DATA

Seja bem-vindo. Hoje é

Seguidores

SAUDAÇÃO

SAUDAÇÃO

ASTHAR SHERAN

ASTHAR SHERAN
COMANDANTE DA FROTA INTERGALÁCTICA

DEFINIÇÃO E NOME DO BLOGUE

SOMOS AS SEMENTES ESTELARES

Escolhi este nome para o blogger em virtude de ser uma pesquisadora de muitos anos sobre tudo que se relacione com o nosso planeta, sendo a maior parte fazendo pesquisas metafísicas.

É de meu interesse indicar sites que ajudarão muitas pessoas a reavaliarem seus padrões de conhecimentos, seja no terreno cientifico e por que não dizer religioso também, pois num futuro não muito distante estes dois estarão se unindo...

Aos queridos visitantes solicito visitarem os links de sites e blogues citados nas postagens, acredito que irão gostar muito!

POSTAGENS RECENTES

Mostrando postagens com marcador CRENÇAS. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador CRENÇAS. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 28 de abril de 2015

MAIS UMA CRENÇA LIMITANTE-INFERNO


28-03-2015
A religião é uma instituição financeira tanto quanto "se propõe “a ser espiritual.
Sem as compulsórias doações dos fiéis, as religiões como organizações sociais não sobreviveriam.
Não é surpreendente que as maiores religiões do mundo
 – Judaísmo, Cristianismo ( as mais enfáticas em tais práticas),
Islamismo, Budismo e Hinduísmo (que também são religiões institucionalizadas) – promovam a acumulação de riquezas através de seus sistemas de crenças, o que contribui para a prosperidade econômica.Incentivos espirituais como a danação e a salvação são motivadores eficientes.
Por isso, religiões que dão ênfase à crença no inferno são mais propensas a contribuírem para a prosperidade econômica do que as que enfatizam a crença no paraíso.
Tudo isso por causa do MEDO que causam nos mais incautos e desinformados, já que a estrutura organizacional, assim como o sistema de crenças de uma religião, afeta diretamente sua habilidade de arrecadar fundos dos fiéis.
Vejamos a Etimologia da palavra;
Inferno é um termo usado por diferentes religiões, mitologias e filosofias, representando a morada dos mortos, ou lugar de grande sofrimento e de condenação.
A origem do termo é latina: infernum, que significa “as profundezas” ou o “mundo inferior”
A palavra inferno, que hoje conhecemos, origina-se da palavra latina pré-cristã inferus “lugares baixos”, infernus.
Na Bíblia latina, a palavra é usada para representar o termo hebraico Seol e os termos gregos Hades e Geena, sem distinção
A maioria das versões em idioma Português seguem o latim, e eles não fazem distinção do original hebraico ou grego.
A Enciclopédia Americana diz:
Muita confusão e muitos mal-entendidos foram causados pelo fato de os primitivos tradutores da Bíblia terem traduzido persistentemente o hebraico Seol e o grego Hades e Geena pela palavra inferno
A simples transliteração destas palavras por parte dos tradutores das edições revistas da Bíblia não bastou para eliminar apreciávelmente esta confusão e equívoco.
O significado atribuído à palavra inferno atualmente é o representado em A Divina Comédia de Dante, e no Paraíso Perdido de Milton, significado este completamente alheio à definição original da palavra.
A ideia dum inferno de tormento ardente, porém, remonta a uma época muito anterior á eles
Considerando que a fusão entre paixão, desejo, pecado e condenação envolvida na imagem do Inferno, permitiram ao imaginário contemporâneo imaginar antes lugar de prazer e de servidão ao prazer do que propriamente de sofrimento ou purificação.
O fenômeno é bem observado na cultura cristã que, no seguimento dos esforços aplicados às ideias de purificação do monoteísmo, condenou as divindades mais materiais da fertilidade, das paixões e da energia sexual, o que literalmente as transformou em demônios.
Assim, os arquétipos da paixão e do prazer ficaram associados ao do inferno, com a consequente mudança de sentido e de atração sobre a imaginação.
Outras correntes de pensamento atuais, curiosamente também com base na cultura católica-cristã, demonstram a sua opinião de inferno não como um local físico, mas antes como um estado de espírito, indo ao encontro da ideia preconizada por diversas correntes filosófico-religiosas partidárias da reencarnação.
SOBRE LÚCIFER-DEFINIÇÃO ETIMOLÓGICA
Lúcifer é uma palavra latina que significa PORTADOR DA LUZ,a ou aquele que traz a luz onde ela se faz necessária.
Por isso mesmo foi associado ao planeta Vênus, a “estrela matutina” que aparece ao horizonte antes do nascer do Sol.
A confusão começou quando fizeram a versão popular da Bíblia,
a chamada Vulgata Romana.
Foi feita a mando do Papa por Jerônimo, por volta de 400 d.C,
para fazer uma versão simplificada, vulgar e em latim para o povo poder ler.
Pela própria definição, não é a bíblia original.Lúcifer foi o nome usado na tradução da palavra hebraica hêlîl (como era chamado o planeta Vênus)
Daí para associar Lúcifer aos anjos caídos foi um passo.
Ele também foi associado a Samael (o anjo da morte, adversário de Michael), marido de Lilith e líder dos anjos que foram banidos.
A Igreja Católica Apostólica Romana fez um grande esforço para espalhar pelo mundo esta ideia de inferno, divulgando com toda força pinturas e histórias trevosas, causando medo e espalhando o terror por todos os lugares onde conseguissem chegar .
A divulgação do inferno e da idéia do castigo eterno foram muito mais divulgados do que qualquer outro conceito adotado por ela.
Quem não obedecesse sem questionar TODAS as ordens da igreja, seria condenado em vida a morrer de alguma forma chocante (para servir como exemplo) e condenado em morte a passar o resto da eternidade queimando nos quintos dos infernos.
Fizeram um ótimo trabalho de propaganda e divulgação e até hoje este lugar provoca calafrios em quem acredita.
Quando estudamos as Egrégoras, criações de formas-pensamento á respeito do inferno, podem ser construídas e até mesmo cristalizadas.
Partindo deste princípio, algumas tradições acreditam que lugares parecidos com este conceito de inferno se cristalizaram no planos astrais mais próximos à crosta da Terra.
Supondo que uma só pessoa já é o suficiente para construir um templo astral e imaginando o número de pessoas que vem durante séculos pensando, temendo e visualizando o inferno,
podemos ter uma ideia do quanto a coisa pode ter sido cristalizada.
De acordo com essas tradições, algumas egrégoras formaram vários” infernos”, e todos são habitados principalmente por humanos “desencarnados”; no Espiritismo,por exemplo, estes lugares são conhecidos como Umbral.
Esses lugares de vibrações mais densas variam muito, pois nada mais são do que NÍVEIS CONSCIENCIAIS, então, seguindo a Lei de Causa e Efeito, cada um tem o inferno que merece.
Uma pessoa que passou a vida “temendo ou adorando o demônio” e acreditando mesmo na existência de um ” Paraíso e de um Inferno”, após desencarnar não se julgando merecedora do paraíso, acaba indo parar nestas zonas mais baixas, junto a outras pessoas com mesmas afinidades vibracionais e de pensamentos.
Ser merecedor de determinado inferno tem mais a ver com a sintonia vibracional do que com pecados, culpas e definições humanas do que é certo ou errado;Pela Lei de Causa e Efeito,
naturalmente uma pessoa que passou a vida causando problemas ás vidas de outrem, irá parar num lugar com vibrações semelhantes as que ele emanava e atraía.
O inferno é uma criação humana, sempre houve e sempre haverá um arquétipo que nos remeta a este lugar.
Diversas tradições do mundo trazem histórias e crenças a respeito de lugares que se assemelham ao inferno.
Os Demônios, diabos e Cia, também são criações humanas e todas essas coisas são figuras alegóricas que constelam nosso inconsciente coletivo, auxiliando a  involução da humanidade ao longo das eras.
A Igreja fez o favor de demonizar tudo o que fizesse parte das outras religiões, Baal, Baco, Belzebu, Cernunnos, Exú, Kali, Loki, Lúcifer, Tupã e tantos outros associando suas características e imagens à figuras do mal personificado.
Automaticamente, todos os que adoravam os deuses pagãos,
adoravam o Demônio.
E por conta disso muita gente foi assassinada em nome de um “Deus cheio de amor e misericórdia”.
O trabalho foi tão bem feito que isso continua até nos dias atuais.
