DATA

Seja bem-vindo. Hoje é

Seguidores

SAUDAÇÃO

SAUDAÇÃO

ASTHAR SHERAN

ASTHAR SHERAN
COMANDANTE DA FROTA INTERGALÁCTICA

DEFINIÇÃO E NOME DO BLOGUE

SOMOS AS SEMENTES ESTELARES

Escolhi este nome para o blogger em virtude de ser uma pesquisadora de muitos anos sobre tudo que se relacione com o nosso planeta, sendo a maior parte fazendo pesquisas metafísicas.

É de meu interesse indicar sites que ajudarão muitas pessoas a reavaliarem seus padrões de conhecimentos, seja no terreno cientifico e por que não dizer religioso também, pois num futuro não muito distante estes dois estarão se unindo...

Aos queridos visitantes solicito visitarem os links de sites e blogues citados nas postagens, acredito que irão gostar muito!

POSTAGENS RECENTES

Mostrando postagens com marcador RODRIGO ROMO. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador RODRIGO ROMO. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

ARQUÉTIPOS GENÉTICOS CONSCIENCIAIS – ÚLTIMA PARTE Publicado em 07/11/2017 por Rodrigo Romo

ARQUÉTIPOS GENÉTICOS CONSCIENCIAIS
 – ÚLTIMA PARTE
Publicado em 07/11/2017 por Rodrigo Romo
Continuação do livro “A Ordem Amarylis” de Rodrigo Romo, que está em desenvolvimento.
https://rodrigoromo.com.br/2017/10/19/arquetipos-geneticos-conscienciais-continuacao-2/
https://rodrigoromo.com.br/2016/08/17/a-origem-da-polaridade-masculino-feminino/
Bom, vamos começar a entender o que significa a palavra sacerdotisa desde a sua origem, o latim: Sacerdos = sagrado, Otis = representante.
Portanto, significa que uma sacerdotisa é uma representante sagrada de alto patamar ligada aos DEUSES do passado, com os quais elas tinham acesso e trocavam informações, ensinando e educando a sociedade.
Possuidoras de conhecimento, magismo e até mesmo de equipamentos dos Deuses para representá-los perante a humanidade, elas tinham diversas tarefas e afazeres dentro da sociedade humana, entre eles de inserir uma religião e culto para servir aos Deuses para abastecer suas necessidades e desejos, já que para eles a humanidade era sua escrava e ao mesmo tempo sua criação, estando obrigada a responder através de favores e devoção e colocando essa responsabilidade na linhagem das Deusas – Sacerdotisas.
Um dos grandes desvios que gerou a religião e os sacrifícios de animas se deve na verdade ao ritual de preparação dos alimentos para os Deuses, que com o tempo se perdeu essa percepção, pois é preciso entender que os Deuses, sejam eles de Nibiru ou de outras localidades, eram físicos igualmente à humanidade mas com tecnologia superior.
Eles consumiam alimentos, entre eles a carne de animais, vinho, cerveja, água e frutas, motivo pelo qual existiam rituais de preparação dos alimentos que com o tempo gerou a ritualística religiosa que se perdeu no passado e acabou sendo adaptada aos interesses das etnias mais conservadoras no fluxo do tempo.
Também as técnicas com ervas para a cura e tratamentos foram passadas pelos Deuses para as Sacerdotisas, fazendo com que a sociedade dependesse delas em quase sua totalidade, cabendo aos homens a caça, cultivo e sustentação física e terrestre da vida.
Mas tudo que era passado pelos Deuses, somente as sacerdotisas tinham acesso, até porque os Deuses procriavam com as mulheres sacerdotisas da Terra quando lhes convinha.
Pelos estudos relativos às Sacerdotisas antigas, dentro do que se entende na sociedade dos Acadianos e dos Sumérios, as Sacerdotisas eram chamadas de ENTU, consideradas do escalão superior em relação às outras Sacerdotisas. Estas possuíam trajes diferenciados, possuíam estatuto de igualdade com os Sacerdotes Masculinos, possuíam propriedades e podiam realizar transações econômicas além da realização de cerimônias associadas à sua linhagem religiosa conforme o Deus ou Divindade que estivesse sendo ativado conforme o interesse do Rei e dos Deuses, para manter a sociedade dentro do controle. Já os outros níveis de Sacerdotisas como as NADITU serviam nos templos dedicados à Deusa INANNA na antiga cidade Nibiruana de URUK.
Estas não possuíam bens e ficavam submetidas diretamente aos interesses dos deuses e de Inanna, sem poderem gerar descendentes entre os humanos, a não ser que uma Divindade as fecundasse.

