DATA

Seja bem-vindo. Hoje é

POSTAGENS MAIS RECENTES

Seguidores

DEFINIÇÃO E NOME DO BLOGUE

SOMOS AS SEMENTES ESTELARES
Escolhi este nome para o blogger em virtude de ser uma pesquisadora de muitos anos sobre tudo que se relacione com o nosso planeta, sendo a maior parte fazendo pesquisas metafísicas. É de meu interesse indicar sites que ajudarão muitas pessoas a reavaliarem seus padrões de conhecimentos, seja no terreno cientifico e por que não dizer religioso também, pois num futuro não muito distante estes dois estarão se unindo... Aos queridos visitantes solicito visitarem os links de sites e blogues citados nas postagens, acredito que irão gostar muito!

quinta-feira, 28 de março de 2024

RELATÓRIO DA II VIVÊNCIA NÉVICA, ANO 2024

RELATÓRIO DA II VIVÊNCIA NÉVICA, ANO 2024 
QUARTA FEIRA 27 DE MARÇO DE 2024 
ANTES DE TUDO,

… observar essa misteriosa, porém bela imagem capturada pela câmera sensível da amada irmã sensitiva Tânia Campos.

Talvez seja a “bolha da quinta dimensão” manifestada ali no ambiente – o quintal da Neva – especialmente para a realização da II Vivência Névica, ano 2024.

Imagem do local da Vivência capturada por Tania Campos.

II VIVÊNCIA NÉVICA – ANO 2024

CRONOGRAMA VIVÊNCIA NÉVICA 10 E 11 DE FEVEREIRO – 2024

– O cronograma poderá sofrer alguma alteração sem aviso prévio a pedido dos mentores espirituais/Neva.

08h30 – Chegada e Confraternização

09h00 – Trabalho de defumação para limpeza, purificação e desobsessão, bem como alinhamento energético com ervas especiais.

09h15 – Avisos e Puxada de Forças/Canalização e Conversa com Neva

10h00 – Câmara Cura/Cristalina/Desobsessiva com Neva e acupuntura com Dra. Priscila

10h20 – Liberando todos das câmaras / caminhar silencioso

10h30 – Luís Fernando – A Raiva – Uma perspectiva da Sabedoria Oriental (60 min)

11h30 – Perguntas e Respostas com Neva

12h00 – Servir almoço – Confraternização – Intervalo

13h00 – Tainã

13h10 – Igor Morcazel (60 min)

14h15 – Receituário Névico no Consultório – Livre – Tour Loja/Espaço

15h15 – Preparada para a Caminhada até o Morro do Cristo. Saída às 15h30 em ponto.

(Roupas leves, tênis, bonés.

Se não conseguir aguentar muito a caminhada a pé ou se tiver algum problema de locomoção, veja se alguém vai de carro e oferece uma carona ou contate a equipe Sementes.)

16h30 – Lanche da tarde (30 min intervalo)

17h00 – Passe magnético com os Caboclos da Natureza com Neva – Tainã / Banho de Ervas após levarem o passe dos Caboclos.

17h30 – Hélita Carolina – Raiva – (60 min)

18h40 – Bênção dos Pretos Velhos (as) na Fogueira – (Neva)

19h30 – Matias Fernandes – Forças de Consagrações Xamânicas com a Medicina Sagrada do Cacau na Fogueira – Encerramento.

Após o trabalho das medicinas, serviremos Sopa/Caldo Jantar com torradas.

*******

Como era de se esperar, o cronograma da Vivência Névica foi cumprido de modo satisfatório, bem da forma como Neva ensina: disciplina e responsabilidade no cumprimento de horários.

Na chegada, já se iniciou com o ritual de defumação preparado e realizado pelo nosso xamã Matias Demaman, foto abaixo:

Ao chegar no local do evento – a casa de Nevinha – já se respira diferente.

O AMOR está no ar e vai, rapidamente, invadindo as nossas entranhas e elevando a vibração, especialmente neste dia em que até mesmo o ambiente está recebendo um tratamento sagrado.

A magia começa aí.

E é perceptível pela respiração do aroma das ervas de limpeza e purificação, com as energias xamânicas.

No quintal da casa, com as Sementes já no recinto, chega Neva com todo seu encantamento, graça e beleza para iniciar os trabalhos.

Dá os avisos gerais e dá o start com aquela sua poderosa Puxada de Forças que já conhecemos:

“JESUS DIVINO E AMADO MESTRE, FORÇA-LUZ QUE EMANA DE DEUS-PAI-MÃE-TODO-PODEROSO, NESTA HORA PRECISA, JESUS, DA MINHA VIDA, DAS NOSSAS VIDAS, AQUI ESTAMOS MAIS UMA VEZ, JESUS, QUERIDO, E NESTA HORA PRECISA VENHO INVOCAR AS FORÇAS LUMINOSAS PARA ASSISTÊNCIA DESTE TRABALHO DE HOJE. 

A PRESENÇA DE TODOS OS MENTORES E GUIAS DE TODA ALTA HIERARQUIA, JESUS, PARA DAR SUPORTE E AJUDAR ESSES TEUS FILHOS MISSIONÁRIOS A CAMINHO DE DEUS. 

VENHO REFORÇAR, JESUS, AMADO, O MEU JURAMENTO A TI DE SER A VERDADE, NADA MAIS QUE A VERDADE, MAS SOMENTE A VERDADE, REFORÇAR A MINHA ENTREGA, JESUS, DOS MEUS OLHOS, DA MINHA BOCA, DOS MEUS OUVIDOS, DO MEU CORAÇÃO, INTEIRAMENTE TODO O MEU SER PELA VERDADE, NADA MAIS QUE A VERDADE, MAS SOMENTE A VERDADE. 

E REFORÇAR, JESUS, QUE SE UM DIA EU, POR VAIDADE, ARROGÂNCIA, PREPOTÊNCIA, QUALQUER COISA QUE NÃO SEJA AMOR, VIER A CAIR, A DESVIAR, E A PREJUDICAR QUEM QUER QUE SEJA, JESUS, FAZ-ME CAIR POR TERRA, SENHOR, DERRUBA O MEU ORGULHO, DERRUBA A MINHA VAIDADE, JESUS, MAS NÃO PERMITA JAMAIS QUE EU SEJA INSTRUMENTO DE ENGANO. NÃO PERMITA JAMAIS QUE MEU OLHAR ALCANCE MENTIRAS, QUE EU FALE MENTIRAS

(…)”

Assim que concluiu a Puxada de Forças, Neva incorporou um caboclo das matas, Tupã, que chegou com todo seu poder e força dando as instruções.

Descartou os colchonetes providenciados por Neva para o pessoal se deitar nessa atividade e acomodou a todos, direto no gramado sombreado e fresco daquele espaço de fundo de quintal, ao ar livre. Tupã chamou a “fia das agulhas” (Dra. Priscila, a acupunturista) e autorizou o início da sessão.

O contato direto dos corpos no gramado macio, os sons da natureza com Tanuy[1], a brisa suave, o canto dos pássaros, a música xamânica flauteada e a calmaria trazida pela ativação do ponto de acupuntura foram altamente curativos para todos.

Esse ambiente funcionou como uma poderosa câmara de cura ao ar livre.

Atuando em conjunto com tudo isso, havia, ainda, os raios do sol da manhã que já se deslocavam para ali.

Essa energia elevadora foi capturada em gravação de áudio, com a qual fizemos um vídeo, para que as pessoas que apreciam esse tipo de magia, e não estiveram presentes, usufruam também, mesmo que parcialmente.

Os sons sibilantes e guturais produzidos pelo nosso xamã enriqueceram sobremaneira essa atividade, favorecendo os processos de cura a que fomos submetidos.

As curas vinham num coquetel de sons, cheiros e sensações inebriantes, além das energias enviadas do Alto.

Vale a pena acessar quanticamente aquele momento ouvindo esse áudio, em estado meditativo.

Acesse aqui:

https://www.youtube.com/watch?v=iIR-V38pkjQ

Para fechar esse momento encantado, mais magia: iniciou-se uma experiência sensorial inesperada, em forma de garoa fina e fresca a tocar nossa pele: o rosto, os cabelos, os braços, os pés…, tudo que estava descoberto das vestimentas. Gotículas de água, uma garoa, um breve chuvisco nos foi proporcionado. Éramos como sementes plantadas sendo regadas!

Deixamos aquele banho cair sobre nós, com a suavidade das ONDINAS e nossos corações pulsavam em gratidão, naquela experiência sensorial surpreendente. Muita gratidão aos auxiliares de Neva ali presentes, que tornaram possível aquela experiência!

Seguindo a programação, às 10h30, Aquarius proferiu sua palestra sobre a RAIVA na perspectiva da Sabedoria Oriental, o Budismo, especificamente.

Uma pequena amostra da apresentação dessa atividade está disponível em vídeo, o mesmo em que também é mostrado o trabalho do Igor sobre o mesmo tema.

(Assista aqui, https://youtu.be/qZLKhg7nOME.)

Enquanto Aquarius focou no Budismo, Igor tratou de uma ocorrência mais ocidental, ligando o mesmo tema a alguns aspectos históricos-filosóficos, em especial da Grécia Antiga. A palestra do Igor ocorreu no período da tarde, seguindo o horário estabelecido por Neva no cronograma.

Vale lembrar que esse tema – a raiva – é, frequentemente, mal interpretado pela maioria. Sim, pois a raiva é um estado de ser que pode ser transitório ou permanente, a depender da forma como é percebida, sentida e compreendida pela pessoa que a experimenta. Quando se olha para a raiva com conhecimento, é possível extrair dela aspectos positivos capazes de liberar energias de criatividade e força para realizações pessoais necessárias a uma vida plena. Com certeza, poucos imaginam que a raiva tenha também tais aspectos positivos. Um pequeno fragmento do trabalho dos dois pode ser apreciado no vídeo supracitado.

Na sequência, o grupo teve um dos momentos mais esperados da Vivência, aquele de certa intimidade com Nevinha, em que foi possível bater um papo com ela, por meio da atividade NEVA RESPONDE (Perguntas e Respostas).

Aqui ocorreu, diretamente, um “tête-à-tête” com ela. Gente, isso não tem preço!

A troca de energias que ocorre nestes momentos é uma “coisa de outro mundo” (rs melhor palavra para explicar o que acontece ali, nessas vivências)! Neva pisa descalça no tapete verde natural do seu quintal e, da mesma forma, todos nós também, desfrutando daquele frescor acariciante.

Usando um elegante adorno novo, bonito e cristalino – um colar estilo xamã – se vê e se ouve Neva trazendo seus relatos, explicações, esclarecimentos e orientações para nossa jornada de ascensão junto à Terra.

Coletamos poucos fragmentos da sessão de Perguntas e Respostas do dia 10, em que Nevinha responde e explica diversas coisas.

Seguem neste vídeo:

https://youtu.be/Bsj_Wfe7t5c.

Entretanto, as do dia 11, além do vídeo aqui https://youtu.be/NBvO9TFUf2s, fizemos a transcrição todinha, que segue abaixo:

Neva: Alguém quer fazer uma pergunta?

Não precisa ser sobre a aula, mas qualquer pergunta aleatória sobre o processo que estamos passando ou o processo que você esteja passando.

Pergunta: Este trabalho que estamos fazendo hoje vai atuar em quem tem nosso DNA descendente?

Neva: Com certeza.

É uma das ideias.

É você levar essa energia daqui para seu ambiente particular, para seu trabalho, para seus amigos, colegas, inimigos, para ajudar, mas não é ajudar tentando, “ah, eu vim trazer a palavra Ashtar para você”.

É a partir do seu comportamento…, a partir do seu exemplo.

É o que viemos fazer aqui.

Por mais que os mentores fiquem no meu pé, é para que eu seja o exemplo, a partir de tudo aquilo que ensino.

Então, tudo o que passo para vocês, tenham a certeza que eu faço.

Se eu digo, “gente não vai por aí não!”, eu não vou.

“Gente, é por aqui”, eu vou”, sabe?

Pergunta: Mas eu falo no âmbito da energia dos descendentes, pai, filha…

Neva: Sim. Todos vocês, na família de vocês, no ambiente particular de vocês, vocês são responsáveis por abrir o caminho daquele grupo ali.

Seja de forma direta ou indireta.

Eu falo muito o seguinte: “ah, você vai ali no mercado fazer uma compra, comprar um pão, leite ou alguma coisa…, só o fato de estar bem, você irradia a energia para aquela pessoa que pode estar num dia péssimo, mas aquela irradiação tua transforma a pessoa.

Um exemplo que contei, não sei se foi ao vivo que contei ou em aula, contei recente.

Uma paciente veio e ela não acreditava em nada, totalmente cética, veio com uma amiga só porque veio, xingando, já entrou falando mal e entrou no meu consultório e ficou assim, ó (gesto de desdenhar, risos).

“O que você tem para mim?

Porque eu não acredito em nada.” E eu, sentada, só olhando para ela, – já vamos ver (risos). Eu fiquei com ela ali, e ela:

– Eu quero que você me fale uma coisa.

Você não vê?

 – Ela perguntou-me de forma desafiadora.

Respondi:

– Não, às vezes, vejo, às vezes, não vejo.

E enquanto ela estava falando e eu fiquei só olhando para ela.

Ela começou a amolecer um pouquinho.

Depois que ela soltou todos os cachorros dela, eu falei:

“Me dê aqui a sua mão.” E ela:

– Não!

– Dá a sua mão, – eu insisti.

– Não, por que…

E eu segurei na mão dela, e ela desabou.

Começou a chorar muito, de soluçar.

E chorou…, e chorou…

– Fia, levanta agora!

E ela levantou. Dei um abraço nela.

E essa a mulher se desmanchou inteira, devido a dor que ela trazia da infância maltratada pelo pai, pela mãe, pelo relacionamento que ela tinha tido, pelos amigos, enfim.

Foi ovelha negra por onde ela passou e carregava essa dor com ela.

E o simples fato de ela ter entrado aqui, e de eu não ter falado nada, praticamente, para ela, porque a consulta de uma hora foi só para isso: ela xingando, reclamando, lamentando, e eu só ali.

E quase no término da consulta, eu só peguei na mão dela, ela se levantou, e pronto: resolveu a consulta em 10 minutos.

É assim que funciona, inclusive com vocês, também.

Às vezes, a pessoa pode chegar e “ah, não acredito em nada disso!”

E eu, “tá bom!”

Mantenha a tua tranquilidade, a tua paz, ali, porque a tua energia…, isso vai envolver a pessoa.

Não tem como não envolver, tá?

A gente veio para isso.

Onde a gente estiver.

Próxima pergunta.

Pergunta: Como você já disse, nós não vamos ter a terceira guerra mundial, mas eu tenho uma preocupação porque nossos alimentos estão sendo contaminados, nossa água está sendo contaminada.

Como nós podemos nos cuidar de tudo isso?

Neva: 1 – Quando você está com a vibração alta, você muda a estrutura molecular do alimento.

E é como Jesus falava, – mas não é para levar ao pé da letra, pois se você tomar veneno você morre.

Mas, Jesus também dizia: “não é o que entra pela sua boca que te macula, mas o que sai da sua boca.”

Então, se você vai comer um alimento, agradecendo aquilo que está na sua mesa, aquilo que você tem ali, a água está que bebendo, se faz isso com amor, não acha que vai haver uma mudança?

Então, não se preocupa com isso.

Até mesmo porque os pleiadianos estão trabalhando muito nesse processo de limpeza do agro, limpeza da água, do ar.

Está tendo muita gente com medo de tomar vacina por conta de a,

b ou c e eu falei muito: não se preocupem; os pleiadianos estão trabalhando nisso.

As vacinas não vão fazer mal para ninguém.

“Ah, mas eu não quero tomar.”

Tudo bem, mas não por isso, porque os pleiadianos estão trabalhando nisso.

Eu não só acredito, mas vivo isso, gente!

Se despreocupem com isso.

Está bom?

Pergunta: Como você disse, quando chegamos aqui é um desafio muito grande.

Neva: Na Terra?

Pergunta: No último encontro com você, temos vivido muitas complicações tanto financeiras quanto na família, e eu percebi nesse estudo, que tem um pouco de ciúme, de inveja porque “você está vindo, e por que eu não estou?”

Neva: Isso é mais dor.

Mais dor da pessoa.

É mais ou menos assim: a sua Luz tende a incomodar o outro,

realmente.

“Por é que você consegue e eu não consigo?”

É uma frustação dela, mais pessoal dela, sabe, por ela ainda não ter conseguido dar aquela passo que ela precisa dar.

Então, primeiro ela vai te julgar, vai te chinelar, vai falar mal de você e depois ela vai entender.

Os mentores me falaram muito: quando eu comecei a minha jornada há quase 13 anos, lá no Ceará, e me chamavam de louco,

mas “você é doido, está ouvindo vozes, pirou, doido!”

E os mentores: “segue, eu eles vão precisar de você daqui a pouco.”

E daí eu ia na casa de um ou de outro e os mentores diziam:

chama fulano, chama ciclano, beltrano, pois precisam ir com você para começar esse trabalho.

E eu ia na casa da pessoa e só chegava e falava: “fulano, vamos comigo para o sul do país, pois você tem uma missão comigo.

Vamos?”

E o pessoal, às vezes, zombavam.

E o que aconteceu depois?

Disseram: dá tempo ainda?

Muita gente quando me viu no Paranormal Experience (que tem um alcance bem grande) vieram falar comigo:

“- Ah, Neva, eu lembro daquela época, 12 anos atrás, agora,

realmente, cresceu.

E eu: “Pois é…”

Pergunta: O bonde passou, né?

Pergunta: Nevinha, mas a pressão é grande, hein?

Neva: Ah, a pressão?

Vocês acham que é o quê?

Para eu sustentar isso aqui 13 anos, será que eu não passei perrengue?

Eu já passei fome, eu dormi no chão, eu fui humilhado, fui escrachado, traído.

Gente de dentro da minha casa, ex-membros da minha equipe me roubaram, levaram Notebook, dinheiro…

Vocês não têm ideia do que já passei.

Pessoas que estiveram comigo.

Por isso que eu mudei de Curitiba para cá.

De 50 pessoas que trabalhavam comigo, eu só tenho essas que vocês estão vendo aqui, 10 a 12 pessoas.

Foi um processo de limpeza grande.

E quando eu tive o Burnout – alguém sabe o que Burnout?

Tem dúvida do que é?

Seu corpo pifa de tanto trabalhar. 2021, dia 1 de setembro, aniversário da minha mãe, eu lembro que terminei de atender uma paciente e o Igor trouxe uma comida para mim e só lembro que olhei para ele assim e a minha vista ficou falhando e eu vi umas luzes azuis e só lembro que disse: eu vou cair…, e “pá!”

Parei no hospital.

E o médico olhou para mim, olhou para o prontuário e, “o que você faz?”

Ah, eu ajudo pessoas há 10 anos.

