaridades ou atrações opostas entre negativo x positivo nos pólos geográficos e magnéticos.
Desse modo, quando as agulhas das bússolas apontam para o pólo geográfico norte, elas estarão de fato apontando para o pólo magnético sul, e também vice versa em relação ao pólo geográfico sul e pólo magnético norte.
Essa situação, no entanto, não é permanente uma vez que cientistas chegaram à conclusão que os pólos magnéticos se alternam norte-sul,
sul-norte a cada 500 mil anos ou muito mais.
Isso também significaria que enquanto os pólos magnéticos trocam de posições, a rotação da Terra viria passar por uma desaceleração até estancar, para depois começar a girar ao inverso.
Durante o processo de alternância dos pólos, o campo magnético da Terra se enfraqueceria o que viria causar inúmeros transtornos como desorientação de animais em seus períodos migratórios, além de sobrevir uma onda de radiação que causaria queima de colheitas,
doenças e outros problemas.
A situação acima pode suceder porquanto há um fenômeno explicativo chamado "Ressonância de Schumann", captado pela medição de ciclos na frequência de base da Terra, chamada pulsação.
Essa pulsação, em milênios, detinha uma constante de 7 a 8 ciclos por segundos, hoje os ciclos já passam dos 15.
Assim, os cientistas constatam uma relação inversa, ou seja, enquanto os ciclos aumentam o campo gravitacional da Terra diminui, estando já próximo de sua metade.
Isso, somado a outros fatores, levaria o planeta ao Ponto Zero, que é, exatamente, o equilíbrio entre o movimento de rotação e a atração gravitacional, dando-se no Ponto Zero o momento da inversão dos pólos magnéticos.
Como resultado, se verificaria o consequente estancamento da rotação da Terra no sentido oeste-leste, reiniciando o movimento rotatório para o sentido leste-oeste.
Ou seja, a inversão ocorrendo veríamos o nascente do Sol a oeste e o poente a leste.(*)
É provável esse estancamento da rotação planetária durar horas, o que ocasionaria uma perturbação incrível na vida terrena, muito embora não voássemos pelo ar pela falta de sustentação gravitacional, pois a existência do campo gravitacional do planeta não depende somente de sua rotação, existindo três outros centros de gravidade no interior da Terra.
(*) Esta referência merece uma explicação complementar, uma vez que o sentido rotacional do globo terrestre também depende do ponto onde se encontra o observador.
Se o observador está acima do Pólo Sul, o sentido de rotação da Terra é horário.
Se ele se encontra num ponto acima do Pólo Norte o sentido de rotação é anti-horário.
Uma das constatações que já se verifica, na medida em que nos aproximamos do Ponto Zero é a sensação do encurtamento dos dias ou uma velocidade maior das horas, o que fisicamente não acontece.
O fato se explicaria pela incidência de um momento em que grande parte da humanidade começa a elevar a consciência para a quarta dimensão, e isso nada mais é do que a abertura dos portais internos de nossas percepções psicofísicas para a dimensão em que os parâmetros de tempo e espaço são sentidos de modos diversos aos aprisionados por nossas convenções terrenas.
Não devemos nunca nos esquecer de que a Terra é um Ente Físico e Espiritual, e dele detemos todos os átomos de nossos corpos.
Uma vez que o processo vibracional ou de consciência global no planeta se acelera pelo seu momento de ascenso em escala cósmica
- apesar de todos os acontecimentos físicos que os instrumentos acusam de inversões e mudanças gravitacionais
- os átomos de nossos corpos superiores acompanham os padrões.
Quem não conseguir se situar dentro dos novos padrões vibratórios da nova consciência mundial, equilibrando as polaridades opostas,
precipitará seus valores mentais e emocionais unicamente para a polaridade da matéria, não podendo assim experimentar padrões mais altos de dimensão x matéria mais refinada.
Aliás, o montante de almas com padrões superiores alcançados e não alcançados, já foi definido pelos mentores planetários junto à população mundial.
Há algum tempo a ciência vem notando que a distância entre os pólos geográficos e magnéticos vem diminuindo a cada ano.
A partir de 1980 verificou-se que essa aproximação se dava na média de 10 quilômetros por ano.
No entanto, mensurações a partir de 2007, vieram demonstrar que já havia a distância de 550 quilômetros entre esses pólos com a aproximação do pólo magnético em direção ao pólo geográfico na média atual de 55 quilômetros por ano.
Isso talvez possa ser explicado pelo fato de o orbe terrestre possuir dois corpos que se sobrepõem em dimensões diferentes, com massas diferentes, ou seja, um corpo material e físico que conhecemos e outro totalmente eletro-magnético formado de energia-matéria etérica.
Aquele corpo etérico planetário já sente a ação de energias mais poderosas provindas, principalmente, de um astro que vem de fora de nosso sistema solar e atrai o corpo etérico da Terra para si, forçando-o a retomar sua posição original ocupada antes da hecatombe do período atlante.
O corpo etérico planetário, ao final de tudo, virá arrastar sua contraparte física na mesma direção e distância a que ele se desloca,
sob um ritmo ainda controlado pela Hierarquia Planetária para não permitir desastres abruptos antes de um tempo pré-determinado,
enquanto o planejamento de socorro aos habitantes da Terra não esteja encerrado.
A plausibilidade dessa afirmação pode ser atestada pelas declarações recentes, nesse ano de 2010, de cientistas geógrafos, ao constatarem que o eixo da Terra se move alguns centímetros a cada ano no sentido de sua verticalização.
Tanto as constatações dos aumentos sucessivos dos ciclos nas Ressonâncias de Schumann
– que a ciência atéia e cética se apressa em desmentir e rebater,
apresentando argumentos em contrário e sem consistência
– bem como suas previsões para anos passados são objetos de reflexões.
As datas de nosso calendário Gregoriano nem sempre batem com os eventos esperados nos períodos previstos por profetas ou cientistas libertos das ortodoxias laboratoriais acadêmicas.
As mensurações de tempo x espaço, principalmente, nos dias apocalípticos atuais, se encontram um tanto atropelados pela intensidade de fatores que se vêm desencadeando, e pelas interferências de nossa Hierarquia Planetária a que já nos referimos.
Certos fatos relevantes tanto para o planeta quanto para as nações e reinos da natureza, impossíveis conter por mais tempo, se sucedem em medidas e padrões das iniciais profecias.
Entretanto, pela não constatação das maciças catástrofes e outros eventos, conforme previu Nostradamus, que Ramatís também divulgou para o final do século XX, se apegam os debochados e sarcásticos materialistas para tentar desmoralizar a fé e o conhecimento de religiosos e esotéricos".
Muito nos entristecem os acontecimentos catastróficos nos países irmãos, como ocorrido na Indonésia e agora no Japão.
O eixo da Terra realmente se move, conforme as predições, e as consequências físicas são inevitáveis em nosso planeta.
Esotéricos em todo o mundo estão em alerta máxima para o auxílio aos que sofrem com os abalos e destruições, e mesmo estes dedicados trabalhadores não sabem onde um novo fenômeno destruidor se verificará, ou se suas vidas também serão ceifadas.
Mas trabalham com amor e dedicação, como no espaço superior assim trabalham as equipes socorristas em permanente auxílio às vítimas em todo o planeta.
Queremos deixar aqui a mensagem de confiança e fé de que todos os acontecimentos, por mais trágicos que sejam, por mais dolorosos que se apresentem aos nossos olhos e vidas, com perdas de posses e de entes queridos, são passageiros.
A vida jamais cessa, os cenários mudam, as famílias se alternam com seus membros, mas os momentos serão outros, sempre para a melhoria das raças e avanços da humanidade.
Superaremos todos os dramas, dores e perdas, pois isto faz parte de um carma mundial que nós mesmos formamos.
Mas neste futuro próximo, após estes pesadelos, veremos um mundo melhor, sanado, saudável e justo, próprio para nossa evolução física como raças, para um apuramento emocional e mental como almas, e para a nossa perfeição maior como espíritos.
Somos filhos de Deus e Sua Glória em nós se espelha, e sem dúvida nela viveremos.
Rayom Ra
[Leia Rayom Ra on Scribd em páginas on line ou em downloads completos ]
[Os textos do Arca de Ouro, por Rayom Ra, podem ser reproduzidos parcial ou totalmente, desde que citadas as origens ]
Related Posts with Thumbnails