Estas sacerdotisas especiais que possuíam uma beleza extraordinária, aparecem em registros sumérios como de Enmerkar e no livro do Senhor de Aratta, onde se descreve a importância dessas sacerdotisas para os interesses diretos de Inanna.
Inanna/Ishtar, vestindo um adorno de cabeça característico das altas sacerdotisas – Fonte: wikipedia
As Sacerdotisas da linhagem de PUABI eram em geral rainhas semitas dentro de Acádia, que acabaram sendo empregadas como prostitutas, como é descrito no Qedesha ou Kedeshah, associadas com a Deusa Asherah.
 Esta questão da prostituição deve ser vista com muita cautela, pois na verdade a sexualidade era usada pelos Anunnakis como uma forma de controle dos homens da sociedade terrestre e ao mesmo tempo para amplificar a linhagem genética da humanidade através dos implantes e abduções que na época eram conhecidos como arrebatamento por parte dos Deuses.
Temos ainda nessa linha de pesquisa outro tipo de Sacerdotisa como as QUADISHTU que serviam dentro dos templos da Deusa QETESH e realizavam diversos rituais de cura e alimentação para deuses e para a sociedade, ligadas ao poder da LUA e dos 4 pontos cardeais, além de diversos outros aspectos sagrados do feminino e do poder da fecundidade. Já as Sacerdotisas como as ISHTARITU eram especializadas nas artes, na música, canto, dança, e serviam em princípio nos templos de Istar e para o Rei conforme o interesse político de cada situação.
Dentro do estudo das Sacerdotisas antigas, temos as gregas PITONISAS, que em geral possuíam o poder dos oráculos, capacidade de adivinhação que era passada pelos Deuses, sendo em especial neste caso o Deus APOLO.
Em geral, todas as pessoas que possuíam contato com os Deuses no passado tinham privilégios e eram ensinados em segredos e em tecnologias superiores, que aos olhos dos humanos convencionais era denominado de magia ou até mesmo bruxaria pelos grupos opositores, lembrando que existiam muitas disputas de poder e interesses entre os diferentes Deuses e consequentemente, pelos humanos que eram colocados nessa trama de poder e disputa por controle territorial e seleção genética através de suas abduções e inoculação de material genético nas sacerdotisas que geravam filhos com melhores capacidades que os humanos convencionais.
Pelos registros do autor Zecharia Sitchin, em suas traduções e adaptações ele cita em diversos momentos que ENKI/EA teria copulado diversas vezes com as mulheres da Terra e gerado filhos mestiços com elevadas capacidades cognitivas e se destacado na literatura antiga como Noé, Adapa, entre outros.
Na sequência do império grego, quando surge o império Romano, surgem outras sacerdotisas na mesma estrutura, que em Roma passam a ser denominadas de VESTAIS, dedicadas ao culto da Deusa Vesta, tendo importante papel dentro da sociedade romana e da política estrutural de Roma e dos povos anexados pelo império.
Basicamente aqui temos a continuação do que existiu antes na Grécia e no início dessa cultura que se instaurou antes do Dilúvio e acabou ressurgindo depois, tendo a mulher o papel fundamental da procriação e restauração na crença dos Deuses para estabelecer a nova ordem religiosa e cultural de uma sociedade.
Mesmo depois dos Anunnakis e os outros povos estelares se afastarem da realidade física da humanidade, o seu controle continuou através dos rituais e das comunicações veladas com os médiuns e os diferentes aspectos da religiosidade ensinada para os discípulos através dos dogmas, obtendo o controle e coordenação da humanidade em suas diferentes etnias pelo mundo. Esta parte foi mais intensificada logo após o processo do Dilúvio, pois antes disso a lembrança da origem estelar e dos outros mundos pelas civilizações mais avançadas fazia parte do conhecimento de muitas culturas, principalmente dos antigos continentes e suas civilizações como MU, Lemúria, Antártida e suas mais avançadas cidades nessa vastidão de terras onde dezenas de cidades e civilizações floresceram na marca dos últimos 800.000 anos e tiveram o seu fim gradual entre os últimos 50.000 até os decisivos 12.000 anos, que teria sido a marca estabelecida para o Dilúvio e a mudança das coordenadas do eixo e órbita da Terra, mudando por completo o destino dos sobreviventes e uma nova Ordem Mundial implantada pelos Anunnakis sobreviventes na superfície da Terra.
Controle é o que define esta nova fase da humanidade e da Terra, atrelado ao aspecto que poucas pessoas e entidades associam, que é o extremo contingente de Almas exiladas dos mundos negativados do setor da Zona Neutra e dos outros mundos de Exílio ou quarentena, totalizando com a Terra 37 mundos no setor de Orion, onde em todos o controle foi desenvolvido através das codificações genéticas das progenitoras, ativado no inconsciente coletivo dessas Almas.
O que inclui o aspecto das Sacerdotisas e de seu poder de ligação com os DEUSES e a transferência do material genético para melhoria do genoma físico dos humanos e humanoides dentro desses 37 mundos de Exilio e para pesquisa ao mesmo tempo.
Cada um desses 37 planetas possuía realidades paralelas e conexão através de Portais e através do plano Astral e Umbralino da Terra, assim como com os grupos de exilados inseridos nas diversas realidades existenciais da Terra, dos próprios Anunnakis e de outros extraterrestres inseridos desde o controle da Cúpula de Cristal até outros planos da fisicalidade.
Esses 37 mundos do setor central de Orion e das Federações inseridas no contexto político de Orion e suas adjacências, representam dezenas de projetos da estrutura social e tecnológica que essas culturas das 108 Federações alcançaram com o aprimoramento genético para resolver doenças que foram criadas ou o efeito colateral do período das guerras e conflitos raciais.
Muitos dos efeitos levaram diversas raças quase à extinção e deficiência biológica, que procuraram na linha temporal e nos mundos de exílio a solução nas pesquisas dos genomas dessas raças colocadas em aprisionamento.
Para isso, o processo de controle e pesquisa foi inserido através da religião e do contato entre os habitantes dos mundos de exílio com os Deuses que controlavam o seu desenvolvimento.
Em todos esses 37 mundos a comunicação e observação do processo evolutivo das sociedades e do processo de abdução é regular nos registros históricos destas culturas antigas na Terra e nos outros mundos de exílio.
Cada linhagem racial de extraterrestres ligados às 108 Federações e outras além delas, acabou inserindo seus projetos na Terra.
Assim como as próprias divisões raciais entre as diferentes etnias de humanos e humanoides inseridas pelos grupos estelares além dos Anunnakis de Nibiru, que representam parte da linhagem dos Pleiadianos, como foi o caso do grupo de Aldebarã da raça ariana através da representação de Wotan ou Odin, como é também conhecido.
Este Deus que também era conhecido como Woden para os Anglo-saxônicos, era a divindade da guerra, sabedoria, magia, mistérios, poesia, ciência, padroeiro dos adivinhos, senhor das runas, Deus da agricultura e senhor da cidade orbital Asgard.
É sabido que ODIN interagiu com os antepassados dos povos nórdicos pois os próprios Vikings tinham muitos aspectos xamânicos e religiosos com Odin e toda a sua linhagem de Deuses, incluindo a questão das abduções e envolvimento sexual entre os humanos e esses Deuses Nórdicos, gerando a melhoria genética dos humanos.
Lembrando que Odin é o pai de Thor, outro deus nórdico muito importante para os povos arianos e anglo-saxônicos do passado, representando importantes bases da cultura pré-europeia.
Embora não se possa afirmar, existe uma profunda conexão entre ODIN e o Comandante Torank e suas equipes que ajudaram na evolução da raça ariana e dos anglo-saxônicos na Europa e nos outros setores da Terra além de Mu e dos continentes ligados a seu setor de influência, onde as manipulações e alteração do genoma dos Elfos e dos Arianos de Aldebarã e de Plêiades foram inseridos na humanidade dessa era entre os últimos 3,2 milhões de anos até pelo menos 1.700 D.C para obter as mutações genéticas esperadas de adaptação para os projetos de Torank e de sua equipe.
As Sacerdotisas aqui também foram fundamentais para gerar os processos de inseminação e modulação dos novos genomas combinados entre as etnias de Plêiades, Aldebarã, Nodia, Sirius e o outros grupos com parentesco genético desde a base das 49 Tribos que Onara salvou da extinção no sistema Vega-Avyor.
O planeta Ápice do mesmo sistema estelar da estrela de Vega também foi severamente afetado pela invasão dos Draconianos.
O planeta Ápice tinha como raça primordial a estrutura genética e primitiva original da etnia dos ZETAS e de seus semelhantes há cerca de 7 bilhões de anos. Sendo assim, o Sistema de Vega com os planetas Avyor e Ápice foram os primeiros representantes dessas raças humanas e humanoides
No entanto, quando o Comandante ONARA interveio para salvar o projeto Humano Micahélico de Avyor, ele também ajudou os habitantes e os remanescentes do planeta Ápice, que teve grandes consequências com a guerra, pois se atreveu a confrontar os Draconianos enfrentando dezenas de batalhas bélicas no espaço sideral e nos planetas do Sistema Vega. Onara dividiu os resgatados de Ápice em 78 tribos e castas pela Via Láctea, gerando assim a amplificação e ao mesmo tempo a sobrevivência dessa etnia humanoide que possui grande importância no processo histórico da Via Láctea e de outras galáxias nestes últimos 7 bilhões de anos, principalmente depois da evacuação que Onara efetuou com essas duas etnias e outras existentes no conflito com os Draconianos negativados pela essência Xopatz e pelas codificações de Sarathen.
A polaridade masculina e feminina estava presente em ambas estas etnias que ONARA resgatou e assim os códigos encarnacionais e de reprodução foram ativados no plano sutil equivalente ao PLANO ASTRAL dessas ramificações,
que eram 49 para os humanos Micahélicos de Avyor e 78 para os Apicianos
Dessa forma, outras entidades e Almas mais evoluídas deram continuidade ao projeto de multiplicação e expansão dessas etnias, codificando a sexualidade para sua amplificação, permitindo a condição de comunicação com os outros planos mais sutis através de representantes como os SACERDOTES e SACERDOTISAS, conforme a situação a ser sustentada em cada sociedade em sua nova morada escolhida por ONARA.
Temos neste contexto inicial 127 planetas e realidades onde as etnias sobreviventes da guerra com os Draconianos deveriam ser protegidas e induzidas à sobrevivência e expansão.
Com isso, o plano astral desses 127 mundos foi estabelecido com as hierarquias etéricas de sustentação e programação das diretrizes de evolução e estudo para sustentar o acoplamento de novas Almas/Fractais para o processo encarnacional dentro dessas novas sociedades.
Para cada uma delas foi instaurada o equivalente à FRATERNIDADE BRANCA da Terra, para estudar e proteger o projeto e ao mesmo tempo acompanhar e intervir na linha de evolução conforme os desígnios que esses grupos escolhiam e definiam para cada um desses 127 mundos e seu desdobramento ao longo da Via Láctea e impérios que deveriam ou não erguer no decorrer de sua evolução, tanto na fisicalidade como nas outras dimensões pelo próprio processo social de ascensão e acoplamento com outros níveis de consciência superiores ligados às dimensões e espiritualidade.
Dessa forma, o contexto das Sacerdotisas e dos Sacerdotes é inserido no plano do inconsciente desses 127 grupos, sendo que em cada um esse contexto apresentou um peso e uma importância diferenciada, conforme o gradiente de evolução e entendimento da relação deles com os outros planos superiores e seus próprios DEUSES ou MESTRES ETÉRICOS.
Esse contexto foi inserido na Terra há milênios e tem sido renovado a cada novo projeto que a Terra recebe por parte dos diferentes grupos de extraterrestres, garantindo a multiplicação e ampliação do processo encarnacional para cada ciclo desses projetos estabelecidos pelas Federações e pelos Mestres na Terra.
No entanto, para cada projeto, novos códigos genéticos são inseridos nas matrizes genéticas.
Portanto, o fator sexualidade e o cruzamento entre espécimes é necessário para estabelecer no plano físico novas matrizes.
Para isso, a função das Sacerdotisas através da comunicação, técnicas religiosas e controle sobre as discípulas que devem se submeter aos processos de abdução e ter relações sexuais com os Deuses tem sido um dos aspectos comuns, que ao longo do tempo foram escondidos ou mascarados como lendas antigas, como no caso de Odin, Zeus, Enki, Thor e outros Deuses que tinham relações e filhos com mulheres da Terra de acordo com diversas lendas.
O mesmo ocorrendo em outras culturas como Maias, Incas, Índia, China, mesopotâmicos e latinos em geral.
O conceito lendário dos Deuses dentro das antigas culturas ajudou no florescimento de diversas etnias e na sua evolução durante os períodos mais densos e complexos dos ajustes climáticos da Terra depois dos cataclismos geológicos e das trocas de matrizes genéticas por parte das 22 delegações e dos outros grupos inseridos na Terra.
O próprio Deus THOR que era pelas lendas filho de Odin com Fjörgyn, uma deusa definida como sendo a própria Terra. Thor era o deus da fertilidade para os povos nórdicos e o orgulho dos Vikings, que se definiam como o povo de Thor. Pouco se sabe sobre a questão religiosa no sentido das sacerdotisas associadas a Thor e a sua esposa SIF.
No entanto, o papel da mulher perante os Deuses é sempre de destaque no que diz respeito à preservação da espécie, enquanto que o papel dos homens para os Deuses era de guerreiro e agricultor que deve manter a população em crescimento, mas cabe à mulher a educação de grande parte das tradições dos Deuses.
Isso era no passado quando o conceito do matriarcado era natural, mas que foi ao longo do tempo foi substituído pelos interesses do Império Católico colocando a mulher em segundo plano e sem acesso ao antigo conhecimento do magismo e das técnicas xamânicas de cura e de conexão com o plano espiritual.
A LUA
Lua oca – ilustração History Channel
Uma grande parte dos rituais associados às Deusas está ligado à LUA, que é um satélite artificial, morada de muitos dos antigos Deuses e portanto, extraterrestres inseridos nos diversos projetos na Terra com as diferentes etnias humanas e outras raças do planeta Terra, que ainda existem não apenas no plano físico da humanidade atual, mas em outros planos paralelos,
nos oceanos e cidade intraterrenas que remontam as antigas lendas do passado.
A Lua na estrutura da humanidade possui muitos papeis importantes no setor da agricultura, navegação e do magismo, mas para as mulheres representa um fator emocional e mágico, associado às Deusas como Inanna, Isthar, Isis, que empregavam o campo magnético da Lua para estabelecer nas mulheres diversos aspectos importantes de seu ciclo menstrual e endócrino, interferindo na fertilidade para que os Deuses pudessem desenvolver o seu papel de inserção de novos códigos genéticos e otimização das etnias humanas.
Nas escrituras antigas o que para muitos são apenas lendas, temos as descrições da DEUSA LUA e seu culto atribuído a ISTHAR da Babilônia, que em outras culturas era conhecida por outros nomes, mas é a mesma entidade ou divindade pelo que os estudiosos têm descoberto, tais como Astarte em Canaã e na Grécia antiga, Atar para os Mesopotâmicos, Astar para Moab, Estar na Abissínia, mas foi Demeter para os Gregos que acabou se tornando a definição mais relevante para os círculos secretos das Sacerdotisas.
Todas essas definições colocavam essa Deusa Lunar como responsável pela fertilidade na natureza, produção de alimentos e evolução da sociedade.
E cabia aos sacerdotes homens e mulheres desenvolver ritualísticas que os Deuses ensinavam para garantir o fluxo dessa fertilidade, não apenas associada à sexualidade com os deuses, mas também para sustento dos humanos e aprendizado sobre os ciclos da natureza e como a Lua influenciava toda a natureza.
Os estudiosos definem que Ísis era a contraparte equivalente de Isthar, sendo que através dos egípcios e dos povos gregos e romanos, sua ritualística e lendas chegaram até a era cristã denominada como Demeter, a sagrada força da natureza e mãe de todos, senhora da reprodução, gravidez abençoada, iluminação, fertilidade na agricultura, Deusa dos partos bem-sucedidos.
Com o tempo acabou sendo considerada a Deusa da sexualidade e protetora das prostitutas, talvez devido à associação com Inanna que na antiga Suméria tinha essa conotação mais voltada para a sexualidade, como era típico dos Anunnakis de Nibiru empregarem o sexo como controle e ampliação da raça para seus interesses no passado.
Existem muitas interpretações para os relatos e escrituras sobre o papel das antigas sacerdotisas da Humanidade e todas devem, obviamente, ter um fundo de verdade.
E isso está codificado no subconsciente das mulheres na atualidade, motivo pelo qual os movimentos e os cursos do sagrado feminino têm se proliferado tanto nos últimos 30 anos.
Mas também entra a questão da carência emocional e a falta de reconhecimento por parte do machismo com relação ao papel da mulher na atual sociedade conturbada, que acabou removendo da mulher o seu papel feminino e a própria feminilidade, para que pudessem concorrer com os homens em seu mundo machista e altamente competitivo.
Decorrente da associação dessas Deusas com a Lua, a dualidade foi inserida na humanidade, onde temos o fator da vida e da morte associado às fases da Lua.
Assim como a Terra é diretamente influenciada pela Lua e seus ciclos atuando na natureza e na emocionalidade dos seres humanos que sofrem sua influência, como abordado pela astrologia, que estuda os efeitos da Lua e dos astros na psique humana e sua evolução.
Na atualidade e desde milhares de anos, encontram-se nas bases internas da Lua clones dos seres humanos e dos corpos criogênicos com os quais o exílio tem sido mantido na Terra por parte da Aliança Galáctica e de outros grupos rebeldes que inseriram Almas no processo encarnacional da Terra de forma irregular, para regularizar seus problemas sociais deturpando os projetos dos outros Mestres e diretores na Terra.
A própria estrutura da Ordem Amarylis tem sido profundamente deturpada na Terra através das interferências, pois a Lua representa um papel preponderante como base de pesquisas e de elaboração de novos genomas e programas envolvendo seres humanos na atualidade através dos movimentos religiosos e místicos.
A Lua é ocupada em toda a sua estrutura por representantes das 22 Delegações, Aliança Galáctica, Draconianos, Xopatz, Anunnakis, Nibiruanos, 4º Reich, Sinistro Governo Secreto atual, além de outros grupos que a usam como base de apoio antes de iniciarem suas intervenções e projetos na Terra com base nos acordos estelares dos planetas em quarentena e pesquisa, como é o caso da Terra e da humanidade.
Dessa forma, as religiões e movimentos esotéricos associados à conexão tanto com Deuses como com Extraterrestres, são na verdade mecanismos de comunicação astral, de abdução e inserção de dispositivos denominados chips ou implantes no corpo de seus devotos ou fanáticos.
Este texto pode ser compartilhado desde que cite a fonte http://www.rodrigoromo.com.br e o autor Rodrigo Romo e não sofra qualquer edição.
https://rodrigoromo.com.br/2017/11/07/arquetipos-geneticos-conscienciais-ultima-parte/