Resumindo,o inferno é visto tanto em certas tradições gnósticas,
como nas mais ancestrais teologias hebraicas, como o «mundo espiritual», e não como o «inferno» que os padres Católico -Romanos “venderam” ao povo durante a Idade Média, apenas para o amedrontar e assim manter sob sua alçada, guiado pelo grilhões do medo.
Esta noção que a igreja católico – romana criou de um Inferno punitivo, assim como a criação imaginária de um «purgatório»,
serviram apenas para vender «bulas papais» e «perdões celestiais» ás classes mais altas da sociedade, enriquecendo assim os cofres do Vaticano de tal forma, que assim se edificou uma das mais invejáveis fortunas do mundo que ainda hoje existe.
A troco da salvação de uma alma, (para que ela não acabasse no inferno, ou para que ela saísse rapidamente do purgatório e fosse para o céu), a igreja católica vendia perdões papais que «limpavam» todos os pecados de uma alma.
Claro, fazia-o em troca de elevadas quantias de dinheiro, ou grandes doações de patrimônio.
Assim, se construiu a fortuna do Vaticano, sob a idéia da existência de um «inferno» punitivo que tanto assustou as pessoas e tanto dinheiro gerou aos cofres da igreja.
Esta noção de «inferno», foi a maior fonte de receitas financeiras da igreja, motivo pelo qual o Vaticano acumulou fortunas ao longo de séculos e séculos, tornando-se assim no mais rico estado do mundo.
No entanto, por muito lucrativa que essa noção de «inferno» seja para o catolicismo, a verdade é que não existe, é apenas uma invenção criada a partir do conceito hebraico de «sheol», que significa: túmulo, cova, sepultura, ou seja: apenas «mundo dos espíritos».
Segundo as noções místicas hebraicas mais ancestrais, o «sheol»,
é o lugar para onde as almas humanas, após a morte do corpo,
ingressam; ou seja, não existe uma noção de «inferno» punitivo neste conceito, mas antes a mera noção do «mundos dos mortos», ou o «mundo dos espíritos», onde aí vivem em espírito todos aqueles que “deixaram o corpo físico” e na verdade, não se trata de nenhum «inferno».
O INFERNO QUE NÓS CRIAMOS PARA NÓS MESMOS;NOSSOS MAUS HÁBITOS
A mudança em relação à Transição Planetária segue a lei da correspondência, fazendo com que as transformações sejam em todos os corpos.
O interno e o externo mudam.
Quem acha que está mudando mas não teve alteração alguma no corpo físico, de fato não está mudando.
Os corpos superiores de algumas pessoas estão mudando e precisarão de corpos inferiores que acompanhem esta mudança.
Na prática, isto se reflete na diminuição do consumo de álcool e o banimento do consumo de carne, pois a vibração do novo mundo e do novo homem não terá lugar para essas baixas vibrações
O Eu Interior do homem, mais consciente, bem sabe disto e está preparando os corpos materiais para que passem a se nutrir de outra forma, mais saudável.
As pessoas que se preparam para a evolução estão mais atentas ao seu Eu Interior, que vai naturalmente rejeitar o que não lhe faz bem.
A evolução da alma manifesta-se com a evolução do corpo físico e é uma via de mão dupla.
Assim como o consumo de álcool e de carne vem sendo diminuído progressivamente, para findar-se na completa eliminação ou sendo eliminado, há outros elementos materiais objetivos que refletem a preparação individual para o novo mundo.
As pessoas que habitam a Terra possuem vários níveis de evolução espiritual.
Todavia, dentre tantos níveis, tudo está sendo dividido bruscamente em dois níveis distintos: de um lado as pessoas que estão se preparando e já estão prontas para um novo mundo e do outro as pessoas que não estão se preparando, não estão prontas, não querem se preparar e insistem em não evoluir.
A Terra, dotada de uma consciência inteligente e de Vontade própria, deseja evoluir e seguindo a lei da afinidade, as pessoas que não quiserem se preparar e se adaptar á este novo mundo não encarnarão mais na Terra e passarão a encarnar em planetas que seguem o seu padrão vibratório, o da matéria densa e da densidade.
No que tange aos dois extremos dos níveis de evolução das pessoas na Terra, pode-se colocar em um ponto o materialismo e no outro extremo a espiritualidade.
O materialismo não é apenas o desejo de consumo, mas a afinidade excessiva com as coisas da matéria e da mente.
São as pessoas cujo objetivo de vida e que tudo que fazem, é voltado à matéria e ao Eu Exterior (aqui está o inferno criado por elas mesmas)
Estes dois pontos estão ficando cada vez mais distantes.
As pessoas voltadas à matéria e à mente estão cada vez mais voltadas à matéria e à mente e as pessoas voltadas à espiritualidade e à consciência, cada vez mais voltadas à espiritualidade e à consciência, já que tudo é uma questão de escolha individual.
Assim será cada vez mais, mostrando que há duas humanidades na Terra.
Duas humanidades dispostas a seguir caminhos diferentes e que naturalmente deverão habitar planetas diferentes, já que apenas uma poderá continuar na Terra, aquela que acompanhar a vibração do próprio planeta, através do processo de evolução do orbe terrestre ,estará no caminho da consciência, da conexão com o Eu Interior.
O novo mundo é para as pessoas que vivem para a evolução e para a conexão.
Esta é uma forma de consciência que foi trabalhada por séculos,
por várias vidas; as quais representam o tempo que foi dado para que todos evoluíssem e que está acabando.
Existem compreensões acerca da espiritualidade que já passaram da hora de ser compreendidas (céu, inferno, purgatório, dogma, religião institucionalizada,mitos e lendas para encobrir verdades, manipulações plantadas através dos séculos para controle,etc) e que não representam a preparação para o novo mundo. Ninguém é “espiritualizado” por acreditar em Deus,temer o inferno e o purgatório, acreditar em “penitências e punições divinas” e em tantos outros conhecimentos primitivos da espiritualidade.
Isso a humanidade teve milênios pra aprender e se quem ainda está neste nível de evolução não está preparado para o “algo a mais do Novo Mundo”, que será de abertura para evoluções e conexões do planeta Terra e da humanidade, muito menos está quem não alcançou estes conhecimentos primários.
Como são as pessoas que fazem o lugar que habitam (Céu e Inferno particulares) e não existe mágica para transformar o interior de ninguém, não haveria evolução da humanidade e da Terra, se as mesmas pessoas, com os mesmos defeitos e a mesma insistência em não evoluir e em viver em razão da matéria continuassem a habitar o mesmo local e é por isso que nem todos vão acompanhar a Terra e a humanidade na Transição Planetária.
CONCLUSÃO 
O Inferno jamais é um local e, sim, a forma como o ser humano atua com sua mente e com as suas definições.
Nós criamos o nosso estado de inferno com a maneira pela qual encaramos as nossas dificuldades que, efetivamente, foram criadas por nós.
Transformar o inferno, um estado de consciência, como se fosse um local, é apenas para criar medo nas pessoas e quem tem medo está sob controle.
Se nós nos punirmos, castigar-­nos para conseguir alcançar um objetivo, nós estaremos criando o nosso inferno…
Não precisamos agir assim.
Assim, o inferno faz parte de nós e de como nos colocamos com relação ao momento, ao eventual problema e ao meio em que vivemos.
Sair dele depende também de nós, de nossa reação positiva.
Não é verdadeiro pensar que exista um comandante de nosso inferno, que não sejamos nós mesmos.
Quanto mais adestrada foi a pessoa, no seu processo de educação, mais fácil será para ela se encontrar no estado de inferno.
O adestrado é um medroso e quem tem este sentimento é uma presa fácil dos aproveitadores.
“Acredito que estou no inferno, portanto, estou nele”
*****************************************************Bibliografia para consulta
1-La Science de la Religion
Max Müller
2-Cânon e História Social
Frank Crusemann
3-Do Inferno
Allan More
4-Cristianismo e Paganismo-A conversão da Europa Ocidental
Jucelyn Nigel Hellgarth
5-Inferno
Dante Alighieri
6-Histoire Philosophique du Genre Humain
Fabre d’ Olivet
7-O Céu e o Inferno
Allan Kardec
8-Desvendando Inferno
Michael Hagg
9-Vestigés des Principaux Dogmes Chrétiéns
R.P. De Premare
10-Introduction de L’histoire des Religions
Theodore Robinson
Divulgação: A Luz é Invencível
https://portal2013br.wordpress.com/2015/03/28/mais-uma-crenca-limitante-inferno/