Arquivo do blog

Marcadores

11 11 ( 9 ) 2011 ( 11 ) 2012 ( 107 ) 2013 ( 23 ) 2014 ( 25 ) 2015 ( 10 ) 2016 ( 5 ) 2017 ( 6 ) A ARCA DA ALIANÇA ( 3 ) A CHAVE DE HIRAM ( 2 ) A EQUIPE ( 34 ) A ESFINGE ( 27 ) A FONTE ( 28 ) A GRANDE INVOCAÇAO ( 3 ) A PEDRA FALA ( 3 ) ABANDONO A LUZ ( 9 ) ABDRUSCHIN ( 1 ) ABDUÇÃO ( 46 ) ABRAHAM ( 61 ) ABRAN LINCOLN ( 2 ) ABUDÇÃO ( 3 ) ACARTIANOS ( 1 ) ADAMA DE TELOS ( 39 ) ADAMU ( 2 ) ADAMUS SAINT GERMAIN ( 128 ) AELOLIAH ( 1 ) AEOLUS ( 2 ) AGAMENON ( 2 ) AGARTHIANOS ( 19 ) AGRADECIMENTOS ( 2 ) AGRICULTURA NATURAL ( 1 ) AGUIAS DOURADAS ( 1 ) AIR ( 1 ) AISHA NORTH ( 16 ) AIVANHOV ( 9 ) ALBARAN ( 2 ) ALCIONE ( 4 ) ALCORÃO ( 1 ) ALDOMON FERREIRA ( 1 ) ALDOUS HUXLEY ( 1 ) ALERTAS ( 6 ) ALEX COLLIER ( 8 ) ALEXANDRA MEADORS ( 2 ) ALEXIS ( 18 ) ALFA CENTAURO ( 3 ) ALFA E OMEGA ( 3 ) ALIANÇA DAS ESFERAS ( 1 ) ALIMENTAÇAO ( 8 ) ALMA GEMEA ( 4 ) ALONGAMENTOS ( 1 ) ALTARAEL ( 2 ) AMIT GOSWAMI ( 4 ) AMPARADORES ( 1 ) ANCIÃO DOS DIAS ( 1 ) ANDREW CARLSSIN ( 1 ) ANDROMEDA ( 109 ) ANGELUS ( 1 ) ANJO CAMAEL ( 2 ) ANJO SITAEL ( 1 ) ANJOS ( 183 ) ANO NOVO ( 4 ) ANÔNIMOS ( 1 ) ANTAKARANA ( 3 ) ANTARES ( 12 ) ANTENA PROTEÇÃO ( 1 ) ANTHAR - Eterno Agora ( 147 ) ANTHRATHON ( 10 ) ANUNNAKI ( 21 ) APOMETRIA ( 1 ) AQUECIMENTO GLOBAL ( 13 ) AQUIFERO ( 1 ) ARCA DE NOE ( 1 ) ARCANJO ALARIEL ( 1 ) ARCANJO ANAEL ( 74 ) ARCANJO ARCAHNEL ( 1 ) ARCANJO ARIEL ( 6 ) ARCANJO AZRAEL ( 4 ) ARCANJO CASSIEL ( 1 ) ARCANJO EZEQUIEL ( 1 ) ARCANJO GABRIEL ( 184 ) ARCANJO HANIEL ( 1 ) ARCANJO INDRIEL ( 1 ) ARCANJO ISMAEL ( 1 ) ARCANJO JOFIEL ( 12 ) ARCANJO LUCIFER ( 12 ) ARCANJO MIGUEL ( 792 ) ARCANJO RAFAEL ( 38 ) ARCANJO RAGUEL ( 1 ) ARCANJO SAMAEL ( 1 ) ARCANJO SAMUEL ( 3 ) ARCANJO SANDALFON ( 9 ) ARCANJO TZADKIER ( 1 ) ARCANJO URIEL ( 91 ) ARCANJO ZADKIEL ( 19 ) ARCONTES ( 8 ) ARCTURIANOS ( 650 ) ARQUELLE ( 1 ) ARTE ( 1 ) ARTHRATHON - Pedro ( 12 ) ARTIGOS ( 3 ) ARTUR BERLET ( 1 ) AS CORES EM NOSSO CEREBRO ( 1 ) ASCENÇÃO ( 165 ) ASHLOM ( 1 ) ASSASSI ( 1 ) ASTEROIDES ( 1 ) ASTHAR SHERAN ( 593 ) ASTROLOGIA ( 21 ) ATLANTIDA ( 14 ) AUDIOTECA ( 1 ) AURA ( 4 ) AURITHIEN ( 8 ) AURORA ( 2 ) AUTO AJUDA ( 76 ) AUTO CONHECIMENTO ( 206 ) AUTRES DIMENSIONS ( 10 ) AVATARES ( 2 ) AVISO ( 1 ) AVISOS ( 27 ) AYAM (EU SOU) ( 7 ) AYRTON SENNA ( 1 ) AYTON SENA ( 1 ) AYURVEDA ( 1 ) AZAZEL ( 2 ) BANHOS ( 1 ) BARACK OBAMA ( 2 ) BARBARA MARCINIANIK ( 2 ) BARREIRA DE FREQUENCIA ( 3 ) BASHAR ( 17 ) BENJAMIN FULFORD ( 197 ) BETELGEUSE ( 3 ) BIDI ( 47 ) BILL WOOD ( 4 ) BLOG SOS ( 4 ) BLOSSON FED DA LUZ ( 148 ) BLUE BEAM ( 11 ) BOB DEAN ( 5 ) BOB LAZAR ( 1 ) BORIS PETROVIC ( 2 ) BORISKA ( 1 ) BOSON DE HIGGS ( 1 ) BRASIL ( 78 ) BRIAN WEISS - REGRESSÃO ( 1 ) BRIC ( 1 ) BURACO NEGRO ( 3 ) CABALLA ( 4 ) CALUNGA ( 4 ) CAMPO MAGNETICO ( 1 ) CANALIZAÇAO ( 30 ) CARL SAGAN ( 1 ) CARLOS PAZ WELLS ( 2 ) CARLOS TORRES A LEI DA ATRAÇÃO ( 3 ) CARLOS VEREZA ( 1 ) CARMA ( 1 ) CARNAVAL ( 4 ) CARTA ABERTA ( 2 ) celebração ( 1 ) CELENA AZUL ( 1 ) CELIA FENN ( 1 ) CENTROS PLANETARIOS ( 1 ) CEPHEUS ( 3 ) CEREBRO CORAÇAO ( 2 ) CERN ( 9 ) CETACEOS ( 1 ) CHAKRAS ( 26 ) CHAMA TRINA ( 2 ) CHAMA VERDE LIMAO ( 1 ) CHAMA VIOLETA ( 11 ) CHAMADO MITICO ( 2 ) CHAVES ENOCH ( 8 ) CHENTRAILS ( 13 ) CHICO XAVIER ( 26 ) CHRISTINE DAY ( 6 ) CICLO LUNAR ( 1 ) CIDADES LUZ ( 2 ) CIENCIA ( 128 ) CINEMA METAFISICO ( 19 ) CINTURÃO FOTON ( 39 ) CIRCULO CARMESIN ( 8 ) CIRCULO DOS SETE ( 3 ) CITAÇÕES ( 1 ) CLONES ( 2 ) CMTE ASHENER ( 1 ) CO CRIAR ( 11 ) COBRA ( 344 ) CODEX ( 2 ) CODIGO CHAVE ( 3 ) CODIGO PURIFICAÇAO ( 2 ) CODIGOS DE CURA ( 2 ) COLETANEA ( 30 ) COLONIA NOSSO LAR ( 3 ) COMANDNDANTE SHARMAN ( 1 ) COMANDO ESAKA ( 1 ) COMANDO ESTELAR ( 15 ) COMENTARIOS ( 2 ) COMETA ( 104 ) COMUNICADO ( 4 ) CONFEDERAÇAO ( 33 ) CONS DOS 12 ( 28 ) CONSCIENCIA ( 72 ) CONSELHO DE LUZ ( 21 ) CONSELHO ELOHINS ( 3 ) CONSELHO PLEIDIANO ( 12 ) CONSTELAÇÃO DE AQUÁRIOS ( 1 ) CONSTELAÇÃO DE PÉGASUS ( 1 ) CONSTELAÇÃO OFIUCO ( 1 ) CONTADOR ( 1 ) CONTROLE DA MENTE ( 1 ) CONVERGENCIA 1987 ( 5 ) CONVITE ( 3 ) COSMÒSIS ( 1 ) CRENÇAS ( 5 ) CRIANÇA INTERNA ( 2 ) CRISTAIS ( 18 ) CRISTINA CAIRO ( 1 ) CRISTO MIGUEL ( 112 ) CROP CIRCLE ( 69 ) CRUZ COSMICA ( 2 ) CRUZES MUTAVEIS ( 1 ) CULTURA INDIGENA ( 6 ) CURA ( 80 ) CURSO EM MILAGRES ( 2 ) DA VINCI ( 1 ) DALLA BLOG ( 21 ) DAVID ICKE ( 21 ) DAVID WILCOCK ( 17 ) DECRETOS ( 30 ) DEMOCRACIA ( 1 ) DEUS ( 56 ) DEUSA ( 5 ) DEUSA CRIAÇAO ( 2 ) DEUSA ISIS ( 26 ) DEUSA SOLAR ( 4 ) DEVAS ( 3 ) DIA DA PAZ ( 6 ) DIA DO TRABALHO ( 1 ) DIA DOS PAIS ( 1 ) DIÁLOGOS ( 2 ) DIANA COOPER ( 1 ) DICAS ( 2 ) DICLOSURE PROJECT ( 9 ) DIMENSÕES ( 66 ) DIREITOS AUTORAIS GOOGLE BRASIL ( 1 ) DIREITOS E CONSTITUIÇÃO ( 1 ) DISCERNIMENTO ( 2 ) DIVINA PRESENÇA ( 6 ) DIZIMO ( 1 ) DJWHAL KHUL ( 5 ) DNA ( 55 ) DOCUMENTARIO ( 17 ) DOLORES CANNON ( 4 ) DR WAYNE W DYER ( 1 ) DRACONIANOS ( 3 ) DRAGÕES DE LUZ ( 1 ) DROGAS ( 15 ) DRONES ( 2 ) DRUNVALO ( 15 ) DUENDES ( 1 ) E Q M (Exp quase morte) ( 8 ) EBOLA ( 1 ) ECKHART TOLLE ( 10 ) ECLIPSE ( 44 ) EDGAR CAYCE ( 4 ) EDUCAÇÃO ( 11 ) EFC EXPERIENCIA FORA DO CORPO ( 2 ) EFRAIM ( 1 ) EINSTEIN ( 3 ) EIXO DA TERRA ( 4 ) ELEIÇOES ( 7 ) ELEMENTAIS ( 24 ) ELETROMAGNETISMO ( 1 ) ELIAS PROFETA ( 1 ) ELIIDA ( 2 ) ELIPHAS LEVI ( 1 ) ELOHIM ( 72 ) ELORYON SENHOR DA LUZ ( 1 ) EMMANUEL ( 80 ) ENERGIA ( 159 ) ENKI DE NIBIRU ( 1 ) Entretenimento ( 5 ) EQUINOCIO ( 2 ) ERA DE CRISTAL ( 5 ) ERGOM ( 3 ) ERIK VON DANIKEN ( 1 ) EROS ( 1 ) ESCOLA DE MENSAGEIROS ( 2 ) ESFERAS ( 1 ) ESPERANÇA ABUNDANTE ( 31 ) ESPIRITISMO ( 78 ) ESSENIOS ( 2 ) ESTAÇÃO ASGARDIA ( 2 ) ESTRELA DE ALDEBARAN ( 1 ) ESTRELA DE SIRIUS ( 4 ) ESTUDOS ( 1 ) ESU ( 20 ) ETEREO ( 1 ) ETS ( 3 ) EU SOU ( 12 ) EU SUPERIOR ( 45 ) EVACUAÇAO ( 2 ) EVANGELHO S JOAO ( 1 ) EVENTOS ( 26 ) Exercicios ( 30 ) EXILADOS NA TERRA ( 2 ) EXTRATERRESTRE ( 716 ) extratos ( 5 ) FADA ( 3 ) FAMILIA UNIVERSAL ( 9 ) FEDERAÇAO DA LUZ ( 28 ) FEDERAÇAO GALÁCTICA ( 316 ) FELINOS ( 5 ) FEMA ( 1 ) FENIX ( 1 ) FENÔMENOS ( 4 ) FERNANDO H.CARDOSO ( 1 ) FERNANDO MALKUN ( 1 ) FERRAMENTAS ( 1 ) FILMES ( 38 ) FISICA QUANTICA ( 26 ) FONTE ( 6 ) FOTOS ( 1 ) FRANCISCO DE ASSIS ( 5 ) FRASES ( 5 ) FRATERNIDADE BRANCA ( 6 ) FRAUDES ( 1 ) FUKUSHIMA ( 2 ) FUNDAÇÃO KESHE ( 17 ) FURACÃO MATTHEW ( 1 ) GANDHI ( 3 ) GANIMEDES ( 3 ) GASPARETTO ( 7 ) GAUTAMA BUDA ( 4 ) GEMMA GALGANI ( 1 ) GENERAL UCHOA ( 3 ) GEO ENGENHARIA ( 3 ) GEOMETRIA SAGRADA ( 7 ) GEORGE GREEN ( 1 ) GESH ( 13 ) GHANDI ( 1 ) GIORDANO BRUNO ( 1 ) GLANDULA PINEAL ( 9 ) GLANDULA TIMO ( 1 ) GLOSSARIO ( 3 ) GLT GOVERNO DA LUZ ( 1 ) GOLFO ( 1 ) GOODETXSG/COREY ( 46 ) GRADE CRISTALINA ( 1 ) GRANDE SOL CENTRAL ( 1 ) GRANDULA PNEAL ( 5 ) GREG BRADEN ( 20 ) GRUPO 33 ( 1 ) GUARDIAO ( 2 ) GURU ( 1 ) HAJA LUZ ( 7 ) HATHORS ( 2 ) HATTON ( 9 ) HAYOT HA KODESH ( 1 ) HEBE CAMARGO ( 1 ) HELIO COUTO ( 4 ) HERCOLUBUS ( 46 ) HERMES TRIMEGISTRO ( 1 ) HIBRIDOS HUMANO ( 4 ) HIERARQUIAS ( 6 ) HILDEGARDE DE BINGEN ( 7 ) HINO BRASIL ( 1 ) HIPNOSE ( 3 ) HIRAM ( 2 ) HO OPONOPONO ( 4 ) HOLOGRAMAS ( 10 ) HOMENAGEM ( 1 ) HORÁRIO DE ALINHAMENTOS ( 30 ) HUMI ( 1 ) HUMOR ( 2 ) HUNA HAWAIANA ( 1 ) ILHAS CANÁRIAS ( 1 ) IMAGENS INCRIVEIS ( 1 ) IMAGENS MENTAIS ( 1 ) IMHOTEP ( 1 ) IMPESSOAL ( 1 ) IMPLANTES ( 20 ) INDIGOS ( 101 ) INFORMAÇÃO ( 480 ) INFORME MINTAKA ( 9 ) INTER DIMENSIONAL ( 6 ) INTRATERRENO ( 64 ) INVERSAO DOS POLOS ( 32 ) INVOCAÇAO ( 2 ) IRDIN ( 3 ) IRMANDADE DA LUZ ( 10 ) IRMAO K ( 6 ) ISHA ( 2 ) ISHTAR ANTARES ( 1 ) ISTWIL ( 3 ) J J BENITEZ ( 7 ) J.J.HURTAK ( 2 ) JARDINEIROS DO ESPAÇO ( 3 ) JFK ( 1 ) JOAHDI ( 2 ) JOHN F KENNEDY ( 2 ) JOHN TITOR ( 2 ) JOSE ARGUELLES ( 1 ) JOSHUA DAVID STONE ( 3 ) KARL MARX ( 1 ) KARMA ( 10 ) KARRAN ( 2 ) KAUNAS ( 1 ) KIRAEL ( 5 ) KORTON ( 1 ) KRIS WON ( 9 ) KRISHAMURTI ( 4 ) KRYON ( 590 ) KUAN YIN ( 13 ) KUMARA ( 3 ) KYMATICA - ASTROLOGIA ( 1 ) LADY ESPERANÇA ( 1 ) LADY MARY ( 1 ) LADY NADA ( 6 ) LADY VENUS ( 1 ) LAERCIO FONSECA ( 11 ) LAURA BOTELHO ( 203 ) LAYALIS JASTYF ( 1 ) LEA OS LOUCOS ESTELARES ( 2 ) LEI DE AÇÃO E REAÇÃO ( 1 ) LEI DO UM ( 2 ) LEIS ( 24 ) LEMBRETE ( 1 ) LEMNISCATA ( 1 ) LEMURIA ( 16 ) LEONARD NIMOY - SPOCK ( 1 ) LEONARDO BOFF ( 1 ) LINGUAGEM DA LUZ ( 2 ) LINHAS LEY ( 9 ) LIVRE ARBITRIO ( 9 ) LIVROS ( 101 ) LOGOS SOLAR ( 1 ) LORD MERLIM ( 5 ) LOUISE HAY ( 10 ) LUA ( 90 ) LUA CHEIA ( 12 ) LUA DE LUZ ( 6 ) LUXONIA ( 2 ) LUZ PLATINA ( 1 ) LUZDEGAIA ( 20 ) LUZIEL ( 8 ) MA ANANDA MOYI ( 3 ) MA MAHAGAURI ( 1 ) MADRE TEREZA ( 5 ) MAE DIVINA ( 39 ) MAE EUFROSINIA ( 1 ) MAE GAIA ( 115 ) MAE MARIA ( 311 ) MAGO LUA BRANCA ( 1 ) MAGOS NEGRO CAPELA ( 1 ) MAHA CHOHAN ( 12 ) MAHATMA ( 1 ) MAIAS ( 49 ) MAITREYA ( 9 ) MALDEK (TIAMATH) ( 2 ) MANDALAS ( 13 ) MANIFESTO ( 2 ) MANTRAS ( 18 ) MANUAL ( 16 ) MAPA ( 3 ) MAQUINA DO TEMPO ( 2 ) MARCHA 1 MILHÃO ( 5 ) MARIA MADALENA ( 15 ) MARIA RAIO X ( 1 ) MARIA SILVIA ORLOVAS ( 5 ) MARTE ( 82 ) MARTIN REES ( 1 ) MASAHARU TANIGUCHI ( 1 ) MASARO EMOTO ( 1 ) MASHUBI ROCHELL ( 1 ) MATER MAE ( 2 ) MATERIAS ( 65 ) MATIAS DE STEFANO ( 15 ) MATRIX ( 22 ) MATTHEWS ( 95 ) MAYTREIA ( 21 ) MEDICINA BIONERGÉTICA ( 1 ) MEDICINA CONVENCIONAL ( 1 ) MEDITAÇÃO ( 82 ) MEDIUNIDADE ( 2 ) MELQUISEDEQUE ( 64 ) MEMÓRIAS ( 3 ) MENSAGENS ( 20 ) MERKABA ( 5 ) MESTRA ASTREIA ( 1 ) MESTRA CRISTAL ( 2 ) MESTRA EGEIA ( 1 ) MESTRA NADA ( 26 ) MESTRA PORTIA ( 6 ) MESTRA ROWENA ( 11 ) MESTRA SAIDA KHATOON ( 25 ) MESTRE AFRA ( 1 ) MESTRE ALFAZEMA ( 1 ) MESTRE CARMI ( 1 ) MESTRE EL MORYA ( 47 ) MESTRE HILARION ( 70 ) MESTRE JESUS ( 528 ) MESTRE KHUTUMI ( 18 ) MESTRE LANTO ( 9 ) MESTRE PAULO VENEZIANO ( 3 ) MESTRE RAM ( 18 ) MESTRE SAINT GERMAIN ( 227 ) MESTRE SALONIS ( 1 ) MESTRE SANANDA ( 115 ) MESTRIA ARCANJO MIGUEL ( 1 ) METAFISICA ( 6 ) METRATON ( 386 ) MICHIO KAKU ( 1 ) MIKE QUINSEY ( 9 ) MINHA MESTRIA ( 7 ) MISSÃO RAHMA ( 1 ) MISSÃO TERRA ( 5 ) MIZ TLI TLAN ( 3 ) MOINTIAN ( 9 ) MONGE TIBETANO ( 1 ) MONJA COEN ( 2 ) MONJORONSON ( 7 ) montag ( 1 ) MONTAGUE KEEN ( 126 ) MOOJI ( 2 ) MORTE ( 8 ) MOTIVAÇÃO ( 1 ) MSTRE KUTHUMI ( 49 ) MUDANÇAS ( 7 ) MUDRA ( 2 ) MULTIMIDIMENSIONALIDADE ( 23 ) MUSICA ( 7 ) MYTHI ( 1 ) Nabara ( 1 ) NAMASTE ( 5 ) NANOTECNOLOGIA ( 3 ) NAPOLEON HILL ( 1 ) NASSIM HARAMEIN ( 21 ) NATAL ( 25 ) NAVE ALFA ( 32 ) NAVE AVALON ( 1 ) NAVE AZUL ( 8 ) NAVE MÃE ( 3 ) NAVE SHAN ( 2 ) NAVES ESPACIAIS ( 4 ) NEFILIM ( 1 ) NEPHILIM ( 1 ) NESARA ( 10 ) NEXUS ( 9 ) NIBIRU ( 79 ) NIKOLA TESLA ( 26 ) NIOBIO ( 4 ) NO YES ( 1 ) NODOS ( 2 ) NOM (Nova Ordem Mundial) ( 6 ) NOSSA SENHORA ( 2 ) NOSTRADAMUS ( 9 ) noticias ( 62 ) NOVA ERA ( 6 ) NOVA TERRA ( 62 ) NUMEROLOGIA ( 20 ) O COLETIVO ( 14 ) O CONSELHO ( 115 ) O CRIADOR ( 59 ) O EVANGELHO DE TOMÉ ( 2 ) O EVENTO BRASIL ( 1 ) O EVENTO... ( 5 ) O GRUPO ( 117 ) O M AVAINHOV ( 175 ) O MANTO ( 1 ) O MEDO ( 12 ) O OLHO ORUS ( 1 ) O PAI NOSSO ( 3 ) O PLANETA SHAN ( 5 ) O SEGREDO ( 1 ) O SILENCIO -SABEDORIA INDIGENA ( 1 ) O SOM ( 4 ) OBAMA ( 2 ) ONDA DE ASCENSÃO ( 7 ) ONDA GALACTICA ( 8 ) OPERAÇÃO PRATO - OVNIS ( 5 ) OPERAÇAO RESGATE ( 1 ) ORAÇAO ( 32 ) ORBES ( 4 ) ORIAH ( 1 ) ORION ( 78 ) ORIONIS ( 15 ) OS ALIADOS ( 12 ) OS ILUMINADOS ( 29 ) OS MESTRES ( 166 ) OSAMA BIN LADEN ( 1 ) OSHO ( 164 ) OSIRIS ( 2 ) OSNI - OBJETO SUBMARINHO NÃO IDENTIFICADO ( 2 ) OUSE ( 1 ) OVNIS ( 596 ) OWEN WATERS ( 121 ) OXALC ( 6 ) P`TAAH ( 2 ) PAI CRIADOR ( 5 ) PAI JOAO DE ANGOLA ( 1 ) PAI JOÃO DE ANGOLA ( 1 ) PAI JOAQUIM DE ARUANDA ( 2 ) PALESTRAS ( 1 ) PALLAS ATHENAS ( 17 ) PAPA FORCE ( 2 ) PAPA FRANCISCO ( 3 ) PAPA JOAO PAULO II ( 2 ) PARABOLAS ( 1 ) PARTICULAS DA FONTE ( 30 ) PASSES ( 1 ) PAUL LAUSSAC ( 1 ) PAULO COELHO ( 1 ) PAULO VENEZIANO ( 1 ) PAX ( 2 ) PEDRAS ( 1 ) PEDRO COELHO ( 1 ) PÉGASO ( 1 ) PENA BRANCA ( 4 ) PENTAGRAMA ( 1 ) PERGUNTAS E RESPOSTAS ( 6 ) PERIGEU ( 1 ) PERISPIRITO ( 2 ) PEROLAS ( 29 ) PETER DEUNOV ( 3 ) PETIÇÃO ( 12 ) PHILLIPE DE LYON ( 8 ) PIRAMIDES ( 5 ) PITAGORAS ( 1 ) PLANETA MALDEC ( 13 ) PLANETA X ( 18 ) PLANO ASTRAL ( 1 ) PLEIADES 1 ( 353 ) PLEIADES 2 ( 9 ) PLEIDIANOS ( 365 ) PODCAST ( 3 ) POESIAS ( 1 ) POLOS ( 14 ) PORTAL ( 185 ) PORTAL ALCIONE ( 2 ) PORTAL ULTRA ( 1 ) portal2013br ( 14 ) POSEIDON ( 2 ) POVO AZUL ( 11 ) PPS ( 1 ) PRESENÇA EU SOU ( 4 ) PREVISÕES ( 10 ) PRIMEIRO CONTATO ( 9 ) PROCYON ( 2 ) PROFECIAS ( 69 ) PROJEÇÃO ASTRAL ( 2 ) PROJETO HAARP ( 12 ) PROJETO MONTAUK ( 2 ) PROJETO PORTAL ( 1 ) PROJETO VENUS - BRASIL ( 1 ) PROJETOR ( 12 ) PROSPERIDADE ( 2 ) PROTOCOLOS ( 10 ) PSICOGRAFIA ALFRED SCHUTZ ( 1 ) PTAH ( 44 ) RAÇAS ESTELARES ( 6 ) RAELIANOS ( 1 ) RAIMBOW PHOENIX ( 2 ) RAINBOW PHOENIX ( 3 ) RAINHA ISABEL ( 2 ) RAIOS ( 16 ) RAMAATHIS MAM ( 3 ) RAMATAN ( 14 ) RAMATIS ( 21 ) RAMTHA ( 1 ) recado aos leitores ( 1 ) REDE MUNDIAL ( 3 ) REFLEXÕES ( 698 ) REGISTRO AKASHICOS ( 2 ) REIKI ( 4 ) RELATORIO ( 1 ) RELATOS ( 3 ) RELIGIAO X ESPIRITUALIDADE ( 18 ) RELOGIO COSMICO ( 1 ) REPTILIANOS ( 22 ) RESGATE ( 1 ) RESSONÃNCIA ( 10 ) RETIROS ETÉRICOS ( 1 ) Rev Mark Kimmel ( 12 ) REVELAÇAO ( 9 ) RICHARD DOLAN ( 1 ) RITUAL ( 2 ) ROBERTO RAPÉE ( 3 ) ROBERTO SHINYASHIKI ( 4 ) ROBO ( 1 ) ROBSON PINHEIRO ( 4 ) RODRIGO ROMO ( 68 ) ROMMANEL CRE"ATOR ( 1 ) RUMI ( 1 ) SABEDORIA DOS ANJOS ( 6 ) SAITHRHU ( 1 ) salmos ( 1 ) SALOMAO ( 12 ) SALTO QUANTICO ( 4 ) SALU SA DE SIRIUS ( 760 ) SAMANA ( 1 ) SANAT KUMARA ( 41 ) SANTIAGO O APOSTOLO ( 1 ) SAO CIPRIANO ( 1 ) SÃO JOSE ( 1 ) SARAH ( 3 ) SASHA ( 1 ) SATHYA SAI BABA ( 2 ) SATIA SAI BABA ( 2 ) SATSANG DO COLETIVO DO UM ( 16 ) SATYAPREM ( 1 ) SAUDAÇÕES DE ORION ( 2 ) SAUDE ( 25 ) SAUL ( 299 ) SELACIA ( 16 ) SEMENTE ESTELAR ( 34 ) SEMENTES DE SIRIUS ( 2 ) SENHORA SOL ( 9 ) SENHORES DO CARMA ( 2 ) SENSITIVO ( 1 ) SERAPHIN ( 7 ) SERAPHIS BEY ( 15 ) SEREIAS ( 2 ) SERES DE JUPITER ( 1 ) SERES DIMENSIONAIS ( 83 ) SERES OCS ( 2 ) SERETI ( 26 ) SERIE DE TEXTOS AD ( 20 ) SERITI ( 2 ) SETE SELOS ( 4 ) SHAKESPEARE WILLIAM ( 1 ) SHAMBALLA ( 5 ) SHANYA ( 1 ) SHAUMBRA ( 18 ) SHEKINAH ( 9 ) SHELDAN NIDLE ( 264 ) SHIMA ( 91 ) SHINKOLE ( 5 ) SHION DE ANTARES ( 2 ) SHOAM ( 1 ) SHOIM ( 6 ) SHTARRER ( 18 ) SHYLTON DIAS ( 4 ) SILO ( 1 ) SIMBOLOS ( 7 ) SINAIS ( 13 ) SINARQUIA ( 1 ) SINDROME DO PÂNICO X MEDIUNIDADE ( 1 ) SINKHOLE ( 1 ) SINTESE ( 74 ) SIRAYA ( 2 ) SIRIANOS ( 76 ) SIRIUS B ( 14 ) SISTEMAS ( 5 ) SITE ANJO DE LUZ ( 11 ) SNATAM KAUR ( 1 ) SNOW ( 8 ) SNOWDEN ( 4 ) SOL ( 112 ) SOLARA ( 4 ) SOLSTICIO ( 9 ) SOLTEC ( 1 ) SOM DO APOCALIPSE ( 3 ) SOMBRA ( 6 ) SONHOS ( 2 ) sons ( 28 ) SOREM ( 1 ) SRI AUROBINDO ( 32 ) STEVE BECKOW ( 23 ) STEVEN M GREER ( 2 ) SUSTENTABILIDADE ( 26 ) SVALI ( 1 ) TANIA RESENDE ( 4 ) TECNICAS ( 2 ) TECNOLOGIAS ( 10 ) TELECINESIA ( 1 ) TELEPATIA ( 20 ) TELESCOPIO HUBBLE ( 4 ) TELETRANSPORTE ( 19 ) TELLUS SHAMBALA ( 2 ) TEMPLARIOS ( 1 ) TEMPLO TELLES ( 1 ) TEMPO ( 3 ) TERCEIRA GUERRA ( 1 ) TERRA É PLANA ( 2 ) TERRA OCA ( 27 ) TERREMOTO ( 47 ) TEXTOS ( 5 ) THE CONTINUUM ( 7 ) THOT ( 3 ) TIPO SANGUINEO ( 1 ) TOBIAS ( 119 ) TOQUES DO CRIADOR ( 5 ) TRABALHADORES DA LUZ ( 42 ) TRANSHUMANISMO ( 1 ) TRANSICÃO PLANETARIA ( 370 ) TREINAMENTO ( 1 ) Tres dias Escuridão ( 11 ) TRIANGULO DAS BERMUDAS ( 2 ) TRIBO HOPI ( 3 ) TRIGUEIRINHO ( 42 ) TRILOGIA ( 2 ) TSE-BO-RAH ( 2 ) UCEM ( 1 ) UFOS ( 598 ) ULTRATERRESTRE ( 2 ) UM AMIGO ( 14 ) UMBANDA ( 36 ) UNICORNIO ( 1 ) UNTWINE ( 1 ) URANIANOS ( 3 ) URANTIA ( 26 ) UTE ( 33 ) UTILIDADE PÚBLICA ( 21 ) VEGA DE LIRA ( 24 ) VEGETARIANISMO ( 1 ) VELATROPA E YASMIM ( 4 ) VENUSIANOS ( 11 ) VIAGEM ASTRAL ( 7 ) VIAGEM DO TEMPO ( 3 ) VIAJANTE DO TEMPO ( 19 ) VIBRAÇÃO ( 26 ) VIDENTE ( 1 ) VIDEOS ( 55 ) VINICIUS E MARCIA DINIZ ( 33 ) VIRGIL ARMSTRONG ( 1 ) VIRUS ( 1 ) VIVENCIA ( 1 ) VIZUALIZAÇÃO ( 2 ) VORTICE-Pedro elias ( 1 ) VOZ ESPACIAL ( 2 ) VULCÕES ( 16 ) VYWAMUS ( 4 ) WAGNER BORGES ( 9 ) WALK-IN ( 25 ) WESAK ( 10 ) WILLIAN LEPAR ( 38 ) WORLD WIDE WEB WWW ( 1 ) WOYRAN ( 1 ) XAMÃ ( 6 ) YODS ( 1 ) YOGA ( 1 ) YOGANANDA ( 3 ) YOGI BABAJI ( 11 ) YRIS ( 2 ) YURI ( 2 ) ZECHARIA SITCHIN ( 1 ) ZEUS ( 1 ) ZIKA VIRUS ( 3 ) ZINAKEL ( 1 ) ZINGDAD ( 1 ) ZOOSH - ROBERT SHAPIRO ( 1 ) ZUMBI ( 1 )