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

DESCOBERTA DE ÁREA MISTERIOSA PODE SER 1ª PISTA DA EXISTÊNCIA DE UNIVERSO PARALELO Publicado em 25/10/2017 por Rodrigo Romo

DESCOBERTA DE ÁREA MISTERIOSA PODE SER 1ª PISTA DA EXISTÊNCIA DE UNIVERSO PARALELO
Publicado em 7 por Rodrigo Romo
Amigos e alunos,
reunimos duas matérias interessantes que explicam, dentro da visão científica, a possível existência de universos paralelos, ou multiversos.
Assuntos abordados através de canalização em diversos livros e matérias do autor Rodrigo Romo.
13 bilhões de anos luz de comprimento.
1,8 bilhão de anos-luz de diâmetro. 0,0001 grau de temperatura média, mais fria que seu entorno.
Eis as características de uma área misteriosa que foi descoberta por Cientistas da Universidade de Durham, no Reino Unido.
Por conta dessas propriedades, que são consideradas “insondáveis” pelos astrônomos, esta pode ser a primeira pista da existência de um universo paralelo.
(Arquivo em pdf)
Segundo o coautor do estudo Tom Shanks, esse ‘ponto frio’ pode ter sido causado por uma colisão entre o nosso universo e um outro universo como em formato de bolhas.
“Se uma análise mais detalhada provar que este é o caso… então o ‘ponto frio’ pode ser considerado como a primeira evidência para o multiverso”, acrescentou o pesquisador ao jornal britânico The Guardian,
https://www.theguardian.com/science/across-the-universe/2017/may/17/multiverse-have-astronomers-found-evidence-of-parallel-universes
levantando a possibilidade de vivermos em um universo paralelo.
Multiverso e Big Bang
A ideia de colisão lembra um conceito bastante conhecido: do big bang,
https://www.vix.com/pt/bbr/497/conheca-a-teoria-do-big-bang

que diz que o universo foi criado há 14 bilhões de anos após um buraco negro.
O universo, como o conhecemos, se originou em uma grande explosão que chamamos de big bang.
Durante quase um século, os cosmólogos estudaram as conseqüências desta explosão: como o universo se expandiu e esfriou, e como as galáxias foram gradualmente unidas pela gravidade.
A natureza do próprio estrondo entrou em foco apenas relativamente recentemente.
É o tema da teoria da inflação, que foi desenvolvida no início dos anos 80 por Alan Guth, Andrei Linde e outros, e levou a uma visão global radicalmente nova do universo.
A inflação é um período de expansão super-rápida e acelerada na história cósmica precoce.
É tão rápida que, em uma fração de segundo, uma minúscula porção subatômica de espaço é movida para dimensões muito maiores do que toda a região atualmente observável.
No final da inflação, a energia que impulsionou a expansão acende uma bola de fogo quente de partículas e radiação.
É o que chamamos de big bang.
O final da inflação é desencadeada por processos quânticos e probabilísticos e não ocorre em todos os lugares ao mesmo tempo.
Em nossa vizinhança cósmica, a inflação terminou há 13,7 bilhões de anos,
mas ainda continua em partes remotas do universo e outras regiões “normais” como a nossa estão constantemente sendo formadas.
As novas regiões aparecem como pequenas bolhas microscópicas e imediatamente começam a crescer.
As bolhas continuam crescendo sem limites.
Enquanto isso, elas são afastadas pela expansão inflacionária, dando espaço para que mais bolhas se formem.
Este processo interminável é chamado de inflação eterna.
Vivemos em uma das bolhas e podemos observar apenas uma pequena parte dela.
Não importa o quão rápido viajemos, não podemos acompanhar os limites em expansão da nossa bolha, então, para todos os fins práticos, vivemos em um universo de bolhas autônomo.
A teoria da inflação explicou algumas características misteriosas do big bang, que simplesmente deveriam ter sido postuladas antes.
Ela também fez uma série de previsões testáveis, que foram então espetacularmente confirmadas por observações.
Até agora, a inflação tornou-se o principal paradigma cosmológico.
Outro aspecto fundamental da nova visão de mundo deriva da teoria das cordas, que é atualmente nosso melhor candidato para a teoria fundamental da natureza.
A teoria das cordas admite um imenso número de soluções que descrevem universos de bolhas com diversas propriedades físicas.
As quantidades que chamamos de constantes da natureza, como as massas de partículas elementares, a constante gravitacional de Newton,
etc., tomam diferentes valores em diferentes tipos de bolhas.
Agora, combine isso com a teoria da inflação.
Cada tipo de bolha tem uma certa probabilidade de se formar no espaço de inflação.
Assim, inevitavelmente, um número ilimitado de bolhas de todos os tipos possíveis serão formadas no curso da inflação eterna.
Esta imagem do universo, ou multiverso , como se chama, explica o mistério de longa data de por que as constantes da natureza parecem estar bem ajustadas para o surgimento da vida.
A razão é que os observadores inteligentes existem apenas nessas bolhas raras nas quais, por puro acaso, as constantes são justas para que a vida evolua.
O resto do multiverso permanece estéril, mas ninguém consegue está lá para se queixar sobre isso.
Alguns dos meus colegas físicos acham a teoria do multiverso alarmante. Qualquer teoria da física se mantém ou cai dependendo se suas previsões concordam com os dados.
Mas como podemos verificar a existência de outros universos de bolhas?
Paul Steinhardt e George Ellis argumentaram, por exemplo, que a teoria do multiverso não é científica, porque não pode ser testada, mesmo em princípio.
Surpreendentemente, os testes observacionais da imagem do multiverso podem, de fato, ser possíveis.
Anthony Aguirre, Matt Johnson, Matt Kleban e outros apontaram que uma colisão de nossa bolha em expansão com outra bolha no multiverso produziria uma impressão na radiação de fundo cósmico – um ponto redondo de intensidade de radiação maior ou menor.
A detecção de tal ponto com o perfil de intensidade previsto proporcionaria evidências diretas da existência de outros universos de bolhas.
A pesquisa está em andamento, mas infelizmente não há garantia de que uma colisão de bolhas tenha ocorrido dentro do nosso horizonte cósmico (até o presente momento, conforme matéria acima).
Há também uma outra abordagem que se pode seguir.
A ideia é usar nosso modelo teórico do multiverso para prever as constantes da natureza que podemos medir em nossa região local.
Se as constantes variam de um universo de bolhas para outro, seus valores locais não podem ser previstos com certeza, mas ainda podemos fazer previsões estatísticas.
Podemos derivar da teoria de que os valores das constantes são mais prováveis de serem medidos por um observador típico no multiverso.
Supondo que somos típicos – a suposição de que eu chamei o princípio da mediocridade– podemos então prever os valores prováveis das constantes em nossa bolha.
Esta estratégia foi aplicada à densidade de energia do vácuo, também conhecida como “energia escura”.
Steven Weinberg observou que em regiões onde a energia escura é grande, faz com que o universo se expanda muito rápido, evitando que a matéria se aglomere em galáxias e estrelas.
Não é provável que os observadores evoluam nessas regiões.
Os cálculos mostraram que a maioria das galáxias (e, portanto, a maioria dos observadores) estão em regiões onde a energia escura é aproximadamente a mesma que a densidade da matéria na época da formação da galáxia.
A predição é, portanto, que um valor semelhante deve ser observado em nossa parte do universo.
Na maioria dos casos, os físicos não tomaram essas idéias a sério, mas para sua grande surpresa, a energia escura de aproximadamente a magnitude esperada foi detectada em observações astronômicas no final dos anos 90.
Esta poderia ser a nossa primeira evidência de que existe realmente um enorme multiverso lá fora.
O que mudou muitas mentes.
A teoria do multiverso ainda está em sua infância e alguns problemas conceituais ainda precisam ser resolvidos.
Mas, como Leonard Susskind escreveu:
“Eu aposto que, na virada do século 22, os filósofos e os físicos olharão nostalgicamente para o presente e recordarão uma era de ouro em que o conceito limitado do século XX abriria o caminho para um melhor e maior [multiverso] … de proporções incompreensíveis “.
Fontes:
VÍDEO RECOMENDADO:
https://gumroad.com/l/yvHQR
Disponível para venda ou aluguel na ROMOMÍDIA
Neste vídeo Rodrigo Romo explica o que são as realidades paralelas, desmistifica alguns conceitos e traz esclarecimentos importantes sobre os processos evolutivos das almas, sistemas cármicos e polaridades, hologramas e como o próprio ser humano se torna um cocriador de realidades paralelas.
https://rodrigoromo.com.br/2017/10/25/descoberta-de-area-misteriosa-pode-ser-1a-pista-da-existencia-de-universo-paralelo/