sábado, 7 de março de 2015

A CRENÇA NA ÉTICA E NA MORAL– A HIPOCRISIA DA SOCIEDADE E DAS EMOÇÕES CONDICIONADAS MAR 6 2015


A CRENÇA NA ÉTICA E NA MORAL
A HIPOCRISIA DA SOCIEDADE E DAS EMOÇÕES CONDICIONADAS
MAR 6 2015
Não deliberamos sobre as estações do ano, o movimento dos astros, a forma dos minerais ou dos vegetais.
Não deliberamos e nem decidimos sobre aquilo que é regido pela Natureza,
isto é, pela necessidade.
Mas deliberamos e decidimos sobre tudo aquilo que, para ser e acontecer,
depende de nossa vontade e de nossa ação.
Não deliberamos e não decidimos sobre o necessário, pois o necessário é o que é e o que será sempre, independentemente de nós.
Deliberamos e decidimos sobre o possível, isto é, sobre aquilo que pode ser ou deixar de ser, porque para ser e acontecer depende de nós, de nossa vontade e de nossa ação.
O Racionalismo Ètico não é a única concepção filosófica da moral
Uma outra concepção filosófica é conhecida como Emotivismo Ètico.
Para o emotivismo ético, o fundamento da vida moral não é a razão, mas a emoção.
Nossos sentimentos são causas das normas e dos valores éticos.
Inspirando-se em Rousseau, alguns emotivistas afirmam que a bondade natural de nossos sentimentos e de nossas paixões, são, por isso, a forma e o conteúdo da existência moral, como relação intersubjetiva e interpessoal.
Outros emotivistas salientam a utilidade dos sentimentos ou das emoções para nossa sobrevivência e para nossas relações com os outros, cabendo à ética orientar essa utilidade de modo a impedir a violência e garantir relações justas entre os seres humanos.
Há ainda uma outra concepção ética, francamente contrária à racionalista
(e, por isso, muitas vezes chamada de irracionalista), que contesta à razão, o poder e o direito de intervir sobre o desejo e as paixões, identificando a liberdade com a plena manifestação do desejante e do passional.
Essa concepção encontra-se em Friedrich Nietzsche e em vários filósofos contemporâneos.
Embora com variantes, essa concepção filosófica pode ser resumida nos seguintes pontos principais, tendo como referência a obra nietzscheana.
Vejamos a genealogia da moral:
– a moral racionalista foi erguida com finalidade repressora e não para garantir o exercício da liberdade;
– a moral racionalista transformou tudo o que é natural e espontâneo nos seres humanos em vício, falta, culpa, e impôs a eles, com os nomes de virtude e dever, tudo o que oprime a natureza humana;
– paixões, desejos e vontade referem-se à vida e à expansão de nossa força vital, portanto, não se referem, espontaneamente, ao bem e ao mal, pois estes são uma invenção da moral racionalista;
- a moral racionalista foi inventada pelos fracos para controlar e dominar os fortes, cujos desejos, paixões e vontade afirmam a vida, mesmo na crueldade e na agressividade.
Exemplificando melhor, imaginemos um homem tentando proteger sua família da violência urbana, ou uma mãe protegendo seus filhos de algum agressor?
Poderemos chamar isso de crueldade ou julgá-los por um ato agressivo e mau?
Isso não é uma forma também de afirmar a vida, garantindo direito á ela á todos os agredidos?
Esse ato, também é um ato de força.
Por medo da força vital dos fortes, os fracos condenaram paixões e desejos,
submeteram a vontade à razão, inventaram o dever e impuseram castigos para os transgressores;
-transgredir normas e regras estabelecidas é a verdadeira expressão da liberdade e somente os fortes são capazes dessa ousadia.
Para disciplinar e dobrar a vontade dos fortes, a moral racionalista, inventada pelos fracos, transformou a transgressão em falta, culpa e castigo;
– a força vital se manifesta como saúde do corpo e da alma, como força da imaginação criadora.
Por isso, os fortes (de caráter e espírito) desconhecem angústia, medo,
remorso, falsa humildade, inveja.
A moral dos fracos, porém, é atitude preconceituosa e covarde dos que temem a saúde e a vida, invejam os fortes e procuram, pela mortificação do corpo e pelo sacrifício do espírito, vingar-se da força vital;
– a moral dos fracos é produto do ressentimento, que odeia e teme a vida, envenenando-a com a culpa e o pecado, voltando contra si mesma o ódio à vida;
– a moral dos ressentidos, baseada no medo e no ódio à vida (às paixões, aos desejos, à vontade forte), inventa,interesseiramente(não para dar um alento espiritual,mas para tirar proveito), uma outra vida, futura, eterna, incorpórea, que será dada como “recompensa” aos que sacrificarem seus impulsos vitais e aceitarem os valores dos fracos;
– a sociedade, governada por fracos hipócritas, impõe aos fortes modelos éticos que os enfraqueçam e os tornem prisioneiros dóceis da hipocrisia da moral vigente;
– é preciso manter os fracos, dizendo-lhes que o bem (o que a sociedade caracteriza como bem para ela) é tudo o que fortalece o desejo da vida e o mal tudo o que é contrário a esse desejo, (a eterna manipulação destes conceitos bem e mal)
No caso específico da ética, estudando a psicanálise, ela mostrou que uma das fontes dos sofrimentos psíquicos, causa de doenças e de perturbações mentais e físicas, é o rigor excessivo do Superego, ou seja, de uma moralidade rígida,
que produz um ideal do Ego (valores e fins éticos) irrealizável, torturando psiquicamente aqueles que não conseguem alcançá-lo, por terem sido educados na crença de que esse ideal seria realizável.
Quando uma sociedade reprime os desejos inconscientes de tal modo que não possam encontrar meios imaginários e simbólicos de expressão, quando os censura e condena de tal forma que nunca possam manifestar-se, prepara o caminho para duas alternativas igualmente distantes da ética: ou a transgressão violenta de seus valores pelos sujeitos reprimidos, ou a resignação passiva de uma coletividade neurótica, que confunde neurose e moralidade.
Em outras palavras, em lugar de ética, há violência; por um lado, violência da sociedade, que exige dos sujeitos, padrões de conduta impossíveis de serem realizados e, por outro lado, violência dos sujeitos contra a sociedade, pois somente transgredindo e desprezando os valores estabelecidos poderão sobreviver.
Em suma, sem uma educação para uma sexualidade saudável, não há sociedade nem ética, mas a excessiva repressão da sexualidade destruirá,
primeiro, a ética e, depois, a sociedade.
O que a Psicanálise propõe é uma nova visão social que harmonize, tanto quanto for possível, os desejos inconscientes, as formas de satisfazê-los e a vida social.
Essa visão, evidentemente, só pode ser realizada pela consciência e pela vontade livre, de sorte que a psicanálise procura fortalecê-las como instâncias moderadoras do Id e Superego
Somos éticamente livres e responsáveis, não porque possamos fazer tudo quanto queiramos, nem porque queiramos tudo quanto possamos fazer, mas porque aprendemos a discriminar as fronteiras , tendo como critério ideal a ausência da violência interna e externa.
Toda cultura e cada sociedade institui uma” moral”, isto é, valores concernentes ao bem e ao mal, ao permitido e ao proibido, e à conduta correta, válidos para todos os seus membros (?).
Culturas e sociedades fortemente hierarquizadas e com diferenças muito profundas de castas ou de classes podem até mesmo possuir várias morais, cada uma delas referida aos valores de uma casta ou de uma classe social (!)
Nossos sentimentos, nossas condutas, nossas ações e nossos comportamentos são modelados pelas condições em que vivemos (família, classe e grupo social, escola, religião, trabalho, circunstâncias políticas, etc.)
Somos formados pelos costumes de nossa sociedade, que nos educa para respeitarmos e reproduzirmos os valores propostos por ela como bons e, portanto, como obrigações e deveres (?)
Dessa maneira, valores e maneiras parecem existir por si e em si mesmos, parecem ser naturais e intemporais, fatos ou dados com os quais nos relacionamos desde o nosso nascimento: somos recompensados quando os seguimos, punidos quando os transgredimos.(!)
Os costumes, porque são anteriores ao nosso nascimento e formam o tecido da sociedade em que vivemos, são considerados inquestionáveis e quase sagrados (as religiões tendem a mostrá-los como tendo sido ordenados pelos deuses,na origem dos tempos).
Ora, a palavra costume se diz, em grego, ethos – donde, ética – e, em latim,
mores – donde, moral.
Em outras palavras, ética e moral referem-se ao conjunto de costumes tradicionais de uma sociedade e que, como tais, “são considerados valores e obrigações para a conduta de seus membros”.
Se agora, tomarmos como referência um filósofo do século XVII, Espinosa, veremos o quadro alterar-se profundamente.
Para Espinosa, somos seres naturalmente passionais, porque sofremos a ação de causas exteriores a nós.
Em outras palavras, ser passional é ser passivo, deixando-se dominar e/ou conduzir por forças exteriores ao nosso corpo e à nossa alma,nem sempre ruins, nem sempre perfeitas.