“Você descansa?”

Não

De domingo a domingo.

Atendendo 10 pessoas por dia.

“Você vai morrer, se você não parar.”

E então eu comecei a mudar, porque eu vinha, realmente, há 10 anos, sem pausa nenhuma.

E quando eu adoeci, pessoas que estavam na minha casa sempre, toda as sexta-feira, nas lives, 99% delas sumiram.

Eu passei três meses de cama, sem conseguir sair da cama de dor, dor de cabeça, dor no corpo, eu não abria o olho, andava com alguém me segurando, não conseguia abrir o olho de tanta dor, a luz doía muito.

Então, foi todo um processo muito doído, catártico que passei e esse tempo todo que eu vinha também aguentando muita coisa. Passou, passou e eu vim para Prata para começar de novo.

Então, todo um trabalho espiritual que nós fazemos têm um preço.

Ainda mais aqui na Terra.

Todas as tecnologias que eu trouxe, as mais de 60, em cada uma delas eu passei por um processo de catarse para eu conseguir trazer de uma forma cristalina.

A Tríade Sagrada foi uma das mais doídas para eu trazer.

Alguém não sabe o que é a Tríade?

Símbolo, Cosmobiografia e Emissão.

O Símbolo, – eu passei um mês de cama.

A Cosmobiografia também.

A Emissão também.

Por quê?

Porque desce uma Luz, o meu corpo está carbônico ainda, precisa fazer uma limpeza para conseguir ancorar aquilo e dói fisicamente, pois a Luz também machuca

E aí eu vejo alguns de vocês:

“Nossa, estou sentindo tanto incômodo, vou no médico, faço exame. Faço exame, não sei, eu vou morrer,” – faz mil exame e não dá nada.

Faz eletro encéfalo, eletro-não-sei-o-quê, exames de barriga e nada.

O que que é?

É a Luz descendo, fazendo a limpeza, tirando sujeira e inhacas que vocês foram acumulando ao longo de muito tempo, e a Luz precisa descer ali…, e dói.

Então, quando vejo vocês em processos assim doloridos, vejo vocês lamentando…, e eu… hahahahahah… (risos).

Pergunta: Inocente… Sabe de nada!”

Neva: E aí qual foi a ideia?

Por que eu tive que passar por tudo isso primeiro?

Para eu estar preparada, pronta para poder passar para vocês o que vocês passam adiante…

Eu passei três anos da minha vida, antes de receber a missão Sementes, três anos de…, – se eu não me engano, dois mil e oito,

nove, dez, por aí, ou foi dois mil e nove, dez, onze…

– Foram três anos nessa faixa aí…, todo santo dia, seis horas da tarde, eu sentia uma dor fortíssima na cabeça, um mal estar horrível e eu tinha a sensação de desmaio, o corpo começava a tremer inteiro.

Imagina passar três anos, todo dia, nesse horário, eu passava mal quinze minutos.

Muito mal, muito mal mesmo.

E eu trabalhava na faculdade, tinha de correr para dentro do banheiro para poder ficar ali, aguentando aquilo, e depois eu voltava para o trabalho.

Mas no começo, “o que que está acontecendo?

Eu estou morrendo!”

– E aí faz exame, faz isso, faz aquilo, e nada…

E os mentores só, “aguenta”.

E eu não sabia, eles não falavam nada.

Eu não sabia o que estava acontecendo.

Todo dia…, quando dava dez para as seis, eu já ia para o banheiro.

Não…, eu já sabia: “- nossa, está chegando a hora” – e já começava a suar frio.

“Meu Deus, vai começar”, – e eu não sabia o que era.

Corria para o banheiro, corria quinze minutos ao banheiro e voltava como se nada tivesse acontecido.

E o que era isso nesses três anos?

Era a preparação para o início da missão em dois mil e onze.

Então, tudo o vocês passam hoje, que vocês não têm uma resposta como vocês gostariam de ter, isso é limpeza de uma estrutura carbônica para uma estrutura cristalina.

Vocês estão mudando realmente de frequência e o corpo sente,

né?

E vocês vão levar isso para as pessoas que estão em volta de vocês, inevitavelmente.

Se vocês virem alguém passando mal, calma!

Dá um suporte ali, um apoio, porque vai ter que acontecer isso, tá? E eu estou preparando vocês para isso.

Para vocês lidarem com essas pessoas que vão realmente surtar quando começar a haver uma onda de energia ainda maior chegando, tá?

Próxima pergunta…

Pergunta: Ainda falando sobre essa coisa.. Eu durmo muito bem, a minha cama é super confortável e eu me acordo como se eu tivesse, sabe…, toda quebrada.

Tem a ver com os trabalhos no astral?

Neva: Sim, sim, porque você lá do outro lado, filha, você desce a ambientes onde têm muitos suicidas, tá?

Você desce ali e você capta umas inhacas, lá…, para ajudar mesmo.

E você é daquelas danadas assim: os mentores descem em caravanas.

Eu vejo você e outros em caravana, juntos ali, mas descem, tipo… “Não. Vamos olhar aqui; vamos olhar lá; não tem ninguém.”

E você: “não, eu acho que tem alguém ali.

Você vai desconfiando no meio do pântano etérico…

Pergunta: Eu tive isso numa meditação e eu visualizei exatamente a terceira… completamente deformada e eu não tinha medo de ir lá.

Neva: Você se enfia mesmo, tá?

É tipo um pântano, sabe um pântano?

E os mentores: “não, filha, tá bom.

Vamos!

Ela: “não, não, tem ali.”

Você vai se enfiando no meio do pântano.

Você acha alguém, algum espírito enfiado dentro de um buraco, e você o arrasta para cá.

Você sente.

Pergunta: (Pausa para um possível avistamento: Neva, ô Neva!

Aquilo ali não é uma nave, não?

Ou é um avião?

Lá em cima, aquele branquinho, lá em cima.

Lá perto do urubu, passando ali, ali ó, passando ali, parece avião. Não.

É uma nave mesmo…

É um urubu?

É avião?

Não.

Será que é avião?)

Neva: Avião.

Ali é uma rota de avião.

(Inaudível)

Pergunta: … e aí toda vez que levanto de manhã, não tenho força na perna.

Porque é assim?

Neva: Você sente uma agonia na perna?

Pergunta: Não é agonia.

Às vezes, tem uma câimbra que dificulta o andar.

Neva: Vai ter um momento hoje, que vocês vão passar por mim lá no consultório, tá?

Me lembra disso para eu passar uma receita alquímica para você para ajudar nisso, tá?

(Inaudível)

Neva: Ah, esses ataques noturnos.

Pergunta: O meu foi de três anos.

(Risos.)

Neva: O que que faz?

Já contei para muitos de vocês a experiência que eu tive no meu treinamento para lidar com espírito obsessor feio, né, que foi com El Morya.

Já falei para muitos de vocês como é que foi.

Isso na época eu estava em Bauru, ainda, né?

É…

Eu tinha medo.

Eu tenho, até hoje, de ver alguns espíritos, assim.

Eu choro de medo, às vezes.

E aí, na época, eu…, quando eu estava entre dormir e o acordar,

sabe quando você está…, dorme e acorda, naquela fase, ali?

Eu via um espírito, mesmo, deitado assim.

Eu estava deitado e ele ficava assim, em cima, assim (mostra com as mãos), de mim flutuando, e o rosto dele era um rosto diabólico.

Ele tinha um olho vermelho e dentes de piranha…

Sabe aqueles dentes fininhos de piranha?

Ele ficava em cima de mim olhando para mim, assim “uhaaaa…”, fazendo aquela “vaibe” dele.

E aí eu virava o rosto para o lado…, eu virava para outro.

E eu não quero ver.

E começava a chorar.

E ele, ali, em cima de mim, né?

Até que o El Morya, Mestre El Morya do Raio Azul…, ele chegava sempre no meu ouvido e, “olhe, encare”.

E eu: “Não. Não quero ver isso.”

“Olhe.

Enquanto você não fizer o que eu estou dizendo, e da forma que eu estou dizendo…

E aí eu tomava um pouco de coragem, e encarava.

Olhava para aquele olho horrível vermelho, aqueles dentes, aquela cara horrível ali, materializada na minha frente, aí eu…

“Num é que você não é tão feio quanto parece?

E começava a ver beleza nele.

Realmente, esse seu olho vermelho até que lhe dá um charme!

Eu comecei a levar no bom humor.

Ele não entendia, né?

Ele ficava tentando fazer mais alguma coisa para me assustar e eu começava a enxergar belezas, belezas nos traços dele ali.

E sumia.

Até que ele desistiu; e não vinha mais.

Então, esses ataques é uma forma também de fortalecer a tua mente para lidar com situações não só espirituais, assim, mas do dia a dia, porque a gente passa por situações não só espirituais,

mas as do nosso dia a dia.

Aí como Jesus também falou:

“Eu vos envio como cordeiros no meio dos lobos.”

Então, não é porque você está se conectando com a espiritualidade, você tem mentores lindos perto de você, que você vai ficar isento desse negócio aqui, não.

Vai acontecer com você.

Eles vão mexer com você.

“Tá!

Então, quando isso acontecer, olha para isso, com amorosidade. Procura o traço de beleza, ali.”

(Inaudível)

Neva: Se vocês tentarem fugir já era…

Pergunta: A linha de atividade nesse processo foi porque, às vezes, parecia que eles me…

A sensação que eu tinha é que fechavam no meu peito…, e eu começava a chorar de medo.

Neva: E aí você não pode ceder, aí você não pode ceder…

Pergunta: E aí eu respiro fundo, e é um grande aprendizado, né?

Neva: Sim, mas você respira, mas o que você faz depois, além de respirar?

Pergunta: Eu faço várias coisas; tem vezes que eu envio amor; tem vezes que eu fico mais braba…

Neva: Não adianta.

Você tem que ter uma firmeza amorosa.

Tipo…, “eu sei que você está aqui.

Tudo bem, mas, calma aí!

Oh, espera aí, vamos devagar, né?

A gente vai tendo que impor limites.

Teve um dia que eu fui para a fazenda de uma amiga para dormir, e até às quatro da manhã estava aquele pisoteio dentro do meu quarto.

E passa gente, entra gente e sai gente, entra gente e sai gente,

tudo espírito mesmo.

E um converseiro que vinha no meu ouvido, “Nevaaaaaaa”.

Desse jeito.

E aí, eu, “gente, deixa eu dormir.”

E aí virava para o lado e quando eu estava quase pegando no sono,

batiam palma no meu ouvido.

Infernizando mesmo.

E eu tentando manter a classe…

Aí depois voltava pelo outro ouvido…

Nevaaaa.

Aí eu botava o travesseiro (cobrindo a cabeça), gente!

E ficou nisso até as quatro da manhã, quando eu levantei da cama bem rápido e peguei o meu cetro etérico e o bati, gritando:

“cheeeega! Para fora todo mundo.”

Pronto.

Então, você tem que saber ir dosando ali a tua força.

Mas também não deixa virar um fuzuê na tua casa, entendeu?

É isso…

Pergunta:– Porque quem tem um processo carmático, a gente tem que aceitar, né?

Pergunta: – Eu queria que você falasse um pouquinho sobre as “neurotipias”.

Cada vez mais a gente está cuidando de um monte de siglas, de um monte de gente que… a gente já tem as nossas loucuras interiores, né?

Como é que a gente lida, porque é assim: você não tem como pegar, né?

E cada vez mais, em todos os lugares, né?

Então, a gente abraça?

A gente acolhe?

O que a gente faz?

Porque está cada vez mais, e chegando mais perto.

Neva: Sim.

Tem, tem uma coisa que eu falo na aula no curso, não sei se é no curso de Mediunidade ou é no curso de Tipologia.

A gente tem sete grandes raízes na Terra.

Essas raízes, o Catolicismo, as religiões Afro, o Hinduísmo, o Espiritismo…, enfim, sete grandes forças na Terra.

Grupos de almas específicos estão inseridos dentro dessas sete grandes raízes, né?

Não significa que A é melhor do que B ou B é melhor do que A.

É o aprendizado delas ali.

Nós aqui, nós transcendemos as sete raízes, tá?

Então a gente não tem, energeticamente…, – pode até ter tido até 2012 para trás; para a frente não.

Então, a gente não tem mais filiação energética com essas sete grandes raízes da Terra porque a gente está numa vibração acima.

Não estou falando isso para vocês ficarem…

Então, vocês transcenderam isso e quando se transcende isso, naturalmente, a gente entra num campo de, realmente, acolher o outro.

É diferente.

Qual a condição para isso, não importa.

É só entrar aqui em casa.

Você chega na porta, tem um anjo.

Aí você entra na sala tem Nossa Senhora.

Entra mais um pouquinho tem os quadros dos Pretos Velhos.

Aqui está a barraca de Preto Velho.

O Luís fala sobre o Budismo, tem tudo aqui.

Por quê?

É a integração, né?

E naturalmente a gente vai ser mais chamado para ajudar essas pessoas de dentro dessas sete raízes…, é normal.

A fase que a gente está é normal, tá?

Pergunta: – Eu só queria fazer um comentário: foi isso que me atraiu no Sementes das Estrelas.

Não ter esses apegos com esse passado.

Daqui para a frente é outra coisa.

Neva: É porque são só fases, né?

São fases que aquele espírito precisa.

Aí chega um momento, porque é assim: cada religião é uma caixa.

Chega um momento que não tem mais…, e o espírito quer mais,

né?

Então ele sai daquela religião que vai até ali.

Aí ele entra nessa que abre mais um pouquinho, e ainda não é…

Aí ele vai para o Espiritismo que já fala de espírito, mas não fala muito de E.T.

Aí chega um momento que não dá.

Aí você vai procurar alguma coisa que vai além daquilo.

Então você, se você chega no Espiritismo do Kardec, eles não aceitam.

Isso não é coisa do Kardec; isso é o humano fazendo aquela coisa ali…

A obra do Kardec/Chico Xavier que são o mesmo ser é fantástica,

mas, o humano, né? 

Então, se você fala de E.T. ali?

Pergunta: Nossa mãe, não ia dar certo isso.

Neva: Se você fala de Preto Velho ali, você tem que chegar lá e mudar a roupagem para poder trabalhar, porque senão eles não deixam, né?

Então, a gente transcendeu isso.

Pergunta: É, você falou que a vacina não ia fazer mal para ninguém, mas ela está fazendo…

Neva: Para…, eu falei que ela não ia fazer mal a ninguém, para quem estivesse em uma determinada vibração.

Sabe por quê?

Porque a vacina, ó, que interessante.

Boa pergunta.

 A vacina tem um microchip.

E esse microchip é ativado quando a vibração da pessoa está de um ponto para baixo.

E aí, ele é ativado e vira uma massaroca dentro do corpo da pessoa.

Se você está numa frequência para cima, você derrete o chip.

Ele desintegra, é um nano nano nano chip.

Pergunta: Eu não entendi você falar nessa frequência.

Eu não ouvi..

Neva: Ah, eu falei em aula; não falei hoje aqui, realmente.

Eu já falei já em outras aulas, assim.

Então, a vacina, – é outra coisa importante para eu falar também para vocês… é…

Pergunta: A ou as?

Tem muitas, aí…

Neva: Eu estou falando em específico “a…”, por conta desses…, né?

Mas, todas.

Vamos colocar todas.

Em todas as vacinas existem microchips.

Microchip é para manter você na ignorância; manter você doente.

Pergunta: É uma coisa espiritual?

Neva: Não, nesse caso não.

Pergunta: E as crianças, Neva?

Neva: Vamos!

Vamos falar então sobre essa questão da vacina.

Neva: Vamos falar, então, sobre a questão dessa vacina…, da pandemia.

Qual foi a ideia?

A ideia do processo de vacinação na pandemia era para manter as pessoas em um estado de vibração mais baixo e colapsar o sistema cardíaco delas, para que houvesse morte coletiva, em massa.

Por que não houve morte coletiva em massa?

Porque os Pleiadianos interviram…, e porque boa parte da população planetária já estava com a vibração elevada.

E eles viram que não deu certo.

A pessoa com a vibração alta derretia o chip e não servia de nada.

E não pode (os mentores pediram para eu lembrar) deixar de falar que, “ok, existe o lado da medicina negativa”, mas existe a positiva também.

Da mesma forma que um monte de cientistas estava colaborando com o lado escuro para colocar, “nanos chips”, dentro das vacinas, existem os cientistas positivos que estavam trabalhando para retirar.

Isso é uma prova, também, do apoio que estamos tendo da espiritualidade.

Infelizmente muitas pessoas tiveram problemas com a vacina, porque elas estavam numa faixa ali – e ainda falando, numa forma um pouquinho mais polêmica, havia também a necessidade de algumas pessoas serem retiradas da Terra, por elas não estavam conseguindo alcançar o grau que elas precisavam.

Aí, olhando a partir de um campo muito superior, é aquela coisa:

Houve também, aquela coisa de unir o útil ao agradável. Precisavam, pois algumas pessoas não estavam alcançando certas vibrações, e foram retiradas.

Outras pessoas, morreram por causa da vacina, nem por uma coisa, nem por outra: coincidiu de a vacina mexer muito no sistema imunológico, e a pessoa já estava fragilizada por fatores cármicos, o que a levou ao desencarne.

De um modo geral, a ideia era matar noventa por cento (90%) das pessoas.

Não deu certo porque a vibração estava muito alta – e não vai colar isso.

Semente – A pergunta a respeito de colocar o nano chip…, era no etérico, não é?

Neva – No etérico e no físico.

Deliberadamente.

Laboratório não autorizado.

Isso tudo começou na China.

Semente – Essa questão do chip ainda continua sendo trabalhada, porque eles querem reinar.

Neva – Sim!

E porque não está funcionando?

Porque a vibração está alta.

Vibração alta não funciona sob nenhuma investida do lado escuro.

Pode colocar chip e o que for, não funciona.

E vocês também não podem deixar de ter em mente que os Pleiadianos também colocam chips positivos em nós, que criam barreiras de proteção, assim como no sistema imunológico.

Quando entra um agente externo estranho no corpo, automaticamente, é destruído pelo Sistema Imunológico.

Então temos uma proteção imunológica física – que os Pleiadianos estão trabalhando nisso – etérica e espiritual, também.

Vibração alta, gente.

Pronto!

Semente – Então, Neva!

Arcanjo Miguel fala que ele está aqui para nos proteger contra todas essas tecnologias.

Neva – Além de Arcanjo Miguel, a proteção que temos.

(Alguém chama Neva.)

Neva – Oi, filha!

Semente: – Quando eu tomei a terceira dose da vacina, minhas taxas do fígado foram lá pra cima, então quer dizer que estava com a vibração?

Fiquei com medo de tomar a quarta.

Neva – Não, porque é assim: tem algumas vacinas, como eu falei, tem o lado positivo também, que tem algumas substâncias que mexem mais com o sistema imunológico, existem alguns efeitos colaterais, às vezes, vocês estão com fragilidade áurica, isso acaba te afetando, ali.