terça-feira, 31 de outubro de 2017

ARQUÉTIPOS GENÉTICOS CONSCIENCIAIS – CONTINUAÇÃO (2) Publicado em 19/10/2017 por Rodrigo Romo

ARQUÉTIPOS GENÉTICOS CONSCIENCIAIS
 – CONTINUAÇÃO (2)
Publicado em 19/10/2017 por Rodrigo Romo
Continuação do livro “A ORDEM AMARYLIS” de Rodrigo Romo.
https://rodrigoromo.com.br/2017/08/29/arquetipos-geneticos-conscienciais-continuacao/
https://rodrigoromo.com.br/2016/08/17/a-origem-da-polaridade-masculino-feminino/
Outro importante aspecto do passado e até do presente entre a sociedade humana e sua relação com os oceanos:
a maior parte das grandes cidades ficam à beira mar.
Todos os povos antigos tinham nos rios e nos oceanos ligação com diferentes divindades, como é o caso da divindade babilônica OANES, um ser que era metade homem e metade peixe, possuidor de 2 cabeças, uma de homem e outra de peixe.
Ele foi o responsável por ensinar a escrita, artes, ciência e agricultura.
De acordo com contatos e canalizações que tive, uma parte da sociedade do sistema de Antares da Constelação do Escorpião é de origem anfíbia, inserindo na Terra colônias nos oceanos há mais de 1,5 milhão de anos.
Portanto, dentro do que atualmente é considerado como “Povo do Mar” no processo mediúnico da Umbanda e Candomblé, presentes no decorrer da evolução humana em diferentes etapas.

Também gerou arquétipos e sustentou a evolução de diversos grupos da sociedade humana terrestre.
Representação de “Dagon, o deus-peixe” encontrado por Austen Henry Layard in 1845/7, em Nimrud.
Entre as lendas dos antigos Deuses, percebe-se que normalmente os Semideuses, que não tinham sido oficializados, ou aceitos dentro do convívio dos deuses, eram abandonados à sorte na sociedade humana,
como ocorreu com uma Semideusa lendária entre o povo Assírio e posteriormente babilônico, que foi conhecida como SEMÍRAMIS, filha da deusa Dérceto/Dércetis, que teria sido abandonada pela mãe por ser ilegítima, consagrada entre um humano e uma Deusa.
Ao ser abandonada teria sido uma escrava durante seu crescimento, mas portadora de tamanha beleza que foi adquirida por um General de Nino e convertida em esposa.
Posteriormente o Rei Nino se apaixonou por ela e a tomou como esposa de seu general.
Esta Rainha teria realizado inúmeras benfeitorias na cidade da Babilônia,
entre elas os grandes muros e posteriormente os jardins suspensos e lendários da Babilônia, deixando depois de 42 anos no Trono um filho para reinar chamado Nínias.
Semíramis era associada à imagem da Pomba, no entanto foi uma rainha guerreira que deixou inúmeros contextos relacionados ao processo dos deuses e das sacerdotisas na ritualística entre o fluxo do sol e da lua, como a maioria dos povos antigos.
Seguindo essa mesma linha de postura dos seres humanos, temos o exemplo de um outro importante Deus ou Divindade do passado,
chamado de TAMUZ, deus da vegetação e possuidor de importantes rituais de fertilidade, lavoura, agricultura e dos ciclos das 4 estações do ano, responsável pela fartura e boa aventurança das cidades.
Este ser sustentaria inúmeros processos ritualísticos dentro da sociedade humana, que com o tempo o tornaria na outra divindade ADÔNIS que significa Senhor, proveniente da palavra semita Adon.
Em todos os registros da Mesopotâmia e arredores, a questão das DEUSAS e das SACERDOTISAS está diretamente interligada à humanidade e aos diversos segmentos devocionais para com os DEUSES, gerando os ritos religiosos e cultos que até o momento muitas pessoas têm buscado resgatar, baseadas nas antigas lendas e tradições que ainda existem, mas em muitos casos sem a informação correta sobre o que os Anunnakis desejavam efetivamente com esses rituais e solicitações na linha do passado.
No passado, nos poucos registros que existem sobre os Babilônicos, eles possuíam as Tríades como base de sua religião, que os nossos pesquisadores mais modernos têm adaptado para o entendimento de estrutura familiar onde temos o Pai, Mãe e Filho, que no caso eram atribuídos a ANU, ENLIL, EA (ENKI).
Estes eram a primeira e mais importante tríade de Deuses que definiam as atribuições das famílias dos humanos e toda a sua estrutura familiar e devocional e depois vinham outras estruturas secundárias como a formada por SIN, SARNAS e ISTAR, nos devidos desdobramentos para outras questões da sociedade humana babilônica.
O deus SIN, que também era chamado de SENI, SEINIM em hebraico, tem o seu significado similar a pico, barro, lama e  pelo que se sabe, ele foi um dos filhos de Canaã, filho de Cam.
Este, por sua vez, filho de Noé. Sin deixou descendentes que nas escrituras antigas são chamados de SINITES (SINITAS/SINEUS).
Esta divindade foi denominada de DEUS DAS LEIS, sendo que em um antigo hino do Rei UR, é dito que ele criou a lei e a justiça de modo que teria estabelecido leis para a sociedade e em outras escrituras é considerado o ditador de leis do céu e da terra.
Outro fator importante para essa Divindade secundária é que, segundo alguns registros, ele e seus descendentes teriam viajado para o sul no setor da Arábia e povoaram um distrito que com o tempo foi chamado e conhecido como SIN-AI.
Então, este distrito foi ligado às lendas do MONTE SINAI e dos DEUSES que escolheram essa montanha para suas posteriores atividades e entre elas, a questão dos 10 Mandamentos.
Além disso, o título de DEUS DAS LEIS que é atribuído a SIN e divinizado posteriormente pelo hino do Rei UR, BEL-TERITE, tem um importante significado, pois a sua primeira silaba é uma palavra próxima a BAAL, que era um dos nomes de MARDUK filho de EA/ENKI.
Aqui a coisa começa a se complicar, pois sabemos que em cada povoado os Anunnakis recebiam diferentes nomes e com isso a complexidade do estudo e da linhagem desses deuses, suas tradições e da importância das sacerdotisas dentro dessa estrutura social e familiar.
De qualquer forma, a palavra Terite é a forma plural da palavra Tertu que significa LEI e dessa palavra temos em hebraico o equivalente a TORAH (LEI).
Portanto, diferentes povos no decorrer de centenas de anos de história sendo guiados pelos mesmos Deuses e rituais adaptados à compreensão de cada etnia dentro da evolução da consciência humana e do restante dos processos sociais que deveriam ser ajustados.
O DEUS SARNAS/SAMAS era definido como o DEUS SOL, que em sumeriano era chamado de UTU.
Este deus era filho do Deus Lua, considerado o Deus da Justiça.
Em alguns registros dizem que devido aos conceitos do passado do SOL gerar a vida, queimar as lavouras e assolar nos desertos os seres humanos,
este Deus com o tempo se transformou em outra divindade chamada NERGAL.
Representação dos emblemas de Ishtar (Venus), Sin (Lua) e Shamash (Sol) em uma pedra limite de Meli-Shipak II (século 12 aC)
Já quanto a ISTAR, temos aqui uma complexidade, pois em algumas canalizações se diz que INANNA é a própria ISTAR que esteve reinando junto a outros Deuses em diferentes linhas do tempo da humanidade e, dentro dessa linha, a complexidade acaba deixando mais dúvidas do que acertos, sendo que é unânime que em muitos dos rituais as DEUSAS e suas Sacerdotisas foram treinadas pelas descendentes e até mesmo pela própria INANNA dentro de cada ciclo de tempo e assim, dando continuidade ao registro e atividades das Sacerdotisas na sociedade humana.
Nos estudos e pesquisas, se sabe que Istar se transformou em inúmeras divindades e com isso diversas atribuições à sua capacidade junto aos humanos e quanto à sua genealogia, que é bem questionável e incerta, pois para alguns ela é filha de SIN, já para os outros ela é filha de ANU, se for mesmo a própria INANNA.
Considerada irmã de SAMAS e ERESQUIGAL, Istar está associada ao processo bélico de expansão dos povos e domínios dos Reis de Deuses e tem na sua atribuição milhares de amantes, sendo chamada de DEUSA DO AMOR, DEUSA DA GUERRA, associada à volúpia e à sexualidade e consequentemente, à fecundidade por excelência para muitos pesquisadores.
Para o povo de Uruk era chamada de Istar e para o povo de Halab também era chamada de Arbela, associada mais à questão bélica, também foi associada à Deusa Vênus ou Afrodite como Deusa do Amor.
Já como Deusa da Volúpia e do Amor era chamada de Cibele.
Quando associada à Deusa da Fertilidade era chamada de ASTARTE ou ASTOROTH, que no estudo do ORIXÁ REIKI 2, FUNDAMENTOS DA ESQUERDA,
https://rodrigoromo.com.br/cursos-brasil/orixa-reiki-magnificado-nivel-2/
coloca toda a linhagem dos Exus da linha de cemitério como EXU VELUDO, EXU REI DAS 7 ENCRUZILHADAS, EXU CAVEIRA e toda essa linhagem que é paralela aos EXUS TRANCA RUAS e MARABÔ na tríade principal que é composta entre ARCANJO LÚCIFER, BELZEBUTH (BAAL) E ASTAROTH.
Aqui entra a importante linhagem das POMBA GIRAS através do TRONO DE ISTAR/ASTOROTH e todo o fundamento que é estudado na QUIMBANDA e no CANDOMBLÉ.
Este conhecimento acabou sendo traduzido para o ACADIANO, que é a origem provável do idioma morto BANTO da África, que seria a base original do Candomblé brasileiro há mais de 8.000 anos do nosso tempo.
O nome e a divindade Astoroth era cultuada pelos povos semitas,
passando a ser uma das Divindades dos antigos escritos anteriores aos livros da Torá e, portanto, das origens dos povos locais dessa parte da Terra
Porém, em paralelo ao que ocorria com os descendentes de MU e suas etnias perdidas e divididas onde tinha sobrevivido esse império fabuloso e muito mais antigo que as culturas mesopotâmicas.
Tendo Istar essa correlação o próprio Astoroth, que representa uma divindade da fertilidade e ao mesmo tempo da sexualidade, temos que verificar a sua importância no passado para diversos aspectos da sociedade com base nas religiões e rituais que foram consagrados à INANNA através dessa alcunha, posterior na linha temporal da humanidade que se reflete até o momento atual através de rituais e religiões das DEUSAS que têm sido abertas para diversos processos nos últimos 15 anos com maior intensidade e popularismo entre o feminino e seus resgates do passado, colocando paralelamente a importância das CIGANAS, POMBA GIRAS CIGANAS, POMBA GIRAS dentro da linha das SACERDOTISAS, como venho ensinando há diversos anos no curso ORIXÁ REIKI 1    
https://rodrigoromo.com.br/cursos-brasil/orixa-reiki-magnificado/
e seus importantes desdobramentos junto aos EXUS e linhagem dos LANONADECKS.
Estes são os Deuses que chegaram à TERRA para povoar e manipular seus projetos genéticos para suas pesquisas perante a sociedade cósmica da Via Láctea, colocando a energia da reprodução e do Sagrado no papel da MULHER como sua linha de sucessão e codificação genética para que obtivessem o controle sobre a humanidade.
Da mesma forma que no setor das 3 Marias em Orion a ORDEM AMARYLIS gerou um importante movimento de fecundidade e multiplicação das diversas espécies, na Terra não foi diferente.
E com base nisso muitas Almas que antes de chegarem à Terra já possuíam essas tarefas dentro da Ordem Amarylis, acabaram realizando as mesmas tarefas na Terra em diferentes linhas de tempo dentro das diferentes raças, etnias e sociedades dos últimos 3,2 milhões de anos se considerarmos o projeto das últimas 7 Castas, como descrito no livro EXPERIÊNCIA MORONTIAL,
http://loja.rodrigoromo.com.br/inicio/19-harmonizacao-ambiental.html
RODRIGO ROMO que é na verdade o livro TERRA 2, lançado em novembro de 2016.
Continua.
Aguarde o próximo post ou cadastre-se na aba “seguir” no rodapé para receber as notificações automáticas por email.
Fonte das imagens: Wikipedia
Este texto pode ser compartilhado desde que se respeitem os direitos do autor, citando a fonte e não alterando seu conteúdo.
https://rodrigoromo.com.br/2017/10/19/arquetipos-geneticos-conscienciais-continuacao-2/
Related Posts with Thumbnails