Ora, por natureza, vivemos rodeados por outros seres, mais fortes do que nós, que agem sobre nós.
Por isso, as paixões não são boas nem más:
SÃO NATURAIS.
Três são as paixões originais: alegria, tristeza e desejo.
As demais derivam-se destas.
Assim, da alegria nascem o amor, a devoção, a esperança, a segurança, o contentamento, a misericórdia, a glória; da tristeza surgem o ódio, a inveja, o orgulho, o falso arrependimento, a falsa modéstia, o medo, o desespero, o falso pudor; do desejo puro e sincero provém a gratidão, a positividade,o amor verdadeiro e a paixão, na acepção mais sublime da palavra;da paixão pelos instintos mais baixos, advém o sexo em sua forma mais inferior e todos os vícios que corrompem e degradam o ser humano.
Uma paixão triste é aquela que diminui a capacidade de ser e agir de nosso corpo e de nossa alma; ao contrário, uma paixão alegre aumenta a capacidade de existir e agir de nosso corpo e de nossa alma.
No caso do desejo, podemos ter paixões tristes (como a crueldade, a ambição, a avareza) ou alegres (como a gratidão e a ousadia).
Egoísmo, agressividade, avareza, busca ilimitada de prazeres corporais,
sexualidade sem freios, mentira, hipocrisia, má-fé, desejo de posse (tanto de coisas como de pessoas), ambição desmedida, crueldade, medo, covardia, preguiça, ódio, impulsos assassinos, desprezo pela vida e pelos sentimentos alheios são algumas das muitas paixões que nos tornam incapazes de relações decentes e dignas com os outros e conosco mesmo.
Quando cedemos a elas, perdemos o autocontrole e deixamos de vivenciar as coisas reais, para viver de ilusões.
A ética apresenta-se, assim, como trabalho da inteligência e/ou da vontade para dominar e controlar essas paixões.
O desejo é paixão.
A vontade, decisão.
O desejo nasce da imaginação.
A vontade se articula à reflexão.
O desejo não suporta o tempo, ou seja, desejar é querer a satisfação imediata e o prazer imediato.
A vontade, ao contrário, realiza-se no tempo; o esforço e a ponderação trabalham com a relação entre meios e fins e aceitam a demora da satisfação.
Mas é o desejo que oferece à vontade os motivos interiores e os fins exteriores da ação.
À vontade cabe a educação da qualidade do desejo.
Na concepção intelectualista, a inteligência orienta a vontade para que esta eduque o desejo.
Na concepção voluntarista, a vontade boa tem o poder de educar o desejo,
enquanto a vontade baseada em falsos valores submete-se a ele e pode, em muitos casos, pervertê-lo.
A ÉTICA E O AMOR NOS RELACIONAMENTOS AFETIVOS
As relações humanas têm como pacto principal o Amor.
Seja este Amor filial, fraternal, parental ou carnal.
É o amor que aproxima as pessoas.
A aceitação e a admiração são expressões deste Amor.
Quando nos sentimos aceitos e admirados por alguém, nos sentimos amados e quando ainda por cima isso é recíproco, mais do que nunca queremos manter esta relação.
O grande problema é que só amor (o que já não é pouco numa relação) não basta, porque em nome deste amor que é dado, muitas vezes são exigidas coisas que não são do direito e nem legitimadas pelo Amor.
Percebemos as invasões dos espaços do outro em nome do Amor, sentimos o desrespeito em nome deste Amor.
Portanto, além de Amor, uma relação não sobrevive sem o Respeito.
É fundamental respeitar a individualidade do outro, bem como nos respeitar;
respeitar nossa individualidade na relação com o outro.
Outro ingrediente imprescindível em qualquer relação é a Confiança.
Sem confiança não investimos, não nos envolvemos e não nos entregamos em nada.
Sem confiança a relação fica estabelecida na superficialidade, sem nunca saber, realmente, com quem estamos e quem está conosco não sabe, de verdade, quem somos.
Mas, para que haja respeito e confiança numa relação é absolutamente fundamental que haja Educação.
E o que é Educação?
Eu chamo de se ter Educação quando a pessoa tem um mínimo de consciência de seus limites – direitos e deveres ­ enquanto indivíduo, em toda e qualquer situação de vida – ou seja, noções básicas de ética.
Hoje é justamente pela deficiência de parâmetros claros e definidos de tais limites, que as pessoas estão muito mais autocentradas em suas próprias necessidades.
Não estão conseguindo pensar no outro, nas necessidades do outro e,
consequentemente, não confiam que o outro genuinamente possa fazê-­lo também.
Estão todos vivendo pelo princípio do prazer, como diria Freud; porque lidar com a realidade realmente não é fácil.
As pessoas querem ter tudo, mas não querem dar nada: querem viver e experimentar tudo o que a vida se lhes apresenta, mas não querem assumir nenhum compromisso e responsabilidade sobre isso, como qualquer adulto saudável faria. Isto é princípio do prazer.
Viver o bem bom da vida sem qualquer comprometimento de sua parte
Está faltando – coletivamente – maturidade para viver a vida realisticamente.
Falta o desenvolvimento de valores verdadeiros e éticos na relação com a vida e, consequentemente, na relação com as pessoas.
ENTÃO, VAMOS NOS QUESTIONAR MAIS?
Para aqueles que ainda vivem em total inconsciência, é praticamente impossível perceber quem verdadeiramente são, do que e do que necessitam para serem felizes.
Para eles, a vida se resume em seguir uma direção que lhes foi determinada,
inicialmente pela família e, mais tarde, pela sociedade.
Eles seguem a trilha sem jamais questionar o porquê dela não os estar levando na direção da felicidade.
Nunca se perguntam sobre as razões desta discrepância.
E, a menos que algum acontecimento verdadeiramente devastador lhes aconteça, continuarão a interpretar seu velho papel, até o final da vida.
Alguns, após vivenciarem uma experiência que lhes retire toda a base de segurança que acreditavam possuir, começam lentamente a desconfiar de que existe algo errado com suas convicções.
Descobrem que elas já não servem para fazê-los voltar à antiga situação de conforto, quando a ilusão e a inconsciência predominavam.
Embora este seja um processo extremamente doloroso, ele é, ao mesmo tempo, muito libertador.
Pois, a partir daí, se torna possível que comecem a busca, aquela que os levará ao encontro de sua verdade mais profunda.
Quando passamos a questionar quem de fato somos,no que acreditamos,como reagimos aos acontecimentos de nossa vida de verdade e não pela cabeça dos outros, estas perguntas se tornam a base para toda e qualquer diretriz que possamos dar à nossa vida.
Crenças e valores arraigados caem por terra, deixando-nos com um vazio,
que aos poucos passa a ser preenchido por nossas verdadeiras necessidades,
aquelas que emergem do ser real, e não mais daquele que foi moldado para adaptar-­se convenientemente aos valores do mundo.
A viagem se torna cada vez mais perigosa, pois exigirá de nós coragem,
determinação e um desejo profundo de ir ainda mais fundo nesta descoberta
Entretanto, voltar atrás se torna impossível, pois o novo ser que acabamos de conhecer, jamais se moldará novamente à máscara que nos ensinaram a usar para ocultá-­lo.
Deixamos aos leitores uma reflexão sobre esses conceitos,reafirmando a necessidade de cada um de reavaliar suas crenças, suas atitudes e valores de vida em sociedade, em família, na vida particular e em todos os relacionamentos afetivos.
O objetivo desta série é o despertar de cada um, de acordo com os valores adotados pelo nível consciencial em que cada um está, que não é necessariamente o que a sociedade espera e prega.
O importante é a liberdade de escolha com responsabilidade pelos atos cometidos, pelas atitudes tomadas, pelas vontades,pelos desejos e pelas paixões de cada um.
**********************************************************************************************
A moralidade se preocupa com ideais ­ como você deveria ser, o que você deveria ser.
Portanto, moralidade é basicamente condenação.
Você nunca é o ideal, então, você está condenado. Toda moralidade é criadora de culpa.
Você pode nunca tornar-­se o ideal; você está sempre ficando para trás.
A distância estará sempre lá, ­ porque o ideal é o impossível; e através da moralidade se torna mais impossível.
~OSHO
Nota;
A imagem refere-se á passeata em Paris pelos líderes do G1, em apoio ás vítimas do atentado ao jornal satírico francês Charlie Hebdo.
Como dizia Jean-Paul Sartre;
Pour connaître les hommes,il est essentiel de les voir acte”
(Para conhecer os homens, torna-se indispensável vê-los agir).
E “Vive La Hypocrisie”.
******************************************************************************************
Bibliografia para consulta
Ètica e Consciência Moral na Psicanálise
Camila Junqueira
Moral e Ètica-Dimensões Intelectuais e Afetivas
Yves de La Taille
Ètica, Direito , Moral e Religião no Mundo
Fábio Konder Comparato
Além do Bem e do Mal
Friedrich Nietzsche
Divulgação: A Luz é Invencível
https://portal2013br.wordpress.com/2015/03/06/a-crenca-na-etica-e-na-moral-a-hipocrisia-da-sociedade-e-das-emocoes-condicionadas/
Related Posts with Thumbnails