Não é para vocês levarem ao pé da letra 100% assim: puxa…,

tomei a vacina e passei mal – é vibração baixa.

Não, necessariamente!

Às vezes, é por simplesmente estar com o Sistema Imunológico mais sensível, e aquele tipo de vacina te afeta.

Semente: – Qual a explicação de colar a moeda, aqui?

A moeda ficou grudada em mim!

Neva: – É o magnetismo!

Semente: – É do chip…

Um imã?

Neva: – Porque não é só um chip, tá?

Se fosse visto a olho nu…, como eu poderia mostrar a vocês?

É como se fosse “nanos e nanos e nanos” partículas de chumbo,

e aí cola.

Mantenha a vibração elevada, que não sustenta.

Neva: – Oi, Paulinha!

Semente: – Eu queria falar uma coisa: de certa forma temos muita força, e isso causa uma inveja absurda.

“Ah! O bicho está pegando! Venha aqui!”

Além da vibração alta, e tem a questão da vacina, o que você pode falar, no geral, mantras, porque tem hora, Nevinha, realmente, não temos noção das coisas que você passou.

Neva: – Eu não falo, às vezes, para vocês não ficarem doidos. (Risos!)

Semente – Eu brinco que abro minha caixa de ferramentas como uma engenheira e pergunto “o que vou usar?”

Eu uso tudo o que sei e recebi, e nada funciona.

O que fazer em uma situação dessa que está acontecendo muito comigo, ultimamente?

Neva Não está funcionando?

Semente – Não!

Está faltando a minha fé?

Neva – Não!

O que fazemos?

(Falei em aula. Isso também.)

O que a gente faz quando estamos num barco, à deriva, no meio do oceano.

Não se vê terra e você está num barquinho ali.

Não tem motor, remo não tem nada.

E tem uma neblina que não consegue enxergar nem ver muito longe.

A neblina está em volta do barco.

O que você faz?

Semente – Reza, aceita, medita.

Neva – O que você faz em uma situação dessa?

Vai na fé de Iemanjá, minha filha!

Semente – Aceita e vai!

Neva – Não sei para onde está indo…, então, relaxa!

E deixa aquilo tomar conta.

O problema de vocês é que, às vezes, vocês lutam muito contra o sintoma, o mal estar.

Essa coisa que eu passei por três anos…, só foi passar quando eu já estava, tipo…, “falta cinco para às seis, nossa!

Vamos lá, que ótimo!”

(Risos!)

Eu já estava até gostando da coisa!

(Risos!)

Eu passei três anos até chegar a esse ponto.

Quando estava chegando perto, eu já estava sentindo falta.

E senti falta depois que parou!

(Risos!)

Seis horas…, e eu sentia falta.

Eu ia para o banheiro, sentava no vaso e ficava.

Tentando!

E não vinha mais nada.

Quando você aceita, flui!

Tem momentos que estou sentindo desconfortos também porque sinto, muito.

Antes dos eventos, uma semana antes ou quinze dias do evento anual, eu via os rostos de vocês aqui em volta de mim, Eu fico vendo!

E quem está atrás de vocês!

Fica tudo em volta e aí vem toda a força junto.

Às vezes, eu passo mal.

Não por vocês, mas pelo que está vindo atrás, porque começo ajudar vocês, limpando.

Sinto muita dor na barriga, no plexo, na cabeça, sensação de desmaio.

Tudo bem!

Vamos, eu aguento!

Quando você deixa, faz uma coisa, faz outra e não resolve.

Não é que não esteja resolvendo; é porque você precisa passar por aquilo.

Semente – Então! Melhor não fazer nada!

Neva – Não!

Você pode fazer, porque você vai criar a aura de proteção em volta;

morrer, você não vai.

Semente – Entrega?

Neva – Entrega!

Está doendo?

Está!

Eu já fiz isso, isso e isso.

E aí?

Então, tá!

Senta e espera passar.

Eu perdi a conta das vezes que desmaiei na rua.

Lá no início, começava tudo a girar, fiz exames de cabeça, eletrocardiograma, barriga, peito.

Tudo que você possa imaginar, fiz.

E era todo um trabalho de energia sendo feito ali, para que eu pudesse aguentar o que viria dez anos na frente.

(Inaudível)

Neva – Podem ter certeza que já peguei muitas coisas que era para vocês, e já resolvi.

Semente – Nossa!

Isso tudo aí, que você falou agora, são partes-sombras nossas para olharmos e encaminhar?

Neva – Sim!

Exato!

É o que comento; vocês fogem muito das sombras, veem um monstro, uma coisa assim.

E vocês não querem ver.

Semente – Tipo…, eu preciso estar bem.

Neva – Não é ruim.

Queremos estar bem, em paz, sem dor de cabeça, sem dor na barriga.

Quem não quer?

Todos nós queremos.

Fazemos uma coisa e não dá certo, não é que não deu certo: a força está ali.

Mas é um chamado para você olhar para aquilo de uma outra forma.

Quando você olha de outra forma, aí que a coisa começa a mudar.

E aí voltamos para Jesus, “Eu os envio como cordeiros no meio dos lobos.

Vocês passarão por coisas, porém, persistam até o fim.

Tendes fé!”

Ele falava “que Eu venci o mundo,” e vocês também podem vencer.

Semente – Neva, eu sou considerada rebelde perante minha família.

Neva – Não diga!!!

(Risos!)

Semente – Você?

Todos nós!

(Risos.)

Neva “Nem vejo em tua aura isso!”

 – Todo mundo aqui, filha!

Semente– Eu não tenho medo de nada!

Neva Quando passamos por certas coisas.

Semente – Eu já fui brigada com Deus.

Neva Eu também já briguei com Jesus, já xinguei!

Semente – Tenho uma fé muito grande.

Meu sonho, tem uma terra e uma mata nativa, lobos.

Neva – E aí você se embrenha no meio do mato?

Semente – É!

(Risos.) A própria Jurema!

A minha fé é inabalável, nessa pandemia, (eu trabalho com morador de rua) logo que começou e eu intensifiquei ir para rua, levar alimento.

Na época, meu marido disse “porque você não entrega a alguém para fazer isso?

Só pessoalmente, (inaudível), você vai pegar covid!”

Tem até uma pessoa espiritualista, que falou para mim: você foi vacinada pelo plano espiritual!

É possível isso?

Neva – Claro!

Tem algumas pessoas, – a Taninha, está ali dentro.

Recebeu uma vacina de um marimbondo.

(Risos!) É a melhor vacina que tem!

Teve uma situação que eu contei em sessão na sexta-feira

O Pai Seta Branca, em uma certa situação, reuniu um grupo de médiuns e disse: vocês ficarão debaixo daquele pequizeiro ali, três horas da tarde.

Vai lá uma equipe de médicos para vacinar todo mundo contra uma gripe que está chegando; uma pandemia, que está vindo.

Os médiuns se juntaram e foram lá, às três horas da tarde…, não chegava barco, nem nada…, e o povo esperando.

Cadê o povo de branco?

Debaixo de uma árvore lindíssima, um enxame de maribondo, às três horas, caiu.

Não ficou um!

Até os bebês foram ferroados no bumbum.

Todo mundo!

E aí, depois do desespero, olha que não veio médico nenhum!

Só levamos ferroadas.

O Pai Seta Branca, “pronto, todos foram vacinados”.

(Risos!) Então, se a natureza vem te dar um “thun…”, ai, que bom.

Dói?

Dói.

Uma ferroada de maribondo.

Semente – Neva, um amigo meu levou uma picada de escorpião e foi tomar a vacina de covid.

Uma preparação para ele.

Neva – Fui picada por escorpião, aranha.

Estava na rede lá no Ceará, na época.

Assistindo TV e, de repente, senti um negócio esquentar.

E começou a subir na coluna, esquentando.

O que é, – pensei.

Tirei a camisa, fui no banheiro e olhei.

Estava lá uma marquinha vermelha e inchou.

Intuitivamente, olhei para a rede e vi ele subindo.

Aí começou a garganta fechar.

Corri para a emergência.

Outra vez, foi uma aranha, deste tamanho (e mostrou com os dedos.)

Como sei?

Porque acordei de manhã com muita febre, muita dor no pé e olhei,

e ela estava lá.

No outro dia, fui dormir e sabe…, naquele silêncio de noite, eu escutei: lá vem ela, de novo.

(Risos!) Escorpião, aranha, maribondo…

Neva Última pergunta.

Pai João vai voltar aqui ainda para conversar com vocês.

Vou servir o almoço de vocês.

Semente – Sou bastante estudiosa da história terrena e tenho algumas dúvidas:

Falam-se muitos dos arcontes e dos Anunnakis.

Eles não são os mesmos povos e das mesmas épocas.

Quais são as épocas?

Neva – Olhe, falar de arcontes é pesado

Quem são os arcontes?

São um grupo de cientistas loucos de Andrômeda.

Muitos deles encarnaram na época da Atlântida ali.

Alguns arcontes mais recentes conhecidos: Hitler, Benjamin Natanyahu, tem o Jesuíta chamado Adolf também.

A ideia deles é realmente ter o controle total da humanidade.

Os Anunnakis é outra coisa.

Semente Os Anunnakis foi antes do Dilúvio?

E pós-dilúvio foram outros povos?

Neva – O dilúvio bíblico foi a 12.000 mil anos. Noé…, o dilúvio foi na Atlântida foi quando afundou.

A história do dilúvio é Atlântida, onde houve o último hecatombe.

E não foi só de uma vez.

Começaram a vir vários avisos, ali.

Inclusive no curso de mentoria, eu vou dar aula sobre Atlântida e Lemúria.

Aí começou, pouco a pouco, a ter algumas inundações aqui e ali,

até que houve o “bum!” – uma final.

É a mesma história ali, como a bíblia fala de Noé, da arca.

Semente – Os anjos caídos são descendentes de quem?

Neva – Os anjos caídos somos nós!

Semente – Quem foi a mistura que veio?

Por que dizem que há mistura de Anunnakis?

Neva – Deixa ver se estou entendendo sua pergunta.

Você quer saber…

Semente – Quero saber a divisão, porque dizem que fomos visitados pelos Arcontes pós-dilúvio; antes do dilúvio foram outros seres.

Neva – Não!

Os Arcontes estavam em volta da Terra, mesmo antes da existência da própria Atlântida e Lemúria.

Semente – Por que os seres que foram encarnando aqui, em um planeta que era de regeneração…, a Terra era um planeta de regeneração?

Neva – Nem sempre!

Os seres começaram a encarnar aqui e eles perceberam…, a própria sociedade foi entrando em conflito por seres de outros planetas virem.

Neva – Vamos tentar resumir.

A Terra é um mega projeto e a ideia da Terra era transformar,

deixar com que a Terra fosse um grande portal interestelar, certo?

E um grande palco de experiências genéticas positivas.

Então, os Pleiadianos começaram a uns duzentos mil anos atrás, a preparar a genética humana, para a vinda de alguns espíritos que tinham um grau elevado de consciência, que precisavam de aparelhos compatíveis com o seu grau de consciência.

Aí começou a encarnar muitos desses seres, mas, no meio tempo,

ali, também houve os degredos de vários sistemas estelares,

porque a galera estava fazendo muita bagunça por lá.

E que precisava vir para um ambiente, onde eles pudessem colaborar com civilizações com inteligência que eles tinham e, ao mesmo tempo, aprender espiritualmente, através dos desafios

E a Terra, ao ter uma experiência de terceira dimensão, traria.

Aí juntou a ambição desse pessoal dos degredos, (expulsos de outros sistemas estelares da Terra) com a ambição de Arcontes aqui, em cima, que só estavam esperando oportunidade para entrar.

Os daqui de baixo, vibratoriamente, começaram puxá-los.

Então começou a encarnar arconte, começou a encarnar reptilianos negativos, Anunnaki negativo, e começou a embolar tudo.

Em resumo, mais de vinte e uma infusões de DNA extraterrestre.

A TERRA TEM DE TUDO!

Semente – Isso na Atlântida?

Neva – Antes da Pangeia, filha!

Lá atrás, mas, na Atlântida e Lemúria, isso foi quando os Pleiadianos entraram a duzentos mil anos atrás, efetivamente, para tentar sustentar a Luz aqui, e tentar mexer no nosso DNA, de forma que isso pudesse levar a um alavancado ali.

O Ashtar fala muito isso no livro que canalizei “A História da Criação”.

Quem não viu esse meu livro ainda, pega aí na Loja.

Foi quase um ano para eu trazer essa história toda, desde o início da Terra até a fase atual, – onde ele fala de todos esses processos: do início da encarnação, quando os Pleiadianos começaram a entrar e quando os Arcontes começaram a interferir…, os híbridos…, fala das naves que pousavam em vários sistemas, e desciam os “ETzão” que namoravam com as meninas da Terra, ou as “ETzonas” que namoravam com os meninos da Terra…, começou a misturar tudo.

E virou o que é hoje!

Semente – Isso foi permitido?

Neva – Isso foi permitido, primeiro, porque tudo no universo é perfeito; segundo, porque começou a densidade da Terra começou a abrir portas para a densidade cósmica.

Quero dizer…, de raças não positivas.

E o que estamos fazendo agora?

Estamos pegando o caminho de volta.

Semente – Então, a Terra nunca foi um planeta de regeneração,

sempre foi de prova e expiação?

Neva – A princípio era o paraíso, literalmente, como fala na bíblia.

Era anjinho de um lado, anjinho para o outro lado, – era desse jeito.

Bonitinho!

E os homens andavam…, era assim.

Daí começou abrir portas, – numa linguagem mais rasteira.

Aí o criador “ah, vamos colocar ‘pimenta’ nesse negócio: abre a porteira!”

E começou a vir um monte de raças de outros sistemas.

Aí esculhambaram o paraíso todo.

Estamos tentando recuperar o negócio.

Vejam o livro, A HISTÓRIA DA CRIAÇÃO, do Ashtar.

Tudo isso eu estou contando para vocês tem, linearmente,

explicado para vocês lá no livro.

Neva – “Mano, o almoço está pronto?” – pergunta Neva ao Pablo, próximo à cozinha.

“Bora Comer!”– convida ela, após ouvir a resposta afirmativa do Pablo.

Sobre as refeições, Neva fez uma nota interessante no rodapé do Cronograma da Vivência Névica, que segue copiado abaixo:

“Todo cardápio alimentar e organização foi preparado por mim com apoio da equipe querida que me dá suporte.

Então, tenham certeza de que tem muito amor!

 Sejam bem-vindas a minha casa, Sementes das Estrelas!/Neva”

Por essa nota, se percebe o capricho e o primor das refeições ali servidas.

De fato, uma refeição saborosa preparada pela equipe de NEVA com cardápio equilibrado, respeito aos costumes vegetarianos, em grande parte dos pratos servidos.

À equipe de suporte gastronômico Conceição, Donny, Sandra (foto abaixo), Vera e Marcos, o nosso reconhecimento e eterna gratidão.

Todo cuidado foi tomado com os ingredientes básicos desses alimentos, evitando pratos com glúten, lactose e glicose.

Cardápio confiável para aqueles que estão zelando por uma alimentação mais cristalina e respeitando seus corpos.

Para sobremesa, eu, Sol Yabushita, pessoalmente, fiz o pudim que Nevinha prometeu, em live, em que só não deu para eliminar a glicose.

Vamos batizá-la de PUDIM NÉVICO porque é uma adaptação, a pedido de Nevinha.

(Estamos desenvolvendo um leite condensado caseiro zero lactose e zero açúcar, especial para esse pudim.)

Segue a receita:

PUDIM NÉVICO

CALDA (receita grande):

Coloque no fogo 1 xicara bem cheia de xilitol para derreter; assim que estiver dissolvido, acrescente 2 colheres bem cheias de açúcar de coco, que é uma versão menos prejudicial de açúcar, para dar cor e sabor ao pudim.

Ou, se preferir, pode substituir este açúcar por 1 colher bem cheia de cacau 50 ou 70%, para obter a versão calda de chocolate.

Para evitar que fique açucarada, quando a calda estiver grossa, acrescente 3 colheres de água e deixa ferver mais um pouquinho até dar o ponto. Se a calda ficar meio açucarada na forma, não se preocupe.

Com o cozimento do pudim, ela dissolverá.

PUDIM:

No liquidificador, bata 8 ovos (ou 7 se forem ovos grandes) com 2 latas de leite condensado sem lactose; acrescente 2 vidros de leite de coco; 1 copo de leite comum, sem lactose.

Pode ser o Ninho sem lactose, que fica também muito bom.

Ou leite vegetal, de sua preferência.

Opcional:

Enriqueça o sabor com duas colheradas de queijo parmesão ralado (ou outro queijo, sem lactose) e duas colheradas de coco ralado. Bata tudo isso, bem batido.

Se quiser um pudim mais consistente, acrescente uma colher bem cheia de amido de milho.

Despeje na forma já besuntada com o caramelo e asse direto no forno a 180 graus.

Demora aproximadamente 50 min para ficar pronto.

Faça o teste do palito.

Desenforme depois de frio.

Durante o almoço, nossa musicista do coração, a Tainã, em parceria com Luane Cardoso (@lua.rezo) comandam a animação musical com a participação do psicólogo Dany, que também é musicista.

Há um vídeo com alguns recortes da afinada arte deles nesse link aqui:

https://youtu.be/uKcxu0IYrK0.

Esses horários de intervalos entre as atividades, coffee-break, lanches da tarde, caldos à noite foram momentos apropriados para identificar alguns rostos novos que ali estavam ou para aproveitar uma boa prosa com os já conhecidos.

Uma apresentação pessoal, um reconhecimento, uma conversa que culminavam em breves entrevistas, dentre as quais gravamos algumas.

É uma satisfação a mais ver os depoimentos sinceros e amorosos de todos.

Isso rendeu um vídeo para comporem os anais do Sementes das Estrelas.

Assista aqui: https://youtu.be/VxhG9mD_8_g.

Nesse meio tempo, os presentes puderam aproveitar três atividades terapêuticas agregadas à Vivência:

Tenda Cigana, Sessão de Acupuntura e Transmissão Plástica. Fala sério, gente! Nevinha caprichou.

Ofereceu na Vivência Névica todo esse serviço, no mesmo pacote,

tudo pela saúde física/emocional e espiritual da sua sementada.

Assim é o Amor de Nevinha por nós!

Logicamente, não foi possível atender a todos em todas essas atividades, mas a grande parte dos presentes conseguiram uma coisa ou outra…, ou todas.

Vejam nesse vídeo https://www.youtube.com/watch?v=xBha32xL7Ng, a entrevista concedida pela Drª Priscilla, a acupunturista.

No mesmo vídeo, a apresentação da Tenda Cigana, por Vianiah.