Arquivo do blog

Marcadores

11 11 ( 10 ) 2011 ( 11 ) 2012 ( 107 ) 2013 ( 23 ) 2014 ( 25 ) 2015 ( 10 ) 2016 ( 5 ) 2017 ( 6 ) A ARCA DA ALIANÇA ( 3 ) A CHAVE DE HIRAM ( 2 ) A EQUIPE ( 39 ) A ESFINGE ( 27 ) A FONTE ( 28 ) A GRANDE INVOCAÇAO ( 3 ) A PEDRA FALA ( 3 ) ABANDONO A LUZ ( 9 ) ABDRUSCHIN ( 1 ) ABDUÇÃO ( 46 ) ABRAHAM ( 61 ) ABRAN LINCOLN ( 2 ) ABUDÇÃO ( 3 ) ACARTIANOS ( 1 ) ADAMA DE TELOS ( 40 ) ADAMU ( 2 ) ADAMUS SAINT GERMAIN ( 128 ) AELOLIAH ( 1 ) AEOLUS ( 2 ) AGAMENON ( 2 ) AGARTHIANOS ( 19 ) AGRADECIMENTOS ( 2 ) AGRICULTURA NATURAL ( 1 ) AGUIAS DOURADAS ( 1 ) AIR ( 1 ) AISHA NORTH ( 16 ) AIVANHOV ( 9 ) ALBARAN ( 2 ) ALCIONE ( 4 ) ALCORÃO ( 1 ) ALDOMON FERREIRA ( 1 ) ALDOUS HUXLEY ( 1 ) ALERTAS ( 6 ) ALEX COLLIER ( 9 ) ALEXANDRA MEADORS ( 2 ) ALEXIS ( 18 ) ALFA CENTAURO ( 3 ) ALFA E OMEGA ( 3 ) ALIANÇA DAS ESFERAS ( 1 ) ALIMENTAÇAO ( 8 ) ALINHAMENTO ( 2 ) ALMA GEMEA ( 4 ) ALONGAMENTOS ( 1 ) ALTARAEL ( 2 ) AMIT GOSWAMI ( 4 ) AMPARADORES ( 1 ) ANCIÃO DOS DIAS ( 1 ) ANDREW CARLSSIN ( 1 ) ANDROMEDA ( 109 ) ANGELUS ( 1 ) ANJO CAMAEL ( 2 ) ANJO SITAEL ( 1 ) ANJOS ( 188 ) ANO NOVO ( 4 ) ANÔNIMOS ( 1 ) ANTAKARANA ( 3 ) ANTARES ( 12 ) ANTENA PROTEÇÃO ( 1 ) ANTHAR - Eterno Agora ( 148 ) ANTHRATHON ( 10 ) ANUNNAKI ( 22 ) APOMETRIA ( 1 ) AQUECIMENTO GLOBAL ( 13 ) AQUIFERO ( 1 ) ARCA DE NOE ( 1 ) ARCANJO ALARIEL ( 1 ) ARCANJO ANAEL ( 74 ) ARCANJO ARCAHNEL ( 1 ) ARCANJO ARIEL ( 6 ) ARCANJO AZRAEL ( 4 ) ARCANJO CASSIEL ( 1 ) ARCANJO EZEQUIEL ( 1 ) ARCANJO GABRIEL ( 201 ) ARCANJO HANIEL ( 1 ) ARCANJO INDRIEL ( 1 ) ARCANJO ISMAEL ( 1 ) ARCANJO JOFIEL ( 12 ) ARCANJO LUCIFER ( 13 ) ARCANJO MIGUEL ( 816 ) ARCANJO RAFAEL ( 38 ) ARCANJO RAGUEL ( 1 ) ARCANJO SAMAEL ( 1 ) ARCANJO SAMUEL ( 3 ) ARCANJO SANDALFON ( 9 ) ARCANJO TZADKIER ( 1 ) ARCANJO URIEL ( 91 ) ARCANJO ZADKIEL ( 20 ) ARCONTES ( 8 ) ARCTURIANOS ( 672 ) ARMAS LASER E MICROONDAS ( 1 ) ARQUELLE ( 1 ) ARTE ( 1 ) ARTHRATHON - Pedro ( 12 ) ARTIGOS ( 3 ) ARTUR BERLET ( 1 ) AS CORES EM NOSSO CEREBRO ( 1 ) ASCENÇÃO ( 171 ) ASHLOM ( 1 ) ASSASSI ( 1 ) ASTEROIDES ( 1 ) ASTHAR SHERAN ( 605 ) ASTROLOGIA ( 21 ) ATLANTIDA ( 15 ) AUDIOTECA ( 2 ) AURA ( 4 ) AURITHIEN ( 8 ) AURORA ( 2 ) AUTO AJUDA ( 77 ) AUTO CONHECIMENTO ( 236 ) AUTRES DIMENSIONS ( 10 ) AVATARES ( 2 ) AVISO ( 1 ) AVISOS ( 27 ) AYAM (EU SOU) ( 7 ) AYRTON SENNA ( 1 ) AYTON SENA ( 1 ) AYURVEDA ( 1 ) AZAZEL ( 2 ) BANHOS ( 1 ) BARACK OBAMA ( 2 ) BARBARA MARCINIANIK ( 2 ) BARREIRA DE FREQUENCIA ( 3 ) BASHAR ( 17 ) BENJAMIN FULFORD ( 219 ) BETELGEUSE ( 3 ) BIDI ( 48 ) BILL WOOD ( 4 ) BLOG SOS ( 4 ) BLOSSON FED DA LUZ ( 153 ) BLUE BEAM ( 12 ) BOB DEAN ( 5 ) BOB LAZAR ( 1 ) BORIS PETROVIC ( 2 ) BORISKA ( 1 ) BOSON DE HIGGS ( 1 ) BRASIL ( 81 ) BRIAN WEISS - REGRESSÃO ( 1 ) BRIC ( 1 ) BURACO NEGRO ( 3 ) CABALLA ( 4 ) CALUNGA ( 4 ) CAMPO MAGNETICO ( 1 ) CANALIZAÇAO ( 30 ) CARL SAGAN ( 1 ) CARLOS PAZ WELLS ( 2 ) CARLOS TORRES A LEI DA ATRAÇÃO ( 3 ) CARLOS VEREZA ( 1 ) CARMA ( 1 ) CARNAVAL ( 4 ) CARTA ABERTA ( 2 ) celebração ( 1 ) CELENA AZUL ( 1 ) CELIA FENN ( 2 ) CENTROS PLANETARIOS ( 1 ) CEPHEUS ( 3 ) CEREBRO CORAÇAO ( 2 ) CERN ( 12 ) CETACEOS ( 1 ) CHAKRAS ( 27 ) CHAMA TRINA ( 2 ) CHAMA VERDE LIMAO ( 1 ) CHAMA VIOLETA ( 11 ) CHAMADO MITICO ( 2 ) CHAVES ENOCH ( 8 ) CHENTRAILS ( 13 ) CHICO XAVIER ( 26 ) CHRISTINE DAY ( 6 ) CICLO LUNAR ( 1 ) CIDADES LUZ ( 2 ) CIENCIA ( 129 ) CINEMA METAFISICO ( 19 ) CINTURÃO FOTON ( 40 ) CIRCULO CARMESIN ( 8 ) CIRCULO DOS SETE ( 3 ) CITAÇÕES ( 1 ) CLONES ( 2 ) CMTE ASHENER ( 1 ) CO CRIAR ( 11 ) COBRA ( 377 ) CODEX ( 2 ) CODIGO CHAVE ( 3 ) CODIGO PURIFICAÇAO ( 2 ) CODIGOS DE CURA ( 2 ) COLETANEA ( 30 ) COLONIA NOSSO LAR ( 3 ) COMANDNDANTE SHARMAN ( 1 ) COMANDO ESAKA ( 1 ) COMANDO ESTELAR ( 15 ) COMENTARIOS ( 2 ) COMETA ( 104 ) COMUNICADO ( 4 ) CONFEDERAÇAO ( 33 ) CONS DOS 12 ( 28 ) CONSCIENCIA ( 74 ) CONSELHO DE LUZ ( 21 ) CONSELHO ELOHINS ( 3 ) CONSELHO PLEIDIANO ( 12 ) CONSTELAÇÃO DE AQUÁRIOS ( 1 ) CONSTELAÇÃO DE PÉGASUS ( 1 ) CONSTELAÇÃO OFIUCO ( 1 ) CONTADOR ( 1 ) CONTROLE DA MENTE ( 2 ) CONVERGENCIA 1987 ( 5 ) CONVITE ( 3 ) COSMÒSIS ( 1 ) CRENÇAS ( 5 ) CRIANÇA INTERNA ( 2 ) CRISTAIS ( 18 ) CRISTINA CAIRO ( 1 ) CRISTO MIGUEL ( 112 ) CROP CIRCLE ( 69 ) CRUZ COSMICA ( 2 ) CRUZES MUTAVEIS ( 1 ) CULTURA INDIGENA ( 6 ) CURA ( 80 ) CURSO EM MILAGRES ( 2 ) DA VINCI ( 1 ) DALLA BLOG ( 21 ) DAVID ICKE ( 21 ) DAVID WILCOCK ( 19 ) DECRETOS ( 30 ) DEMOCRACIA ( 1 ) DEUS ( 56 ) DEUSA ( 5 ) DEUSA CRIAÇAO ( 2 ) DEUSA ISIS ( 26 ) DEUSA SOLAR ( 4 ) DEVAS ( 3 ) DIA DA PAZ ( 6 ) DIA DO TRABALHO ( 1 ) DIA DOS PAIS ( 1 ) DIÁLOGOS ( 2 ) DIANA COOPER ( 1 ) DICAS ( 2 ) DICLOSURE PROJECT ( 9 ) DIMENSÕES ( 69 ) DIREITOS AUTORAIS GOOGLE BRASIL ( 1 ) DIREITOS E CONSTITUIÇÃO ( 1 ) DISCERNIMENTO ( 2 ) DIVINA PRESENÇA ( 6 ) DIZIMO ( 1 ) DJWHAL KHUL ( 5 ) DNA ( 56 ) DOCUMENTARIO ( 18 ) DOLORES CANNON ( 4 ) DR WAYNE W DYER ( 1 ) DRACONIANOS ( 3 ) DRAGÕES DE LUZ ( 1 ) DROGAS ( 15 ) DRONES ( 2 ) DRUNVALO ( 15 ) DUENDES ( 1 ) E Q M (Exp quase morte) ( 8 ) EBOLA ( 1 ) ECKHART TOLLE ( 10 ) ECLIPSE ( 49 ) EDGAR CAYCE ( 4 ) EDUCAÇÃO ( 11 ) EFC EXPERIENCIA FORA DO CORPO ( 2 ) EFRAIM ( 1 ) EGREGORA ( 1 ) EINSTEIN ( 3 ) EIXO DA TERRA ( 5 ) ELEIÇOES ( 7 ) ELEMENTAIS ( 26 ) ELETROMAGNETISMO ( 1 ) ELIAS PROFETA ( 1 ) ELIIDA ( 2 ) ELIPHAS LEVI ( 1 ) ELOHIM ( 72 ) ELORYON SENHOR DA LUZ ( 1 ) EMMANUEL ( 80 ) ENERGIA ( 165 ) ENKI DE