Arquivo do blog

Marcadores

11 11 ( 9 ) 2011 ( 11 ) 2012 ( 107 ) 2013 ( 23 ) 2014 ( 25 ) 2015 ( 10 ) 2016 ( 5 ) 2017 ( 6 ) A ARCA DA ALIANÇA ( 3 ) A CHAVE DE HIRAM ( 2 ) A EQUIPE ( 36 ) A ESFINGE ( 27 ) A FONTE ( 28 ) A GRANDE INVOCAÇAO ( 3 ) A PEDRA FALA ( 3 ) ABANDONO A LUZ ( 9 ) ABDRUSCHIN ( 1 ) ABDUÇÃO ( 46 ) ABRAHAM ( 61 ) ABRAN LINCOLN ( 2 ) ABUDÇÃO ( 3 ) ACARTIANOS ( 1 ) ADAMA DE TELOS ( 39 ) ADAMU ( 2 ) ADAMUS SAINT GERMAIN ( 128 ) AELOLIAH ( 1 ) AEOLUS ( 2 ) AGAMENON ( 2 ) AGARTHIANOS ( 19 ) AGRADECIMENTOS ( 2 ) AGRICULTURA NATURAL ( 1 ) AGUIAS DOURADAS ( 1 ) AIR ( 1 ) AISHA NORTH ( 16 ) AIVANHOV ( 9 ) ALBARAN ( 2 ) ALCIONE ( 4 ) ALCORÃO ( 1 ) ALDOMON FERREIRA ( 1 ) ALDOUS HUXLEY ( 1 ) ALERTAS ( 6 ) ALEX COLLIER ( 9 ) ALEXANDRA MEADORS ( 2 ) ALEXIS ( 18 ) ALFA CENTAURO ( 3 ) ALFA E OMEGA ( 3 ) ALIANÇA DAS ESFERAS ( 1 ) ALIMENTAÇAO ( 8 ) ALMA GEMEA ( 4 ) ALONGAMENTOS ( 1 ) ALTARAEL ( 2 ) AMIT GOSWAMI ( 4 ) AMPARADORES ( 1 ) ANCIÃO DOS DIAS ( 1 ) ANDREW CARLSSIN ( 1 ) ANDROMEDA ( 109 ) ANGELUS ( 1 ) ANJO CAMAEL ( 2 ) ANJO SITAEL ( 1 ) ANJOS ( 187 ) ANO NOVO ( 4 ) ANÔNIMOS ( 1 ) ANTAKARANA ( 3 ) ANTARES ( 12 ) ANTENA PROTEÇÃO ( 1 ) ANTHAR - Eterno Agora ( 147 ) ANTHRATHON ( 10 ) ANUNNAKI ( 21 ) APOMETRIA ( 1 ) AQUECIMENTO GLOBAL ( 13 ) AQUIFERO ( 1 ) ARCA DE NOE ( 1 ) ARCANJO ALARIEL ( 1 ) ARCANJO ANAEL ( 74 ) ARCANJO ARCAHNEL ( 1 ) ARCANJO ARIEL ( 6 ) ARCANJO AZRAEL ( 4 ) ARCANJO CASSIEL ( 1 ) ARCANJO EZEQUIEL ( 1 ) ARCANJO GABRIEL ( 191 ) ARCANJO HANIEL ( 1 ) ARCANJO INDRIEL ( 1 ) ARCANJO ISMAEL ( 1 ) ARCANJO JOFIEL ( 12 ) ARCANJO LUCIFER ( 12 ) ARCANJO MIGUEL ( 804 ) ARCANJO RAFAEL ( 38 ) ARCANJO RAGUEL ( 1 ) ARCANJO SAMAEL ( 1 ) ARCANJO SAMUEL ( 3 ) ARCANJO SANDALFON ( 9 ) ARCANJO TZADKIER ( 1 ) ARCANJO URIEL ( 91 ) ARCANJO ZADKIEL ( 19 ) ARCONTES ( 8 ) ARCTURIANOS ( 658 ) ARQUELLE ( 1 ) ARTE ( 1 ) ARTHRATHON - Pedro ( 12 ) ARTIGOS ( 3 ) ARTUR BERLET ( 1 ) AS CORES EM NOSSO CEREBRO ( 1 ) ASCENÇÃO ( 169 ) ASHLOM ( 1 ) ASSASSI ( 1 ) ASTEROIDES ( 1 ) ASTHAR SHERAN ( 598 ) ASTROLOGIA ( 21 ) ATLANTIDA ( 15 ) AUDIOTECA ( 2 ) AURA ( 4 ) AURITHIEN ( 8 ) AURORA ( 2 ) AUTO AJUDA ( 76 ) AUTO CONHECIMENTO ( 217 ) AUTRES DIMENSIONS ( 10 ) AVATARES ( 2 ) AVISO ( 1 ) AVISOS ( 27 ) AYAM (EU SOU) ( 7 ) AYRTON SENNA ( 1 ) AYTON SENA ( 1 ) AYURVEDA ( 1 ) AZAZEL ( 2 ) BANHOS ( 1 ) BARACK OBAMA ( 2 ) BARBARA MARCINIANIK ( 2 ) BARREIRA DE FREQUENCIA ( 3 ) BASHAR ( 17 ) BENJAMIN FULFORD ( 206 ) BETELGEUSE ( 3 ) BIDI ( 48 ) BILL WOOD ( 4 ) BLOG SOS ( 4 ) BLOSSON FED DA LUZ ( 153 ) BLUE BEAM ( 12 ) BOB DEAN ( 5 ) BOB LAZAR ( 1 ) BORIS PETROVIC ( 2 ) BORISKA ( 1 ) BOSON DE HIGGS ( 1 ) BRASIL ( 79 ) BRIAN WEISS - REGRESSÃO ( 1 ) BRIC ( 1 ) BURACO NEGRO ( 3 ) CABALLA ( 4 ) CALUNGA ( 4 ) CAMPO MAGNETICO ( 1 ) CANALIZAÇAO ( 30 ) CARL SAGAN ( 1 ) CARLOS PAZ WELLS ( 2 ) CARLOS TORRES A LEI DA ATRAÇÃO ( 3 ) CARLOS VEREZA ( 1 ) CARMA ( 1 ) CARNAVAL ( 4 ) CARTA ABERTA ( 2 ) celebração ( 1 ) CELENA AZUL ( 1 ) CELIA FENN ( 1 ) CENTROS PLANETARIOS ( 1 ) CEPHEUS ( 3 ) CEREBRO CORAÇAO ( 2 ) CERN ( 11 ) CETACEOS ( 1 ) CHAKRAS ( 27 ) CHAMA TRINA ( 2 ) CHAMA VERDE LIMAO ( 1 ) CHAMA VIOLETA ( 11 ) CHAMADO MITICO ( 2 ) CHAVES ENOCH ( 8 ) CHENTRAILS ( 13 ) CHICO XAVIER ( 26 ) CHRISTINE DAY ( 6 ) CICLO LUNAR ( 1 ) CIDADES LUZ ( 2 ) CIENCIA ( 128 ) CINEMA METAFISICO ( 19 ) CINTURÃO FOTON ( 39 ) CIRCULO CARMESIN ( 8 ) CIRCULO DOS SETE ( 3 ) CITAÇÕES ( 1 ) CLONES ( 2 ) CMTE ASHENER ( 1 ) CO CRIAR ( 11 ) COBRA ( 356 ) CODEX ( 2 ) CODIGO CHAVE ( 3 ) CODIGO PURIFICAÇAO ( 2 ) CODIGOS DE CURA ( 2 ) COLETANEA ( 30 ) COLONIA NOSSO LAR ( 3 ) COMANDNDANTE SHARMAN ( 1 ) COMANDO ESAKA ( 1 ) COMANDO ESTELAR ( 15 ) COMENTARIOS ( 2 ) COMETA ( 104 ) COMUNICADO ( 4 ) CONFEDERAÇAO ( 33 ) CONS DOS 12 ( 28 ) CONSCIENCIA ( 73 ) CONSELHO DE LUZ ( 21 ) CONSELHO ELOHINS ( 3 ) CONSELHO PLEIDIANO ( 12 ) CONSTELAÇÃO DE AQUÁRIOS ( 1 ) CONSTELAÇÃO DE PÉGASUS ( 1 ) CONSTELAÇÃO OFIUCO ( 1 ) CONTADOR ( 1 ) CONTROLE DA MENTE ( 2 ) CONVERGENCIA 1987 ( 5 ) CONVITE ( 3 ) COSMÒSIS ( 1 ) CRENÇAS ( 5 ) CRIANÇA INTERNA ( 2 ) CRISTAIS ( 18 ) CRISTINA CAIRO ( 1 ) CRISTO MIGUEL ( 112 ) CROP CIRCLE ( 69 ) CRUZ COSMICA ( 2 ) CRUZES MUTAVEIS ( 1 ) CULTURA INDIGENA ( 6 ) CURA ( 80 ) CURSO EM MILAGRES ( 2 ) DA VINCI ( 1 ) DALLA BLOG ( 21 ) DAVID ICKE ( 21 ) DAVID WILCOCK ( 19 ) DECRETOS ( 30 ) DEMOCRACIA ( 1 ) DEUS ( 56 ) DEUSA ( 5 ) DEUSA CRIAÇAO ( 2 ) DEUSA ISIS ( 26 ) DEUSA SOLAR ( 4 ) DEVAS ( 3 ) DIA DA PAZ ( 6 ) DIA DO TRABALHO ( 1 ) DIA DOS PAIS ( 1 ) DIÁLOGOS ( 2 ) DIANA COOPER ( 1 ) DICAS ( 2 ) DICLOSURE PROJECT ( 9 ) DIMENSÕES ( 69 ) DIREITOS AUTORAIS GOOGLE BRASIL ( 1 ) DIREITOS E CONSTITUIÇÃO ( 1 ) DISCERNIMENTO ( 2 ) DIVINA PRESENÇA ( 6 ) DIZIMO ( 1 ) DJWHAL KHUL ( 5 ) DNA ( 55 ) DOCUMENTARIO ( 17 ) DOLORES CANNON ( 4 ) DR WAYNE W DYER ( 1 ) DRACONIANOS ( 3 ) DRAGÕES DE LUZ ( 1 ) DROGAS ( 15 ) DRONES ( 2 ) DRUNVALO ( 15 ) DUENDES ( 1 ) E Q M (Exp quase morte) ( 8 ) EBOLA ( 1 ) ECKHART TOLLE ( 10 ) ECLIPSE ( 46 ) EDGAR CAYCE ( 4 ) EDUCAÇÃO ( 11 ) EFC EXPERIENCIA FORA DO CORPO ( 2 ) EFRAIM ( 1 ) EINSTEIN ( 3 ) EIXO DA TERRA ( 4 ) ELEIÇOES ( 7 ) ELEMENTAIS ( 25 ) ELETROMAGNETISMO ( 1 ) ELIAS PROFETA ( 1 ) ELIIDA ( 2 ) ELIPHAS LEVI ( 1 ) ELOHIM ( 72 ) ELORYON SENHOR DA LUZ ( 1 ) EMMANUEL ( 80 ) ENERGIA ( 162 ) ENKI DE NIBIRU ( 1 ) Entretenimento ( 5 ) EQUINOCIO ( 2 ) ERA DE CRISTAL ( 5 ) ERGOM ( 4 ) ERIK VON DANIKEN ( 1 ) EROS ( 1 ) ESCOLA DE MENSAGEIROS ( 2 ) ESFERAS ( 1 ) ESPERANÇA ABUNDANTE ( 31 ) ESPIRITISMO ( 79 ) ESSENIOS ( 2 ) ESTAÇÃO ASGARDIA ( 2 ) ESTRELA DE ALDEBARAN ( 1 ) ESTRELA DE SIRIUS ( 4 ) ESTUDOS ( 1 ) ESU ( 20 ) ETEREO ( 1 ) ETS ( 3 ) EU SOU ( 12 ) EU SUPERIOR ( 51 ) EVACUAÇAO ( 2 ) EVANGELHO S JOAO ( 1 ) EVENTOS ( 26 ) Exercicios ( 30 ) EXILADOS NA TERRA ( 2 ) EXTRATERRESTRE ( 743 ) extratos ( 5 ) FADA ( 3 ) FAMILIA UNIVERSAL ( 9 ) FEDERAÇAO DA LUZ ( 28 ) FEDERAÇAO GALÁCTICA ( 317 ) FELINOS ( 5 ) FEMA ( 1 ) FENIX ( 1 ) FENÔMENOS ( 4 ) FERNANDO H.CARDOSO ( 1 ) FERNANDO MALKUN ( 1 ) FERRAMENTAS ( 1 ) FILMES ( 38 ) FISICA QUANTICA ( 26 ) FONTE ( 6 ) FOTOS ( 1 ) FRANCISCO DE ASSIS ( 5 ) FRASES ( 5 ) FRATERNIDADE BRANCA ( 6 ) FRAUDES ( 1 ) FUKUSHIMA ( 2 ) FUNDAÇÃO KESHE ( 17 ) FURACÃO MATTHEW ( 1 ) GANDHI ( 3 ) GANIMEDES ( 3 ) GASPARETTO ( 7 ) GAUTAMA BUDA ( 4 ) GEMMA GALGANI ( 1 ) GENERAL UCHOA ( 3 ) GEO ENGENHARIA ( 3 ) GEOMETRIA SAGRADA ( 8 ) GEORGE GREEN ( 1 ) GESH ( 15 ) GHANDI ( 1 ) GIORDANO BRUNO ( 1 ) GLANDULA PINEAL ( 9 ) GLANDULA TIMO ( 1 ) GLOSSARIO ( 3 ) GLT GOVERNO DA LUZ ( 1 ) GOLFO ( 1 ) GOODETXSG/COREY ( 47 ) GRADE CRISTALINA ( 1 ) GRANDE SOL CENTRAL ( 1 ) GRANDULA PNEAL ( 5 ) GREG BRADEN ( 20 ) GRUPO 33 ( 1 ) GUARDIAO ( 2 ) GURU ( 1 ) HAJA LUZ ( 7 ) HATHORS ( 2 ) HATTON ( 9 ) HAYOT HA KODESH ( 1 ) HEBE CAMARGO ( 1 ) HELIO COUTO ( 4 ) HERCOLUBUS ( 47 ) HERMES TRIMEGISTRO ( 1 ) HIBRIDOS HUMANO ( 4 ) HIERARQUIAS ( 7 ) HILDEGARDE DE BINGEN ( 7 ) HINO BRASIL ( 1 ) HIPNOSE ( 3 ) HIRAM ( 2 ) HO OPONOPONO ( 4 ) HOLOGRAMAS ( 10 ) HOMENAGEM ( 1 ) HORÁRIO DE ALINHAMENTOS ( 30 ) HUMI ( 1 ) HUMOR ( 2 ) HUNA HAWAIANA ( 1 ) ILHAS CANÁRIAS ( 1 ) IMAGENS INCRIVEIS ( 1 ) IMAGENS MENTAIS ( 1 ) IMHOTEP ( 1 ) IMPESSOAL ( 1 ) IMPLANTES ( 20 ) INDIGOS ( 102 ) INFORMAÇÃO ( 481 ) INFORME MINTAKA ( 9 ) INTER DIMENSIONAL ( 6 ) INTRATERRENO ( 64 ) INVERSAO DOS POLOS ( 32 ) INVOCAÇAO ( 2 ) IRDIN ( 3 ) IRMANDADE DA LUZ ( 10 ) IRMAO K ( 7 ) ISHA ( 2 ) ISHTAR ANTARES ( 1 ) ISTWIL ( 3 ) J J BENITEZ ( 7 ) J.J.HURTAK ( 2 ) JARDINEIROS DO ESPAÇO ( 3 ) JFK ( 1 ) JOAHDI ( 2 ) JOHN F KENNEDY ( 2 ) JOHN TITOR ( 2 ) JOSE ARGUELLES ( 1 ) JOSHUA DAVID STONE ( 3 ) KARL MARX ( 1 ) KARMA ( 10 ) KARRAN ( 2 ) KAUNAS ( 1 ) KIRAEL ( 5 ) KORTON ( 1 ) KRIS WON ( 9 ) KRISHAMURTI ( 4 ) KRYON ( 611 ) KUAN YIN ( 13 ) KUMARA ( 3 ) KYMATICA - ASTROLOGIA ( 1 ) LADY ESPERANÇA ( 1 ) LADY MARY ( 1 ) LADY NADA ( 6 ) LADY VENUS ( 1 ) LAERCIO FONSECA ( 11 ) LAURA BOTELHO ( 203 ) LAYALIS JASTYF ( 1 ) LEA OS LOUCOS ESTELARES ( 2 ) LEI DE AÇÃO E REAÇÃO ( 1 ) LEI DO UM ( 2 ) LEIS ( 24 ) LEMBRETE ( 1 ) LEMNISCATA ( 1 ) LEMURIA ( 16 ) LEONARD NIMOY - SPOCK ( 1 ) LEONARDO BOFF ( 1 ) LINGUAGEM DA LUZ ( 2 ) LINHAS LEY ( 9 ) LIVRE ARBITRIO ( 9 ) LIVROS ( 101 ) LOGOS SOLAR ( 1 ) LORD MERLIM ( 5 ) LOUISE HAY ( 10 ) LUA ( 90 ) LUA CHEIA ( 12 ) LUA DE LUZ ( 6 ) LUXONIA ( 2 ) LUZ PLATINA ( 1 ) LUZDEGAIA ( 20 ) LUZIEL ( 8 ) MA ANANDA MOYI ( 3 ) MA MAHAGAURI ( 1 ) MADRE TEREZA ( 5 ) MAE DIVINA ( 39 ) MAE EUFROSINIA ( 1 ) MAE GAIA ( 116 ) MAE MARIA ( 315 ) MAGO LUA BRANCA ( 1 ) MAGOS NEGRO CAPELA ( 1 ) MAHA CHOHAN ( 12 ) MAHATMA ( 1 ) MAIAS ( 49 ) MAITREYA ( 9 ) MALDEK (TIAMATH) ( 2 ) MANDALAS ( 13 ) MANIFESTO ( 2 ) MANTRAS ( 18 ) MANUAL ( 16 ) MAPA ( 3 ) MAQUINA DO TEMPO ( 2 ) MARCHA 1 MILHÃO ( 5 ) MARIA MADALENA ( 15 ) MARIA RAIO X ( 1 ) MARIA SILVIA ORLOVAS ( 5 ) MARTE ( 84 ) MARTIN REES ( 1 ) MASAHARU TANIGUCHI ( 1 ) MASARO EMOTO ( 1 ) MASHUBI ROCHELL ( 1 ) MATER MAE ( 2 ) MATERIAS ( 65 ) MATIAS DE STEFANO ( 15 ) MATRIX ( 24 ) MATTHEWS ( 96 ) MAYTREIA ( 21 ) MEDICINA BIONERGÉTICA ( 1 ) MEDICINA CONVENCIONAL ( 1 ) MEDITAÇÃO ( 85 ) MEDIUNIDADE ( 2 ) MELQUISEDEQUE ( 64 ) MEMÓRIAS ( 3 ) MENSAGENS ( 20 ) MERKABA ( 5 ) MESTRA ASTREIA ( 1 ) MESTRA CRISTAL ( 2 ) MESTRA EGEIA ( 1 ) MESTRA NADA ( 26 ) MESTRA PORTIA ( 6 ) MESTRA ROWENA ( 11 ) MESTRA SAIDA KHATOON ( 25 ) MESTRE AFRA ( 1 ) MESTRE ALFAZEMA ( 1 ) MESTRE CARMI ( 1 ) MESTRE EL MORYA ( 47 ) MESTRE HILARION ( 70 ) MESTRE JESUS ( 536 ) MESTRE KHUTUMI ( 18 ) MESTRE LANTO ( 9 ) MESTRE PAULO VENEZIANO ( 3 ) MESTRE RAM ( 18 ) MESTRE SAINT GERMAIN ( 228 ) MESTRE SALONIS ( 1 ) MESTRE SANANDA ( 117 ) MESTRIA ARCANJO MIGUEL ( 1 ) METAFISICA ( 6 ) METRATON ( 390 ) MICHIO KAKU ( 1 ) MIKE QUINSEY ( 9 ) MINHA MESTRIA ( 7 ) MISSÃO RAHMA ( 1 ) MISSÃO TERRA ( 5 ) MIZ TLI TLAN ( 3 ) MOINTIAN ( 9 ) MONGE TIBETANO ( 1 ) MONJA COEN ( 2 ) MONJORONSON ( 7 ) montag ( 1 ) MONTAGUE KEEN ( 126 ) MOOJI ( 2 ) MORTE ( 9 ) MOTIVAÇÃO ( 1 ) MSTRE KUTHUMI ( 50 ) MUDANÇAS ( 7 ) MUDRA ( 2 ) MULTIMIDIMENSIONALIDADE ( 23 ) MUSICA ( 7 ) MYTHI ( 1 ) Nabara ( 1 ) NAMASTE ( 5 ) NANOTECNOLOGIA ( 3 ) NAPOLEON HILL ( 1 ) NASSIM HARAMEIN ( 21 ) NATAL ( 25 ) NAVE ALFA ( 32 ) NAVE AVALON ( 1 ) NAVE AZUL ( 8 ) NAVE MÃE ( 3 ) NAVE SHAN ( 2 ) NAVES ESPACIAIS ( 4 ) NEFILIM ( 1 ) NEPHILIM ( 1 ) NESARA ( 10 ) NEXUS ( 9 ) NIBIRU ( 80 ) NIKOLA TESLA ( 27 ) NIOBIO ( 4 ) NO YES ( 1 ) NODOS ( 2 ) NOM (Nova Ordem Mundial) ( 6 ) NOSSA SENHORA ( 2 ) NOSTRADAMUS ( 9 ) noticias ( 62 ) NOVA ERA ( 6 ) NOVA TERRA ( 62 ) NUMEROLOGIA ( 20 ) O COLETIVO ( 19 ) O CONSELHO ( 117 ) O CRIADOR ( 59 ) O EVANGELHO DE TOMÉ ( 2 ) O EVENTO