Sobre essa tenda, obtivemos também essa explicação:

“A pedido de Neva, a Tenda Cigana trouxe uma oportunidade ímpar aos participantes da II Vivência Névica: a chance de se conectarem de forma mais profunda com as energias do Povo Cigano.

Sob a orientação da equipe do Templo Tariashan, guiada pela espiritualidade, e com a supervisão dos queridos Mentores Ciganos, Esmeralda do Oriente Maior e Juan do Oriente Maior, o trabalho se desdobrou.

Na equipe de atendimento, destacavam-se quatro terapeutas:

Lena, a clarividente, Vianiah, a guardiã e porta-voz e Bárbara e Khalreon, os doutrinadores.

Durante o evento, os participantes desfrutaram de consultas de até 10 minutos com a bola de cristal.

Sob a clarividência de Lena e, com a permissão dos Mentores, questões eram respondidas, revelando informações importantes e esclarecedoras, que com muito amor e simplicidade tocaram os corações daqueles participantes.

Naquela atmosfera mágica da tenda, um grande número de energias foi manipulado, oferecendo alegria, conforto e esperança a todos que ali adentraram.”

Foto dos quatro envolvidos nesse trabalho de suporte, todos portadores de herança cigana em seus akáshicos:

Para que a Drª Priscilla realizasse as sessões individuais de Acupuntura, ela trabalhou o tempo todo nos dois dias.

Biomédica desde 2012, formada pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Mestra e Doutora em Ciências pela USP de Ribeirão Preto, possuindo especialização Lato Sensu em Acupuntura e Medicina Chinesa pelo IBRAM.

Atua com diversas técnicas e terapias como Acupuntura Sistêmica, Auriculoterapia, Moxabustão, terapias com Magnetos/Stiper e Ventosaterapia.

Tem experiência em atendimentos e condução de tratamentos desde 2017, tendo atuado também como terapeuta voluntária, em clínicas particulares e atendimentos em domicílio.

Uma maca foi montada dentro da casa da Nevinha, num local reservado, especialmente para o trabalho dela.

Muito valiosa para a Vivência, a amorosa contribuição desta competente profissional.

Drª Priscilla, a “Fia das Agulhas” – Acupunturista

Uma terceira experiência do pacote da Vivência 2024 foi desenvolvida por Khalreon.

Ele, com a sua mediunidade pictográfica, esteve o tempo todo produzindo à mão, as imagens, de modo intuitivo.

Khalreon revelou:

“Fiz por conta, de modo a não direcionar especificamente para alguém, a fim de que a espiritualidade entregasse a quem mais precisasse, naquele momento.

A função de Neva era, depois de pronto, identificar de quem era o desenho.”

Isso funcionou perfeitamente.

As pessoas que foram agraciadas com esse presente da espiritualidade vibraram, em gratidão.

Este artista trabalhou ininterruptamente em seu estúdio improvisado na área de serviço da casa de Neva, só parando para auxiliar na Tenda Cigana, na caminhada do evento e, logicamente, para atender as suas necessidades básicas como alimentação, sono… Até o final da vivência, ele entregou 29 imagens canalizadas.

Na 3ª parte do vídeo https://youtu.be/xBha32xL7Ng, Khalreon explica brevemente como essa atividade funcionou na vivência.

Genial!!!

Entremeando essas atividades, na parte da tarde, houve a palestra do Igor, conforme já foi falado anteriormente.

Depois desta palestra, foi dado um tempo para que os presentes fossem conhecer a Loja do Sementes

(veja aqui: https://youtu.be/rYNycIDJ-bk), enquanto Neva dava atendimento aos interessados, diretamente em seu consultório.

Com a leitura de aura e uma breve conversa, Neva sente os campos energéticos da pessoa e prescreve o receituário indicando um tratamento individualizado e específico.

Ela é muito eficiente nisso porque associa os dons mediúnicos que tem com a sua formação de Terapeuta Integrativa e Alquimista.

O resultado disso alcança a excelência.

Salve, Neva!

Além de terem agregadas todas essas benfeitorias à programação,

os vivencistas que puderam ainda contaram com mais duas atividades curativas especiais: o Ritual Xamânico (Matias) e a Roda do Ano (Aquarius).

O Ritual Xamânico esteve sob a organização e assistência do terapeuta e xamã, Matias Demaman e aconteceu no dia 08, no ambiente Névico, dois dias antes da Vivência.

Essa foi uma data bastante propícia porque facilitou para quem vem de longe.

Muitos conseguiram aproveitar essa oportunidade numa única viagem, assim como eu.

Para conduzir o ritual, Matias trouxe especialistas diretamente do coração da Floresta Amazônica, o Xinã Yura Yawanawa, da Aldeia Mutum, Rio Gregório, Acre.

Como escreveu Xinã, “Estudante das sagradas medicinas, já realizou diversas dietas espirituais. Xinã traz a representação da juventude Yawanawá e é aprendiz das tradições de seu povo. Junto com sua esposa Érica Tyvan, formou o Instituto Rûnûã Nítí @runuaniti e viaja pelo Brasil em encontros culturais que trazem a raiz de seu estudo tradicional.

Na força da ancestralidade Yawanawá, a cerimônia tem como referência os cantos tradicionais Yawanawá na voz, e também a musicalidade Yawanawá nos instrumentos.

Iniciamos esse mergulho em nós e ao mundo espiritual, com muito respeito e confiança às sagradas medicinas, celebrando junto aos povos da floresta a simplicidade dessa corrente de amor, união, fé, resistência, sabedoria e ancestralidade

De fato, o ritual conduzido pelo Xinã e por sua esposa Érica Tyvan Roni ancorou ali muita força, cura e beleza!

Ainda como atividade paralela à Vivência, houve a Roda do Ano organizada pelo nosso amado Aquarius (Luís Fernando), com ajuda do psicólogo Daniel Danguy.

Essa parte do evento aconteceu no próprio endereço residencial dos dois instrutores.

Foi muito agradável passar a tarde na casa deles que, assim como a casa de Neva, é um lugar aberto onde circula livremente altas vibrações.

Uma vista linda, tudo muito arborizado.

Enquanto tarólogo, Aquarius já tem 17 anos de experiência, sem contar os anos de estudos ininterruptos para alcançar o patamar onde está.

Excelente esse trabalho de Luz.

Vejam algumas fotos e vídeos aqui:

https://youtu.be/tF__W7aqXIk.

Voltando à programação do cronograma, a próxima atividade ofertada foi uma caminhada a pé, rumo ao MORRO DO CRISTO.

Coisa maravilhosa!

Naturalmente, em sua excelente performance, Nevinha sai na frente com seu personal trainer ao lado e vai subindo a ladeira, no maior pique.

Como boa líder, nós seguimos seus passos, mesmo “com a língua de fora” (alguns).

Um passeio formidável.

Uma vista ampla, lindíssima, exuberante.

Há algumas fotos e um breve vídeo neste link:

https://youtu.be/FtrG-vOhctU.

Lá em cima, no mirante, havia um pequeno pássaro pousado na mão direita do Cristo.

Os mais sensíveis notaram e associaram aquele fato à São Francisco de Assis, sempre representado com pássaros.

E nós, como bons Sementes das Estrelas que somos, o associamos ao nosso amado Pai Seta Branca, uma das encarnações desse amado franciscano.

Pai Seta Branca se manifestou desta forma entre nós, naquele episódio.

Veio nos trazer as suas bênçãos!

Salve Deus, Graças a Deus, Pai!

De volta à casa de Nevinha, o lanche da tarde já nos foi servido.

Depois de uma caminhada como aquela, estávamos com muita fome e sede.

O corpo pedia um merecido reforço nutricional.

Todos satisfeitos em suas necessidades físicas de alimentação e hidratação notavam a suavidade do início da tarde, que já se fazia presente.

Fomos organizados em fileira para “tomar um banho de ervas”,

 – literalmente, um banho.

Nessa atividade, fomos assistidos pelo xamã Matias, que mergulhava um chumaço enorme de galhos de ervas em um tambor d’água e ia pincelando nossos corpos, a partir das costas, com aquela água benta. Isso foi eliminando todos os resquícios de más energias que ainda poderiam estar ali instaladas.

Ficamos literalmente ensopados daquela bênção.

Foi mágico aquilo: uma cura para o espírito e um refresco para o corpo de quem havia acabado de chegar de uma caminhada extenuante.

A seguir, assumiu o comando das atividades a querida terapeuta Hélita Carolina.

Em continuação com a temática da Vivência – a RAIVA -, Hélita trouxe uma abordagem prática, uma dinâmica, um tipo de jogo simulado de guerra, em que nos conduziu a lugares do inconsciente onde estavam armazenadas memórias de conflitos, de ódios, de sentimentos de agressividade aparentemente enterrados, desde éons.

De repente, movidos por essa dinâmica de grupo, estávamos gritando uns com os outros, ameaçando, exibindo as nossas garras e desejo de lutar.

Essa situação foi propositadamente pensada para que pudéssemos liberar esses sentimentos raivosos que, uma vez reprimidos, tanta dor e sofrimento nos têm trazido.

Ao término dessa simulação bélica e no contentamento pelo alívio da decorrente liberação, Hélita prosseguiu com uma sessão de retorno ao equilíbrio, com muitos abraços, nessa hora.

Todos nós nos abraçamos efusivamente com sinceridade,

desencadeando o fluir das sagradas energias do Perdão e do Amor que foram tomando conta do ambiente.

Vide fotos/vídeo aqui:

https://youtu.be/rYmnRgbrq5c.

No mesmo vídeo, estão filmadas as Bênçãos do Pai João de Aruanda que veio nos dias da Vivência, aproximadamente nesse mesmo horário, o lusco-fusco da chegada da noite.

Com a turma do 2º dia, domingo, no calor daquela barulhenta alegria, chega o Matias pedindo silêncio e solicitando que nos organizássemos porque Pai João estava vindo para dar um passe magnético a cada participante.

Estava sendo cumprido o que consta no Cronograma. Sementada pronta antes do passe, o Pai conversou um pouco.

Segue a transcrição da conversa desse dia, gentilmente feita pelas sementes Cleilma Solarys, Juliane Aoto e Jaudênia Cavalcante

(Na verdade, esse quarteto – a quem agradecemos demais – transcreveu todo o material desses dois dias de vivência.)

RELATÓRIO DA II VIVÊNCIA NÉVICA, ANO 2024
1ª Mensagem de Pai João, canalizada durante Vivência Névica Rafael (Neva/Gabriel RL) – 10.02.2024

Como sempre, Pai João de Aruanda chega bem humorado:

Pai João: Hehehehe…

Chamou, eu vim!

Salve, meus filhos!

– Salve, Pai!

Pai João/Filhos: Vocês estão bem?

O chapéu está grande ou a cabeça pequena!

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!/Para sempre seja louvado./Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!/Para sempre seja louvado./Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!/Para sempre seja louvado.

Como vocês estão, filhos?

Está sendo um bom dia?

Vão levar agora um monte de vacinada dos mosquitos.

Todos bem, mesmo?

– Sim (risos).

Pai João: Como está sendo esse dia?

Tá xôxo?!

– Maravilhoso. Bom demais, especial, surpreendente!

Pai João: Vocês sairão daqui hoje mais leves, com certeza.

E o que vocês podem levar para seus familiares, em poucas palavras?

– Aprendizado;

– tranquilidade;

– Amor;

– equilíbrio;

– compreensão;

– reconexão;

– confiança;

– gratidão;

– mais paciência…

Pai João: Paciência por quê?

– Porque eles são muitos agitados, e têm que ter mais paciência.

Pai João: A função de cada um de vocês, encarnados, com seus familiares, não é salvar nenhum deles.

Isso já ficou mais do que claro, com todas as mensagens que trouxemos para vocês, filhos!

Não é salvar ninguém!

Nem familiar, nem amigo, ninguém…

A função de vocês é manter um padrão vibratório elevado.

Só isso.

Não é difícil! (Risos…).

E é isso que o Cristo espera de vocês.

Claro que todo dia vocês são tentados porque são muito olhados pelo outro lado também; o outro lado, constantemente, tenta tirar o juízo de vocês, certo?

E aí, quanto tempo esse velho já falou que vocês têm para se estressar?

– 5 minutos!

Pai João: E se o velho falar que esse tempo vai diminuir?

(Risos…)

Pode ser 3 minutos!

Já está mais do que suficiente, sabem por quê?

Vocês estão evoluídos e isso é bom!

Alguém tem alguma pergunta para o velho?

Se não tiver, eu vou embora.

Filho, coordena as perguntas, – falou ele se dirigindo ao Matias.

– Pai, estamos conseguindo chegar ao caminho?

Pai João: O importante: qual caminho?

O da Luz?

Porque o caminho do lado da não-luz, às vezes, confunde vocês,

não é?

O que todos têm aprendido muito desde 2012 é o discernimento.

Vocês têm se aperfeiçoado no discernimento, para que consigam entender melhor o que está acontecendo, à volta.

E sim, vocês estão no caminho!

Olhem vocês aqui!

Vocês estão conseguindo entender?

E é o que a filha falou pela manhã para vocês, que passam por um monte de desafios, um monte de coisas que vocês enfrentam para chegar onde querem chegar…, para chegar onde vocês querem chegar.

Vocês acham que a espiritualidade não vê isso, todo o esforço de vocês?

Veem também os dramas, e olha que é muito, muito drama, às vezes.

E nós estamos vendo.

“Ah!

Eu não vou almoçar hoje na Neva!

(Pai João soltou uma gargalhada.)

Não sei se vou fazer isso, fazer aquilo” – quando sabem que vocês têm o compromisso.

Salve!

– Salve!

Pai João: Outra coisa importante: vocês honrem o compromisso de vocês.

Vocês têm uma coisa para fazer?

Façam!

Parem de ficar procrastinando e enrolando porque o serviço vai aumentar pra vocês a quantidade de tarefa.

Mas, não é a tarefa humana que vocês estão acostumados…, é outras tarefas… outras tarefas.

Vocês precisam começar a executar isso com mais precisão a cada dia, sem ter medo, filhos, de errar.

Sei que tem muitos aqui, com medo.

“Será que eu estou fazendo a coisa certa?

Será que estou, no caminho certo?

Será isso mesmo?

Vamos parar, também, de perguntar muito para o externo e confiar mais em vocês mesmos.

Todos vocês aqui já estiveram em frente de batalha, filhos!

Em frente de guerra, de conflito, – como vocês falam, “colocando a cara a tapa, levando flechada”.

Cadê a coragem que está aí dentro?

Vamos deixar isso sair!

Jesus está olhando para vocês direto, e ele não está ali, também,

esperando que vocês obrem milagres, não da forma que vocês têm na cabeça que teria que ser.

Vocês sabem qual é a única coisa que Jesus quer de vocês? Falem:

– Amor, humildade e tolerância!

– Ajudar o próximo!

– Ser eu mesma!

– Que a gente ria muito!

– Manter a vibração.

Pai João: O que mais?

– Alegria;

– esforço;

– fé!

Pai João: Quem falou ser eu mesma?

– Eu!

Pai João: É isso!

Ser eu mesmo… – é isso que Jesus quer, que você seja você, do seu jeito, fazendo o que você pode, indo até onde você consegue,

com aquilo que você tem.

Sabe por quê?

Depois que você integra você com você, quando você se acolhe, se abraça, se permite ser você, é quando as outras coisas serão acrescentadas.

“Ah, eu quero ter o dom da vidência, quero ver espíritos!

Eu já falei: quer não!

“Eu queria tanto ver o Pai João”

Quer não!

Tenho certeza que se o velho materializa aqui, não fica um!

Se alguém entra na casa do velho ali, e encontra o velho sentado,

não fica!

Isso é ruim?

Não!

Tudo bem.

Faz parte da humanidade de vocês, do mito do desconhecido, e quando você integra, você com seus medos, seus medos com você,

quando você está ali, e é a pessoa de maior confiança para você mesmo, verão as outras coisas se manifestando na vida de vocês:

uma vidência abrir, um dom de cura potencializar, a prosperidade fluir, os relacionamentos darem certo…

Mas vocês tem uma coisa, desculpem, filhos, se tem uma coisa que vocês têm…, é dedo ruim, meu Deus!

Salve, meus filhos.

– Salve!

Pai João: É ou não é?

Sabe por que vocês atraem umas coisas assim?

Por que será?

– Quem não se ama suficiente!

Pai João:  E aí…, o que acontece quando vocês vão a um supermercado com muita fome?

– Compra o que não precisa!

Pai João: E come o que não precisa!

Aí engorda e não sabe por quê.

Ir no supermercado saciado é a melhor coisa.

Você não vai gastar demais e não vai pegar uma barra de chocolate, assim, desnecessária.

Vai pegar só o que tem que pegar.

É ou não é?

Salve!

– Salve!

Pai João: E de onde é que vem essas questões de relacionamentos complicados de vocês?

Alguém tem ideia de onde vem?

Tenho certeza, mas podem falar de onde.

Alguém tem uma ideia?

– De outras vidas?

Pai João: Sim!

Mas, de que época?

– Egito, Roma Antiga.

Pai João: Sim!

Vida cigana, mas tem outro que é bem complicadinho!

– Era Colonial?

Pai João: Lá atrás.

Já viram falar em Alexandria?

– Sim!

Pai João: Resolvendo muitas coisas dessa época aqui.

“Oh! Pai João, como é eu que faço para acelerar isso?”

Já falei.

Vai para você se cuidar, priorizar você!

Vocês têm a mania de achar que o problema do outro é mais importante do que a sua saúde interna

Impressionante!

Vocês não entenderam nada do que Jesus disse.

Nada!

Amai a teu próximo…,

– Como a ti mesmo?

Pai João: …Você vem antes.

– Se você não se ama, você não é capaz de amar o outro!

Pai João: Um cego não guia outro.

Um doente não cura outro doente.

Vai cuidar de você!

Vai cuidar da sua saúde.

Aprenda a dizer não, meus filhos!

“Ah!

É porque foi minha mãe!…”

– E daí, meus filhos?

“Mas é porque foi o amor da minha vida!”

E daí?

Salve!

– Salve!

Pai João: Olhar para si, se acolher, se amar, se valorizar…, vocês estão criando, um campo de energia em volta de vocês e esse campo vai, naturalmente, se abrir para outras paisagens, e aí vocês vão começar ter um controle sobre a raiva.

Estarão com o discernimento aflorado, vão conseguir entender a origem, a causa de certas coisas que acontecem na vida de vocês.

Vão conseguir viver com leveza, sendo vocês.

Sabe o que mais ficamos tristes?

Quando têm coragem de abrir a boca para falar:

“Ninguém me ajuda!”

– (Risos…)

Pai João: Um monte de espírito, em volta, olhando para a cara um do outro: “você ouviu o que o ele falou?”

– (Risos…)

Pai João: Você viu o fulano?

Como assim, “Ninguém ajuda!”

Agora…, não podemos fazer por vocês; isso não pode; isso não dá,

fazer o que vocês têm que fazer?