NIBIRU ( 1 ) Entretenimento ( 5 ) EQUINOCIO ( 2 ) ERA DE CRISTAL ( 5 ) ERGOM ( 4 ) ERIK VON DANIKEN ( 1 ) EROS ( 1 ) ESCOLA DE MENSAGEIROS ( 2 ) ESFERAS ( 1 ) ESPERANÇA ABUNDANTE ( 31 ) ESPIRITISMO ( 79 ) ESSENIOS ( 2 ) ESTAÇÃO ASGARDIA ( 2 ) ESTRELA DE ALDEBARAN ( 1 ) ESTRELA DE SIRIUS ( 4 ) ESTUDOS ( 1 ) ESU ( 20 ) ETEREO ( 1 ) ETS ( 3 ) EU SOU ( 12 ) EU SUPERIOR ( 59 ) EVACUAÇAO ( 2 ) EVANGELHO S JOAO ( 1 ) EVENTOS ( 26 ) Exercicios ( 30 ) EXILADOS NA TERRA ( 2 ) EXTRATERRESTRE ( 765 ) extratos ( 5 ) FADA ( 4 ) FAMILIA UNIVERSAL ( 10 ) FÁTIMA ( 1 ) FEDERAÇAO DA LUZ ( 28 ) FEDERAÇAO GALÁCTICA ( 317 ) FELINOS ( 5 ) FEMA ( 2 ) FENIX ( 1 ) FENÔMENOS ( 4 ) FERNANDO H.CARDOSO ( 1 ) FERNANDO MALKUN ( 1 ) FERRAMENTAS ( 1 ) FILMES ( 38 ) FISICA QUANTICA ( 26 ) FONTE ( 6 ) FOTOS ( 1 ) FRANCISCO DE ASSIS ( 5 ) FRASES ( 5 ) FRATERNIDADE BRANCA ( 6 ) FRAUDES ( 1 ) FUKUSHIMA ( 2 ) FUNDAÇÃO KESHE ( 17 ) FURACÂO IRMA ( 5 ) FURACÃO MATTHEW ( 1 ) FURACÃO NO BRASIL ( 1 ) GANDHI ( 3 ) GANIMEDES ( 3 ) GASPARETTO ( 7 ) GAUTAMA BUDA ( 4 ) GEMMA GALGANI ( 1 ) GENERAL UCHOA ( 3 ) GEO ENGENHARIA ( 5 ) GEOMETRIA SAGRADA ( 9 ) GEORGE GREEN ( 1 ) GESH ( 15 ) GHANDI ( 1 ) GIORDANO BRUNO ( 1 ) GLANDULA PINEAL ( 9 ) GLANDULA TIMO ( 1 ) GLOSSARIO ( 3 ) GLT GOVERNO DA LUZ ( 1 ) GOLFO ( 1 ) GOODETXSG/COREY ( 47 ) GRADE CRISTALINA ( 1 ) GRANDE SOL CENTRAL ( 1 ) GRANDULA PNEAL ( 5 ) GREG BRADEN ( 20 ) GRUPO 33 ( 1 ) GUARDIAO ( 2 ) GURU ( 1 ) HAJA LUZ ( 7 ) HATHORS ( 2 ) HATTON ( 9 ) HAYOT HA KODESH ( 1 ) HEBE CAMARGO ( 1 ) HELIO COUTO ( 4 ) HERCOLUBUS ( 47 ) HERMES TRIMEGISTRO ( 1 ) HIBRIDOS HUMANO ( 4 ) HIERARQUIAS ( 7 ) HILDEGARDE DE BINGEN ( 7 ) HINO BRASIL ( 1 ) HIPNOSE ( 3 ) HIRAM ( 2 ) HO OPONOPONO ( 4 ) HOLOGRAMAS ( 10 ) HOMENAGEM ( 1 ) HORÁRIO DE ALINHAMENTOS ( 30 ) HUMI ( 1 ) HUMOR ( 2 ) HUNA HAWAIANA ( 1 ) ILHAS CANÁRIAS ( 1 ) IMAGENS INCRIVEIS ( 1 ) IMAGENS MENTAIS ( 1 ) IMHOTEP ( 1 ) IMPESSOAL ( 1 ) IMPLANTES ( 20 ) INDIGOS ( 104 ) INFORMAÇÃO ( 481 ) INFORME MINTAKA ( 9 ) INTER DIMENSIONAL ( 6 ) INTRATERRENO ( 64 ) INVERSAO DOS POLOS ( 32 ) INVOCAÇAO ( 2 ) IRDIN ( 3 ) IRMANDADE DA LUZ ( 10 ) IRMAO K ( 8 ) ISHA ( 2 ) ISHTAR ANTARES ( 1 ) ISTWIL ( 3 ) J J BENITEZ ( 8 ) J.J.HURTAK ( 2 ) JARDINEIROS DO ESPAÇO ( 3 ) JFK ( 1 ) JOAHDI ( 2 ) JOHN F KENNEDY ( 2 ) JOHN TITOR ( 2 ) JOSE ARGUELLES ( 1 ) JOSHUA DAVID STONE ( 3 ) KARL MARX ( 1 ) KARMA ( 10 ) KARRAN ( 2 ) KAUNAS ( 1 ) KIRAEL ( 5 ) KORTON ( 1 ) KRIS WON ( 9 ) KRISHAMURTI ( 4 ) KRYON ( 641 ) KUAN YIN ( 14 ) KUMARA ( 3 ) KYMATICA - ASTROLOGIA ( 1 ) LADY ESPERANÇA ( 1 ) LADY MARY ( 1 ) LADY NADA ( 6 ) LADY VENUS ( 1 ) LAERCIO FONSECA ( 11 ) LAURA BOTELHO ( 204 ) LAYALIS JASTYF ( 1 ) LEA OS LOUCOS ESTELARES ( 2 ) LEI DE AÇÃO E REAÇÃO ( 1 ) LEI DO UM ( 2 ) LEIS ( 24 ) LEMBRETE ( 1 ) LEMNISCATA ( 1 ) LEMURIA ( 16 ) LEONARD NIMOY - SPOCK ( 1 ) LEONARDO BOFF ( 1 ) LHC ( 1 ) LINGUAGEM DA LUZ ( 2 ) LINHAS LEY ( 10 ) LIVRE ARBITRIO ( 9 ) LIVROS ( 101 ) LOGOS SOLAR ( 1 ) LORD MERLIM ( 5 ) LOUISE HAY ( 12 ) LUA ( 93 ) LUA CHEIA ( 12 ) LUA DE LUZ ( 6 ) LUXONIA ( 2 ) LUZ PLATINA ( 1 ) LUZDEGAIA ( 20 ) LUZIEL ( 8 ) MA ANANDA MOYI ( 3 ) MA MAHAGAURI ( 1 ) MADRE TEREZA ( 5 ) MAE DIVINA ( 39 ) MAE EUFROSINIA ( 1 ) MAE GAIA ( 116 ) MAE MARIA ( 319 ) MAGO LUA BRANCA ( 1 ) MAGOS NEGRO CAPELA ( 1 ) MAHA CHOHAN ( 12 ) MAHATMA ( 1 ) MAIAS ( 49 ) MAITREYA ( 9 ) MALDEK (TIAMATH) ( 2 ) MANDALAS ( 13 ) MANIFESTO ( 2 ) MANTRAS ( 19 ) MANUAL ( 16 ) MAPA ( 3 ) MAQUINA DO TEMPO ( 2 ) MARCHA 1 MILHÃO ( 5 ) MARIA MADALENA ( 15 ) MARIA RAIO X ( 1 ) MARIA SILVIA ORLOVAS ( 5 ) MARTE ( 85 ) MARTIN REES ( 1 ) MASAHARU TANIGUCHI ( 1 ) MASARO EMOTO ( 1 ) MASHUBI ROCHELL ( 1 ) MATER MAE ( 2 ) MATERIAS ( 65 ) MATIAS DE STEFANO ( 15 ) MATRIX ( 26 ) MATTHEWS ( 99 ) MAYTREIA ( 21 ) MEDICINA BIONERGÉTICA ( 1 ) MEDICINA CONVENCIONAL ( 1 ) MEDITAÇÃO ( 90 ) MEDIUNIDADE ( 2 ) MELQUISEDEQUE ( 64 ) MEMÓRIAS ( 3 ) MENSAGENS ( 20 ) MERKABA ( 5 ) MESTRA ASTREIA ( 1 ) MESTRA CRISTAL ( 2 ) MESTRA EGEIA ( 1 ) MESTRA NADA ( 26 ) MESTRA PORTIA ( 6 ) MESTRA ROWENA ( 11 ) MESTRA SAIDA KHATOON ( 25 ) MESTRE AFRA ( 1 ) MESTRE ALFAZEMA ( 1 ) MESTRE CARMI ( 1 ) MESTRE EL MORYA ( 48 ) MESTRE HILARION ( 73 ) MESTRE JESUS ( 544 ) MESTRE KHUTUMI ( 18 ) MESTRE LANTO ( 9 ) MESTRE PAULO VENEZIANO ( 3 ) MESTRE RAM ( 18 ) MESTRE SAINT GERMAIN ( 229 ) MESTRE SALONIS ( 1 ) MESTRE SANANDA ( 117 ) MESTRIA ARCANJO MIGUEL ( 1 ) METAFISICA ( 6 ) METRATON ( 395 ) MICHIO KAKU ( 1 ) MIKE QUINSEY ( 9 ) MIKOS - TERRA OCA ( 1 ) MINHA MESTRIA ( 7 ) MISSÃO RAHMA ( 1 ) MISSÃO TERRA ( 6 ) MIZ TLI TLAN ( 3 ) MOINTIAN ( 9 ) MONGE TIBETANO ( 1 ) MONJA COEN ( 2 ) MONJORONSON ( 7 ) MONTAGUE KEEN ( 128 ) MOOJI ( 2 ) MORTE ( 9 ) MOTIVAÇÃO ( 1 ) MSTRE KUTHUMI ( 51 ) MUDANÇAS ( 10 ) MUDRA ( 2 ) MULTIMIDIMENSIONALIDADE ( 23 ) MUSICA ( 7 ) MYTHI ( 1 ) Nabara ( 1 ) NAMASTE ( 5 ) NANOTECNOLOGIA ( 3 ) NAPOLEON HILL ( 1 ) NASSIM HARAMEIN ( 21 ) NATAL ( 25 ) NAVE ALFA ( 32 ) NAVE AVALON ( 1 ) NAVE AZUL ( 8 ) NAVE MÃE ( 3 ) NAVE SHAN ( 2 ) NAVES ESPACIAIS ( 4 ) NEFILIM ( 1 ) NEPHILIM ( 1 ) NESARA ( 10 ) NEXUS ( 9 ) NIBIRU ( 81 ) NIKOLA TESLA ( 27 ) NIOBIO ( 4 ) NO YES ( 1 ) NODOS ( 2 ) NOM (Nova Ordem Mundial) ( 6 ) NOSSA SENHORA ( 2 ) NOSTRADAMUS ( 9 ) noticias ( 62 ) NOVA ERA ( 6 ) NOVA TERRA ( 62 ) NUMEROLOGIA ( 20 ) O COLETIVO ( 21 ) O CONSELHO ( 121 ) O CRIADOR ( 59 ) O EVANGELHO DE