BRASIL ( 1 ) O EVENTO... ( 5 ) O GRUPO ( 118 ) O M AVAINHOV ( 177 ) O MANTO ( 1 ) O MEDO ( 12 ) O OLHO ORUS ( 1 ) O PAI NOSSO ( 3 ) O PLANETA SHAN ( 5 ) O SEGREDO ( 1 ) O SILENCIO -SABEDORIA INDIGENA ( 1 ) O SOM ( 4 ) OBAMA ( 2 ) ONDA DE ASCENSÃO ( 7 ) ONDA GALACTICA ( 8 ) OPERAÇÃO PRATO - OVNIS ( 5 ) OPERAÇAO RESGATE ( 1 ) ORAÇAO ( 32 ) ORBES ( 4 ) ORIAH ( 1 ) ORION ( 78 ) ORIONIS ( 15 ) OS ALIADOS ( 12 ) OS ILUMINADOS ( 29 ) OS MESTRES ( 166 ) OSAMA BIN LADEN ( 1 ) OSHO ( 164 ) OSIRIS ( 2 ) OSNI - OBJETO SUBMARINHO NÃO IDENTIFICADO ( 2 ) OUSE ( 1 ) OVNIS ( 603 ) OWEN WATERS ( 122 ) OXALC ( 6 ) P`TAAH ( 2 ) PAI CRIADOR ( 5 ) PAI JOAO DE ANGOLA ( 1 ) PAI JOÃO DE ANGOLA ( 1 ) PAI JOAQUIM DE ARUANDA ( 2 ) PALESTRAS ( 1 ) PALLAS ATHENAS ( 17 ) PAPA FORCE ( 2 ) PAPA FRANCISCO ( 3 ) PAPA JOAO PAULO II ( 2 ) PARABOLAS ( 2 ) PARTICULAS DA FONTE ( 30 ) PASSES ( 1 ) PAUL LAUSSAC ( 1 ) PAULO COELHO ( 1 ) PAULO VENEZIANO ( 1 ) PAX ( 2 ) PEDRAS ( 1 ) PEDRO COELHO ( 1 ) PÉGASO ( 1 ) PENA BRANCA ( 4 ) PENTAGRAMA ( 1 ) PERGUNTAS E RESPOSTAS ( 6 ) PERIGEU ( 1 ) PERISPIRITO ( 2 ) PEROLAS ( 29 ) PETER DEUNOV ( 3 ) PETIÇÃO ( 12 ) PHILLIPE DE LYON ( 8 ) PIRAMIDES ( 5 ) PITAGORAS ( 1 ) PLANETA MALDEC ( 13 ) PLANETA X ( 18 ) PLANO ASTRAL ( 1 ) PLEIADES 1 ( 414 ) PLEIADES 2 ( 9 ) PLEIDIANOS ( 381 ) PODCAST ( 3 ) POESIAS ( 1 ) POLOS ( 14 ) PORTAL ( 185 ) PORTAL ALCIONE ( 2 ) PORTAL ULTRA ( 1 ) portal2013br ( 14 ) POSEIDON ( 2 ) POVO AZUL ( 11 ) PPS ( 1 ) PRESENÇA EU SOU ( 4 ) PREVISÕES ( 10 ) PRIMEIRO CONTATO ( 9 ) PROCYON ( 2 ) PROFECIAS ( 69 ) PROJEÇÃO ASTRAL ( 3 ) PROJETO HAARP ( 12 ) PROJETO MONTAUK ( 2 ) PROJETO PORTAL ( 1 ) PROJETO VENUS - BRASIL ( 1 ) PROJETOR ( 12 ) PROSPERIDADE ( 2 ) PROTOCOLOS ( 10 ) PSICOGRAFIA ALFRED SCHUTZ ( 1 ) PTAH ( 44 ) RAÇAS ESTELARES ( 6 ) RAELIANOS ( 1 ) RAIMBOW PHOENIX ( 2 ) RAINBOW PHOENIX ( 3 ) RAINHA ISABEL ( 2 ) RAIOS ( 16 ) RAMAATHIS MAM ( 3 ) RAMATAN ( 14 ) RAMATIS ( 21 ) RAMTHA ( 1 ) recado aos leitores ( 1 ) REDE MUNDIAL ( 3 ) REFLEXÕES ( 698 ) REGISTRO AKASHICOS ( 2 ) REIKI ( 4 ) RELATORIO ( 1 ) RELATOS ( 3 ) RELIGIAO X ESPIRITUALIDADE ( 18 ) RELOGIO COSMICO ( 1 ) REPTILIANOS ( 24 ) RESGATE ( 1 ) RESSONÃNCIA ( 11 ) RETIROS ETÉRICOS ( 1 ) Rev Mark Kimmel ( 12 ) REVELAÇAO ( 9 ) RICHARD DOLAN ( 1 ) RITUAL ( 2 ) ROBERTO RAPÉE ( 3 ) ROBERTO SHINYASHIKI ( 4 ) ROBO ( 1 ) ROBSON PINHEIRO ( 4 ) RODRIGO ROMO ( 74 ) ROMMANEL CRE"ATOR ( 1 ) RUMI ( 1 ) SABEDORIA DOS ANJOS ( 6 ) SAITHRHU ( 1 ) salmos ( 1 ) SALOMAO ( 12 ) SALTO QUANTICO ( 4 ) SALU SA DE SIRIUS ( 764 ) SAMANA ( 1 ) SANAT KUMARA ( 41 ) SANTIAGO O APOSTOLO ( 1 ) SAO CIPRIANO ( 1 ) SÃO JOSE ( 1 ) SARAH ( 3 ) SASHA ( 1 ) SATHYA SAI BABA ( 2 ) SATIA SAI BABA ( 2 ) SATSANG DO COLETIVO DO UM ( 16 ) SATYAPREM ( 1 ) SAUDAÇÕES DE ORION ( 2 ) SAUDE ( 25 ) SAUL ( 302 ) SELACIA ( 16 ) SEMENTE ESTELAR ( 38 ) SEMENTES DE SIRIUS ( 2 ) SENHORA SOL ( 9 ) SENHORES DO CARMA ( 2 ) SENSITIVO ( 1 ) SERAPHIN ( 7 ) SERAPHIS BEY ( 15 ) SEREIAS ( 2 ) SERES DE JUPITER ( 1 ) SERES DIMENSIONAIS ( 87 ) SERES OCS ( 2 ) SERETI ( 26 ) SERIE DE TEXTOS AD ( 20 ) SERITI ( 2 ) SETE SELOS ( 4 ) SHAKESPEARE WILLIAM ( 1 ) SHAMBALLA ( 5 ) SHANYA ( 1 ) SHAUMBRA ( 18 ) SHEKINAH ( 9 ) SHELDAN NIDLE ( 271 ) SHIMA ( 92 ) SHINKOLE ( 5 ) SHION DE ANTARES ( 2 ) SHOAM ( 1 ) SHOIM ( 6 ) SHTARRER ( 18 ) SHYLTON DIAS ( 4 ) SILO ( 1 ) SIMBOLOS ( 7 ) SINAIS ( 13 ) SINARQUIA ( 1 ) SINDROME DO PÂNICO X MEDIUNIDADE ( 1 ) SINKHOLE ( 1 ) SINTESE ( 74 ) SIRAYA ( 2 ) SIRIANOS ( 77 ) SIRIUS B ( 14 ) SISTEMAS ( 5 ) SITE ANJO DE LUZ ( 11 ) SNATAM KAUR ( 1 ) SNOW ( 8 ) SNOWDEN ( 4 ) SOL ( 113 ) SOLARA ( 4 ) SOLSTICIO ( 9 ) SOLTEC ( 1 ) SOM DO APOCALIPSE ( 4 ) SOMBRA ( 6 ) SONHOS ( 2 ) sons ( 28 ) SOREM ( 1 ) SRI AUROBINDO ( 33 ) STEVE BECKOW ( 23 ) STEVEN M GREER ( 2 ) SUSTENTABILIDADE ( 26 ) SVALI ( 1 ) TANIA RESENDE ( 4 ) TECNICAS ( 2 ) TECNOLOGIAS ( 13 ) TELECINESIA ( 1 ) TELEPATIA ( 21 ) TELESCOPIO HUBBLE ( 4 ) TELETRANSPORTE ( 19 ) TELLUS SHAMBALA ( 2 ) TEMPLARIOS ( 1 ) TEMPLO TELLES ( 1 ) TEMPO ( 3 ) TERCEIRA GUERRA ( 1 ) TERRA É PLANA ( 2 ) TERRA OCA ( 27 ) TERREMOTO ( 47 ) TEXTOS ( 5 ) THE CONTINUUM ( 7 ) THOT ( 3 ) TIPO SANGUINEO ( 1 ) TOBIAS ( 119 ) TOQUES DO CRIADOR ( 5 ) TRABALHADORES DA LUZ ( 45 ) TRANSHUMANISMO ( 1 ) TRANSICÃO PLANETARIA ( 378 ) TREINAMENTO ( 1 ) Tres dias Escuridão ( 11 ) TRIANGULO DAS BERMUDAS ( 2 ) TRIBO HOPI ( 3 ) TRIGUEIRINHO ( 42 ) TRILOGIA ( 2 ) TSE-BO-RAH ( 2 ) UCEM ( 1 ) UFOS ( 602 ) ULTRATERRESTRE ( 2 ) UM AMIGO ( 14 ) UMBANDA ( 36 ) UNICORNIO ( 1 ) UNTWINE ( 1 ) URANIANOS ( 3 ) URANTIA ( 26 ) UTE ( 33 ) UTILIDADE PÚBLICA ( 21 ) VEGA DE LIRA ( 24 ) VEGETARIANISMO ( 1 ) VELATROPA E YASMIM ( 4 ) VENUSIANOS ( 11 ) VIAGEM ASTRAL ( 7 ) VIAGEM DO TEMPO ( 3 ) VIAJANTE DO TEMPO ( 19 ) VIBRAÇÃO ( 27 ) VIDENTE ( 1 ) VIDEOS ( 55 ) VINICIUS E MARCIA DINIZ ( 33 ) VIRGIL ARMSTRONG ( 1 ) VIRUS ( 1 ) VIVENCIA ( 1 ) VIZUALIZAÇÃO ( 2 ) VORTICE-Pedro elias ( 1 ) VOZ ESPACIAL ( 2 ) VULCÕES ( 16 ) VYWAMUS ( 4 ) WAGNER BORGES ( 9 ) WALK-IN ( 25 ) WESAK ( 10 ) WILLIAN LEPAR ( 38 ) WORLD WIDE WEB WWW ( 1 ) WOYRAN ( 1 ) XAMÃ ( 6 ) YODS ( 1 ) YOGA ( 1 ) YOGANANDA ( 3 ) YOGI BABAJI ( 11 ) YRIS ( 2 ) YURI ( 2 ) ZECHARIA SITCHIN ( 1 ) ZEUS ( 1 ) ZIKA VIRUS ( 3 ) ZINAKEL ( 1 ) ZINGDAD ( 1 ) ZOOSH - ROBERT SHAPIRO ( 1 ) ZUMBI ( 1 )