É outra coisa que vocês têm que entender: vocês não estão aqui,

filhos, como coitadinhos, tá certo?

Não estamos olhando vocês como coitadinhos!

Olhamos como missionários que são; o compromisso com a Terra que vocês têm.

E queremos que vocês se olhem, assim, também.

Vamos conectar, filhos, com a força da lua cheia.

Fechem os olhos!

Imaginem, filhos, uma senzala de fundo, uma lua cheia dourada,

brilhante, os batuques dos tambores!

A força dos Pretos Velhos e das Pretas Velhas, a força da Mãe Terra com todos vocês.

E todo esse magnetismo envolvendo vocês.

Salve as forças dos Pretos Velhos!

– Salve!

Pai João: Salve as forças da Aruanda, meus filhos!

– Salve!

Pai João: Salve, as forças de Guiné!

– Salve!

Pai João: Salve as forças Africanas!

– Salve!

Pai João: Todos os Pretos Velhos que vocês conhecem, meus filhos, estão todos aqui, agora.

Todos!

E eles querem fazer uma cura com vocês.

Então vocês vão mentalizar agora o que querem para a vida de vocês!

Onde vocês querem ir!

Com quem vocês querem estar!

O que está incomodando vocês!

O que está doendo em vocês, deixa vir para o coração!

Nesse momento, Pai João começou a bater com seu cajado no chão em ritmo de batimentos cardíacos.

Todos perceberam aquela cadência amorosa, quando o Pai disse:

“Palmas da mão, filhos!”

E todos começaram a bater palmas acompanhando as batidas daquele cajado-coração.

(Assistam no vídeo, https://youtu.be/raSbaqA40Uk.)

Um pouco depois, ele pede “mais rápido”.

Com aquela sonoridade singular, mais parecia que nossos corações fossem UM só, batendo todos juntos, num único som, num único ritmo, numa conexão unificada.

Permaneceu assim, magicamente, até que o Pai interrompe:

“Para, filhos.

Podem parar.

Silêncio!

Olhos fechados, ainda.

Organiza, meu filho.”

 – Ele pediu ao Matias, que solicitou uma fila indiana.

Por meio de gesto, o Pai pede um café e explica que após o passe,

cada um dá uma volta de 360º no entorno da fogueira.

Inicia, então, a sessão de passes magnéticos, conforme se pode assistir no vídeo acima citado.

Em nossos corações, resta-nos agradecer demais todo esse amor que recebemos, tanto do Pai João de Aruanda como de Neva. 

Salve Deus!

Na hora do lusco-fusco, Pai João abençoa a todos.
No dia seguinte, conforme a programação, “Lá vem ele…, o Preto Velho…”.
A conversa (em vídeo/áudio aqui,
se desenrolou da seguinte maneira:
Pai João: Cheguei! 
Salve a força do Preto Velho! 
Graças a Deus! 
Salve, meus filhos! 
Tá cheio de caboclo aqui do outro lado. 
O que vocês contam de novidade? 
Podem falar! 
Podem começar falando.
Ou vocês só querem que eu fale? 
O que vocês querem saber, na realidade? 
Semente: O que o senhor conta de novidade? 
Pai João: Oh! Minha filha, ô, minha filha! 
Jesus está voltando! 
Que Jesus, está voltando! 
Semente: Benção, Pai, – alguém grita lá no fundo do agrupamento. 
Pai João: Deus a abençoe, minha filha! 
Hoje toda a preta velhada vai encostar em vocês, para mexer em seus chacras, para manipular as forças mediúnicas de vocês. 
Está certo? 
Como estão as cabeças de vocês? 
Semente: Está zuando, – responde alguém. 
Pai João: Vai melhorar! 
Quando vocês, desencarnarem! 
(Risos!) Hehehe! 
Semente: Não foi esse o combinado, – fala alguém da plateia. 
Pai João: Se tem uma coisa que vocês não pediram, foi tranquilidade. 
Semente: Não me lembro! 
Porque não lembramos? 
Pai João: Letras miúdas, fia! (Risos!) 
Vocês pediram para, nessa vida, resolver tudo o que vocês pudessem resolver, tudo que pudessem resolver e aguentar. 
Ao encarnar, vocês se reuniram com os mentores, pura e simplesmente, “quero resolver tudo o que eu puder resolver.” 
Aí os mentores olharam um para a cara do outro. 
(Risos.) Então, vai! 
Vamos estar lá juntos! 
Não fazendo por vocês, mas dando suporte. 
Pai João: É o que eu falei para a turma ontem.
Aí o laço começa a apertar e vocês começam com os lamentos, nos dramas, cai de canto da parede, chorando. 
“Que a vida é injusta!” 
Umas das coisas que ouço muito de vocês: 
“É tudo tão difícil, para mim!” (Risos!) 
Pai João: Tem gente se acusando: 
“é tudo tão difícil para mim, tão complicado!” 
É isso mesmo. 
Vocês não querem resolver o que tem que resolver? 
Não querem? 
Semente: Sim! 
Pai João: Então, parem de reclamar! 
Vocês acreditam em Deus? 
Semente: Sim! 
Pai João: Mesmo?… 
De verdade? 
Semente: Sim! 
Pai João: Vocês acreditam que Deus é justo? 
Semente: Sim! Pai João: Cadê meu café? 
Sabia que estava faltando alguma coisa. 
Vocês acreditam que Deus é justo? 
Semente: Sim! 
Pai João: Então porque vocês reclamam, lamentam? 
Semente: Porque somos fracos! 
Porque parece que tem hora que não vamos aguentar. 
Pai João: Não aguentaram até agora? 
 – E vão continuar aguentando porque vocês estão preparados para isso; vocês vieram para isso; se prepararam para isso. 
E tem gente aqui no meio de vocês, que já queria encerrar contrato, 
que eu sei. 
“Ah! Pode me levar.” 
Como se nós déssemos ouvidos a dramas. 
Todos: (Risos!) 
Pai João: Vocês acham que nós não estamos ouvindo o que vocês falam? 
Chegou meu café! 
Sem açúcar. 
É assim que eu gosto. 
Salve, filho! 
Todos: Salve! 
Pai João: Olhem que bonito! 
Um coração! 
“Você está querendo alguma coisa.” 
 – Disse o Pai ao Matias que acabara de servir-lhe o cafezinho. 
Todos: (Risos!) 
Pai João: Fala logo, filho! 
Matias: Agradecer a sua presença! 
Pai João: Então! 
Se vocês confiam em Deus e entram nos processos de drama de vocês, “não aguento mais: Podem me levar!” 
Olhamos um para a cara do outro mentor. 
Nós vemos? 
Sim. 
Nós ouvimos? 
Sim. 
Ficamos tristes? 
Não. (Risos!) 
Porque sabemos com quem lidamos. 
Vocês são espíritos milenares aqui na Terra, filhos! 
Já viram de tudo aqui, meus filhos! 
ETs pousando, a idade de ouro da Atlântida, a idade de ouro da Lemúria, o Egito dourado, a vinda do Cristo, a ascensão e queda do Império Romano, o início e o fim da Lei da Escravatura (o fim entre aspas). 
Já viram, tudo! 
Todos vocês têm bagagens. 
Pai João: Os atrasados entram e sentam! 
Salve! – Disse o Pai a alguns que estavam chegando, naquele momento. 
Salve! 
Já viveram tudo, nessa Terra. 
Tudo! 
Vocês já foram na mais profunda sombra a mais elevada Luz. 
Porque acham que o Cristo colocou vocês, nessa época, no meio do olho do furacão? 
Por conta da bagagem que vocês carregam. 
E isso não quer dizer que vocês não tenham que lidar com seus processos e dores particulares. 
Não importa a quantidade de Luz que tenham ancorado no corpo energéticos de vocês, meus filhos! 
O que tem que ser resolvido, vai ser resolvido. 
Então, quando vocês estiverem passando pelos seus processos, peçam por ajuda, nos chamem, mas não se permitam entrar no drama de abandono. 
Que abandonamos vocês, que não cuidamos, que estão sozinhos e que não aguentam mais… 
Não façam isso, porque vocês têm apoio! 
Se vocês vissem o apoio que vocês têm, acordariam cantando louvores ao Senhor e dormiriam cantando louvor ao Senhor.
Vocês estão sendo preparados para uma coisa muito maior.
“Ah, Pai João, pode falar agora?”
Não!
Semente: Conta, Pai!
Pai João: Se me agradarem!…
Todos: (Risos!)
Pai João: Alguém quer fazer pergunta?
Mas “pergunta”, não história; pergunta.
Semente: Quero fazer uma pergunta!
Pode parecer bobagem, mas, é uma curiosidade.
A semeadura, – eu sempre me questionei, – sei que a humanidade veio de várias raças do universo, de várias cores, mas a língua é a mesma coisa?
Por que falamos tantas línguas diferentes?
Pai João: É a mesma coisa.
Códigos.
Semente: Tem alguma coisa a ver com aquela história da Bíblia, a Torre de Babel?
Pai João: Na Terra, sim!
Semente: Mais isso aconteceu em um ponto do planeta?
Pai João: – Aconteceu em todo planeta.
Começou na parte etérica.
Teve que dividir as línguas porque, quando vocês estavam se entendendo, estavam fazendo muita besteira.
Aí o Criador, falou: “separa em várias línguas, vamos ver se atrasa, um pouco.”
Mas a língua universal, vocês sabem: telepatia!
Enquanto vocês acreditarem que para falar e para ouvir, precisam do ouvido e da boca, Deus vai dizer: Amém!
Semente: Pai João, todos nós estamos trabalhando a “raiva”.
Foi um dia que mexeu muito.
Um dia muito…
Pai João: …enraivado! (Risos!)
Semente: Queremos que o senhor passasse uma mensagem para nós a respeito disso.
O que o senhor acha desse trabalho, o que é mais importante, já que estamos sendo treinados.
Aí sairemos daqui em paz!
Pai João: Está certo!
O que você aprendeu hoje, filha?
Semente: Ser mais paciente!
Pai João: Com o quê?
Com quem?
Semente: Com as pessoas que estão mais próximas.
Pai João: Tem uma pessoa muito importante que você seja paciente.
É bem próxima de você!
Semente: Comigo mesma!
Pai João: Sim, é essa aí, mesmo!
Semente: Sempre pensamos que é com o outro, né?
Pai João: Essa é a ideia!
A ideia é que vocês aprendam lidar com vocês mesmo.
Porque sei que tem gente aqui que não se suporta! (Risos!)
Pai João: Não é?
Eu sei para quem estou falando.
É preciso que se amem!
Eu falei isso ontem com meus filhos!
Se vocês não se gostam, não se acolhem, não se abraçam, o que vai fazer?
Vocês querem ter dom, reacessar os dons de vocês, mas como, se vocês não se gostam?
E também não podemos fazer vocês se gostarem.
Não tem como!
Então, todo exercício, tanto de ontem como de hoje, e todos os ensinamentos que passamos através da filha (Neva), a base, meus filhos, é o acolhimento e o amor a si mesmo.
Senão, vocês não conseguirão ir para onde vocês precisam ir.
E eu falei também ontem: o que eu falei ontem?
Quem estava aqui e que está hoje, o que mais Jesus espera de vocês?
Semente: Que sejamos nós mesmos!
Pai João: É isso!
É o que Jesus espera.
Que vocês possam ser vocês gostando do que vocês gostam e desgostando do que não gostam.
“Eu, para ser iluminado, tenho que subir aquela montanha, lá em cima, sete dias seguidos”.
Se for uma coisa que você gosta, suba.
Se não…, não suba!
Entenderam?
É isso!
Você gosta de “a” – está certo.
Você gosta de “b” – está certo!
Outra coisa: respeitar que o outro gosta de “a” e você de “b”.
É outra coisa muito importante que vai ser muito exigido de vocês nos próximos anos.
Muito!
Vocês respeitarem o outro como eles são assim como vocês gostam de ser respeitados.
É uma tristeza para nós quando vemos vocês se matando.
Por causa de quê?
Alguém desconfia?
Escolha política diferente.
O problema não é a escolha, o que você escolheu; o problema é que você não aceita o que o outro escolheu.
Esse é o problema!
E vocês não percebem, e são facilmente manipulados pelo outro lá,
dos meninos travessos.
Aí eles pegam vocês.
Olhem como é engenhoso: vocês estão com um projeto e ele está bem andado.
Dali dois, três dias vocês vão receber uma ligação, e aquele sonho que vocês esperavam, sai.
Aquele dinheiro que estavam precisando que está na boca para vir.
Aquela cura daquela doença, mais dois dias para resolver, vai curar de vez…, aquela pessoa que você gostaria de se relacionar vai mandar aquela mensagem, – bem ali!
Aí é o dia da eleição!
Semente: Danou! (Risos.)
Pai João: “Ah, eu votei no Lula. Eu votei em Bolsonaro.”
Você não vale menos; você também não.
Pronto!
Acabou tudo o que o velho falou. 
Mas, só por causa disso? 
Só por causa disso, não! 
Porque o lado lá dos danadinhos, eles jogam as iscas. 
E vocês captam, abrem a porteira e eles entram e desmancham tudo. 
E aí, “nada dá certo, na minha vida!” 
É? 
“Deus não me ajuda!”  
É? 
O que Jesus falou? 
Orai e vigiai! 
Se você quer muito uma coisa, preste atenção onde está colocando sua atenção, o que você está falando do outro, e tudo mais. 
Mantenha-se na sintonia, na amorosidade, na ternura, e vocês vão ver as maravilhas acontecer. 
Isso não é nem profecia. 
Isso é uma matemática básica, bem básica. 
E eu provo que é assim! 
Faça. 
Deseje uma coisa de seja boa, se mantenha em harmonia, por uns ciclos de dias, no mínimo, e vocês verão. 
Vocês verão a magia acontecer. 
Olha!
Bem que o Pai João falou!
Podem fazer! 
E vocês já estão acostumados com magia, todos vocês. 
Vocês vêm de um passado de magos e sacerdotisas. 
Então não é difícil para vocês criarem alguma coisa, manifestar na realidade física. 
“Salve, filha do arco-íris.
Seja bem-vinda”, Pai João saudou! 
– Não é difícil. 
Só precisa manter uma quantidade de vibração, um “momentum” 
de vibração para que “a coisa” se manifeste. 
Semente: Pai, como conseguimos manter essa vibração na hora do caos?! 
Pai João: Aí que é bom! 
O que Jesus falou? 
É muito fácil amar quem ama você. 
Que mérito vai ter? 
É na hora do caos que precisa entrar a fé, você não estar vendo, não estar entendendo o que está acontecendo, mas, “eu acredito que é para o meu bem”
Aí, o quanto é que você acredita em Deus. 
Aí eu volto lá no início da prosa: o quanto você acredita em Deus para deixar que ele faça o trabalho que ele precisa fazer? 
Se vocês acreditarem mesmo, vocês serão muitos felizes. 
Igual ao velho! 
Olhem minha cara de felicidade! 
Não tenho nenhum problema em descer aqui na Terra para falar com vocês. 
Nenhum. 
Fico feliz! 
Pai Seta Branca fala, “vai lá, João.” 
Venho com muita alegria e passo o dia aqui, brinco com vocês e vocês nem vê. 
Sopro no ouvido e vocês nem sentem, passo o dia brincando! 
Pergunta? 
Semente: Como trabalhar compreensão e aceitação do processo? 
Pai João: Você se olha no espelho, filha? 
“Eu me amo do jeito que eu sou, com todas as minhas qualidades e defeitos.” 
Torne isso, um mantra, um mantra diário. 
Faça um ciclo de dias e vocês verão. 
Não é difícil, NÃO É DIFÍCIL, e também não é fácil! 
(Risos!) 
Semente: A minha pergunta é em relação à quando a sala de espelho se manifesta? 
Pai João: Ai, que bom! 
É onde vocês estão agora. 
Semente: Me vem a consciência que já ampliou mais do que eu poderia imaginar.
Quando se espelha aquela situação, queria que o senhor me desse uma dica.
Aí eu respiro e fico observando. 
É muito rápido. 
Pai João: Sim! 
Uma dica muito séria e importante
Eu me amo e me aceito como sou, com minhas qualidades e defeitos. 
Ponto! (Risos.) 
Vocês têm a mania de romantizar muito. 
Objetividade, filha! 
Vocês estão com a cabeça tão cheia de coisa, então não complexem mais ainda o processo de vocês. 
Não é difícil! 
Só se aceitem do jeito que vocês são. 
Aceitem os processos que vocês estão vivendo. 
Não é fazer apologia ao mal-estar e  a doença, – como a filha falou hoje cedo na palestra dela. 
É aceitar o processo. 
E aceitar o processo não quer dizer que você não vai buscar a cura, mas é como você vai buscar a cura.
Qual é o seu estado de espírito ao ir buscar a cura, como é que você vai.
É brigando? 
É inconformado? 
É na aceitação? 
É na revolta? 
Ou é no ânimo, na fé, na compreensão, no entendimento?! 
Isso faz toda diferença! 
Ainda mais para vocês! 
Porque tudo para vocês, não sei se vocês sabem, é, no mínimo, três vezes mais… 
Todos: Nossa! 
Três vezes mais difícil, mais pesado? 
Três vezes mais o quê? 
Pai João: … mais forte, mais intenso. 
Quando vocês ficam felizes é três vez mais, sete vezes mais e quando vocês estão tristes é a mesma coisa. 
“Ah, mas, por quê?” 
Porque vocês pediram. 
“Ah, eu não pedi.”  
Pediu! 
Semente: (Risos…) 
Não tem como voltar atrás? 
Pai João: Não. 
Semente: Já está no olho do furacão, amiga! 
Pai João: Porque que não tem como des-pedir? 
Porque isso não é de personalidade humana, para a causa. 
É de espírito para espírito. 
“Ah! Então, não tenho livre arbítrio?” 
Ô Novidade! 
Todos: Risos
Pai João: Quando vocês estão evoluindo vocês não têm (risos)
“Mas o tempo inteiro eu soube que tinha.” 
Pois é, né? 
Você vai evoluindo, você vai se integrando com Deus, e Deus e você é um só 
Tem diferença da vontade dele e para a sua? 
Semente: Não! 
Não é para ter, né? 
Pai João: O que Deus quer é o que você quer. 
Precisa de livre arbítrio? 
Todos: Não! 
Pai João: Vocês e Ele são UM
Não foi o que Jesus falou? 
E aí, um “ego”, um sistema programado para essa realidade vai poder dizer, “eu, não quero mais!” 
O espírito vai olhar e vai dizer “mas eu quero!” 
E você vai ficar esperneando, ali, ó. 
E o espírito, – causa primária da encarnação, – vai olhar para você e, “você vai, ficar aí! Eu quero!” 
Vocês esperneiam, esperneiam, se levantam depois e jogam uma água no rosto e saem como nada tivesse acontecido. 
Passando vergonha, porque ficamos do outro lado rindo. 
Todos: (Risos!) 
Pai João: Vocês não sabem o que vocês aprontam, e nós vemos. 
Vemos, e não é que estamos debochando, não. 
Nós só rimos! 
Vocês saem do corpo a noite, chega lá nas reuniões, vão entrando na sala de reuniões com aquelas caras de… “é, eu fiz feio, né!” 
Nós não julgamos; só falamos, entra, senta…, nada mais a declarar. 
Todos: Risos! 
Pai João: “Ah, mas eu prometo que amanhã não faço mais”
Nós, os mentores, nos olhamos, e, “tá!” 
Vida que segue; trabalho de Preto Velho que segue.” 
– Vocês dão muito trabalho, para nós, meus filhos! 
VOCÊS DÃO MUITO TRABALHO PARA NÓS! 
Muito trabalho! 
Olha, se nós não ascensionarmos nessa leva por causa de vocês, não iremos mais!
Todos: (Risos!) 
Semente: Vai direto, Pai! 
Vai de elevador. 
Pai João: Vamos pedir ajuda! 
Gostamos e ficamos felizes em ajuda. 
Só não gostamos quando vocês entram no drama, quando estão naquele drama todo, “ninguém me ama, ninguém me quer, ninguém me chama de meu amor,” – é essa.
Todos: (Risos!) 
Pai João: Aí vocês dão a sorte que o Pai Seta Branca quase sempre manda esse velho João, que é o bobo da corte.
Vocês não viram o povo de Enoque e que vocês vão ver só!
Filhos, vocês são muito queridos, muito amados desse lado.
Dão trabalho, dão dor de cabeça, dá o que vê que nós temos que ficar correndo atrás de vocês, certas vezes quando vocês estão “bom da vida”, vão abrindo portal negativo, nós atrás costurando e fechando, para ajudar. 
E no mesmo dia, no final do dia vocês lamentam, “hoje foi difícil, não tive ajuda!”
Pai João: Aí, de novo, olhamos uns para as caras dos outros Pretos Velhos, e… (gesto de “fazer o quê, né?” risos!)
Semente: Que trabalho ingrato, meu Deus!
Pai João: … mas nós estamos lá!
E no outro dia, de novo.
Mas, vocês continuam sendo amados, muito amados.
E é o que vocês conquistaram, conquistaram o direito de ter essa “voz” direta dos céus.
Respondam para esse Velho: quem no dia de hoje, em pleno carnaval (“grande coisa”, mas grande carnaval) está sentado em volta de uma fogueira, ouvindo uma voz diferente de um médium, dizendo que um espírito está falando através dele. 
(Risos!) E, acredita! 
Hehehe!
Quem, na Terra, a essa hora, está reunido para ouvir a voz direta do céu de um Preto Velho, junto com todos esses Pretos Velhos que estão aqui, e que vocês não estão vendo.
Isso é fé!
Por mais que vocês digam que não tem fé, isso aqui é fé.
Um ser humano, em um corpo humano, e um espírito falando através dele, com uma voz diferente, e que fala um monte de coisa que só você sabia.
Isso é fé!
É a mesma fé, inquestionável do respirar.
Vocês têm dúvida que vocês vão puxar o ar e ele vai entrar pelo nariz e pulmão, vocês duvidam?
Isso é fé!
E quando alguém falar com vocês e vocês vão ouvir?
Vocês questionam “será que vou ouvir”?
Semente: Não!
Pai João: Porque vocês sabem, que ouvirão.
Quando abre os olhos e vê?
Vocês duvidam que enxergarão?
Isso é fé!
Vocês morrem todo dia, e renascem todo dia pela manhã.
Morre e ressuscita todo dia.
Isso é fé!
Vocês têm as dúvidas de vocês, as incertezas diárias de vocês
Têm muitos de vocês aqui que ficam, “vou ou não vou,” – que eu sei! “será se eu vou?
Eu não sei; eu não vou!
Ah, eu vou.
Não, não vou.
Ah, vou”
 – E veio.
(Risos!)
Eu sei para quem estou falando.
Isso é fé!
Então, não digam que perderam a fé.
Não digam que vocês não estão prontos.
Vocês estão!
E se não tivessem, com certeza, não estariam aqui, agora.
Ouvindo uma voz direta do céu.
Quantos gostariam de ouvir uma voz direta do céu, como vocês estão ouvindo.
Quantos gostariam de ouvir uma mensagem do céu, como vocês estão ouvindo.
Quantos gostariam de uma palavra de conforto do céu, como vocês estão tendo.
E aí vocês recebem isso que Jesus pede a vocês, para vocês distribuírem essa fé, para todos, em volta.
Olha o tamanho do compromisso de vocês.
E agora todos os Pretos Velhos estão dando um banho de arruda em vocês.
Sintam a emanação dos Velhos!
Sintam a força desses Pretos Velhos queridos, a força de Nossa Mãe Santíssima que está presente, nesse momento, com seu manto sagrado, abençoando todos vocês, agora.
Recebam a emanação da mãe, meus filhos!
A nossa Comandante do Décimo Terceiro Exército de Pretos Velhos regido por ela.
A mesma Mãe que ia nos navios negreiros confortar as dores dos pretos em ajuste cármico.
A mesma Mãe que pegou Nosso Senhor nos braços, em seu desencarne.
A mesma Mãe que aparece em vários pontos da Terra.
Salve a Mãe Santíssima aqui presente.
Todos: Salve!
Pai João: Em espírito e verdade!
Salve, Mãe querida! 
Salve, Maria Santíssima!
Semente: Salve!
Pai João: Em uma só voz, todos:
Ave Maria cheia de graças, o senhor é convosco.
Bendita sois vós entre as mulheres, bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, filhos de Deus, agora e na hora da nossa vitória e ascensão na Luz.
Amém!
Ave Maria cheia de graças, o senhor é convosco.
Bendita sois vós entre as mulheres, bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus.
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, filhos de Deus, agora e na hora de nossa vitória e ascensão na Luz.
Amém!
Ave Maria cheia de graças, o senhor é convosco.
Bendita sois vós entre as mulheres, bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus
Santa Maria, Mãe de Jesus, rogai por nós, filhos de Deus, agora e na hora de nossa vitória e ascensão na Luz.
Amém!
Graças a Deus!
Graças a Deus!
Graças a Deus!