TOMÉ ( 2 ) O EVENTO BRASIL ( 1 ) O EVENTO... ( 5 ) O GRUPO ( 121 ) O M AVAINHOV ( 184 ) O MANTO ( 1 ) O MEDO ( 12 ) O OLHO ORUS ( 1 ) O PAI NOSSO ( 3 ) O PLANETA SHAN ( 5 ) O SEGREDO ( 1 ) O SILENCIO -SABEDORIA INDIGENA ( 1 ) O SOM ( 4 ) OBAMA ( 2 ) ONDA DE ASCENSÃO ( 7 ) ONDA GALACTICA ( 8 ) OPERAÇÃO PRATO - OVNIS ( 5 ) OPERAÇAO RESGATE ( 1 ) ORAÇAO ( 32 ) ORBES ( 4 ) ORIAH ( 1 ) ORION ( 78 ) ORIONIS ( 15 ) OS ALIADOS ( 12 ) OS ILUMINADOS ( 29 ) OS MESTRES ( 166 ) OSAMA BIN LADEN ( 1 ) OSHO ( 165 ) OSIRIS ( 2 ) OSNI - OBJETO SUBMARINHO NÃO IDENTIFICADO ( 2 ) OUSE ( 1 ) OVNIS ( 615 ) OWEN WATERS ( 124 ) OXALC ( 6 ) P`TAAH ( 2 ) PAI CRIADOR ( 5 ) PAI JOAO DE ANGOLA ( 1 ) PAI JOÃO DE ANGOLA ( 1 ) PAI JOAQUIM DE ARUANDA ( 2 ) PALESTRAS ( 1 ) PALLAS ATHENAS ( 17 ) PAPA FORCE ( 2 ) PAPA FRANCISCO ( 3 ) PAPA JOAO PAULO II ( 2 ) PARABOLAS ( 2 ) PARTICULAS DA FONTE ( 30 ) PASSES ( 1 ) PAUL LAUSSAC ( 1 ) PAULO COELHO ( 1 ) PAULO VENEZIANO ( 1 ) PAX ( 2 ) PEDRAS ( 1 ) PEDRO COELHO ( 1 ) PÉGASO ( 1 ) PENA BRANCA ( 4 ) PENTAGRAMA ( 2 ) PERGUNTAS E RESPOSTAS ( 6 ) PERIGEU ( 1 ) PERISPIRITO ( 2 ) PEROLAS ( 29 ) PETER DEUNOV ( 3 ) PETIÇÃO ( 12 ) PHILLIPE DE LYON ( 8 ) PIRAMIDES ( 5 ) PITAGORAS ( 1 ) PLANETA MALDEC ( 13 ) PLANETA X ( 19 ) PLANO ASTRAL ( 1 ) PLEIADES 1 ( 516 ) PLEIADES 2 ( 9 ) PLEIDIANOS ( 410 ) PODCAST ( 3 ) POESIAS ( 1 ) POLOS ( 14 ) PORTAL ( 188 ) PORTAL ALCIONE ( 2 ) PORTAL ULTRA ( 1 ) portal2013br ( 14 ) POSEIDON ( 2 ) POVO AZUL ( 11 ) PPS ( 1 ) PRESENÇA EU SOU ( 4 ) PREVISÕES ( 11 ) PRIMEIRO CONTATO ( 10 ) PROCYON ( 2 ) PROFECIAS ( 69 ) PROJEÇÃO ASTRAL ( 3 ) PROJETO HAARP ( 16 ) PROJETO MONTAUK ( 2 ) PROJETO PORTAL ( 1 ) PROJETO VENUS - BRASIL ( 1 ) PROJETOR ( 12 ) PROSPERIDADE ( 2 ) PROTOCOLOS ( 10 ) PSICOGRAFIA ALFRED SCHUTZ ( 1 ) PTAH ( 44 ) RAÇAS ESTELARES ( 6 ) RAELIANOS ( 1 ) RAIMBOW PHOENIX ( 2 ) RAINBOW PHOENIX ( 3 ) RAINHA ISABEL ( 2 ) RAIOS ( 16 ) RAMAATHIS MAM ( 3 ) RAMATAN ( 14 ) RAMATIS ( 21 ) RAMTHA ( 1 ) recado aos leitores ( 1 ) REDE MUNDIAL ( 3 ) REFLEXÕES ( 698 ) REGISTRO AKASHICOS ( 2 ) REIKI ( 4 ) RELATORIO ( 1 ) RELATOS ( 3 ) RELIGIAO X ESPIRITUALIDADE ( 18 ) RELOGIO COSMICO ( 1 ) REPTILIANOS ( 24 ) RESGATE ( 1 ) RESSONÃNCIA ( 11 ) RETIROS ETÉRICOS ( 1 ) Rev Mark Kimmel ( 12 ) REVELAÇAO ( 10 ) RICHARD DOLAN ( 1 ) RITUAL ( 2 ) ROBERTO RAPÉE ( 3 ) ROBERTO SHINYASHIKI ( 4 ) ROBO ( 1 ) ROBSON PINHEIRO ( 4 ) RODRIGO ROMO ( 84 ) ROMMANEL CRE"ATOR ( 1 ) RUMI ( 1 ) SABEDORIA DOS ANJOS ( 6 ) SAITHRHU ( 1 ) salmos ( 1 ) SALOMAO ( 12 ) SALTO QUANTICO ( 4 ) SALU SA DE SIRIUS ( 769 ) SAMANA ( 1 ) SANAT KUMARA ( 41 ) SANTIAGO O APOSTOLO ( 1 ) SAO CIPRIANO ( 1 ) SÃO JOSE ( 1 ) SARAH ( 3 ) SASHA ( 1 ) SATHYA SAI BABA ( 2 ) SATIA SAI BABA ( 2 ) SATSANG DO COLETIVO DO UM ( 16 ) SATYAPREM ( 1 ) SAUDAÇÕES DE ORION ( 2 ) SAUDE ( 25 ) SAUL ( 309 ) SELACIA ( 19 ) SEMENTE ESTELAR ( 47 ) SEMENTES DE SIRIUS ( 2 ) SENHORA SOL ( 9 ) SENHORES DO CARMA ( 2 ) SENSITIVO ( 1 ) SERAPHIN ( 7 ) SERAPHIS BEY ( 15 ) SEREIAS ( 2 ) SERES DE JUPITER ( 1 ) SERES DIMENSIONAIS ( 92 ) SERES OCS ( 2 ) SERETI ( 26 ) SERIE DE TEXTOS AD ( 20 ) SERITI ( 2 ) SETE SELOS ( 4 ) SHAKESPEARE WILLIAM ( 1 ) SHAMBALLA ( 5 ) SHANYA ( 1 ) SHAUMBRA ( 18 ) SHEKINAH ( 9 ) SHELDAN NIDLE ( 279 ) SHIMA ( 92 ) SHINKOLE ( 5 ) SHION DE ANTARES ( 2 ) SHOAM ( 1 ) SHOIM ( 6 ) SHTARRER ( 18 ) SHYLTON DIAS ( 4 ) SILO ( 1 ) SIMBOLOS ( 10 ) SINAIS ( 14 ) SINARQUIA ( 1 ) SINDROME DO PÂNICO X MEDIUNIDADE ( 1 ) SINKHOLE ( 1 ) SINTESE ( 74 ) SIRAYA ( 2 ) SIRIANOS ( 77 ) SIRIUS B ( 14 ) SISTEMAS ( 5 ) SITE ANJO DE LUZ ( 11 ) SNATAM KAUR ( 1 ) SNOW ( 8 ) SNOWDEN ( 4 ) SOL ( 114 ) SOLARA ( 4 ) SOLSTICIO ( 9 ) SOLTEC ( 1 ) SOM DO APOCALIPSE ( 6 ) SOMBRA ( 6 ) SONHOS ( 2 ) sons ( 28 ) SOREM ( 1 ) SRI AUROBINDO ( 34 ) STARGATE ( 1 ) STEVE BECKOW ( 23 ) STEVEN M GREER ( 2 ) SUSTENTABILIDADE ( 26 ) SVALI ( 1 ) TANIA RESENDE ( 4 ) TECNICAS ( 2 ) TECNOLOGIAS ( 13 ) TELECINESIA ( 1 ) TELEPATIA ( 21 ) TELESCOPIO HUBBLE ( 4 ) TELETRANSPORTE ( 19 ) TELLUS SHAMBALA ( 2 ) TEMPLARIOS ( 1 ) TEMPLO TELLES ( 1 ) TEMPO ( 3 ) TERCEIRA GUERRA ( 1 ) TERRA É PLANA ( 2 ) TERRA OCA ( 27 ) TERREMOTO ( 49 ) TEXTOS ( 5 ) THE CONTINUUM ( 7 ) THOT ( 3 ) TIPO SANGUINEO ( 1 ) TOBIAS ( 119 ) TOQUES DO CRIADOR ( 5 ) TORRES DE METAL ( 1 ) TRABALHADORES DA LUZ ( 45 ) TRANSHUMANISMO ( 1 ) TRANSICÃO PLANETARIA ( 387 ) TREINAMENTO ( 1 ) Tres dias Escuridão ( 11 ) TRIANGULO DAS BERMUDAS ( 3 ) TRIBO HOPI ( 3 ) TRIGUEIRINHO ( 42 ) TRILOGIA ( 2 ) TSE-BO-RAH ( 2 ) UCEM ( 1 ) UFOS ( 612 ) ULTRATERRESTRE ( 2 ) UM AMIGO ( 14 ) UMBANDA ( 37 ) UNICORNIO ( 1 ) UNTWINE ( 1 ) URANIANOS ( 3 ) URANTIA ( 26 ) UTE ( 33 ) UTILIDADE PÚBLICA ( 21 ) VEGA DE LIRA ( 24 ) VEGETARIANISMO ( 1 ) VELATROPA E YASMIM ( 4 ) VENUSIANOS ( 11 ) VIAGEM ASTRAL ( 7 ) VIAGEM DO TEMPO ( 3 ) VIAJANTE DO TEMPO ( 19 ) VIBRAÇÃO ( 28 ) VIDENTE ( 1 ) VIDEOS ( 55 ) VINICIUS E MARCIA DINIZ ( 33 ) VIRGIL ARMSTRONG ( 1 ) VIRUS ( 1 ) VIVENCIA ( 1 ) VIZUALIZAÇÃO ( 2 ) VORTICE-Pedro elias ( 1 ) VOZ ESPACIAL ( 2 ) VULCÕES ( 16 ) VYWAMUS ( 4 ) WAGNER BORGES ( 9 ) WALK-IN ( 25 ) WESAK ( 10 ) WILLIAN LEPAR ( 38 ) WORLD WIDE WEB WWW ( 1 ) WOYRAN ( 1 ) XAMÃ ( 6 ) YODS ( 1 ) YOGA ( 1 ) YOGANANDA ( 3 ) YOGI BABAJI ( 11 ) YRIS ( 2 ) YURI ( 2 ) ZECHARIA SITCHIN ( 2 ) ZEUS ( 1 ) ZIKA VIRUS ( 3 ) ZINAKEL ( 1 ) ZINGDAD ( 1 ) ZOOSH - ROBERT SHAPIRO ( 1 ) ZUMBI ( 1 )