COMUNICADO AOS SEGUIDORES DO BLOGER

ATENÇÃO LEITORES DO BLOG, MUDANÇAS A CAMINHO FEITAS PELO GOOGLE...

COMUNICADO

ATENÇÃO SEGUIDORES DO MEU BLOG..

SEGUNDA-FEIRA, 1 DE FEVEREIRO DE 2016

Tenho notado que o número de seguidores do blog vem diminuindo a cada dia, cheguei a pensar que pudesse ser um vírus, ou simplesmente um desinteresse em massa...

Nada disso.

Eis um trecho da nota postada no fórum deles:

"A partir do dia 11 de janeiro de 2016 não será mais possível seguir blogs com oGoogle Friend Connect usando oTwitter, Yahoo, Orkut ou outras contas do tipo OpenId.

Além disso, removeremos doGoogle Friend Connect os perfis de contas que não são do Google, então é possível que vocês notem uma queda no número de seguidores em seus blogs."

Infelizmente não sei quais seguidores"sumiram" do blog, mas caso você não tenha uma bendita conta no Google e ainda queira acompanhar o blog, a solução dada por eles é a seguinte:

Crie uma conta Google para acessar o Friend Connect e seguir o blog novamente com essa conta.

Se você tem um blog, saiba mais AQUI.

https://productforums.google.com/forum/#!msg/blogger-pt/gSORVR3q27w/sHDeNf7tCgAJ

CUIDADO COM OS FALSOS PROFETAS...

“Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem. Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. Por seus frutos os conhecereis. Porventura se colhem uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?"

Mateus 7:13-16

COMENTARIOS RECENTES

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

EU SOU O QUE EU SOU, DEUS “Ehyeh Asher Ehyeh” SO HAN

Minha foto
PARA AQUELES QUE QUEREM SE APROFUNDAR DE ONDE VEM, E PARA ONDE VAI...TEMAS RELACIONADOS A ESSA EXPECTATIVA..

Adamus Saint Germain

Adamus Saint Germain
Regente 7o.Raio-Era de Aquário

APELO A SAINT GERMAIN

Eu Invoco a Saint Germain para me ajudar a transmutar e requalificar todas energias densas que estejam em meu campo Aurico

Assim seja,

Amém....

Eu Sou um Ser de Fogo Violeta, Eu Sou a Pureza que Deus deseja...

TRADUÇÂO DO TEXTO DA FOTO

A LOVING FRIENDSHIP OF HEAVENLY ANGELS FROM GALACTIC CONFEDERATION OFF PLANETS WITH EARTHMEN IN A SPACE SHIP TRADUÇÃO GOOGLE

A AMIZADE AMOROSA DE HEAVENLY ANJOS DA CONFEDERAÇÃO GALACTIC PLANETAS FORA COM TERRÁQUEOS EM UMA NAVE ESPACIAL

SELAMAT GAJUN! SELAMAT JA!

(EM IDIOMA SÍRIUS:

SEJAM UM!SEJAM EM ALEGRIA!)

}(document, 'script', 'facebook-jssdk'));