Depois disso, o grupo foi organizado para receber a bênção do amado Pai João de Aruanda.

Dadas as bênçãos, a programação da Vivência se aproximando do seu final, e a noite já havia caído.

Todos se sentindo muito bem, felizes e plenos, em todos os sentidos, quando foi anunciada a última atividade: as Forças de Consagrações Xamânicas com a Medicina Sagrada do Cacau na Fogueira.

A Cerimônia do Cacau conduzida pelo xamã Matias veio para fechar com chave de ouro a Vivência Névica.

A introspecção decorrente da própria cerimônia aliada ao estado emocional de cura, autoconhecimento e conexão espiritual fez emergir de dentro dos corações presentes mais amorosidade ainda.

Após a conclusão do ritual, houve uma explosão de amor naquele local, estimulada também pela sonoridade inspiradora das musicistas Tainã e Luane.

Era hora de muitos afagos e abraços sinceros trazendo a expressão de todo o AMOR, agora liberado.

Um participante dessa cerimônia atestou no Instagram, com essas palavras:

“Foi muito especial mesmo, Matias.

Muito amor com a força da Mãe-Natureza Gaia em nossos corações.

Muitos desbloqueios e purificação com Amor e, em grupo, com a sua condução, só podia ser maravilhoso.

Gratidão por conduzir esta metamorfose que fez toda diferença em nossas vidas.”

Assista no vídeo, um fragmento deste encerramento:

https://youtu.be/VrD4DoS4_-0.

Vivência encerrada.

Vibrando em alta frequência, abrimos nossos corações em agradecimento à Neva, por ceder no íntimo da sua morada, essa oportunidade para visitação e regalia de passarmos momentos tão íntimos com ela, no seu espaço sagrado.

E pela oferta da saideira, o delicioso caldo de legumes, excelente para aquecer e acarinhar nossos estômagos, que foi tão gentilmente preparado por sua equipe gastronômica, para aquele final de evento.

Como já foi dito anteriormente, esse conjunto de coisas que Nevinha proporcionou nessa vivência, não tem preço, mas tem valor.

Um valor que só o coração do participante pode mensurar.

Nem sei se pode, pois a VIVÊNCIA NÉVICA tem um valor incomensurável.

É de sentir, não é de medir.

Foi uma honra participar, ao lado da nossa família de alma, dessa programação de entrega partilhada e viver momentos tão especiais com Nevinha, a nossa mestra amada!

Em 2025 tem mais, se Deus quiser.

Fica aqui o convite.

Elaboração: Solange Yabushita

[1] Tanuy: É um vento suave, uma brisa, que leva os mantras para os planos etéricos, penetra nas cavernas (lugares sombrios no astral) levando a paz, a ternura confortando aqueles que sofrem angustiados os tormentos dos lugares onde chegaram por seus próprios baixos padrões vibratórios.

https://www.sementesdasestrelas.com.br/2024/03/relatorio-da-ii-vivencia-nevica-ano-2024.html

0 comments

Postar um comentário

Por favor leia antes de comentar:
1. Os comentários deste blog são todos moderados;
2. Escreva apenas o que for referente ao tema;
3. Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
4. Não faço parcerias por meio de comentários; e nem por e-mails...
5. Obrigado por sua visita e volte sempre.