COMUNICADO AOS SEGUIDORES DO BLOGER

ATENÇÃO LEITORES DO BLOG, MUDANÇAS A CAMINHO FEITAS PELO GOOGLE...

COMUNICADO

ATENÇÃO SEGUIDORES DO MEU BLOG..

SEGUNDA-FEIRA, 1 DE FEVEREIRO DE 2016

Tenho notado que o número de seguidores do blog vem diminuindo a cada dia, cheguei a pensar que pudesse ser um vírus, ou simplesmente um desinteresse em massa...

Nada disso.

Eis um trecho da nota postada no fórum deles:

"A partir do dia 11 de janeiro de 2016 não será mais possível seguir blogs com oGoogle Friend Connect usando oTwitter, Yahoo, Orkut ou outras contas do tipo OpenId.

Além disso, removeremos doGoogle Friend Connect os perfis de contas que não são do Google, então é possível que vocês notem uma queda no número de seguidores em seus blogs."

Infelizmente não sei quais seguidores"sumiram" do blog, mas caso você não tenha uma bendita conta no Google e ainda queira acompanhar o blog, a solução dada por eles é a seguinte:

Crie uma conta Google para acessar o Friend Connect e seguir o blog novamente com essa conta.

Se você tem um blog, saiba mais AQUI.

https://productforums.google.com/forum/#!msg/blogger-pt/gSORVR3q27w/sHDeNf7tCgAJ

CUIDADO COM OS FALSOS PROFETAS...

“Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem. Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. Por seus frutos os conhecereis. Porventura se colhem uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?"

Mateus 7:13-16

COMENTARIOS RECENTES

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

EU SOU O QUE EU SOU, DEUS “Ehyeh Asher Ehyeh” SO HAN

Minha foto
PARA AQUELES QUE QUEREM SE APROFUNDAR DE ONDE VEM, E PARA ONDE VAI...TEMAS RELACIONADOS A ESSA EXPECTATIVA..

Adamus Saint Germain

Adamus Saint Germain
Regente 7o.Raio-Era de Aquário

APELO A SAINT GERMAIN

Eu Invoco a Saint Germain para me ajudar a transmutar e requalificar todas energias densas que estejam em meu campo Aurico

Assim seja,

Amém....

Eu Sou um Ser de Fogo Violeta, Eu Sou a Pureza que Deus deseja...

TRADUÇÂO DO TEXTO DA FOTO

A LOVING FRIENDSHIP OF HEAVENLY ANGELS FROM GALACTIC CONFEDERATION OFF PLANETS WITH EARTHMEN IN A SPACE SHIP TRADUÇÃO GOOGLE

A AMIZADE AMOROSA DE HEAVENLY ANJOS DA CONFEDERAÇÃO GALACTIC PLANETAS FORA COM TERRÁQUEOS EM UMA NAVE ESPACIAL

SELAMAT GAJUN! SELAMAT JA!

(EM IDIOMA SÍRIUS:

SEJAM UM!SEJAM EM ALEGRIA!)

}(document, 'script', 'facebook-jssdk'));