COMUNICADO AOS SEGUIDORES DO BLOGER

ATENÇÃO LEITORES DO BLOG, MUDANÇAS A CAMINHO FEITAS PELO GOOGLE...

COMUNICADO

ATENÇÃO SEGUIDORES DO MEU BLOG..

SEGUNDA-FEIRA, 1 DE FEVEREIRO DE 2016

Tenho notado que o número de seguidores do blog vem diminuindo a cada dia, cheguei a pensar que pudesse ser um vírus, ou simplesmente um desinteresse em massa...

Nada disso.

Eis um trecho da nota postada no fórum deles:

"A partir do dia 11 de janeiro de 2016 não será mais possível seguir blogs com oGoogle Friend Connect usando oTwitter, Yahoo, Orkut ou outras contas do tipo OpenId.

Além disso, removeremos doGoogle Friend Connect os perfis de contas que não são do Google, então é possível que vocês notem uma queda no número de seguidores em seus blogs."

Infelizmente não sei quais seguidores"sumiram" do blog, mas caso você não tenha uma bendita conta no Google e ainda queira acompanhar o blog, a solução dada por eles é a seguinte:

Crie uma conta Google para acessar o Friend Connect e seguir o blog novamente com essa conta.

Se você tem um blog, saiba mais AQUI.

https://productforums.google.com/forum/#!msg/blogger-pt/gSORVR3q27w/sHDeNf7tCgAJ

CUIDADO COM OS FALSOS PROFETAS...

“Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem. Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. Por seus frutos os conhecereis. Porventura se colhem uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?"

Mateus 7:13-16

COMENTARIOS RECENTES

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

EU SOU O QUE EU SOU, DEUS “Ehyeh Asher Ehyeh” SO HAN

Minha foto
PARA AQUELES QUE QUEREM SE APROFUNDAR DE ONDE VEM, E PARA ONDE VAI...TEMAS RELACIONADOS A ESSA EXPECTATIVA..

Adamus Saint Germain

Adamus Saint Germain
Regente 7o.Raio-Era de Aquário

APELO A SAINT GERMAIN

Eu Invoco a Saint Germain para me ajudar a transmutar e requalificar todas energias densas que estejam em meu campo Aurico

Assim seja,

Amém....

Eu Sou um Ser de Fogo Violeta, Eu Sou a Pureza que Deus deseja...

TRADUÇÂO DO TEXTO DA FOTO

A LOVING FRIENDSHIP OF HEAVENLY ANGELS FROM GALACTIC CONFEDERATION OFF PLANETS WITH EARTHMEN IN A SPACE SHIP TRADUÇÃO GOOGLE

A AMIZADE AMOROSA DE HEAVENLY ANJOS DA CONFEDERAÇÃO GALACTIC PLANETAS FORA COM TERRÁQUEOS EM UMA NAVE ESPACIAL

SELAMAT GAJUN! SELAMAT JA!

(EM IDIOMA SÍRIUS:

SEJAM UM!SEJAM EM ALEGRIA!)

}(document, 'script', 'facebook-jssdk'));