Arquivo do blog

Marcadores

“Antes de encarnar no ( 1 ) “Renovação requer ( 1 ) “THUBAN” ( 1 ) 11 11 ( 14 ) 112 PONTOS SAGRADOS ( 1 ) 2011 ( 11 ) 2012 ( 107 ) 2013 ( 23 ) 2014 ( 25 ) 2015 ( 10 ) 2016 ( 5 ) 2017 ( 7 ) 2018 ( 2 ) 2019 ( 2 ) 2020 ( 1 ) 2021 ( 3 ) 2022 ( 12 ) 7 SINFONIAS HERMÉTICAS ( 2 ) A ARCA DA ALIANÇA ( 4 ) A CHAVE DE HIRAM ( 2 ) A EQUIPE ( 106 ) A ESFINGE ( 28 ) A FONTE ( 30 ) A GRANDE INVOCAÇAO ( 3 ) A LINHA PIRATA ( 1 ) A PEDRA FALA ( 3 ) A PRECE SILENCIOSA ( 3 ) A.S ( 3 ) ABANDONO A LUZ ( 9 ) ABDRUSCHIN ( 1 ) ABDUÇÃO ( 50 ) ABRAHAM ( 62 ) ABRAHAM HICKS ( 1 ) ABRAN LINCOLN ( 2 ) ABUDÇÃO ( 4 ) ACARTIANOS ( 1 ) ADAMA DE TELOS ( 135 ) ADAMU ( 3 ) ADAMUS SAINT GERMAIN ( 131 ) AELOLIAH ( 1 ) AEOLUS ( 2 ) AERON LAZAR ( 1 ) AFIRMAÇÔES ( 1 ) AGAMENON ( 2 ) AGARTHIANOS ( 22 ) AGRADECIMENTOS ( 4 ) AGRICULTURA NATURAL ( 1 ) ÁGUA DIAMANTE ( 1 ) ÁGUIAS CENTRAIS ( 1 ) AGUIAS DOURADAS ( 2 ) AI INTELIGENCIA ARTIFICIAL ( 4 ) AILIA MIRA ( 4 ) AIR ( 1 ) AISHA NORTH ( 16 ) AIVANHOV ( 9 ) AKATU ( 13 ) AKHENATON ( 1 ) ALBARAN ( 2 ) ALCIONE ( 4 ) ALCORÃO ( 1 ) ALCYON DAS PLEIADES ( 7 ) ALDOMON FERREIRA ( 1 ) ALDOUS HUXLEY ( 1 ) ALERTAS ( 8 ) ALEX COLLIER ( 9 ) ALEXANDRA MEADORS ( 2 ) ALEXIS ( 18 ) ALFA CENTAURO ( 3 ) ALFA E OMEGA ( 3 ) ALFEUS ( 1 ) ALIANÇA DAS ESFERAS ( 2 ) ALIMENTAÇAO ( 8 ) ALINHAMENTO ( 14 ) ALMA GEMEA ( 5 ) ALONGAMENTOS ( 1 ) ALPHA CENTAURI ( 1 ) ALTARAEL ( 2 ) ALUE LOSKOTOVA ( 1 ) ALUNA JOY ( 10 ) AMIT GOSWAMI ( 4 ) AMPARADORES ( 1 ) ANCIÃO DOS DIAS ( 4 ) ANDREW CARLSSIN ( 1 ) ANDROMEDA ( 138 ) ANGELUS ( 1 ) ANIMAIS DE PODER ( 15 ) ANIMAN SER SOLAR ( 2 ) ANJO CAMAEL ( 2 ) ANJO SITAEL ( 1 ) ANJOS ( 433 ) ANKARIANOS DE HARDÉRIA ( 3 ) ANN ALBERS ( 2 ) ANO NOVO ( 4 ) ANOMALIA MAGNÉTICA ( 3 ) ANÔNIMOS ( 1 ) ANOS ( 1 ) ANSALUIA ( 1 ) ANTAKARANA ( 4 ) ANTARA DE VENUS ( 1 ) ANTARES ( 12 ) ANTARTIDA ( 4 ) ANTENA PROTEÇÃO ( 1 ) ANTHAR - Eterno Agora ( 148 ) ANTHRATHON ( 10 ) ANUNNAKI ( 26 ) APELOS ( 1 ) APOCALIPSE (REVELAÇÃO) ( 1 ) APOMETRIA ( 1 ) AQUECIMENTO GLOBAL ( 14 ) AQUIFERO ( 2 ) ARCA DE NOE ( 1 ) ARCANGELINA FÉ ( 4 ) ARCANJO ALARIEL ( 2 ) ARCANJO ANAEL ( 75 ) ARCANJO ARCAHNEL ( 1 ) ARCANJO ARIEL ( 9 ) ARCANJO AZRAEL ( 4 ) ARCANJO CASSIEL ( 1 ) ARCANJO EZEQUIEL ( 2 ) ARCANJO GABRIEL ( 244 ) ARCANJO HANIEL ( 2 ) ARCANJO INDRIEL ( 2 ) ARCANJO ISMAEL ( 1 ) ARCANJO JOFIEL ( 14 ) ARCANJO JOPHIEL ( 2 ) ARCANJO LUCIFER ( 14 ) ARCANJO MIGUEL ( 1168 ) ARCANJO RAFAEL ( 54 ) ARCANJO RAGUEL ( 1 ) ARCANJO RAZIEL ( 1 ) ARCANJO SAMAEL ( 1 ) ARCANJO SAMUEL ( 5 ) ARCANJO SANDALFON ( 12 ) ARCANJO TZADKIER ( 1 ) ARCANJO URIEL ( 111 ) ARCANJO ZADKIEL ( 89 ) ARCANJOS DO COLETIVO ( 2 ) ARCONTES ( 14 ) ARCTURIANOS ( 2218 ) AREA 51 ( 1 ) ARGONIANOS ( 13 ) ARMAS DE DESTRUIÇÃO... ( 2 ) ARMAS LASER E MICROONDAS ( 1 ) ARQUELLE ( 1 ) ARTE ( 2 ) ARTHRATHON - Pedro ( 12 ) ARTICO ( 1 ) ARTIGOS ( 5 ) ARTISTICO DIVINO ( 7 ) ARTUR BERLET ( 1 ) AS 13 MATRIARCAS ( 1 ) AS 7 SINFONIAS HERMÉTICAS ( 1 ) AS CORES EM NOSSO CEREBRO ( 1 ) ASCENÇÃO ( 282 ) ASHLOM ( 1 ) ASHTAR SHERAN ( 3 ) ASSASSI ( 1 ) ASSULUS SENTINELA ( 8 ) ASTEROIDES ( 2 ) ASTHAR SHERAN ( 712 ) ASTROLOGIA ( 152 ) ATLANTIDA ( 21 ) AUDIOTECA ( 2 ) AULA COM RAFAEL ( 24 ) AURA ( 5 ) AURITHIEN ( 8 ) AURORA ( 354 ) AUTO AJUDA ( 150 ) AUTO CONHECIMENTO ( 1361 ) AUTRES DIMENSIONS ( 10 ) AVATARES ( 4 ) AVIÁRIOS AZUIS (BLUE AVIANS ) ( 2 ) AVISO ( 1 ) AVISOS ( 27 ) AYA ( 14 ) AYAM (EU SOU) ( 7 ) AYRTON SENNA ( 1 ) AYTON SENA ( 1 ) AYURVEDA ( 1 ) AZAZEL ( 2 ) BANHOS ( 1 ) BARACK OBAMA ( 2 ) BARÃO DE MAUÁ ( 8 ) BARBARA MARCINIANIK ( 4 ) BARREIRA DE FREQUENCIA ( 4 ) BASE ARKHARARIHA ( 1 ) BASHAR ( 17 ) BENJAMIN FULFORD ( 465 ) BENJAMIN NETANYAHU ( 1 ) BETELGEUSE ( 3 ) BEZERRA DE MENEZES ( 1 ) BIDI ( 50 ) BILL WOOD ( 4 ) BLOG SOS ( 4 ) BLOSSON FED DA LUZ ( 153 ) BLUE BEAM ( 15 ) BOB DEAN ( 5 ) BOB LAZAR ( 4 ) BORIS PETROVIC ( 2 ) BORISKA ( 2 ) BOSON DE HIGGS ( 1 ) BRASIL ( 84 ) BRENDA HOFFMAN ( 66 ) BRIAN WEISS - REGRESSÃO ( 1 ) BRIC ( 1 ) BURACO NEGRO ( 3 ) CABALLA ( 7 ) CABOCLA JUREMA ( 1 ) CABOCLO ESTRELA DOURADA ( 1 ) CACIQUE PENA DE ÁGUIA ( 1 ) CALUNGA ( 4 ) CAMAS MED BEDS ( 3 ) CAMILA PICHETH ( 10 ) CAMPO MAGNETICO ( 5 ) CAMPOS MÓRFICOS.. ( 1 ) CANALIZAÇAO ( 33 ) CANTOS DAS SETES RAIZES CELESTES ( 1 ) CARL GUSTAV JUNG ( 3 ) CARL SAGAN ( 1 ) CARLOS PAZ WELLS ( 2 ) CARLOS TORRES A LEI DA ATRAÇÃO ( 3 ) CARLOS VEREZA ( 1 ) CARMA ( 2 ) CARNAVAL ( 4 ) CAROLINE OCEANA RYAN ( 1 ) CARTA ABERTA ( 2 ) CASA PLATAFORMA DE ORAÇÃO ( 1 ) CAVALEIRO ALOIKAIK ( 1 ) celebração ( 1 ) CELENA AZUL ( 1 ) CELIA FENN ( 109 ) CENDRINES ( 6 ) CENTRO GALACTICO ( 1 ) CENTROS PLANETARIOS ( 1 ) CEPHEUS ( 3 ) CEREBRO CORAÇAO ( 2 ) CERN ( 13 ) CETACEOS ( 1 ) CHACRAS ( 9 ) CHAKRAS ( 28 ) CHAMA BRANCA ( 2 ) CHAMA DA RESSURREIÇÃO ( 2 ) CHAMA GÊMEA ( 4 ) CHAMA TRINA ( 3 ) CHAMA VERDE LIMAO ( 1 ) CHAMA VIOLETA ( 16 ) CHAMADO MITICO ( 2 ) CHAVES ENOCH ( 8 ) CHEFE PENA DE ÁGUIA ( 1 ) CHENTRAILS ( 14 ) CHICO XAVIER ( 33 ) CHRISTINE DAY ( 7 ) CICLO LUNAR ( 1 ) CICLO SOLAR ( 1 ) CICLOS ( 1 ) CIDADES LUZ ( 2 ) CIENCIA ( 132 ) CIGANA CONCHITA ( 2 ) CIGANA MAGDALA ( 1 ) CINEMA METAFISICO ( 19 ) CINTURÃO FOTON ( 40 ) CIRCLE OF LIGHT ( 2 ) CIRCULO CARMESIN ( 9 ) CIRCULO DE LUZ ( 1 ) CIRCULO DOS SETE ( 3 ) CITAÇÕES ( 1 ) CLONES ( 4 ) CMTE ASHENER ( 1 ) CO CRIAR ( 13 ) CO-CRIAÇÃO ( 1 ) COBAIA ( 1 ) COBRA ( 599 ) CODEX ( 6 ) CODIGO CHAVE ( 4 ) CODIGO DE LUZ ( 2 ) CODIGO PURIFICAÇAO ( 3 ) CODIGOS DE CURA ( 135 ) CÓDIGOS SOLARES ( 1 ) COLETANEA ( 30 ) COLONIA NOSSO LAR ( 3 ) COMANDANTE ÁRGUAN ( 1 ) COMANDANTE ASHIAN ( 51 ) COMANDANTE HAKANN ( 32 ) COMANDANTE ZARTON ( 1 ) COMANDNDANTE SHARMAN ( 1 ) COMANDO ESAKA ( 1 ) COMANDO ESTELAR ( 15 ) COMENTARIOS ( 2 ) COMETA ( 110 ) COMPANHEIROS CONSTANTES ( 4 ) COMUNICADO ( 6 ) CONFEDERAÇAO ( 41 ) CONS DOS 12 ( 28 ) CONSAGRAÇÃO DA FORÇA ARCANO ( 2 ) CONSAGRAÇÃO DE CAVALEIROS E AMAZONAS ( 3 ) CONSAGRAÇÃO DE MESTRADO ( 1 ) CONSCIENCIA ( 110 ) CONSELHO CARMICO ( 4 ) CONSELHO COSMICO DOS 12 ( 1 ) CONSELHO DE LUZ ( 61 ) CONSELHO ELOHINS ( 3 ) CONSELHO PLEIDIANO ( 27 ) CONSTELAÇÃO DE AQUÁRIOS ( 1 ) CONSTELAÇÃO DE PÉGASUS ( 1 ) CONSTELAÇÃO OFIUCO ( 1 ) CONSTELAÇÃO SISTEMICA ( 1 ) CONTADOR ( 1 ) CONTROLE DA MENTE ( 2 ) CONVERGENCIA 1987 ( 5 ) CONVITE ( 3 ) COREY GOODE ( 5 ) CORONAVIRUS ( 2 ) COSMOBIOGRAFIAS PESSOAIS ( 72 ) COSMÒSIS ( 1 ) COVID-19 ( 1 ) CRANU-IDINI ( 1 ) CRENÇAS ( 8 ) CRIANÇA INTERNA ( 2 ) CRIANÇAS DAS ESTELAS ( 2 ) CRIOGENIA ( 1 ) CRISTAIS ( 21 ) CRISTAIS LEMURIANOS ( 2 ) CRISTINA CAIRO ( 2 ) CRISTO MIGUEL ( 112 ) CROP CIRCLE ( 71 ) CRUZ COSMICA ( 2 ) CRUZES MUTAVEIS ( 1 ) CULTURA INDIGENA ( 6 ) CURA ( 120 ) CURSO EM MILAGRES ( 2 ) DA VINCI ( 1 ) DALLA BLOG ( 21 ) DANIEL DANGUY ( 1 ) DAVID ICKE ( 21 ) DAVID WILCOCK ( 23 ) DECRETOS ( 59 ) DEEPAK CHOPRA ( 2 ) DEMOCRACIA ( 1 ) DEPRESSÃO ( 2 ) DEUS ( 59 ) DEUS MÃE ( 6 ) DEUSA ( 10 ) DEUSA CRIAÇAO ( 9 ) DEUSA ISIS ( 32 ) DEUSA SOLAR ( 4 ) DEVAS ( 4 ) DHASHARA ( 1 ) DHASHARA DO SISTEMA DE CARINA ( 1 ) DIA DA PAZ ( 7 ) DIA DO TRABALHO ( 1 ) DIA DOS PAIS ( 1 ) DIÁLOGOS ( 2 ) DIANA COOPER ( 3 ) DIANNA COOPER ( 3 ) DICAS ( 3 ) DICLOSURE PROJECT ( 9 ) DIMENSÕES ( 131 ) DIREITOS AUTORAIS GOOGLE BRASIL ( 1 ) DIREITOS E CONSTITUIÇÃO ( 1 ) DISCERNIMENTO ( 2 ) DISCLOSURE NEWS ( 1 ) DIVINA PRESENÇA ( 6 ) DIZIMO ( 1 ) DJWHAL KHUL ( 11 ) DNA ( 65 ) DOCUMENTARIO ( 28 ) DOLORES CANNON ( 7 ) DONNA PAGE ( 2 ) DORES DA ALMA ( 19 ) DR SCHAVI M ALI ( 56 ) DR WALTER TREBITZ ( 1 ) DR WAYNE W DYER ( 1 ) DR.JOSEPH MERCOLA ( 1 ) DRACONIANOS ( 3 ) DRAGÕES DE LUZ ( 4 ) DREAMA VANCE ( 4 ) DROGAS ( 15 ) DRONES ( 2 ) DRUNVALO ( 15 ) DUENDES ( 5 ) E Q M (Exp quase morte) ( 137 ) EBOLA ( 1 ) ECKHART TOLLE ( 19 ) ECLIPSE ( 156 ) ECONOMIA COMPASSIVA ( 2 ) EDGAR CAYCE ( 4 ) EDUCAÇÃO ( 12 ) EFC EXPERIENCIA FORA DO CORPO ( 2 ) EFRAIM ( 1 ) EGO ( 1 ) EGREGORA ( 1 ) EINSTEIN ( 3 ) EIXO DA TERRA ( 6 ) EKARA ( 1 ) ELEIÇOES ( 7 ) ELEMENTAIS ( 42 ) ELETROMAGNETISMO ( 2 ) ELIAS PROFETA ( 1 ) ELIIDA ( 2 ) ELINA ALLAIS ( 1 ) ELIPHAS LEVI ( 1 ) ELOHIM ( 87 ) ELORYON SENHOR DA LUZ ( 1 ) EMARANHAMENTO ( 1 ) EMC (ENJEÇÂO MASSA CORONAL) ( 1 ) EMMANUEL ( 81 ) EMMANUEL DAGHER ( 4 ) EMPATIA ( 11 ) ENERGIA ( 507 ) ENKI DE NIBIRU ( 1 ) Entretenimento ( 5 ) ENTREVISTA ( 5 ) EQUINOCIO ( 25 ) EQUITUMANS ( 1 ) ERA AQUÁRIO ( 9 ) ERA DE CRISTAL ( 5 ) ERGOM ( 5 ) ERIK VON DANIKEN ( 1 ) EROS ( 1 ) ERUPÇÃO SOLAR ( 5 ) ESCOLA DE MENSAGEIROS ( 2 ) ESFERAS ( 1 ) ESPERANÇA ABUNDANTE ( 31 ) ESPIRITISMO ( 101 ) ESPIRITOS DA NATUREZA ( 1 ) ESSENIOS ( 3 ) ESTAÇÃO ASGARDIA ( 2 ) Estamos ( 1 ) ESTRELA DE ALDEBARAN ( 1 ) ESTRELA DE BELEM ( 1 ) ESTRELA DE SIRIUS ( 4 ) ESTUDOS ( 1 ) ESU ( 20 ) ETEREO ( 1 ) ETS ( 3 ) EU DIVINO ( 3 ) EU SOU ( 13 ) EU SUPERIOR ( 340 ) EVACUAÇAO ( 2 ) EVANGELHO NO LAR ( 1 ) EVANGELHO S JOAO ( 1 ) EVENTOS ( 39 ) Exercicios ( 32 ) EXILADOS NA TERRA ( 2 ) EXOPLANETA ( 1 ) EXOPOLITICA ( 1 ) EXPLOSÕES DE LUZ ( 1 ) EXTRATERRESTRE ( 971 ) extratos ( 5 ) EXU MARABÔ ( 1 ) FA-EN144 ( 1 ) FADA ( 9 ) FAMILIA UNIVERSAL ( 11 ) FÁTIMA ( 1 ) FATOS INTERESSANTES ( 1 ) FEDERAÇAO DA LUZ ( 28 ) FEDERAÇAO GALÁCTICA ( 356 ) FELINOS ( 7 ) FEMA ( 4 ) FENIX ( 2 ) FENOMENO CANÍCULA ( 1 ) FENÔMENOS ( 7 ) FERNANDO H.CARDOSO ( 1 ) FERNANDO MALKUN ( 1 ) FERRAMENTAS ( 1 ) FILMES ( 41 ) FISICA QUANTICA ( 29 ) FITOTERAPIA ( 31 ) FLORENCE WELCH ( 1 ) FM 144 ( 8 ) FONTE ( 6 ) FOTOS ( 1 ) FOTOTERAPIA OPTOMÉTRICA ( 1 ) FRANCISCO DE ASSIS ( 7 ) FRANK SINATRA ( 1 ) FRASES ( 5 ) FRATERNIDADE BRANCA ( 7 ) FRAUDES ( 1 ) FREQUENCIA DAS ESTRELAS ( 4 ) FROTA INTERESTELAR ( 1 ) FROTA PRATEADA ( 61 ) FUKUSHIMA ( 2 ) FUNDAÇÃO KESHE ( 17 ) FURACÂO ( 9 ) FURACÂO IRMA ( 5 ) FURACÃO MATTHEW ( 1 ) FURACÃO NO BRASIL ( 3 ) GABRIEL RL ( 67 ) GALACOM ( 4 ) GALAXYGIRL ( 57 ) GANDHI ( 3 ) GANIMEDES ( 3 ) GASPARETTO ( 8 ) GAUTAMA BUDA ( 12 ) GEMMA GALGANI ( 4 ) GENERAL UCHOA ( 4 ) GEO ENGENHARIA ( 5 ) GEOFFREY HOPPE ( 3 ) GEOMETRIA SAGRADA ( 10 ) GEORGE GREEN ( 1 ) GEORGE H G BUSH ( 1 ) GESH ( 15 ) GHANDI ( 1 ) GILDSWIRTH ( 1 ) GILLIAN MACBETH LOUTHAN ( 7 ) GIORDANO BRUNO ( 1 ) GLANDULA PINEAL ( 10 ) GLANDULA TIMO ( 2 ) GLOSSARIO ( 3 ) GLT GOVERNO DA LUZ ( 1 ) GNA ( 1 ) GOLFO ( 1 ) GOODETXSG/COREY ( 56 ) GRADE CRISTALINA ( 1 ) GRADE NÉVICA ( 1 ) GRANDE SOL CENTRAL ( 3 ) GRANDULA PNEAL ( 7 ) GREG BRADEN ( 21 ) GRUPO 33 ( 1 ) GUARDIAO ( 10 ) GUERRIT GIELEN ( 2 ) GUIAS ESPIRITUAIS ( 3 ) GURU ( 31 ) GUSTAVO AMORIM ( 1 ) HACKERS ( 1 ) HAJA LUZ ( 7 ) HATHORS ( 10 ) HATTON ( 19 ) HAYOT HA KODESH ( 1 ) HEBE CAMARGO ( 1 ) HELENA BLAVATASKY ( 1 ) HELIO COUTO ( 5 ) HERCOLUBUS ( 48 ) HÉRELUZ STARKYS ( 1 ) HERMES TRIMEGISTRO ( 1 ) HIBRIDOS HUMANO ( 6 ) HIERARQUIAS ( 9 ) HILDEGARDE DE BINGEN ( 7 ) HINO BRASIL ( 1 ) HIPNOSE ( 3 ) HIRAM ( 2 ) HO OPONOPONO ( 5 ) HOLOGRAMAS ( 10 ) HOMENAGEM ( 1 ) HOPE FITZGERALD ( 1 ) HORÁRIO DE ALINHAMENTOS ( 32 ) HUMI ( 1 ) HUMOR ( 2 ) HUNA HAWAIANA ( 1 ) IGOR MOCARZEL ( 2 ) IKAI DAS PLEIADES ( 1 ) ILHAS CANÁRIAS ( 1 ) IMACULADA CONCEIÇÃO ( 1 ) IMAGENS INCRIVEIS ( 1 ) IMAGENS MENTAIS ( 1 ) IMHOTEP ( 1 ) IMPESSOAL ( 1 ) IMPLANTES ( 21 ) INCONDICIONAL ( 1 ) INDIGOS ( 111 ) INFORMAÇÃO ( 488 ) INFORMANTES ( 1 ) INFORME MINTAKA ( 9 ) INTER DIMENSIONAL ( 7 ) INTRATERRENO ( 65 ) INTUIÇÃO ( 9 ) INVERSAO DOS POLOS ( 36 ) INVOCAÇAO ( 10 ) IRDIN ( 3 ) IRMANDADE DA LUZ ( 11 ) IRMANDADE DA ROSA BRASILIA ( 2 ) IRMANDADE DOS CAVALEIROS DAS 7 ESPADAS UNIFICADAS ( 1 ) IRMAO K ( 8 ) ISHA ( 2 ) ISHTAR ANTARES ( 1 ) ISTWIL ( 3 ) IVETE ADAVAÍ ( 1 ) IVO DE VEGA ( 17 ) IVONNE AIMÉE ( 1 ) J J BENITEZ ( 8 ) J.J.HURTAK ( 2 ) JAHN J KASSL ( 14 ) JAMES GILLILAND ( 2 ) JAMIE PARTRIDGE ( 1 ) JAMYE PRICE ( 14 ) JARDINEIROS DO ESPAÇO ( 3 ) JEAN LUC AYOUN ( 1 ) JENNIFER CROKAERT ( 1 ) JENNIFER HOFFMAN ( 44 ) JENNY SCHILTZ ( 16 ) JESSICA WOODS ( 5 ) JFK ( 1 ) JOAHDI ( 2 ) JOANNA DE ÂNGELIS ( 2 ) JOAQUIM DAS ALMAS ( 1 ) JOHN F KENNEDY ( 2 ) JOHN TITOR ( 2 ) JONATHAN TRINITY MARTIN ( 2 ) JOSE ARGUELLES ( 1 ) JOSHUA DAVID STONE ( 3 ) JUDAS E JOANA D"ARC ( 2 ) JUDAS ISKARIOT ( 13 ) JUDITH ( 1 ) JUDITH KUSEL ( 69 ) JUDITH ORLOFF ( 1 ) JULIAN ROSE ( 1 ) JULIE BOERST ( 1 ) JULIE PETERS ( 1 ) JULIE REDSTONE ( 1 ) JULIO PETERS ( 1 ) JUPITER ( 1 ) KABAMUR ( 2 ) KARA DAS PLÊIADES ( 7 ) KAREN DOONAN ( 1 ) Karen Downing ( 1 ) KAREN LAWSON ( 1 ) KARI SAMUELS ( 4 ) KARL MARX ( 1 ) KARMA ( 13 ) KARRAN ( 2 ) KAUNAS ( 1 ) KEANU REEVES ( 2 ) KEJ RAJ (KAYRY). ( 83 ) KELLY M BEARD ( 1 ) KENNETH SCHMITT ( 171 ) KHALREON YLRON ( 2 ) KIRAEL ( 5 ) KORTON ( 1 ) KRIS WON ( 10 ) KRISHAMURTI ( 4 ) KRYON ( 1288 ) KRYON EM TEXTO ( 278 ) KRYSTALINKS ( 1 ) KUAN YIN ( 31 ) KUMARA ( 4 ) KYMATICA - ASTROLOGIA ( 1 ) L’AURA PLEIADIAN ( 1 ) LADY AMETISTA ( 1 ) LADY ESPERANÇA ( 1 ) LADY GAGA ( 1 ) LADY GRAÇA ( 1 ) LADY MARY ( 1 ) LADY NADA ( 10 ) LADY VENUS ( 1 ) LAERCIO FONSECA ( 11 ) LAKA ( 6 ) LAURA BOTELHO ( 206 ) LAUREN ( 10 ) LAYALIS JASTYF ( 1 ) LEA OS LOUCOS ESTELARES ( 2 ) LEAH WEINRAUB ( 1 ) LEI DE AÇÃO E REAÇÃO ( 1 ) LEI DO CÍRCULO ( 1 ) LEI DO UM ( 7 ) LEIS ( 33 ) LEITURAS AKÁSHICA ( 31 ) LEMBRETE ( 5 ) LEMISCATA ( 1 ) LEMNISCATA ( 1 ) LEMURIA ( 27 ) LEONARD NIMOY - SPOCK ( 1 ) LEONARDO BOFF ( 1 ) LHC ( 1 ) LIAKISH ( 1 ) LIBERTY ( 9 ) LINGUAGEM DA LUZ ( 3 ) LINHA CIGANA PVSE ( 1 ) LINHAS DO TEMPO ( 2 ) LINHAS LEY ( 13 ) LIRIANOS ( 1 ) LISA RENEE ( 18 ) LIVE MEDITAÇÃO ( 32 ) LIVE RAFAEL ( 45 ) LIVRE ARBITRIO ( 9 ) LIVROS ( 108 ) LOGOS SOLAR ( 3 ) LORD GORLOJ ( 2 ) LORD MERLIM ( 14 ) LORD RAMA ( 1 ) LOUISE HAY ( 18 ) LUA ( 184 ) LUA CHEIA ( 99 ) LUA DE LUZ ( 6 ) LUCY X ( 1 ) LUENLEA ( 1 ) LUXONIA ( 2 ) LUZ PLATINA ( 1 ) LUZDEGAIA ( 20 ) LUZIEL ( 8 ) MA ANANDA MOYI ( 4 ) MA MAHAGAURI ( 1 ) MADRE TEREZA ( 5 ) MAE DIVINA ( 64 ) MAE EUFROSINIA ( 1 ) MAE GAIA ( 149 ) MAE MARIA ( 586 ) MAE TERRA ( 18 ) MAGIAS ( 7 ) MAGNIFIED HEALING ( 1 ) MAGO LUA BRANCA ( 1 ) MAGOS NEGRO CAPELA ( 1 ) MAHA CHOHAN ( 12 ) MAHATMA ( 6 ) MAIAS ( 56 ) MAITREYA ( 13 ) MALDEK (TIAMATH) ( 2 ) MANDALAS ( 13 ) MANIFESTO ( 2 ) MANTRAS ( 35 ) MANUAL ( 16 ) MAPA ( 3 ) MAQUINA DO TEMPO ( 2 ) MARCHA 1 MILHÃO ( 5 ) MARGARETE HYER ( 54 ) MARIA CHAMBERS ( 2 ) MARIA MADALENA ( 51 ) MARIA RAIO X ( 1 ) MARIA SILVIA ORLOVAS ( 5 ) MARIE MOHLER ( 2 ) MARTE ( 101 ) MARTIN REES ( 1 ) MASAHARU TANIGUCHI ( 1 ) MASARO EMOTO ( 1 ) MASHUBI ROCHELL ( 6 ) MASSA CRÍTICA ( 1 ) MATER MAE ( 2 ) MATERIAS ( 65 ) MATIAS DE STEFANO ( 15 ) MATRIX ( 37 ) MATT KAHN ( 8 ) MATTHEWS ( 171 ) MAURA DE ALBANESI ( 1 ) MAUREEN MOSS ( 1 ) MAYTREIA ( 22 ) MEDICINA BIONERGÉTICA ( 1 ) MEDICINA CONVENCIONAL ( 1 ) MEDITAÇÃO ( 291 ) MEDIUNIDADE ( 28 ) MEG BENEDICTE ( 40 ) MELANIE BECKLER ( 20 ) MELQUISEDEQUE ( 98 ) MEMÓRIAS ( 3 ) MENA E CRANU ( 1 ) MENSAGENS ( 22 ) MENSAGENS EM AUDIOPLEIADES 1 ( 68 ) MERIDIANOS ( 1 ) MERKABA ( 5 ) MESA RADIONICA ( 1 ) MESTRA ASTREIA ( 1 ) MESTRA CRISTAL ( 2 ) MESTRA EGEIA ( 1 ) MESTRA NADA ( 30 ) MESTRA PORTIA ( 7 ) MESTRA ROWENA ( 21 ) MESTRA SAIDA KHATOON ( 25 ) MESTRE AFRA ( 1 ) MESTRE ALFAZEMA ( 1 ) MESTRE CARMI ( 1 ) MESTRE EL MORYA ( 77 ) MESTRE HILARION ( 131 ) MESTRE JESUS ( 798 ) MESTRE KHUTUMI ( 30 ) MESTRE KUTHUMI ( 3 ) MESTRE LANTO ( 14 ) MESTRE PAULO VENEZIANO ( 3 ) MESTRE RAM ( 18 ) MESTRE SAINT GERMAIN ( 309 ) MESTRE SALONIS ( 1 ) MESTRE SANANDA ( 174 ) MESTRIA ARCANJO MIGUEL ( 1 ) METAFISICA ( 8 ) METEOROS ( 3 ) METRATON ( 449 ) MICHAEL LOVE ( 3 ) MICHAEL SALLA ( 10 ) MICHIO KAKU ( 1 ) MIEKE VULINK ( 2 ) MIKE QUINSEY ( 9 ) MIKOS - TERRA OCA ( 3 ) MILLIE AMERICA PARMER ( 1 ) MINHA MESTRIA ( 8 ) MISSÃO RAHMA ( 1 ) MISSÃO TERRA ( 8 ) MIZ TLI TLAN ( 3 ) MK ULTRA ( 1 ) MOINTIAN ( 9 ) MONGE TIBETANO ( 1 ) MONICA DE MEDEIROS ( 1 ) MONJA COEN ( 2 ) MONJORONSON ( 7 ) MONTAGUE KEEN ( 134 ) MOOJI ( 2 ) MORTE ( 10 ) MOTIVAÇÃO ( 2 ) MOVIMENTO ARTÍSTICO DIVINO ( 1 ) MOVIMENTO DOS PROJETORES SEMENTES DAS ESTRELAS ( 2 ) MSTRE KUTHUMI ( 97 ) MUDANÇAS ( 72 ) MUDRA ( 2 ) MULTIMIDIMENSIONALIDADE ( 32 ) MUSICA ( 10 ) MYTHI ( 1 ) Nabara ( 1 ) NAMASTE ( 5 ) NANCY WALLACE WARD ( 1 ) NANOTECNOLOGIA ( 4 ) NAPOLEON HILL ( 1 ) NASA ( 6 ) NASSIM HARAMEIN ( 21 ) NASTROLOGIA ( 172 ) NATAL ( 27 ) NATALIA ALBA ( 60 ) NATALIE GIANELLI ( 5 ) NATALIE GLASSON ( 2 ) NATHA JAY ( 1 ) NAVE ALFA ( 32 ) NAVE AVALON ( 1 ) NAVE AZUL ( 8 ) NAVE EONDOR12 ( 1 ) NAVE MÃE ( 3 ) NAVE PVSE ( 4 ) NAVE SHAN ( 2 ) NAVES DRUZAS DE CRISTAL ( 2 ) NAVES ESPACIAIS ( 4 ) NEALE DONALD WALSCH ( 8 ) NEFILIM ( 1 ) NEIL PERRY ( 1 ) NEIL PERRY GORDON ( 2 ) NEIOH ( 18 ) NEPHILIM ( 1 ) NERO ( 1 ) NESARA ( 10 ) NEXUS ( 9 ) NIBIRU ( 97 ) NIKOLA TESLA ( 29 ) NIOBIO ( 4 ) NO YES ( 1 ) NODOS ( 2 ) NOM (Nova Ordem Mundial) ( 6 ) NONA ONDA NÉVICA ( 4 ) NORMA GENTILE ( 1 ) NORMOSE ( 1 ) NOSSA SENHORA ( 2 ) NOSTRADAMUS ( 9 ) noticias ( 67 ) NOVA ERA ( 9 ) NOVA TERRA ( 92 ) NUMERO DA BESTA 666 ( 1 ) NUMEROLOGIA ( 30 ) O CANTO DOS NOVOS TEMPOS ( 1 ) O CHAMADO ( 3 ) O COLETIVO ( 298 ) O COLETIVO DE LUZ ( 1 ) O CONSELHO ( 251 ) O CRIADOR ( 64 ) O DRAGÃO ( 22 ) O EVANGELHO DE TOMÉ ( 2 ) O EVENTO BRASIL ( 1 ) O EVENTO... ( 15 ) O GRUPO ( 182 ) O M AVAINHOV ( 198 ) O MANTO ( 1 ) O MEDO ( 12 ) O MENSAGEIRO ( 9 ) O OLHO ORUS ( 1 ) O PAI NOSSO ( 4 ) O PLANETA SHAN ( 5 ) O PROCESSO DE DESENCARNE ( 1 ) O SEGREDO ( 3 ) O SILENCIO -SABEDORIA INDIGENA ( 1 ) O SOM ( 5 ) O UNIVERSO MATERIAL NEBADON ( 2 ) OBALUAÊ ( 1 ) OBAMA ( 2 ) OGUM ( 1 ) OMRAAM ( 2 ) ONDA DE ASCENSÃO ( 12 ) ONDA DE PLASMA ( 1 ) ONDA GALACTICA ( 9 ) ONDAS SOLARES ( 2 ) ONDINAS ( 2 ) OPERAÇÃO PRATO - OVNIS ( 5 ) OPERAÇAO RESGATE ( 1 ) ORAÇAO ( 43 ) ORAÇÃO ( 7 ) ORBES ( 6 ) ORDEM DO DISCO SOLAR ( 1 ) ORIAH ( 1 ) ORIENTAÇÃO ESPIRITUAL ( 1 ) ORIN ( 2 ) ORION ( 81 ) ORIONIS ( 17 ) ORIXÁS ( 1 ) OS ALIADOS ( 12 ) OS ARBORIANS ( 1 ) OS ARCANJOS ( 5 ) OS CRIADORES DA 12D ( 27 ) OS GUIAS ( 1 ) OS HATTORS 9D ( 1 ) OS ILUMINADOS ( 31 ) OS MESTRES ( 173 ) OS OBSERVADORES ( 2 ) OS VEUS ( 4 ) OS VOLUNTÁRIOS ( 1 ) OS YAHYEL ( 2 ) OSAMA BIN LADEN ( 1 ) OSHO ( 169 ) OSIRIS ( 2 ) OSNI - OBJETO SUBMARINHO NÃO IDENTIFICADO ( 2 ) OUROBOROS ( 1 ) OUSE ( 1 ) OVNIS ( 806 ) OWEN WATERS ( 219 ) OXALC ( 6 ) PAI BENEDITO DAS ALMAS ( 1 ) PAI CRIADOR ( 5 ) PAI JACO DO CRUZEIRO ( 2 ) PAI JOÃO DAS CACHOEIRAS ( 1 ) PAI JOAO DE ANGOLA ( 1 ) PAI JOÃO DE ANGOLA ( 1 ) PAI JOÃO DE ARUANDA ( 19 ) PAI JOÃO DE ENOQUE ( 6 ) PAI JOAQUIM DAS CACHOEIRAS ( 1 ) PAI JOAQUIM DE ARUANDA ( 6 ) PAI JOAQUIM DE ENOQUE ( 5 ) PAI PRETO DE ARUANDA ( 1 ) PAI SETA BRANCA ( 2 ) PAI SETA BRANCA/TIA NEIVA ( 2 ) PAI TOMÉ AFRICANO ( 1 ) PALESTRAS ( 1 ) PALLAS ATHENAS ( 28 ) PAPA FORCE ( 2 ) PAPA FRANCISCO ( 3 ) PAPA JOAO PAULO II ( 7 ) PARABOLAS ( 2 ) PARAMAHANSA YOAGANANDA ( 4 ) PARS KUTAY ( 1 ) PARTICULAS DA FONTE ( 30 ) PASSES ( 1 ) PATRICIA COTA-ROBLES ( 19 ) PAUL LAUSSAC ( 1 ) PAULO COELHO ( 1 ) PAULO VENEZIANO ( 2 ) PAX ( 2 ) PEDRAS ( 1 ) PEDRAS CINTAMANIS ( 4 ) PEDRO COELHO ( 1 ) PÉGASO ( 1 ) PENA BRANCA ( 4 ) PENTAGRAMA ( 2 ) PEPPER LEWIS ( 2 ) PERGUNTAS E RESPOSTAS ( 6 ) PERIGEU ( 1 ) PERISPIRITO ( 2 ) PEROLAS ( 29 ) PETER B MEYER ( 8 ) PETER DEUNOV ( 3 ) PETIÇÃO ( 12 ) PHILLIPE DE LYON ( 12 ) PINGENTES ( 1 ) PIRAMIDES ( 6 ) PITAGORAS ( 1 ) PLANETA KHALTHART ( 1 ) PLANETA MALDEC ( 13 ) PLANETA MERCURIO ( 1 ) PLANETA TERRA ( 2 ) PLANETA X ( 25 ) PLANO ASTRAL ( 1 ) PLANO DIVINO ( 3 ) PLEIADES 1 ( 2129 ) PLEIADES 2 ( 9 ) PLEIDIANOS ( 731 ) POÇÃO DA JUVENTUDE ( 1 ) PODCAST ( 3 ) POESIAS ( 1 ) POLARIDADES ( 1 ) POLOS ( 17 ) PONTE ARCO-IRIS ( 1 ) PORTAL ( 372 ) PORTAL 2013 ( 1 ) PORTAL ALCIONE ( 2 ) PORTAL SEMENTES DAS ESTRELAS ( 2 ) PORTAL ULTRA ( 1 ) portal2013br ( 14 ) POSEIDON ( 3 ) POVO AZUL ( 11 ) PPS ( 1 ) PRECE CRÍSTICA ( 1 ) PREPARE FOR CHANGE ( 11 ) PRES TRUMP ( 1 ) PRESENÇA EU SOU ( 14 ) PREVISÕES ( 22 ) PRIMEIRO CONTATO ( 15 ) PROCYON ( 2 ) PROFECIAS ( 73 ) PROJEÇÃO ASTRAL ( 4 ) PROJETO HAARP ( 17 ) PROJETO MONTAUK ( 2 ) PROJETO PORTAL ( 1 ) PROJETO VENUS - BRASIL ( 1 ) PROJETOR ( 12 ) PROSPERIDADE ( 2 ) PROTOCOLOS ( 13 ) PSICOGRAFIA ALFRED SCHUTZ ( 1 ) PSICOTERAPIA ( 1 ) PTAH ( 95 ) QFS SISTEMA QUANTICO ( 1 ) QUANTUNS ( 2 ) RAÇAS ESTELARES ( 6 ) RAELIANOS ( 1 ) RAFAEL (GABRIEL RL) ( 22 ) RAIMBOW PHOENIX ( 2 ) RAINBOW PHOENIX ( 3 ) RAINHA ISABEL ( 2 ) RAIOS ( 35 ) RAMAATHIS MAM ( 3 ) RAMATAN ( 14 ) RAMATIS ( 22 ) RAMONA LAPPIN ( 71 ) RAMTHA ( 1 ) recado aos leitores ( 1 ) REDE MUNDIAL ( 3 ) REENCARNAÇÃO ( 1 ) REFLEXÕES ( 711 ) REGISTRO AKASHICOS ( 3 ) REIKI ( 4 ) REIS MAGOS ( 1 ) RELATORIO ( 1 ) RELATOS ( 3 ) RELIGIAO X ESPIRITUALIDADE ( 21 ) RELOGIO COSMICO ( 1 ) REMOÇÃO DE CONTRATOS ( 4 ) REPLICADORES ( 1 ) REPTILIANOS ( 29 ) RESGATE ( 1 ) RESILIÊNCIA ( 4 ) RESSONÃNCIA ( 20 ) RETIROS ETÉRICOS ( 1 ) Rev Mark Kimmel ( 12 ) REVELAÇAO ( 13 ) RICHARD DOLAN ( 1 ) RISHI SOLAR ( 1 ) RITUAL ( 5 ) ROBERTO RAPÉE ( 3 ) ROBERTO SHINYASHIKI ( 4 ) ROBO ( 1 ) ROBSON PINHEIRO ( 5 ) RODRIGO ROMO ( 230 ) ROMMANEL CRE"ATOR ( 1 ) RONNA HERMAN ( 2 ) RONNA VEZANE ( 4 ) RUMI ( 1 ) RUSSIA ( 1 ) SABEDORIA BUDISTA ( 1 ) SABEDORIA DOS ANJOS ( 8 ) SABEDORIA DOS MESTRES ( 1 ) SACERDOTISAS LUNARES ( 1 ) SACRIFICIO ( 1 ) SADHGURU ( 2 ) SAITHRHU ( 1 ) salmos ( 2 ) SALOMAO ( 12 ) SALTO QUANTICO ( 7 ) SALU SA DE SIRIUS ( 833 ) SAMANA ( 1 ) SAMANTA ORTHLIEB ( 4 ) SANAT KUMARA ( 56 ) SANDRA WALTER ( 5 ) SANHIA/ESPÍRITO ( 4 ) SANTA TERESA ( 1 ) SANTIAGO O APOSTOLO ( 1 ) SAO CIPRIANO ( 1 ) SÃO JOSE ( 1 ) SÃO PEDRO ( 1 ) SARAH ( 9 ) SASHA ( 1 ) SATANISMO ( 1 ) SATHYA SAI BABA ( 3 ) SATIA SAI BABA ( 6 ) SATSANG DO COLETIVO DO UM ( 16 ) SATURNO ( 2 ) SATYAPREM ( 1 ) SAUDAÇÕES DE ORION ( 2 ) SAUDE ( 26 ) SAUL ( 451 ) SEAN CHRISTOPHER ( 1 ) SELACIA ( 117 ) SEMELE XERRI ( 2 ) SEMENTE ESTELAR ( 145 ) SEMENTES DE SIRIUS ( 2 ) SENADOR PÚBLIO LENTULUS ( 1 ) SENHORA SOL ( 9 ) SENHORES DO CARMA ( 2 ) SENHORES DO TEMPO ( 1 ) SENSITIVO ( 1 ) SERAPH KNIGHT ( 1 ) SERAPHIN ( 8 ) SERAPHIS BEY ( 28 ) SEREIAS ( 2 ) SERES AVES AZUIS ( 1 ) SERES CELESTIAIS ( 6 ) SERES DA LUZ ( 5 ) SERES DE JUPITER ( 1 ) SERES DIMENSIONAIS ( 126 ) SERES DOURADOS ( 2 ) SERES ESTELARES ( 1 ) SERES OCS ( 2 ) SERETI ( 26 ) SERIE DE TEXTOS AD ( 20 ) SERITI ( 2 ) SETE SELOS ( 5 ) SEXTO SENTIDO ( 1 ) SHAKESPEARE WILLIAM ( 1 ) SHAMBALLA ( 7 ) SHANTA GABRIEL ( 211 ) SHANYA ( 1 ) SHARON LYN SHEPARD ( 1 ) SHARON MCERLANE ( 1 ) SHAUMBRA ( 20 ) SHEKINAH ( 66 ) SHELDAN NIDLE ( 302 ) SHELLEY YOUNG ( 25 ) SHELLY DRESSEL ( 1 ) SHIMA ( 92 ) SHINKOLE ( 5 ) SHION DE ANTARES ( 2 ) SHOAM ( 1 ) SHOIM ( 6 ) SHTARRER ( 18 ) SHYLTON DIAS ( 4 ) SIERRA NZ ( 1 ) SIGMUND FREUD ( 1 ) SILO ( 1 ) SIMBOLOS ( 23 ) SIMON E JENNIFER ( 3 ) SINAIS ( 18 ) SINAIS E SINCRONICIDADES ( 4 ) SINARQUIA ( 1 ) SINCRONIA DE INFORMAÇÕES ( 76 ) SINDROME DO PÂNICO X MEDIUNIDADE ( 1 ) SINFONIAS DE BEETHOVEN ( 2 ) SINKHOLE ( 1 ) SINTESE ( 74 ) SIRAYA ( 2 ) SIRIANOS ( 172 ) SIRIUS A ( 1 ) SIRIUS B ( 17 ) SISTEMA ESTELAR DE CARINA ( 2 ) SISTEMAS ( 6 ) SITE ANJO DE LUZ ( 11 ) SNATAM KAUR ( 1 ) SNOW ( 8 ) SNOWDEN ( 4 ) SOCIALISMO ( 1 ) SOL ( 147 ) SOLARA ( 4 ) SOLSTICIO ( 44 ) SOLTEC ( 1 )